Tecnologia

Todos os horários são GMT - 3 horas




 Página 1 de 1 [ 9 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Qua Jul 15, 2020 9:42 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 18813
Administrador
Imagem

Em março de 2020 a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou pandemia por causa do novo coronavírus (COVID-19) e com isso muitas pessoas começaram a trabalhar em casa (home office) e todos os estudantes tiveram suas aulas presenciais interrompidas, precisando adotar o ensino a distância (EAD).

A partir de então tornou-se necessário criar estações de trabalho e de estudo em casa, com notebooks que permitissem manter as atividades diárias, sem prejuízo ao isolamento social. Atualmente, temos uma enorme oferta de produtos e marcas, com preços variados, sendo essencial conhecer um pouco das configurações para que se possa escolher o notebook ideal para suas necessidades. Apesar de não sermos técnicos especializados no assunto, elaboramos algumas dicas com base na nossa experiência e pesquisas para tentar ajuda-los nessa decisão.

1) HD ou SSD??

Um dos pontos mais importantes, senão o mais relevante de todos na escolha de um notebook, consiste no tipo de dispositivo de armazenamento.

O HD é uma tecnologia antiga, criada há mais de 60 anos, e que utiliza discos móveis onde são gravados os dados. Isso significa que o sistema é mais lento e sensível a defeitos. A principal vantagem é guardar um enorme volume de informações por um valor baixo.

O SSD é a forma abreviada de Solid State Drive, que pode ser encarado como um grande pendrive. Ele é muito mais rápido do que o HD, além de ser menos propenso a defeitos. O problema é que ainda são bem mais caros do que um HD de mesma capacidade.

Por isso, é comum ver anúncios de notebooks com HD de 1TB mais baratos que outros com SSD de 128GB ou 256GB. A diferença é que no uso diário o SSD proporcionará acesso muito mais rápido ao sistema e aos programas. Utilizar um HD nos dias de hoje é como comprar um carro novo com carburador, ou seja, independentemente dos demais itens, você nunca terá um equipamento realmente rápido e moderno.

Nossa sugestão é sempre priorizar o SSD, ainda que com capacidade menor, e se necessário compre um dispositivo externo para armazenar os arquivos maiores.

2) Memória

A memória de um computador é que proporciona agilidade e estabilidade no uso dos arquivos, principalmente quando mais de um está aberto. Nos dias atuais a configuração mínima sugerida são 4GB e o ideal seria 8GB de memória. Caso seja possível comprar um notebook com 16GB, ele tende a oferecer um melhor desempenho nos próximos anos, mas para estudantes e trabalhadores de escritório, não chega a ser algo essencial.

3) Processador

Em relação ao processador, a maioria dos notebooks utiliza os da marca Intel, que se subdivide basicamente em i3, i5 e i7. Além disso, é necessário observar a geração, sendo que atualmente os processadores da 10 geração são os mais atuais. A AMD, concorrente da Intel, melhorou muito nos últimos anos e seus processadores podem ser até mais rápidos.

Para atividades básicas, um i3 de 8ª geração vai funcionar, mas com alguma lentidão em determinados momentos. Se possível, tente pegar um i5 de 8ª geração ou i3 de 10ª geração. Caso o orçamento permita, pegue um i7 de 8ª geração ou um i5 ou i7 de 10ª geração, que funcionará com bastante rapidez durante muitos anos.

4) Tela

No que se refere a tela, dois são os aspectos principais:
- Quanto melhor a definição da tela, mais caro o notebook será e mais bateria irá demandar;
- E quanto maior a tela, maior e mais pesado será o notebook.

Um bom equilíbrio são as telas Full HD, que oferecem imagem incrível com consumo mediano de bateria. As telas HD podem decepcionar os usuários mais exigentes, mas não chegam a ser um problema real para estudantes e usuários do Microsoft Office. Por fim, as telas 4K são melhor aproveitadas por quem trabalha com edição de fotos e precisa de maior precisão das imagens durante o trabalho.

Em termos de tamanho, as telas de 14 polegadas são interessantes, pois proporcionam bom espaço de trabalho, em notebooks leves e compactos, quando comparados com seus pares de 15 polegadas.

E algo que deve ser considerado é a compra de um monitor adicional, que agiliza e facilita o trabalho e o estudo. Neste caso, se quiser economizar, considere uma tela de 19,5 polegadas, que possui ótimo custo benefício. Mas se possível, invista um pouco mais em uma tela com 23 ou 24 polegadas, que proporcionará uma visão incrível de textos, fotos, vídeos e planilhas.

5) Entradas

A maioria dos notebooks oferece entradas USB-A, USB-C, HDMI e de fone de ouvido. Alguns também possuem entradas para cartão de memória. Os notebooks não costumam vir mais equipados com entrada para cabo de rede, já que todo mundo utiliza Wi-Fi.

É necessário ficar atento, pois as entradas USB-C são diferentes das USB-A que usamos normalmente, e a principal questão é que a USB-C não permite a conexão direta dos equipamentos, sendo necessário adquirir um hub separadamente. Ou seja, você liga o hub na entrada USB-C, e com isso terá entradas HDMI, USB, VGA e etc para utilizar normalmente. Acontece que esses hubs representam um custo adicional, que pode variar de 200 a 1.000 reais.

Alguns notebooks, como os Macbooks, possuem apenas entradas USB-C, o que significa dizer que será sempre necessário gastar um pouco mais na compra do hub.

6) Teclado

Os notebooks mais baratos tendem a oferecer teclados menos agradáveis ao toque, enquanto que os mais caros possuem sistemas modernos e com curso da tecla melhor, mas no geral todos funcionam bem.

A única observação realmente importante, caso decida comprar um equipamento usado, é evitar nos Macbooks de 2015 até 2019, pois nesse período a Apple utilizou um teclado com sistema novo, chamado borboleta, e que apresenta muitos problemas. Inclusive, existem recalls para esse tipo de teclado, que têm histórico de inúmeros defeitos.

7) Placa de vídeo

Muitos notebooks não possuem placa de vídeo dedicada e, neste caso, o vídeo depende da placa embutida no processador, que é limitada. Na prática, só precisará de uma placa dedicada quem utiliza o notebook para jogos ou edição de vídeos. Já os estudantes e usuários do Microsoft Office não precisam se preocupar, pois a placa de vídeo embutida atende perfeitamente às exigências diárias.

8) Acabamento e tamanho

Os notebooks mais baratos tendem a ser de plástico e maiores, enquanto que os mais caros normalmente possuem corpo em metal e são pequenos. Neste ponto, os Macbooks se destacam por oferecer excelente acabamento e design minimalista, mas cobram um alto valor por isso.

Quem precisa levar o notebook nas viagens deve pesquisar bastante e se possível investir em um equipamento mais leve e compacto, mas os usuários residenciais que deixarão o computador na estação de trabalho/estudo o tempo todo, não precisam se preocupar tanto neste ponto.

9) Trackpad

O que diferencia os trackpads são o tamanho, funções e qualidade tátil. Novamente, quanto mais caro o notebook, melhores serão os trackpads, com especial destaque para os Macbooks, que de fato oferecem um produto de excelente qualidade desde os modelos mais básicos.

Outra marca que inovou nos trackpads foi a Asus, que lançou o screenpad, que consiste em uma tela adicional que pode ser utilizada para mover o cursor ou acessar algumas funcionalidades do sistema. Na prática, somente é possível utilizar todo o potencial desses sistemas com um mouse externo.

Quem não gostar do trackpad do seu notebook sempre terá opção de adquirir um mouse externo, que proporciona melhor movimento do cursor.

10) Qual é a melhor marca?

Os notebooks da Apple são tidos como confiáveis e a empresa oferece um bom pós-venda. Outro destaque que só eles oferecem é o sistema operacional macOS, que é mais estável e seguro do que o Windows. No entanto, como já mencionado, os valores são elevados e inacessíveis para muitos usuários. Além disso, Macbooks oferecem configurações piores do que seus concorrentes que utilizam Windows.

Já os notebooks com Windows podem ser da DELL, Lenovo, Asus, HP, Acer, dentre outros. São marcas confiáveis e com pós-venda razoável, como podemos observar da pesquisa realizada pela Gecko and Fly e pela Laptomag.

A DELL e a HP oferecem produtos mais caros, por possuírem marcas já consolidadas no mercado. Exatamente por isso é possível obter bons negócios com notebooks de marcas menos famosas, como a Asus ou Lenovo, cujos produtos podem ter melhor acabamento e configuração e ainda assim serem mais baratos.

É sempre importante é comprar sempre em lojas confiáveis e com nota fiscal, focando em notebooks que irão atender às suas necessidades e permitir continuar trabalhando e estudando durante este período de pandemia. Vale lembrar que você pode parcelar a compra do notebook em até 12 vezes sem juros.

Boas compras!

Texto: Hugo Medeiros.

E você, comprou um novo notebook por causa da pandemia? Qual o modelo escolhido? Está gostando? Tem outras sugestões? Conte para nós a sua experiência!

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________
Participe do melhor grupo de descontos do WhatsApp. Acesse: https://fdv.im/Descontos11



 Mensagem não lidaPublicado: Qua Jul 15, 2020 1:18 pm 
Mensagens: 1344
Já tô ansiosa por que meu notebook tá dando sinais de estar nas últimas. Essa matéria veio no tempo perfeito.

_________________
http://fdv.im/ManuCaldas


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Jul 15, 2020 1:38 pm 
Mensagens: 572
Excelente matéria, vou citar quando me perguntarem se SSD faz tanta diferença assim.


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Jul 15, 2020 1:55 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 1746Novo Gama/GO
Muito boa matéria do Hugo!

Notebook mais do que nunca se tornou uma ferramenta bem essencial.

Particularmente eu prefiro usar o Linux no Note em vez do Windows, principalmente se for um note mais antigo.


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Jul 15, 2020 1:56 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 3662
Muitas pessoas estão precisando comprar novos notebooks e computadores por causa do Home Office. E nada pior do que gastar dinheiro e pegar uma máquina lenta.

Aqui no escritório a equipe de suporte sugeriu a compra de um computador com HD, e na hora disse que de jeito nenhum. Então temos que ficar atentos para gastarmos o nosso dinheiro com sabedoria.

_________________
http://fdv.im/HugoMarcio


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Jul 16, 2020 2:25 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 5885
Nossa, isso é quase grego para mim! A matéria é excelente pq muita gente compra no escuro mesmo, sem entender. Eu no caso peço ajuda "aos universitários" hhaha mas agora já sei aonde recorrer! hahah

_________________
http://fdv.im/JulianaMagalhaes


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Jul 16, 2020 11:57 pm 
Mensagens: 503
Excelente matéria.
No escritório uso um PC com 240gb de SSD, para abrigar o sistema operacional e mais uma HD de 1 Terabyte para armazenar demais arquivos.
Já o notebook uso somente SSD de 1 Tera.
Tem uma marca pouco conhecida de notebooks de excelente qualidade que é brasileira e se chama AVELL. Comprei o meu on-line em 2017 e nunca me deixou na mão.


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Jul 18, 2020 5:09 pm 
Mensagens: 14
Muito boa a matéria !!!

Estou na saga para comprar um note novo, mas preços subiram muito.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Jul 20, 2020 8:36 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 40452
Excelente matéria, Hugo. Informativa e sem enrolação.

Meu notebook tem uns 5 ou 6 anos. Comprei nos EUA. Aliás, nunca comprei um notebook no Brasil. Ver a tecla ç me dá até nervoso, pois se mudar terei que me readaptar.

Na época, comprei o melhor notebook disponível. i5, 500GB de HD - que mudei para 1 TB - e 4GB de memória, que mudei para 8GB. 13.3''. Sempre tive notebooks pequenos, para carregar de um lado para o outro.

Agora no mercado eu vejo notebooks praticamente idênticos ao meu. Claro que muda a geração do processador, mas continua em geral com 1 TB e 8GB de memória. E agora a imensa maioria é de 15.6'', que dizem ser "o novo" 14.1''.

Para mim, SSD é importante, mas não apenas ele. Quero um notebook com SSD, para deixar o sistema, e outro de 1TB para armazenar as fotos. Para mim hoje o cenário ideal seria ter 2 TB de espaço no notebook. O meu tem teclado luminoso, mas parece que isso não é tão comum agora. É touch, que às vezes eu uso, e vejo a maioria agora sem touch.

Os preços no Brasil estão bem caros. Hoje um notebook que me interessa custa na faixa de 10 mil reais.

_________________
Você já conferiu as últimas matérias do Falando de Viagem? Acesse: https://fdv.im/materias


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Como o seu agente de viagem deve te ajudar em época de coronavírus

em Agências de viagem

Última mensagem Sex Abr 17, 2020 3:23 pm Ajudante Ver última mensagem

 

4

Shoppings e outlets da Simon irão reabrir nos EUA

em Compras nos Estados Unidos

Última mensagem Ter Mai 12, 2020 4:26 pm Ajudante Ver última mensagem

 

5

Pontos dos cartões de crédito Itaucard não irão expirar até 30 de junho de 2020

em Programas de Fidelidade

Última mensagem Qui Mar 19, 2020 10:12 am GabrielDias Ver última mensagem

 

1

7 dicas para viajar com crianças

em Família

Última mensagem Seg Set 21, 2020 2:51 pm JulianaMagalhaes Ver última mensagem

 

3

Tiradentes: 10 dicas para a sua viagem

em Tiradentes

Última mensagem Seg Jun 15, 2020 8:24 pm Ajudante Ver última mensagem

 

4

 


Booking.com
Tecnologia

Todos os horários são GMT - 3 horas



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 6 visitantes