5 motivos para visitar as vinícolas da Serra Catarinense e de Urussanga | Santa Catarina

Troca de informações sobre destinos em Santa Catarina.

Avatar do usuário
falandodeviagem Mensagens: 19225 Administrador
Qui Jul 11, 2019 10:25 am
Imagem

Quem viaja para o Rio Grande do Sul muitas vezes inclui algumas noites em Bento Gonçalves no roteiro da viagem ou pelo menos um bate e volta para explorar as vinícolas e vinhos da região. Em Santa Catarina, isso normalmente não acontece, mas como você verá nesse texto existem vários motivos pelos quais as vinícolas catarinenses devem ser conhecidas e visitadas.

Leia também: 5 restaurantes imperdíveis em Santa Catarina

1) Diversidade de experiências

Os empresários catarinenses vêm inovando no turismo do vinho, criando vários passeios que fogem do tradicional. Quer um almoço ou jantar harmonizado, num lugar charmoso e com ótima comida? Você encontrará na Vinícola Abreu Garcia, Vinícola Monte Agudo e Vinícola Vigna Mazon. Quer fazer um passeio de bicicleta pelos vinhedos? Pense em visitar a Vinícola Villaggio Bassetti. O objetivo é realizar um tour tradicional e conhecer uma estrutura industrial de vinificação moderna e sustentável? O seu lugar é na Vinícola Villa Francioni. Pretende dormir entre os vinhedos? A Vinícola Thera e a Vinícola Leone di Venezia oferecem quartos charmosos e aconchegantes. Não abre mão de um happy hour animado, com vista para o pôr do sol? A Vinícola Casa Del Nonno oferece um bar incrível e com ótimos vinhos e espumantes.

2) Vinhos com terroir único

Durante a nossa viagem pela região, ficamos positivamente surpresos com a qualidade dos vinhos catarinenses, fruto de muita pesquisa e investimento na produção de uvas e no processo de vinificação. Experimentamos e aprovamos diversos vinhos, mas aqueles produzidos com a Uva Goethe de Urussanga, e com a Sauvignon Blanc da Serra Catarinense superaram até mesmo as previsões mais otimistas. Os vinhos com estas uvas se mostraram elegantes, estruturados, com ótima complexidade olfativa e no paladar, propiciando um sabor único e uma degustação exclusiva.

3) Valores acessíveis

O mundo do vinho é visto como inacessível por muitos, pois em vários locais esse tipo de turismo se tornou uma experiência de luxo. Em Santa Catarina, no entanto, a despeito do charme dos locais, ainda é possível dormir ou fazer refeições pagando preços muito menores do que em outras regiões vinícolas do país. Apenas para exemplificar, uma diária em uma das exclusivas suítes da Vinícola Thera sai por volta de 450 reais, enquanto que um almoço harmonizado na Vinícola Monte Agudo custa 150 reais por adulto, com consumo liberado dos vinhos. E se quiser pagar ainda menos, o menu degustação do Restaurante Pirago, por 60 reais, ou os quartos dos hotéis tradicionais dentro das cidades não irão decepcionar. Considerando o nível de todos estes locais, e comparando com estabelecimentos similares de outras regiões, tratam-se de preços muito competitivos e que entregam uma experiência inesquecível.

4) As vinícolas se inserem nos mais variados roteiros

Quem está indo para Santa Catarina para aproveitar a praia, a serra ou os cânions, pode incluir uma, ou algumas vinícolas no roteiro, sem que isso exija grandes deslocamentos. Com 2 ou 3 horas de carro é possível chegar numa região vinicultora, sem prejuízo do restante da programação.

Leia também: Uso do Uber em Penha, Balneário Camboriú e Itajaí

5) As vinícolas são um programa para toda a família

Adultos de todas as idades e que apreciam vinhos irão adorar as vinícolas de Santa Catarina, que oferecem produtos de qualidade, num ambiente elegante, mas informal. Já as crianças certamente ficarão encantadas com a beleza das regiões, e sempre terão um cantinho aconchegante para descansarem, ou então para aguardar até que os adultos terminem suas visitas. E todos da família irão adorar a comida, que é simplesmente sensacional, e fica ainda melhor quando harmonizada com os vinhos locais. Salvo alguns locais específicos, as vinícolas são acessíveis, permitindo que pessoas com dificuldade de locomoção façam a visita tranquilamente.

Leia também: 10 atrações imperdíveis em Balneário Camboriú e arredores

Como viajar para Santa Catarina

Saindo de qualquer lugar do Brasil é fácil chegar ao Aeroporto de Florianópolis (FLN) com os voos da GOL Linhas Aéreas. De muitas cidades, você terá opções de voos diretos, mas quando não houver essa opção você chega à Floripa com apenas uma conexão. Dentro do avião, para o tempo passar mais rápido, você pode usar a internet, o entretenimento individual com vários filmes ou assistir televisão ao vivo.

Os voos direto são de Congonhas (CGH), Galeão (GIG), Guarulhos (GRU) e Chapecó (XAP)

Leia também:
- Destinos nacionais da GOL Linhas Aéreas
- Destinos internacionais da GOL Linhas Aéreas

Boa viagem!

Texto e foto: Hugo Medeiros.

O Falando de Viagem viajou para Santa Catarina a convite do IBRAVIN e do SEBRAE.

E você, conhece as regiões vinícolas de Santa Catarina? Gostou? O que visitou na região? O que recomenda? Conte para nós a sua experiência!
Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem
manucaldas Mensagens: 1404
Qui Jul 11, 2019 11:54 am
Muito bom saber que há um destino tão legal de enoturismo no Brasil!
Avatar do usuário
Hugomarcio Mensagens: 3689
Qui Jul 11, 2019 11:58 am
Adorei conhecer a região, e ainda quero retornar com a família, pois tenho certeza de que eles também irão gostar.
Avatar do usuário
Fabio Mensagens: 8863
Sex Jul 12, 2019 4:04 am
Voces ainda vao ouvir muito falar dos vinhos de Santa Catarina. Na minha opniao eh a regiao com maior potencial do Brasil.
Avatar do usuário
zardox Mensagens: 11620
Sáb Jul 13, 2019 11:17 am
O interior do Sul é muito bonito.....
Avatar do usuário
JulianaMagalhaes Mensagens: 5995
Ter Jul 16, 2019 11:11 am
Pena que os brasileiros conhecem tão pouco dessa região. E eu me incluo nisso. Muito bom saber mais! Espero que o @fabio esteja certo e essa região e o turismo lá cresçam ainda mais.



Booking.com

Voltar para “Santa Catarina”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante


Anúncio