Destinos - Europa
Turquia

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]




 Página 1 de 1 [ 6 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Dom Jul 21, 2019 11:50 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 18546
Administrador
Imagem

O que é, afinal, o banho turco (chamado de hammam)? Lê-se muito sobre o ritual tradicional da Turquia como algo erótico, que deve ser feito em casal ou para solteiros curtirem, mas a verdade é que o banho turco não tem nada de segundas intenções. Inclusive, até crianças podem fazer. O tratamento é enraizado na cultura turca há séculos e é muito respeitado e levado a sério. O Falando de Viagem esteve na Turquia recentemente para desvendar de uma vez por todas o que realmente acontece no banho turco.

Nossa experiência de banho turco aconteceu no Spa do Raffles, um dos melhores hotéis 5 estrelas no Istambul. E essa é uma dica primordial: certifique-se de que o local escolhido para fazer o ritual é legítimo, seguro e recomendado. Não se pode ter certeza, mas é possível que estabelecimentos desonestos se apropriem das más línguas para oferecer um serviço que não é o verdadeiro. A casa mais tradicional de banho turco em Istambul é a Çemberlitas. Ambas as experiências são sérias e seguem a tradição, mas têm suas diferenças, que serão abordadas aqui.

Leia também: 10 passeios que você precisa fazer em Istambul

O banho turco é um processo composto por esfoliação, espuma e o banho propriamente dito. No Spa do Raffles, a experiência é ainda mais completa e também inclui uma massagem e secagem. Uma funcionária é responsável por todas estas etapas e você não precisa fazer esforço nenhum (como se fosse um bebê tomando banho). Funcionária no feminino, porque é sempre uma mulher - fato que alimenta ainda mais a falsa ideia que se tem do tratamento. Já na Çemberlitas, a massagem deve ser contratada à parte, como um serviço adicional.

O banho turco acontece em espaços fechados que se assemelham a uma sauna, mas bem menos quente e mais úmido. O local costuma ser feito inteiramente de mármore e com meia luz, para garantir o relaxamento total. Em muitos Spas, como é o caso da Çemberlitas, o processo é feito de forma comunitária, com várias pessoas desconhecidas deitadas uma ao lado da outra. Nos mais exclusivos, como no Raffles, a experiência é totalmente privativa, o que pode significar fazer só ou com seu par. O tratamento ser feito em um casal só significa que ambos passarão por essa experiência juntos, e nada mais que isso. Esse também pode ser outro fator que alimenta a má concepção.

Imagem
Sala privativa para banho turco no Raffles.

Um grande erro é pensar que nudez é sinônimo de erotismo. Trata-se de um ritual característico de uma cultura que é totalmente diferente da brasileira. E no contexto do banho turco, a pele amostra jamais é sinônimo de um símbolo sexual. Infelizmente, o Brasil ainda é mal-acostumado com essa ideia. Pense na Europa, onde mulheres tomam sol de topless como algo totalmente natural. É preciso ter maturidade para entender que um corpo nu e um corpo sexualizado podem sim ser diferentes.

Na Çemberlitas, as funcionárias costumam ser senhoras turcas tão tradicionais quanto a casa, daquelas que mal falam inglês. Elas trabalham sem roupa na parte de cima. Apenas na hora do banho propriamente dito, se cobrem. Os clientes também recebem o tratamento nus, apenas com uma parte debaixo descartável, fornecida no local. Como é algo cultural e naturalizado, essa falta de roupa não é vista como estranheza em nenhum momento. Como turistas, precisamos ter ciência disso. Se você decidir fazer o banho turco desta forma mais tradicional, o encare sem risadinhas e pudores. Além de estragar a sua experiência, você pode constranger os outros.

Já no Raffles, nem o hóspede e muito menos a funcionária ficam sem roupa. No Spa do hotel de luxo, a funcionária usa um maiô o tempo todo. Já o hóspede usa roupa de banho. Como o objetivo é tratar o máximo de pele exposta possível, mulheres devem ir de biquíni e homens de sunga - nada de maiô ou bermuda de praia.

Estes são os detalhes que diferenciam a experiência mais tradicional, na Çemberlitas, e a mais ocidentalizada, no Raffles, mas os passos que compõe o banho turco acontecem da mesma forma em ambos. O primeiro passo é a esfoliação. O objetivo é retirar todo o excesso de pele morta do corpo, para assim, acelerar a regeneração da cútis. Ao remover a camada morta, o que resta é uma pele nova, extremamente macia e reluzente. Quem nunca esfoliou a pele pode pensar que este é um processo muito abrasivo. O procedimento é feito com uma bucha específica e é sim bastante intenso, mas jamais a ponto de machucar. A verdade é que a descamação da camada morta acontece naturalmente e este processo só a acelera.

O segundo passo é a espuma - e é MUITA espuma! São baldes e baldes de espuma que cobrem totalmente o seu corpo para hidratar a nova pele que a esfoliação expôs. É nesse momento que a massagem acontece no Raffles. Já na Çemberlitas, a espuma é só despejada, caso o cliente não tenha pago o extra da massagem, como foi explicado anteriormente. Também se passa espuma no cabelo, sem direito a condicionador depois. Quem é vaidoso com os fios pode se incomodar e sair cheio de nós, mas nada que não possa ser resolvido depois, então relaxe! No tradicional Çemberlitas, como são muitas pessoas, o serviço parece ser mais no estilo "linha de produção". Já no Raffles, é atenção, cuidado e exclusividade total ao cliente.

E por fim, o terceiro passo é o banho. Assim como acontece com a espuma, são baldes de água - de novo, muita água - jogados, dessa vez para retirar a espuma do corpo e finalizar o tratamento. No Raffles, a funcionária também te seca. Na Çemberlitas, não.

Veja como é o tratamento no Raffles no vídeo do Fábio Ramalho:



Após o tratamento, você fica livre para aproveitar a piscina e o clima de sauna. É claro que no Raffles, a piscina é luxuosa e com menos pessoas, e na Çemberlitas, mais lotada. A área interna do Raffles, aliás, é um destaque a parte, com piscina climatizada e uma deliciosa jacuzzi. É o espaço ideal para curtir por várias horas, sem precisar se preocupar com a temperatura exterior.

Imagem
Piscina interna climatizada do Raffles.

Acreditamos que esta descrição detalhada de como acontece o tratamento tenha sido esclarecedora. A conclusão é: o banho turco pode sim envolver nudez, mas um corpo nu não é sinônimo de erótico. O procedimento tem absolutamente nenhuma conotação sexual. Se mesmo após entender que este é um conceito cultural da Turquia você não se sentir confortável com a nudez, pode procurar Spas mais ocidentalizados, como o do Raffles. Se não, se jogue no estilo tradicional! De qualquer forma, é uma experiência imperdível quando na Turquia.

Leia também: Expressões em turco para você aprender antes de viajar para Turquia

Como ir para a Turquia?

Saindo do Brasil, a melhor rota para chegar à Turquia é com a Turkish Airlines, que oferece voos diários saindo do Aeroporto de Guarulhos (GRU), em São Paulo. O voo tem duração média de 12 horas e são operados no Boeing 777-300ER. Você tem duas classes de serviço à disposição: Classe Executiva (Business Class) e Classe Econômica (Economy Class).

Fundada em 1933 com uma frota de cinco aeronaves, e membro da Star Alliance, a Turkish Airlines possui hoje 332 aeronaves (passageiros e carga), que voam para mais de 307 destinos no mundo, sendo 258 internacionais e 49 nacionais, em 124 países.

Vale a pena tomar um banho turco?

Quando viajamos, é sempre legal conhecer mais sobre a cultura local, explorar a gastronomia local, e viver por alguns dias de forma diferente ao que estamos acostumados no Brasil. Por isso, consideramos que essas experiências são fundamentais, mesmo que você faça uma única vez na vida. Vale experimentar sim o banho turco, pois faz parte da tradição turca.

Boa viagem!

O Falando de Viagem viajou para a Turquia a convite da Turkish Airlines.

E você, conhece a Turquia? Fez o banho turco? O que achou? Conte para nós a sua experiência!

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________
Participe do nosso grupo no Telegram. Entre agora mesmo, pois estamos Falando de Viagem: https://t.me/falandodeviagem



 Mensagem não lidaPublicado: Dom Jul 21, 2019 10:08 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 5381
Que interessante. Sempre tive curiosidade para saber como era mesmo. Realmente aqui no Brasil a imagem que as pessoas tem é completamente diferente, com uma conotação sexual.

_________________
http://fdv.im/JulianaMagalhaes


 Mensagem não lidaPublicado: Dom Jul 21, 2019 11:20 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 9999
Interessante, mas prefiro tomar banho do jeito tradicional, sem ninguém me esfregando.

_________________
http://fdv.im/FlavioBaran


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Jul 22, 2019 11:37 am 
Mensagens: 693
Pauta interessante e muito necessária. Um crime tranformarem um procedimento ultra tradicional em algo sujo.

_________________
http://fdv.im/ManuCaldas


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Jul 25, 2019 3:26 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 37089
Eu experimentei e achei interessante para saber como é. Entretanto, essa parte da esfoliação eu não gosto, ainda mais com alguém me esfregando, como o @baran citou. Foi legal para conhecer, mas não troco por uma massagem.

_________________
https://fdv.im/GabrielDias


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Jul 29, 2019 1:07 pm 
Mensagens: 1816
Ótima matéria.
Bem escrito: É preciso ter maturidade para entender que um corpo nu e um corpo sexualizado podem sim ser diferentes.
Muito bom o vídeo também.

_________________
http://fdv.im/AdrianaRuhmke


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Expressões em turco para você aprender antes de viajar para Turquia

em Turquia

Última mensagem Seg Jun 24, 2019 3:28 pm JulianaMagalhaes Ver última mensagem

 

2

Com qual idade as crianças podem tomar a vacina de febre amarela?

em Vacinas

Última mensagem Qua Jan 30, 2019 1:59 pm JulianaMagalhaes Ver última mensagem

 

4

 


Booking.com


Destinos - Europa
Turquia

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante