Cruzeiros

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]


Ir para página 1, 2, 3, 4, 5, 6  »

 Página 1 de 6 [ 60 mensagens ] 
 
 Título: O bê-a-bá dos cruzeiros
Mensagem não lidaEnviado: Ter Nov 23, 2010 1:41 pm 
Mensagens: 4057
O bê-a-bá dos cruzeiros

Além de ser um jeito bastante diferente e interessante de viajar, os cruzeiros marítimos possuem um universo próprio, com suas regras, nomenclaturas e características peculiares. Pensando nisso, resolvi fazer esta espécie de "dicionário", explicando melhor como é o método de funcionamento de um navio:

Check-in e bagagens: O check-in de um navio funciona mais ou menos como check-in de avião. Sua qualidade dependerá muito do porto de partida do navio e da organização da companhia de cruzeiros. Portos como Santos e San Juan costumam ser um carma; outros, como Amsterdam e Fort Lauderdale, são uma maravilha! De qualquer modo, o check-in propriamente dito costuma ser bem tranquilo. Os atendentes geralmente são bem simpáticos, dispostos a tirar qualquer dúvida do passageiro. É no check-in que você recebe a chave do quarto (que será também seu "cartão de crédito", já que as despesas a bordo serão debitadas no cartão-chave, e você pagará por elas no fim do cruzeiro). Quanto às bagagens, elas devem ser despachadas antes do check-in, ao se chegar no terminal de embarque. Há funcionários especialmente designados para auxiliar com as bagagens. As malas são deixadas na porta da cabine. Não se assuste se elas demorarem pra chegar. O normal é que todas as bagagens tenham sido postas nas devidas cabines até o final da tarde. É provável, portanto, que sua mala só chegue algumas horas depois do embarque.

Treinamento de segurança - Procedimento "obrigatório" em todas as viagens de navio (muito embora bastante gente dê um jeito de escapar de vez em quando). Consiste em um treinamento feito no primeiro dia de viagem, antes do navio partir, no qual todos os passageiros devem vestir seus coletes salva-vidas disponíveis no armário da cabine e assistir, com bastante atenção, às instruções de segurança para casos de emergência. Os tripulantes estarão a postos por todo o navio, para ajudar os passageiros durante o procedimento.

Sistema all-inclusive - Trata-se de algo presente em praticamente todos os navios. Significa que você pode comer (quase) tudo que quiser. E opções não faltam. Há comida de todos os tipos, pra todos os gostos! Além disso, no navio há comida 24 horas por dia. A qualquer momento, se bater aquela fome, haverá algo disponível para você forrar o estômago. Atualmente, uma péssima tendência observada nos novos navios é colocar restaurantes mais "chiques", onde deve-se pagar um valor à parte, que não está incluso no sistema all-inclusive. O Solstice e o Equinox, navios luxuosos da Celebrity Cruises, têm uns 4 ou 5 restaurantes pagos.

Turno- Os navios sempre possuem um restaurante mais informal, geralmente no andar da piscina, em sistema bufê, e outro mais sofisticado, com sistema a la carte. No jantar, a grande maioria dos passageiros ruma para o restaurante mais elegante, onde há jantares regados a excelentes pratos. Para administrar o fluxo de passageiros sem causar filas e espera, os navios instituem um sistema de turnos. Assim, no ato da reserva da viagem, deve-se escolher entre jantar no primeiro ou no segundo turno. Os horários variam muito. Em cruzeiros pelo Hemisfério Norte, o primeiro turno costuma ser entre 18 e 18:30, e o segundo turno, entre 20 e 20:30. Já o Brasil, os horários geralmente são puxados para mais tarde. Já viajei em um navio da Costa pelo Brasil em que o segundo turno era às 22:30!!! Na verdade, vai depender muito do público-alvo do cruzeiro. Americanos, por exemplo, gostam de comer muito cedo, enquanto brasileiros comem mais tarde. O certo é verificar no ato da reserva os horários e decidir-se pelo primeiro ou pelo segundo turno. Algumas companhias, como a Holland America, adotam ainda o sistema "open seating": consiste em reservar uma parte do salão para aqueles que não querem escolher nenhum dos dois turnos e preferem comer cada dia em um horário diferente.

Noite de gala - Ocorre em boa parte dos navios. Consiste em noites especiais, nas quais todos se vestem de um jeito mais formal (mulheres de vestido longo e homens de terno ou smoking). O cardápio do restaurante costuma ser bem caprichado nesses dias, e sempre há algum tipo de comemoração, como uma despedida ou um coquetel do capitão. Geralmente, o número de noites de gala segue essa proporção: cruzeiros de 3 ou 4 dias - 1 noite; cruzeiros de 1 semana - 2 noites; cruzeiros de 10 a 12 dias - 3 noites; cruzeiros de 2 semanas - 4 noites. Mas essa é apenas uma estimativa, claro que o número de noites pode variar dependendo do roteiro e da companhia marítima.

Free-style cruising - Sistema adotado pela Norwegian. Não há turnos no jantar, nem noites de gala. O passageiro escolhe aonde comer, quando comer, e como se vestir. A vantagem é que não é preciso ficar se preocupando em levar roupa social na mala. A desvantagem é que, no sistema free-style, há uma ampla variedade de restaurantes a serem escolhidos, mas boa parte deles são pagos. E o cruzeiro acaba perdendo um pouco a elegância.

Sobre as cabines - Definitivamente, as cabines não são a parte mais confortável da viagem de navio. A não ser que você pegue uma caríssima suíte com mordomo, você ficará hospedado em um espaço menor do que os quartos de hotel, com um banheiro apertado e pouco espaço pra guardar as coisas. Há cabines externas com varanda, externas com janela, e internas, sem janela. Cabines localizadas na popa (parte traseira do navio) balançam menos, enquanto aquelas localizadas na proa (parte dianteira da embarcação) balançam mais.

Sobre as atividades de lazer - Um dos pontos fortes das viagens de navio! Há atividades para todos os gostos e idades o dia inteiro. Cassino, bingo, música ao vivo em diversos ambientes, banda tocando na piscina, brincadeiras na parte externa do navio, quadras, sala de leitura, leilões de arte, bares, restaurantes, cafés e lojas, shows no teatro, discoteca à noite... enfim, o que não falta é atividade pra ocupar o dia. Ou, se você preferir simplesmente relaxar, o deck da piscina é um convite perfeito para deitar sob o Sol e ouvir o barulho do mar. Lembrando que os mega-navios ainda possuem parede de escalada, ringue de patinação no gelo, mini-golfe, etc.

Gorjeta - Geralmente, dá-se gorjeta no último dia do cruzeiro para o garçom, o assistente do garçom, o mâitre e a camareira. A fórmula não se aplica a todas as companhias de cruzeiro, mas geralmente o valor da gorjeta é debitado na sua conta, e você apenas entrega aos funcionários um voucher de agradecimento.

Check-out e desembarque - A parte mais chata da viagem, na minha opinião. Os passageiros devem fazer suas malas e deixá-las na porta de sua cabine na noite anterior ao desembarque. Um funcionário recolherá sua bagagem e você só irá encontrá-la novamente na manhã do dia seguinte, no porto de chegada. O desembarque é feito em etapas: você recebe uma cor correspondente ao seu grupo de desembarque. Quando anunciarem sua cor no alto-falante do navio, é hora de desembarcar. Não adianta tentar sair antes, pois eles só vão deixar você ir embora do navio quando sua cor for chamada. Geralmente, até as 11 da manhã, todos os passageiros já deixaram o navio. O check-out é feito um dia antes do desembarque, na recepção, quando também é a hora de pagar a conta de tudo que foi consumido durante o cruzeiro.

Bom, espero que esse pequeno glossário tenha resumido bem as principais características dos cruzeiros marítimos.

Boa viagem!

_________________
http://fdv.im/fabiocalderon


 Título: Re: O bê-a-bá dos cruzeiros
Mensagem não lidaEnviado: Qua Dez 08, 2010 6:06 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 27265
Fabio onde você compra seus cruzeiros?

Na minha lua-de-mel comprei através de uma agência, pois o preço deles estava melhor do que o encontrado no site americano da Royal Caribbean.

_________________
http://fdv.im/GabrielDias


 Título: Re: O bê-a-bá dos cruzeiros
Mensagem não lidaEnviado: Qua Dez 08, 2010 6:59 pm 
Mensagens: 4057
Depende muito do preço. Não costumo comprar sempre no mesmo lugar, mas geralmente compro ou nas próprias representantes das companhias de cruzeiros (Nascimento Turismo para Royal e Celebrity, Queensberry para Princess e Píer 1 para Holland), ou então com agências de turismo independentes. Ganha quem fizer o menor preço rs.

_________________
http://fdv.im/fabiocalderon


 Título: Re: O bê-a-bá dos cruzeiros
Mensagem não lidaEnviado: Qua Mai 02, 2012 3:05 pm 
Mensagens: 1
Pretendo fazer um cruzeiros pelo mediterraneo, no Mariner of de Seas em outubro...gostaria de saber se preciso tirar visto
parao Egito aqui no Brasil ou este visto sera dado no proprio navio?
Tbem gostaria se saber se o jornal de bordo do navio vem escrito em portugues?
Se alguem souber, me responda.
Obrigada.


 Título: Re: O bê-a-bá dos cruzeiros
Mensagem não lidaEnviado: Qua Mai 02, 2012 4:07 pm 
Mensagens: 11624
Seja bem-vinda ao Falando de Viagem, patirissato!

Para desembarcar no Egito você precisa de visto. O jornal normalmente é entregue em inglês ou espanhol. Em português só em cruzeiros pelo Brasil.

_________________
Viaje no melhor conteúdo!


 Título: Re: O bê-a-bá dos cruzeiros
Mensagem não lidaEnviado: Sex Mai 04, 2012 1:58 pm 
Mensagens: 2094
A Costa Cruzeiros, depois do que aconteceu com seus navios, está com algumas promoções e também com All Inclusive.

Eu já fiz alguns cruzeiros há alguns anos.

Hoje não quero mais. Só se for em navio de pouca capacidade até 500 ou 700 passageiros, como nos que estive.

Sou muito rabugento para aguentar filas e filas num navio com mais de 2 mil passageiros e outros tantos tripulantes.

Tô velho e quero mordomia.


 Título: Re: O bê-a-bá dos cruzeiros
Mensagem não lidaEnviado: Sex Mai 04, 2012 10:48 pm 
Mensagens: 4057
Jornalzinho em português, geralmente só nos navios que percorrem a costa brasileira.

_________________
http://fdv.im/fabiocalderon


 Título: Re: O bê-a-bá dos cruzeiros
Mensagem não lidaEnviado: Dom Out 27, 2013 3:56 pm 
Mensagens: 19
Oi, Fábio,

tenho uma dúvida que pode servir a outras pessoas também.

Estou interessado num cruzeiro pelo Mediterrâneo que começa e termina em Civitavecchia. Há um trem que liga o porto a Roma e tem até uma boa frequência de partidas, o problema é que a maioria delas para em muitos lugares, o que acaba atrasando a chegada a Roma. Somente um horário, na tabela atual, é realmente expresso.

Bom, para saber se tenho uma boa chance de pegar esse trem especificamente eu precisaria ter uma ideia de como a Costa Cruzeiros [mas creio que a orientação valha para a maioria das linhas] lida com o horário de desembarque. E aí vai a minha pergunta: o horário que eles programam no site é uma referência do tipo "a partir de tal hora" ou "até tal hora"? Já vi uma resposta aqui no Fórum dizendo que você pode optar por desembarcar carregando suas próprias malas - em vez de obedecer a uma escala de horários por grupos, como os demais passageiros, que recebem as malas fora do navio - o que não levaria 15 min. Eu próprio já fiz um cruzeiro pela MSC e desembarquei bem antes do horário previsto. Mas ainda fica a pergunta: você sabe se o normal nos cruzeiros da Costa é o desembarque acontecer no horário ou é comum acontecerem atrasos e não se deve marcar nada para aquele dia contando com o desembarque?

Muito obrigado!


 Título: Re: O bê-a-bá dos cruzeiros
Mensagem não lidaEnviado: Dom Out 27, 2013 4:31 pm 
Mensagens: 4057
Oi Diogo,

Atrasos no desembarque muitas vezes dependem mais do porto do que da própria companhia. Falo por experiência própria, já que a única vez em que realmente enfrentei um grande atraso no desembarque foi no porto do Rio de Janeiro, após um cruzeiro pela Celebrity Cruises (cia conhecida pela pontualidade).

No caso da Costa, não costumo ouvir casos de atrasos no desembarque. Por via das dúvidas, pegue o horário mais cedo que tiver disponível (os horários costumam ser respeitados), ou saia do navio carregando suas malas, caso haja esta opção.

Eu já desembarquei em Civitavecchia, e o horário foi respeitado.

_________________
http://fdv.im/fabiocalderon


 Título: Re: O bê-a-bá dos cruzeiros
Mensagem não lidaEnviado: Dom Out 27, 2013 5:09 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 27265
Também já desembarquei em Civitavecchia. Cada passageiro tinha um horário de desembarque, para tornar a logística mais organizada.

Lembro que na RC você não podia escolher o horário. Talvez mediante solicitação seja possível.

_________________
http://fdv.im/GabrielDias


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Vale a pena comprar pacotes de bebidas em cruzeiros?

[ Ir para página: 1, 2 ]

em Cruzeiros

Última mensagem Ter Mai 10, 2016 6:31 pm FabioCalderon Ver última mensagem

 

12

 

Cruzeiros

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante