Página 1 de 1 [ 2 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Qua Jul 20, 2011 2:21 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 1523
Coney Island: Opção interessante perto de Nova York

Reportagem da revista Dufry, que achei bem interessante: http://www.dufry.com/pt/DufryMagazine/Destination/15DESTINO_T_01

Destino

Passeio vintage
Por Tânia Menai, de Nova York

Ensaio fotográfico Marlos Bakker


A apenas uma hora do centro de Manhattan, Coney Island tem montanhas-russas, roda-gigante, inspiração para escritores e cineastas e muita história.

Marlos Bakker fotografou o bairro no ano passado: “Há uma diversidade democrática, algumas pessoas pareciam estar lá para ser vistas e comentadas, como numa fashion week”.

Não Espere o Bar da Moda, a vitrine fashion, o restaurante sofisticado. Bem diferente da vizinha Manhattan, localizada a apenas uma hora de metrô, o mítico bairro de Coney Island, no Brooklyn, atrai justamente pela história que as suas ruas cinzentas e um tanto decadentes guardam. Por lá, tudo é antigo, com ares vintage. Dos letreiros pintados à mão anunciando souvenirs, sorvetes e pretzels aos famosos parques de diversões, que preservam a autenticidade e a simplicidade das cidades do interior. Uma roda-gigante construída em 1920 é a imagem ícone do lugar. Principal atração do deno’s funciona ao lado de carrinhos bate-bate, carrossel, trem fantasma. O clima nostálgico inspirou artistas de áreas diversas, que usaram o lugar como cenário ou inspiração, caso dos cineastas Woody Allen, em Noivo Neurótico, Noiva Nervosa, de 1977, e Sidney Lumet, O Mágico Inesquecível, de 1978, e escritores como Lawrence Ferlinghetti, F. Scott Fitzgerald e a cantora Patti Smith.

Pelo calçadão de 4 quilômetros que margeia a praia circulam judeus ortodoxos, artistas, gente tatuada, casais de gays, famílias russas, mexicanas e até americanas. Democrático, o bairro reúne trabalhadores de classe média baixa com suas famílias, turistas e jovens estudantes, todos atraídos pelo clima saudosista e por iguarias como o sorvete do Denny’s e o cachorro-quente do Nathan’s Famous, instituição aberta em 1916 pelo imigrante polonês Nathan Handwerker. Por lá passaram o mafioso AL Capone, o ator Cary Grant, o artista plástico Robert Mapplethorpe, entre tantos outros. O auge do reconhecimento foi quando o presidente Franklin Roosevelt levou um cachorro-quente de lá de presente para o rei e a rainha da Inglaterra, durante uma passagem do casal real pelos EUA, em 1939. Nelson Rockfeller, governador de Nova York de 1959 a 1973, jurava que nenhum político local ganharia eleições sem ter sido fotografado comendo o famoso cachorro-quente. Até hoje, as filas são gigantes – a paciência tem de ser maior do que a fome.

Enquanto em Manhattan a palavra de ordem é modernidade e estilo, em Coney ninguém tem medo do brega. O mais famoso evento da região – além dos fogos de 4 de Julho – é o desfile das sereias, ou o Mermaid Parade, que acontece todo mês de junho (este ano será no dia 18, às 14 horas), desde 1983. Não há limites para a criatividade dos participantes. Há desde crianças com rabos de peixes até marmanjos barbados fantasiados de figuras mitológicas marítimas ou mesmo da personagem Ariel.

A facilidade de acesso é uma das vantagens do bairro – chega-se lá pelas linhas d, F e Q do metrô. São mais de 50 atrações, entre parques e brinquedos independentes, que funcionam a todo vapor da primavera ao outono. Em abril passado, o Luna Park ganhou novas atrações, como a Scream Zone, primeira montanha-russa a ser inaugurada no local nos últimos 80 anos.

A mais antiga, a Cyclone (834, surf ave.), foi instalada em 1927 e ganhou o título de patrimônio cultural de Nova York em 1988.
além da praia e dos parques de diversões, Coney Island tem algumas relíquias arquitetônicas, que trazem para o presente o glamour de um tempo longínquo, como o finado Childs Restaurant (3052-3078, West 21st Street), cujo prédio terracota em estilo colonial espanhol – com telhado vermelho e grandes arcos decorados com mosaicos adornando a fachada – foi inaugurado em 1923. Hoje, é sede da Coney Island Usa, instituição sem fins lucrativos que transformou o espaço em um centro cultural e promove shows burlescos à beira da praia durante o verão, festival de tatuagens e shows circenses, com direito a engolidores de fogo e encantadora de serpente. A riqueza arquitetônica do bairro tem chamado a atenção de historiadores. Um grupo se juntou para reivindicar a preservação de outros quatro edifícios, construídos entre 1880 e 1923.

Os empresários locais querem novos empreendimentos, mas sem perder de vista o charme vintage. o governo anunciou um plano de revitalização em 2009, com investimento de cerca de Us$ 150 milhões. Para celebrar esse clima de renovação, uma inusitada cerimônia em pleno calçadão da praia foi realizada em um domingo de abril. Aos moldes de Nova Orleans, onde muitos cortejos fúnebres são acompanhados por uma banda de jazz, a velha Coney Island teve seu “enterro” ao som da Jambalaya Brass
Band. Os músicos foram seguidos por comerciantes e gente do bairro, todos vestidos a caráter, com ternos pretos, cartolas e óculos de sol. Alguns deles seguravam um caixão preto sobre o ombro, com ares mórbidos e cabeça baixa. De repente, os músicos mudaram o tom, e de dentro do caixão surgiu uma bela sereia, de salto alto cor-de-rosa e uma faixa dourada dizendo: “Miss renascimento”. A festa começou ali, naquele domingo de abril – e, pelo visto, não termina antes do próximo inverno.

Flagrante de romantismo à beira-mar; ao lado, chapéu mexicano em ação, uma das 50 atrações do parque

Todos se encontram em Coney Island: senhoras, famílias, casais estilosos; à direita, a famosa roda-gigante



Anote onde ficar

Onde ficar
Hotel LE BLEU
hotellebleu.com
New York Marriott at The Brooklyn Bridge
(718) 246-7000, marriot.com

Como chegar
Metrô: d, F, N e Q para Coney Island

Atrações

New York Aquarium
nyaquarium.com
Luna Park
Lunaparknyc.com
Scream zone
1.205 Boardwalk,
(718) 373-5862

Mural de os Gêmeos
Stillwell Avenue, em frente ao metrô Coney Island

Childs’ Restaurant
West 21 St e Boardwalk

Onde Comer
Nathan’s Famous 1.310 surf avenue
(718) 946-2202
nathansfamous.com

Denny’s Ice Cream
1.212 surf ave, (718) 266-9371

Totonno’s PizzarIa


Situado ao sul do Brooklyn, o Bairro é acessível pelo metrô E fica a uma hora de Manhattan
Coney Pop a nostalgia que envolve Coney Island tem rendido muito material para poetas, músicos, artistas e diretores de cinema. O bairro tem papel de destaque em diversas obras

Para assistir
Noivo Neurótico, Noiva Nervosa
(Annie Hall, 1977, Woody Allen)
O comediante Alvy Singer leva a namorada, Annie Hall, para conhecer a casa de sua infância, embaixo da montanha-russa de Coney Island.

Coração Satânico
(Angel Heart, 1987, Alan Parker)
O detetive particular Harry Angel (Mickey Rourke) é contratado para encontrar o cantor desaparecido Johnny Favorite. Ele consulta a vidente Madame Zora na praia de Coney Island.

O Mágico Inesquecível
(The Wiz, 1978, Sidney Lumet)
Versão negra de O Mágico de Oz, com Diana Ross no papel de Dorothy e Michael Jackson no papel de espantalho. alguma cenas foram filmadas no complexo de diversões do bairro.
Para Ler

Só garotos
(Just Kids, Patti Smith, 2010)
a foto da capa foi tirada no parque de diversões, em 1969. Patti Smith e o fotógrafo Robert Mapplethorpe eram fregueses assíduos do Nathan’s.

Um Parque de diversões da Mente
(A Coney Island of the Mind, Lawrence Ferlinghetti, 1968)
Coletânea de poemas do Beatnik Lawrence Ferlinghetti.

O Grande Gatsby
(F. Scott Fitzgerald, 1922)
No clássico romance, Gatsby convida Nick para um passeio em Coney Island após o encontro com Jordan Baker.


Para ouvir
“OH OH, I Love Her So” (Ramones)
Joey Ramone leva sua amada para um passeio na montanha russa da região.

“Slip Away” (David Bowie, 2001)
Tributo ao “tio” Floyd Vivino, apresentador de um programa infantil
paródico na década de 70. Em certa altura, Bowie canta: “Imagino onde você está planando sobre Coney Island”.

“Coney Island Baby” (The Excelents, 1962; Lou Reed, 1975; Tom Waits, 2002)
Garotas do bairro e cenas da adolescência inspiram três canções de ícones do rock.



 Mensagem não lidaPublicado: Qui Jul 24, 2014 4:38 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 601
Estou indo pra NY agora em agosto e já planejei um dia com meu irmão no Luna Park.
Somos viciados em parques de diversão!
:D


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Nova York ou Toronto?

em Destinos - América do Norte

Última mensagem Ter Jun 09, 2020 3:58 pm soares Ver última mensagem

 

7

Nova York ou Miami?

em Estados Unidos

Última mensagem Seg Jul 06, 2020 9:13 am Beatriz Ver última mensagem

 

8

12 mitos sobre Nova York

em New York City

Última mensagem Sáb Mai 09, 2020 6:59 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

4

6 lugares com pistas de patinação no gelo em Nova York

em New York City

Última mensagem Qui Fev 06, 2020 10:23 am GabrielDias Ver última mensagem

 

4

10 novidades nos icônicos cartões-postais de Nova York

em New York City

Última mensagem Seg Jan 20, 2020 10:32 am GabrielDias Ver última mensagem

 

3

 


Booking.com


Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante