Cruzeiros

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]


Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 8  »

 Página 1 de 8 [ 76 mensagens ] 
 
 Título: Vision of the Seas
Mensagem não lidaEnviado: Seg Set 20, 2010 7:33 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 18395
Administrador
Vision of the Seas

Imagem

Site: http://www.royalcaribbean.com.br

Visão geral

O Vision of the Seas e o Splendour of the Seas são dois navios da Royal Caribbean que vieram ao Brasil para a temporada 2009/2010.

Nós tivemos a oportunidade de fazer uma viagem pelo Vision of the Seas em fevereiro de 2010, de 4 noites e vamos relatar aqui nossa experiência.

O primeiro problema é que o navio sai do Porto de Santos, em São Paulo, então tivemos que viajar até lá.

O ruim é que o gasto com a viagem aumenta consideravelmente, pois é necessário comprar passagem ida e volta e ainda pagar o transfer, que o levará do aeroporto de Congonhas até o Porto de Santos. Além disto perde-se muito tempo em deslocamentos.

Porto de Santos

Chegando ao Porto de Santos a confusão era enorme. Eram diversos ônibus desembarcando passageiros e muita, mas muita gente mesmo. Não havia espaço para andar e tampouco sentar. Não haviam placas informativas.

Imagem

Fomos descobrindo, fazendo perguntas, os procedimentos.

Os passageiros foram divididos por cores para organizar o check-in e o embarque no navio. Mas demoraram muito para a liberação e o calor estava grande. Achamos muito mal organizado.

A nosso ver os passageiros deveriam fazer o check-in e embarque tão logo chegassem ao porto, para não haver espera e acúmulo de pessoas.

Imagem

Depois de duas horas, após nosso embarque, ainda haviam pessoas na fila para entrar.

Imagem

Ficamos decepcionados.

Check-in

O check-in para nós foi rápido, pois já havíamos preenchido tudo pela Internet e levado impresso. Mostramos nossos documentos e o cartão de crédito para pagamento das despesas e ganhamos nossos cartões. Depois seguimos para outra enorme fila, que levava a segurança e depois finalmente chegamos ao navio.

Navio

De perto nós percebemos como o navio é grande! E andando dentro dele percebemos que ele é realmente enorme! Levamos um tempo para conhecê-lo todo.

Imagem

Imagem

Imagem

Logo que entramos, fomos direto a nossa cabine, deixar as malas. Nós optamos por levar somente mala de mão e com isso não foi preciso despachá-las. Quando se leva mala grande é necessário despachá-las e aguardar que sejam entregues na porta do seu cabine. Acontece que isto pode demorar muitas horas, então é sempre bom levar pelo menos alguma roupa na mala de mão.

Imagem

Existem mapas em todos os andares.
Imagem

Se a sua mala não foi entregue é porque no raio-x foi detectado algum produto ilegal, tais como: ferro de passar ou bebidas. Neste caso você terá que deixar o item proibido com o staff do navio e só poderá retirá-lo no desembarque final.

Depois que todos embarcam é realizado um procedimento de segurança onde TODOS são obrigados a participar, mesmo que já tenham realizado cruzeiros anteriormente.

Imagem

Neste procedimento é explicado o que fazer caso seja necessário abandonar o navio. É chato, mas importante.

Dinheiro

Dinheiro? Cartão de crédito? Esqueça tudo! Dentro do navio você só usará o seu cartão (que é também a chave da sua cabine). Toda e qualquer despesa será computada na sua conta para o pagamento no check-out. Nenhum lugar irá aceitar outra forma de pagamento.

No check-out você poderá pagar em dinheiro ou cartão de crédito, como preferir. Sendo que se desejar pagar em dinheiro terá que enfrentar uma fila, enquanto no cartão de crédito é debitado automaticamente, não precisando fazer nada.

Todas as despesas foram parceladas em 5 vezes sem juros, mesmo sem a nossa solicitação.

Cabine

Existem diversos tipos de cabines, sendo as mais comuns estas: interno, interno com janela e externo com varanda.
A nossa cabine era interno com janela. Era um pouco pequeno, mas com um tamanho aceitável para duas pessoas. O fato de só termos levado duas malas de mão pequenas ajudou a não ocupar muito espaço.

Imagem

Imagem

O banheiro era muito apertado. O box, além de apertado, usava cortina. E era muito ruim tomar banho com a cortina, pois como o espaço era pequeno ela grudava no corpo. Era mais vantagem deixá-la fechada e solicitar que o serviço de quarto limpasse o banheiro depois.

Um fato importante ao hospedar-se em uma cabine com varanda é o fato de poder acordar e ver como está o tempo. Se você fica em uma cabine interna precisará sair dela e subir para algum andar onde possa ver a vista.

Internet

Não há Internet gratuita dentro do navio. Para acessá-la você poderá usar a rede wireless, que está disponível na maior parte das áreas comuns ou então dentro do Business Center, onde há alguns computadores para uso.

O preço é salgado, então use com moderação.

Para baratear o custo, você pode comprar pacotes de minutos, de 50 minutos, 100 minutos e etc. Quanto maior for o pacote, mais barato (ou menos caro) será o minuto.

Enquanto o navio estiver atracado você poderá usar também a Internet da sua operadora de telefonia móvel. Quando ele estiver em alto mar você estará em roaming.

Comida

Um dos pontos forte dos cruzeiros é a alimentação, que é quase toda gratuita. O restaurante principal chama-se Windjammer Café e fica aberto praticamente o dia inteiro. Nele você poderá comer o que quiser e quantas vezes quiser. É um grande buffet, com muita variedade.

A qualidade da comida nem sempre é das melhores. É claro que a Royal Caribbean fez adaptações na alimentação para agradar a nós brasileiros, porém existe muita comida no estilo americano.

À noite, o jantar é servido em um restaurante mais chique. Nele você deverá comer no horário pré-definido (provavelmente você o escolheu no momento da sua reserva). Como em todo restaurante chique, a comida é pouca. É servida uma pequena entrada, o prato principal e depois a sobremesa.

Quem come muito vai ficar com fome, mas aí pode aproveitar e ir até o Windjammer e jantar novamente. Ou então pedir serviço de quarto, onde até meia-noite não é cobrado o serviço (a comida está incluída). Na sua TV você poderá ver as opções disponíveis.

Enfim, é praticamente impossível ficar com fome dentro do navio!

Bebidas

Existem pacotes de bebidas que podem ser comprados no navio. Com esses pacotes você irá economizar bastante.

O pacote de refrigerantes, por exemplo, era ilimitado e você podia pegar a bebida em qualquer restaurante ou bar do navio.

Existem também pacotes de água, cerveja e vinhos.

A água é de graça.

Entretenimento

Todo dia você receberá em sua cabine um jornal com informações sobre o porto de chegada, horário de desembarque e embarque, além da listagem de toda a programação do dia. É legal para você se programar e aproveitar ao máximo as atrações do navio.

Imagem

Amplo teatro.
Imagem

Além disto, você terá uma piscina descoberta com algumas jacuzzis, outra piscina coberta com duas jacuzzis, academia de ginástica, spa, um pequeno salão com arcades, parede de escalada, cassino (só funciona em alto mar) e diversas lojas de todos os tipos.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Muitas das lojas, assim como o cassino, só podem funcionar em alto mar. Então se o navio estiver atracado estará tudo fechado.

Nosso roteiro era assim:

- Primeiro dia: embarque à tarde e saída no começo da noite.
- Segundo dia: todo o dia em alto mar. Ótimo para conhecer e aproveitar o navio.
- Terceiro dia: Atracado em Búzios o dia inteiro. Saída à noite.
- Quarto dia: Atracado em Ilha Grande o dia inteiro. Saída à noite.
- Quinto dia: chegada, bem cedo, ao Porto de Santos e fim do cruzeiro.

Em Búzios e Ilha Grande existiam passeios, que você podia comprar dentro do navio. Como já conhecemos muito bem Búzios optamos somente por um passeio na Orla Bardot e na Rua das Pedras.

Búzios.
Imagem

Em Ilha Grande compramos um passeio de saveiro para ir até a Lagoa Azul. O lugar é lindo, o mar é transparente e você ainda poderá nadar com peixes e ver estrelas do mar. Vale muito a pena!

Imagem

Imagem

Ferry

Tanto em Búzios, quanto em Ilha Grande, o navio não tem onde atracar, pois não existe porto. O navio irá ficar a um pequena distância da costa e o transporte será feito em Ferry's.

Imagem

Imagem

Eles são pequenos e podem balançar muito. O percurso é feito o tempo todo. É bom evitar pegá-lo no início e no final do dia, que são os horários mais cheios.

Imagem

Lojas

Dentro do navio existem lojas de bebidas, perfumes e etc. É como se fosse um Free Shopping. Os preços são mais baratos do que os praticados no Brasil, porém mais caros do que os Estados Unidos. O que vale a pena comprar são as bebidas.

Qualquer bebida que você compre só será entregue no último dia.

Desembarque

O desembarque ocorreu sem problemas. Na noite anterior você recebe as etiquetas para colocar na mala em uma determinada cor. Essa cor lhe dirá o seu horário de desembarque.

Você poderá tomar seu café da manhã sem pressa e só depois desembarcar. Não é necessário seguir a ordem.

Conclusão

Gostamos muito do cruzeiro, mas não consideramos um bom custo/benefício, principalmente para quem não mora em São Paulo.
Além do preço do cruzeiro, paga-se passagem aérea, transfer in/out e gasta-se muito tempo. E ainda tem os passeios que são pagos à parte dentro do navio.

Imagem

Cruzeiros saindo dos Estados Unidos e Europa tem bons preços, pesquise.

A MSC Cruzeiros, por exemplo, tem roteiros que partem de São Paulo e depois param no Rio de Janeiro para embarcarem mais passageiros. É muito mais interessante esta opção!

E você, conhece o Vision of the Seas? Gostou do navio? E da alimentação? Conte para nós a sua experiência!

_________________
Viaje no melhor conteúdo!


 Título: Re: Resenha: Vision of the Seas
Mensagem não lidaEnviado: Sáb Nov 06, 2010 12:27 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 27290
Na temporada 2010/2011 a Royal Caribbean está com alguns roteiros com saída do Rio de Janeiro.

_________________
http://fdv.im/GabrielDias


 Título: Re: Resenha: Vision of the Seas
Mensagem não lidaEnviado: Dom Nov 21, 2010 8:31 pm 
Mensagens: 4
Bom fiz em dezembro do ano passado este Cruzeiro com o Vision tbm.. amei... concordo com vc em relação ao embarque em Santos.. é realmente uma bagunça e complicado, ainda mais no calor... eu moro em Curitiba optei em ir de onibus.. sai a noite daqui cheguei seis da manha e ja fui direto para o porto.. achei tudo tranquilo mesmo não gostando de viajar de onibus.. no mes de fevereiro deste ano fiz ou tro com o Gran Mistral... fiquei descepcionada pois achei q é muito inferior... Agora dia 3 de dezemnro estarei fazendo Buenos Aires, Montevideo, Punta del leste com o MSC Opera.,.. serão 11 dias vamos ver o q vou achar... e no dia 13 de março estarei fazendo outro cruzeiro para Europa (Roma) com o Mariner Of the Seas... de acordo com as reportagens é o maior navio q vira ao Brasil... e deve ser um milhão de vezes melhor q o Vision depois coloco aqui minhas considerações qundo voltar... ah só para constar os dois embarques será em Santos.. no primeiro irei de carro e ficará no estacionamento no porto... no outro um amigo nos levara de carro retorna com ele e voltamos da Europa de avião.


 Título: Re: Resenha: Vision of the Seas
Mensagem não lidaEnviado: Seg Nov 22, 2010 4:35 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 27290
Bem vindo ao Falando de Viagem!

Pelo visto você gosta mesmo de cruzeiros. São tantos!!! haha
O Citibank abriu uma sala vip no porto de Santos recentemente. Se você for cliente, tente usá-la. Veja aqui: viewtopic.php?f=6&t=318

Este ano fiz um cruzeiro saindo de Roma também, mas era no Navigator of the Seas. Muito bom!
Não dá nem para comparar os os cruzeiros aqui do Brasil. A qualidade é muito superior. Gosto muito da Roytal Caribbean.

Tire muitas fotos e depois conte para nós o que achou.

_________________
http://fdv.im/GabrielDias


 Título: Re: Resenha: Vision of the Seas
Mensagem não lidaEnviado: Seg Nov 22, 2010 6:26 pm 
Mensagens: 4
Obrigada!! Gostei muito de estar aqui trocando ideias com vcs...
Realmente amooo cruzeiros, mas para ser sincera gosto mesmo é de viajar... e este ano além dos cruzeiros estarei fazendo mais duas viagens uma em outubro para alguns paises da Europa, e outro em Dezembro... para outros paises tbm da Europa... (eu amoo demais a Europa) não sei pq não sinto interesse em conhecer os EUA... mas....vai saber né? Pode estar certo que contarei minhas aventuras nestes dois cruzeiros e com certeza tirarei muiiiitas fotos..
Abraços

Kelly


 Título: Re: Resenha: Vision of the Seas
Mensagem não lidaEnviado: Ter Nov 23, 2010 12:19 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 27290
Kelly,

A ideia do site é justamente esta: trocar ideias e ajudarmos uns aos outros!
Viajar é realmente muito bom, mas tem um problema: é viciante. Quanto mais viajamos, mais queremos continuar viajando. Eu acho que uma das coisas mais legais é planejar a viagem. Escolher o hotel, os passeios, onde ir, onde comer, onde comprar. Você já começa a curtir a viagem antes dela acontecer de verdade. Por isso achamos tão importante viajar desempacotado.

Eu também gosto muito das cidades da Europa. Mas há muitas cidades boas e interessantes nos Estados Unidos também, além de ser o lugar perfeito para compras. O ideal é ir para Europa, via Estados Unidos, e assim aproveitar ao máximo.

O cruzeiro que fiz foi pelo mar mediterrâneo. Foi perfeito! Foram 12 noites. Ainda preciso terminar a resenha para colocar no ar.

Tire muitas fotos e depois me envie que colocamos aqui no site.

_________________
http://fdv.im/GabrielDias


 Título: Re: Resenha: Vision of the Seas
Mensagem não lidaEnviado: Ter Nov 23, 2010 8:41 am 
Mensagens: 4
Concordo com vc, viajar realmente viciante... mas é um "vicio" muito bom. rsrsrs Eu, como vc colocou curto muito desde a escolha do local, planejamento, faço contagem regressiva,mas diferentemente de vc não sei viajar "desempacotada" rsrsrs
É, quem sabe eu ainda resolva um dia passar o natal em NY, pq é o unico lugar e época q sinto realmente desejo de conhecer e estar...Um ótimo dia para vc!!!

Kelly


 Título: Re: Resenha: Vision of the Seas
Mensagem não lidaEnviado: Ter Nov 23, 2010 1:22 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 27290
Se você ler as dicas aqui do site vai aprender, aos poucos, a viajar desempacotada.
NYC no Natal é muito bonito, mas é um frio enorme!!!

_________________
http://fdv.im/GabrielDias


 Título: Re: Resenha: Vision of the Seas
Mensagem não lidaEnviado: Seg Dez 20, 2010 1:21 pm 
Mensagens: 2
Olá,

Estou de viagem marcada para o Vision of the Seas para 12/03/2011 e gostaria que vc me desse algumas dicas quanto ao que usar no famoso "jantar com o capitão", tanto feminino quanto masculino. Obrigada!


 Título: Re: Resenha: Vision of the Seas
Mensagem não lidaEnviado: Seg Dez 20, 2010 1:28 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 27290
Seja bem-vinda ao Falando de Viagem, Raquel.

Este jantar exige traje a rigor. É um jantar normal, onde o capitão tira fotos com os passageiros e há um baile.
Não achamos interessante e não fomos. Depende do perfil de cada pessoa, mas geralmente as pessoas mais velhas gostam e os mais novos não.

_________________
http://fdv.im/GabrielDias

Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 8  »

 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Opções para alimentação no Anthem of the Seas

em Anthem of the Seas

Última mensagem Ter Fev 02, 2016 1:34 pm FabioCalderon Ver última mensagem

 

9

Um passeio, em fotos, pelo Anthem of the Seas

[ Ir para página: 1, 2 ]

em Anthem of the Seas

Última mensagem Ter Fev 09, 2016 1:34 am snowfood Ver última mensagem

 

10

Conheça a cabine externa com varanda do Anthem of the Seas

em Anthem of the Seas

Última mensagem Ter Mar 01, 2016 3:47 pm Patricia Ver última mensagem

 

5

Como é o embarque no Anthem of the Seas em Cape Liberty

em Anthem of the Seas

Última mensagem Seg Nov 21, 2016 2:34 pm Beatriz Ver última mensagem

 

3

5 motivos para você embarcar no Anthem of the Seas

em Anthem of the Seas

Última mensagem Sex Abr 08, 2016 11:06 am fcdias Ver última mensagem

 

4

 

Cruzeiros

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes