Destinos - América do Norte
Estados Unidos
Flórida
Orlando

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]


Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 18  »

 Página 1 de 18 [ 173 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Qui Dez 16, 2010 8:40 pm 
 Atualizado: Sex Set 20, 2019 8:34 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 18697
Administrador
Imagem

O SeaWorld Orlando é um parque que tem como tema os animais marinhos. Ele é famoso pelos shows com estes animais (falaremos mais sobre as polêmicas e mudanças posteriormente) e pelos programas de tratamento e preservação da vida marinha. Desde 1973, ano em que foi inaugurado, encanta os visitantes de todas as idades.

O parque é bem arborizado e mais tranquilo do que os concorrentes. Lá, você consegue aproveitar com menos correria, aspecto tão comum em outros parques temáticos. Ele inclusive fecha mais cedo do que o padrão, às 18h ou 19h dependendo do dia. É ideal para um dia menos cansativo mas ainda sim bem aproveitado durante a sua viagem.

Veja o mapa do complexo (clique em cima para visualizar em versão maior):

Imagem

Vamos dividir o SeaWorld em duas categorias: shows e brinquedos.

Shows

- One Ocean: o mais famoso e polêmico show com as baleias orcas. Este já é o formato reformulado após a morte de uma das treinadoras no antigo show, chamado Believe. Por causa disto, neste novo show, nenhum dos treinadores entra na água, com uma menor interação.

- Dolphin Days: show com golfinhos fazendo acrobacias. Neste, os treinadores entram na água e nadam com os animais. Também há a participação de aves exóticas.

- Sea Lion High: The New Class: divertido show com leões-marinhos atrapalhados na tentativa de se comportar na ''escola''.

- Pets Ahoy: Show estrelado por diversos animais terrestres resgatados.

- Ocean Discovery: Outro show com as baleias orcas. Desta vez, com viés educativo sobre o comportamento destes animais.

- Sesame Street Party Parade: A mais nova adição do parque é a área da Vila Sésamo. Além dos brinquedos, interação com os personagens e toda a ambientação, diariamente também há um desfile com muitas músicas e cor.

- No parque inteiro, você vai ver diversos locais com aquários, criadouros, etc. Em Stingray Lagoon, você poderá tocar e alimentar arraias; em Shark Encounter, você passa de esteira rolante embaixo de um tanque com tubarões; Dolphin Cove, Pacific Point Preserve e Tropical Reef são tanques com golfinhos, leões-marinhos e peixes tropicais, respectivamente.

Aconselhamos que você chegue com certa antecedência aos estádios onde ocorrem os shows para pegar bons lugares. Existem lugares demarcados onde você irá se molhar. Então se você quer essa emoção a mais, precisa chegar ainda mais cedo. Também há a possibilidade de marcar assentos por um valor adicional ao. Outra dica é que o certo é se guiar pelos horários dos shows. Caso contrário você corre o risco de perder alguns belos espetáculos. Pegue o guia com os horários na entrada do parque e planeje seu dia de modo a assistir a todos os shows.

Para ver os shows no site oficial, clique aqui.

A polêmica do uso de animais para entretenimento

O SeaWorld é automaticamente associado aos shows com orcas e golfinhos, que não por acaso também são o foco das críticas. O grupo já assumiu um novo posicionamento sobre os espetáculos com orcas. A versão oficial do SeaWorld Orlando é que o parque não vai mais incentivar a procriação da espécie em cativeiro. A geração de orcas presente hoje no parque será a última a se apresentar e após todos estes animais morrerem, o show irá acabar. Assim como foi feito com todos as outras espécies, o SeaWorld não captura orcas do oceano há anos. Todos as baleias que vivem atualmente no parque já nasceram no cativeiro, portanto, não se pode soltá-las no habitat natural, porque elas não iriam sobreviver naquele estilo de vida. Como as orcas são as grandes protagonistas do SeaWorld, o grupo também afirma que grande parte das pesquisas e conhecimento acadêmico que se tem hoje sobre estas baleias é graças ao trabalho feito pela empresa.

O show com os golfinhos irá continuar na programação, mas o SeaWorld também rebate as denúncias de que o treinamento dos animais é feito a base de violência e maus-tratos. De acordo com o grupo, todo o treinamento feito com os animais acontece apenas por reforço positivo e nada a mais. Esta é a mesma técnica usada para adestrar cães, por exemplo - o cachorro come ração durante a rotina, mas quando ele faz algo desejado, recebe um biscoito. Dessa forma, os golfinhos obedecem aos comandos e fazem piruetas para receber sardinhas no final.

Brinquedos

- Mako: A mais nova montanha-russa é a mais longa e mais rápida de Orlando. Ela não tem loopings, mas consegue ser muito emocionante mesmo assim. O nome é uma referência à espécie de tubarão Mako e o percurso foi inspirado na caça do predador.

- Manta: Nessa montanha-russa, você se sente como se fosse uma arraia, fazendo todo o percurso de bruços. A sensação é uma delícia.

- Kraken: Montanha-russa bem intensa, cheia de loopings e inversões. Inspirada nos mistérios do fundo do mar.

- Ice Breaker: montanha-russa a ser inaugurada em 2020.

- Journey To Atlantis: Brinquedo que molha que tem como tema a Atlântida. Você conhece um pouco da história em um barquinho até a queda, que é bem acentuada e molha tudo.

- Infinity Falls: O mais recente brinquedo que molha do parque. Decorado para replicar o clima tropical, tem o percurso por águas rebeldes que divertem e molham bastante.

- Antartica - Empire of the Penguin: Reproduz o ambiente do "continente gelado", lar dos pinguins. Nesta atração, você embarca em uma aventura pelas terras geladas da Antártida, podendo escolher entre a versão mais "forte" e a versão mais "fraca". Junto a esta atração, estão expostos os pinguins, sendo que parte do ambiente reproduz as temperaturas geladas da Antártida.

- Turtle Trek: Cinema 3D cujo reproduz o ciclo de vida das tartarugas marinhas.

- Wild Artic: Simulador que tem como tema uma suposta viagem turbulenta ao Pólo Norte. Ao lado, há uma versão mais fraca do brinquedo, com o mesmo filme, mas sem os movimentos do simulador. Não deixe de ver, na saída, o belo local que reproduz o habitat dos ursos polares, com alguns exemplares da espécie dando o ar da graça.

- Sea Carousel: Como o nome já diz, é um carrossel temático do fundo do mar.

- Sky Tower: Uma torre que fica na lagoa que está bem no meio do parque, com um elevador que sobe e desce lentamente e proporciona uma bela vista do parque e de seus arredores.

- Flamingo Paddle Boats: Na waterfront, bonita área do parque que recria um píer, há pedalinhos para alugar e andar pela lagoa, mas eles são pagos à parte - 6 dólares por pessoa por 20 minutos.

- Shamu’s Happy Harbour: Área do parque dedicada às crianças, recriando o que seria a Vila da Shamu. Há escorregadores, labirintos, fliperama, brinquedinhos que molham e muito mais.

Para ver as atrações no site oficial clique aqui.

Tempo de espera

Repare que em todas as atrações, logo na entrada, existe uma placa com o tempo estimado que você ficará na fila. O tempo é aproximado, então não o considere ao pé da letra, pois costuma ser menor. Use o apenas como referencial, para saber se você irá ou não encarar a espera. Como dissemos anteriormente, este é um parque mais vazio que os demais.

Quick Queue

O fura filas do SeaWorld. O Quick Queue é um benefício adicional, que deve ser pago separadamente do ingresso do parque e é válido apenas para um dia de visita. Assim como acontece nos parques dos outros grupos, o fura fila do grupo SeaWorld não dá acesso a todos os brinquedos, mas somente para as atrações principais, que acumulam mais tempo de espera, como montanhas-russas, brinquedos de água e simuladores.

O grupo SeaWorld oferece três categorias do fura filas:
- Quick Queue: limite de um uso por atração, a partir de 14.99 dólares;
- Quick Queue Unlimited: ilimitado, o visitante pode furar a fila das atrações repetidamente, quantas vezes quiser, a partir de 19.99 dólares;
- Quick Queue Junior: limite de um uso em atrações voltadas para crianças, ou seja, os brinquedos que não são radicais, como montanhas-russas, a partir de 15 dólares.

Single rider line

É uma fila especial (e bem menor) onde você só poderá ir sozinho. Sempre sobram lugares, pois muitas pessoas acabam preferindo esperar o próximo carrinho para ir junto com a galera. É nesta hora que o operador do brinquedo chama alguém da fila single rider. Se você viaja sozinho ou não se importe de ir sentado junto, vale muito a pena quando a fila está grande.

Certa vez éramos dois na single rider line e sabíamos que não poderíamos ir juntos, mas calhou de chamarem duas pessoas e era um carrinho atrás do outro. Pedimos para a pessoa trocar, ela aceitou e fomos juntos. Foi sorte, mas fique atento e você também poderá conseguir.

Há single rider line no Journey to Atlantis e na Manta.

Onde comer dentro do SeaWorld

Para comer, o SeaWorld conta com opções gastronômicas de refeição rápida, mas também há restaurantes mais especiais.

Para quem não tem tempo a perder ou quer economizar, há várias opções de fast-food, onde você paga, espera pouco minutos pela comida, e depois procura uma mesa para sentar. É simples, rápido e relativamente barato. Mas as opções são bem restritas. Geralmente o cardápio conta com hambúrguer, chicken fingers, grelhados e no máximo uma ceaser salad. Para estes fast-foods mais simples, o SeaWorld oferece um plano de All Dining Deal, em que você paga um preço fixo para comer e beber o quanto quiser durante o dia no parque - só não engloba os restaurantes especiais.

Já nos restaurantes, o cardápio é mais variado e com qualidade superior, e por isso, bem mais caros. Estes também são lugares temáticos, com visual interessante. Vejas as opções:

- Count von Count's Spooktacular Breakfast: Tome café da manhã com os amigos da Vila Sésamo. O sistema é de buffet. Este é a única oportunidade gastronômica com personagens.

- Up-Close Dining at Shamu® Stadium: Ao invés de admirar o show das baleias orcas na arquibancada, você pode garantir um ângulo especial, do restaurante.

- Sharks Underwater Grill® and Bar: Aqui, a vista para a refeição será a do gigante aquário de tubarões.

Armários

Você poderá alugar um armário para deixar seus pertences. Eles localizam-se atrás do Shamu's Emporium. O preço adicional é de US$7 para armários pequenos e US$10 para armários grandes. Existem instruções de uso e você pode alugar quantos forem necessários. Se tiver dificuldades solicite ajuda a um funcionário.

Quanto custa o estacionamento no SeaWorld?

O estacionamento custa US$13 a diária. Clique aqui para ver o preço de todos os parques de Orlando.

Você poderá pagar com seu cartão de crédito.

Tem Wi-Fi no SeaWorld?

Sim, tem. A internet nos parques temáticos é totalmente gratuita e de alta velocidade, com cobertura em praticamente todos os locais. Vale a pena se conectar, pois em alguns locais o sinal do seu celular pode não funcionar, mas o Wi-Fi funciona. Você pode compartilhar as fotos e vídeos em tempo real nas redes sociais e grupos de WhatsApp.

Onde comprar o ingresso para o SeaWorld

O Falando de Viagem vende os ingressos e ainda ajuda você diariamente, com dezenas de matérias de qualidade, sobre os melhores lugares do mundo para viajar, além de oferecer o Ajudante para tirar todas as suas dúvidas. Você pode comprar on-line, com parcelamento em até 10 vezes sem juros em todos os cartões de crédito, e o selo de segurança FDV. Após aprovada a compra, você receberá o voucher por e-mail, e poderá usá-lo diretamente para entrar no parque, sem necessidade de trocá-lo.

Para comprar o seu ingresso, acesse: https://ingressos.falandodeviagem.com.br

Matérias sobre o SeaWorld no Falando de Viagem

- Guia completo para todas as montanhas-russas do SeaWorld Orlando

- 3 shows que valem a pena assistir no SeaWorld Orlando

- SeaWorld Orlando com crianças: vale a pena a visita?

- 10 hotéis perto do SeaWorld Orlando

- A versão do SeaWorld sobre a polêmica do entretenimento com animais

- Infinity Falls: conhecemos a mais nova atração do SeaWorld Orlando

- Conheça a Sesame Street, a nova área temática do SeaWorld Orlando

- All-Day Dining Deal: vale pagar pelo pacote de alimentação do SeaWorld, Busch Gardens e Aquatica?

- SeaWorld além dos shows: preservação animal e inclusão de visitantes autistas

- Quick Queue: o fura filas do SeaWorld, Busch Gardens e Aquatica

Conclusão

É um excelente parque, principalmente se você gosta de animais marinhos e shows. As crianças adoram ver os animais de perto e ficam encantadas com os shows. Aliás, qualquer um fica encantado assistindo aos espetaculares shows. O SeaWorld costuma ser o parque menos cheio de todos, então é bem provável que você acabe de percorrê-lo cedo. Sendo assim, que tal combiná-lo com o Florida Mall ou o Mall at Millenia?

Boa diversão!

E você, já foi ao SeaWorld? Gostou das atrações? E dos shows? Tem dicas? Conte para nós sua experiência!

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________
Participe do nosso grupo no Telegram. Entre agora mesmo, pois estamos Falando de Viagem: https://t.me/falandodeviagem



 Mensagem não lidaPublicado: Seg Jun 06, 2011 2:01 pm 
Mensagens: 329
Boa tarde.

Li que o Sharks Underwater Grill é um restaurante caro. Como ainda não tenho definido onde almoçarei no dia do Sea World, gostaria de saber quão caro é o restaurante e quais as eventuais alternativas, lembrando que planejo jantar no Red Lobster da International Drive.

Abraço,

Maurício


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Jun 06, 2011 3:28 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 1560
O Red Lobster é bom, mas é caro também!! Talvez a comida até seja melhor mesmo, mas não tem a magia do Sharks. Particularmente eu não vou ao Red Lobster desde que fomos expulsos de lá no meio do jantar porque havia dado o horário de encerramento... :? Mas já faz tempo isso!


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Jun 06, 2011 3:30 pm 
Mensagens: 3960
Oi Maurício,

Um prato lá costuma ficar na faixa de U$20-U$25. Para sua filha, há o tradicional menu infantil, sempre mais barato do que o cardápio normal. O Sharks é um restaurante muito bom, que vale especialmente pelo ambiente. O que acontece é que, como o SeaWorld é um parque que costuma ser feito em pouco tempo, uma refeição demorada nele não é tão necessária como nos parques da Disney, por exemplo.

Sobre as eventuais alternativas, seriam os fast foods espalhados pelo parque mesmo.

Abraços!


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Jun 06, 2011 6:44 pm 
Mensagens: 329
Pois é, Bruno, esta estória dos restaurantes americanos fecharem cedo é um problema, né?

Eu ia seguir a dica preciosa do Fábio e ir ao Olive Garden, já no dia da chegada, mas meu vôo está previsto para chegar às 19:10. Aí, até passar pela imigração, depois pegar o carro, me localizar na cidade, acho que o restaurante já estaria fechando.

A única vez que tive que comer às pressas assim foi em Londres, em um restaurante indiano. Foi no dia da chegada e os outros restaurantes estavam fechados, ou fechando. Encontramos este indiano, mas o recepcionista me disse "Fechamos em 25 minutos", ao que eu perguntei "Em quanto tempo o prato está na mesa?". Quando ele respondeu de 5 a 10 minutos, mandei bala. Obviamente fomos a última mesa a desocupar e a comida estava bem meia-boca.

Preciso pensar com carinho sobre estas refeições noturnas...

Abraço


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Jun 06, 2011 6:49 pm 
Mensagens: 329
Fábio,
imagino que o jantar no Red Lobster saia um bom tanto mais caro do que isso, certo?
Hoje estava olhando o tópico do Sea World e vi que no verão costuma ter um "show" Reflections à noite. Consultei o calendário e no dia da minha visita, terá uma apresentação deste show às 21:50. Você já viu esta apresentação? Será que vale a pena? Eu nem tinha reparado que ele ficava até 22hs, e estava imaginando que sairia antes deste horário, até mesmo para aproveitar o jantar no Red Lobster.
Outra coisa: você sabe se no show da Shamu os treinadores ainda não estão entrando no tanque?

Abraço


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Jun 06, 2011 10:38 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 122
Believe saiu de cartaz dia 21 de abril,
One Ocean é o nome do novo show da Shamu, sem treinador na piscina, apenas na borda.
Nao menos emocionante ;)


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Jun 06, 2011 11:50 pm 
Mensagens: 3960
Maurício, por incrível que pareça, o Red Lobster é significativamente mais barato do que o Sharks. Nos EUA, peixes e frutos do mar, que são ítens caros no Brasil, não custam o olho da cara nos restaurantes. No Red Lobster, há diversas combinações na faixa doa U$20 que servem duas pessoas, sendo que muitas dessas combinações incluem ítens como camarão. Também há pratos com meia porção (menos de U$15) e porção inteira (na faixa dos U$20). São pratos como massas com lagosta, caranguejo, etc. No Sharks, os pratos são individuais.

Sou suspeito para falar sobre o Sharks, pois sou apaixonado pela atmosfera do restaurante. Guardo ótimas lembranças do restaurante, e recomendo ele como uma ótima opção dentro do SeaWorld. Seu defeito é ser mais caro do que a média dos restaurantes da Disney. Como o SeaWorld é um parque que não leva o dia inteiro para ser percorrido, muitas vezes o Sharks acaba ficando pra trás, infelizmente.

Este show "Reflections", que ocorre à noite, é muito bonito, mas é preciso disposição para ficar no parque até esse horário. O SeaWorld é diferente da Disney, e dificilmente preenche um dia inteiro, de manhã até à noite. Uma vez, para assistir à bela celebração natalina que ocorre à noite no parque entre dezembro e janeiro, saí dele na hora do almoço e voltei à noite para assistir ao show. Pode ser uma boa opção no seu caso, sair do parque caso vc termine ele cedo, passear pela International Drive, jantar no Red Lobster (fica tudo perto do parque), e depois voltar ao SeaWorld para assistir ao Reflections.

Quanto ao novo show da Shamu, a resposta do Toddbr é correta e esclarecedora. O SeaWorld apressou a mudança do show depois que a Shamu matou uma das treinadoras em 2010. O Believe já estava sendo realizado sem a presença dos treinadores no tanque, o que, confesso, dava uma sensação um pouco triste ao show, principalmente para quem havia visto a versão antiga dele. Certamente o One Ocean deve ser brilhantemente realizado, fazendo com que ninguém sinta falta dos treinadores nadando no tanque com as baleias. Ainda não tive a oportunidade de assistir a este novo show, convido vc a escrever o relato sobre ele quando voltar de viagem!

Abraços!


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Jun 13, 2011 5:07 pm 
Mensagens: 134
Parabéns pelas ótimas resenhas!
A pergunta que farei serve também para outros parques de Orlando, incluindo os parques aquáticos: Todos os parques funcionam em Janeiro? Se não, gostaria de saber quais parques estarão abertos em Janeiro.

Abraços,

Giuliano.


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Jun 13, 2011 5:15 pm 
Mensagens: 3960
Giuliano, todos os parques temáticos de Orlando funcionam o ano inteiro. O que ocorre em janeiro, principalmente durante a segunda quinzena, é que, como é baixa temporada em Orlando (alguns dizem ser a época mais vazia do ano na cidade), algumas atrações entram em reforma neste período. No SeaWorld, por exemplo, em janeiro deste ano, o Journey to Atlantis estava reformando. No Islands of Adventure, a área inteira de Toon Lagoon estava em obras; No Magic Kingdom, o fechamento da Splash Mountain já é tradição em janeiro. E, se tiver algum brinquedo necessitando de manutenção ou reparos, é provável que ele feche em janeiro. Mas, em compensação, janeiro é uma excelente época para pegar Orlando vazia, tranquila, hotéis com promoções incríveis, parques super calmos (dá até para repetir as atrações), restaurantes sem grandes filas, etc.

Sobre os parques aquáticos, já é certo que o Blizzard Beach estará fechado em janeiro próximo (em dezembro, terá sido a vez do Typhoon Lagoon, que reabrirá em janeiro). Aquatica e Wet'n Wild ainda não anunciaram nada, mas é provável que fiquem fechados em janeiro. Discovery Cove permanece funcionando normalmente.

Abraços!


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
3 shows que valem a pena assistir no SeaWorld Orlando

em Atrações no SeaWorld

Última mensagem Dom Mai 26, 2019 9:58 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

4

SeaWorld além dos shows: preservação animal e inclusão de visitantes autistas

em Orlando

Última mensagem Seg Jun 17, 2019 11:38 am GabrielDias Ver última mensagem

 

4

A versão do SeaWorld sobre a polêmica do entretenimento com animais

em Orlando

Última mensagem Sex Mar 15, 2019 10:47 pm Ajudante Ver última mensagem

 

3

10 hotéis perto do SeaWorld Orlando

em Hotéis em Orlando

Última mensagem Seg Jun 17, 2019 11:40 am GabrielDias Ver última mensagem

 

5

Programação especial de novembro no SeaWorld Orlando

em Orlando mês a mês

Última mensagem Qui Out 25, 2018 2:03 pm manucaldas Ver última mensagem

 

3

 


Booking.com


Destinos - América do Norte
Estados Unidos
Flórida
Orlando

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 5 visitantes