Página 1 de 1 [ 6 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Seg Dez 08, 2014 7:53 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 18689
Administrador
Isla el Descanso: natureza, arte, paisagismo e gastronomia a 1 hora de Buenos Aires

Imagem

Site: http://www.islaeldescanso.com

Visão geral

O Delta do Rio Paraná, principalmente a região próxima à cidade de Tigre, Província de Buenos Aires, possui um microclima que lembra o das regiões tropicais, com fauna e flora diversificadas e de grande beleza. É a região escolhida por muitos portenhos para ter casa de veraneio.

Nessa parte do delta, conhecida como Delta do Tigre, encontra-se a Isla el Descanso. Única ilha privada entre as centenas que compõem o delta, a Isla el Descanso abre suas portas de segunda a sexta-feira para receber visitantes que desejam vivenciar um dia no delta. Nos finais de semana ela fica fechada para visitas.

Como chegar

Só é possível chegar à ilha em barco ou em helicóptero e é necessário realizar reserva.

Nós fomos até lá com a Sturla Viajes, empresa que oferece passeios de barco pelo Delta do Tigre. Seus barcos partem do porto de Buenos Aires, em um cais ao lado do Porto Madero.

Imagem

Imagem

Imagem

A embarcação que pegamos era fechada e possuía capacidade para 92 passageiros. Seu destino é a cidade de Tigre.

Os assentos são confortáveis, reclinam e possuem bastante espaço para as pernas.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Além disso, os barcos são equipados com ar-condicionado e Wi-Fi.

Logo após zarpar são servidos alfajores e café.

Imagem

Imagem

Imagem

Além disso, há um pequeno bar onde se podem comprar biscoitos, salgadinhos e bebidas frias ou quentes.

Imagem

Conforme o barco segue viagem, tem-se uma vista da região portuária de Buenos Aires.

Imagem

Imagem

E também uma bela vista de Buenos Aires, por um ângulo incomum.

Imagem

Embora pareça mar, até chegar no delta navegamos o tempo todo pelo Rio da Prata.

Entrando no Delta do Tigre, podem-se ver casas, clubes e escolas que atendem à população local.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

É um passeio agradável, que oferece belas paisagens.

Após aproximadamente 1 hora de viagem, chegamos à ilha.
Imagem

Fomos recebidos na área da piscina com deliciosas empanadas.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Em seguida, fomos conhecer o andar térreo da casa. Muitas pessoas que vivem em Buenos Aires possuem casa de veraneio na região do Delta do Tigre. É o que faz o proprietário da casa, Claudio Stamato, que a usa nos finais de semana e, durante a semana, abre para os visitantes.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Em poucos minutos foi servido o almoço.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

O vinho servido.
Imagem

De entrada, provoleta com tomates confit e salada.

Imagem

Imagem

Frango ao limão, batata-doce, cebola e abóbora na parrilla.

Imagem

De sobremesa, torta “El Descanso”: pêssego, doce de leite, merengue e chantilly.

Imagem

Para terminar, um café “pingado”.
Imagem

Tudo estava delicioso!

No passado, a região do Tigre foi grande produtora de frutas, principalmente cítricos e pêssegos, daí o uso desses ingredientes na culinária local.

Após o almoço, partimos para caminhar e conhecer a ilha. Botas e chapéus são oferecidos.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

A ilha é repleta de esculturas e instalações de renomados artistas argentinos.

Imagem
Instalação de Carlos Gallardo: “A Toda Orquesta con la Naturaleza”.

Imagem
Escultura de Pablo Reinoso: “El Banco de las Palabras”.

Os primeiros jardins por onde passamos foram inspirados nos célebres jardins de Giverny, eternizados pelas pinturas de Claude Monet.

Imagem

Imagem
O Templo da Fé.

Imagem
Escultura de Vivianne Duchini: “Tritón”.

Imagem

Imagem

Imagem
Escultura de Pablo Reinoso: "Sillas de La Armonía".

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem
Escultura de Marie Orensanz: “Tenemos el Poder de Elegir”.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem
Escultura de Alberto Bastón Díaz

Ao longo de todo o percurso, de cerca de 3 quilômetros, podemos admirar também a belíssima flora local.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Ao voltarmos à casa, frutas frescas nos aguardavam para ajudar a amenizar o calor.
Imagem

Preço

O almoço na Isla el Descanso custa AR$ 1.020 (cerca de US$150, no câmbio oficial). Esse valor não inclui o traslado até a ilha.

Redes sociais

A Isla el Descanso está presente nas principais redes sociais. Curta, siga e fique por dentro das novidades:

Facebook: https://www.facebook.com/islaeldescanso
Twitter: https://www.twitter.com/islaeldescanso
Instagram: http://www.instagram.com/islaeldescanso

Conclusão

Gostamos muito da ilha e da viagem de barco até ela. A combinação de boa comida, natureza, paisagismo e arte contemporânea ao ar livre faz da ilha um refúgio de paz e tranquilidade a pouco mais de 1 hora de viagem de Buenos Aires. Um lugar não só para comer bem e apreciar a beleza da paisagem como também para se sentir em paz e em contato com a natureza.

Recomendamos!

Texto e fotos: Flavio Baran.

O Falando de Viagem almoçou a convite da Isla el Descanso e realizou o passeio com apoio da Sturla Viajes.

E você, conhece a Isla el Descanso? Gostou? Experimentou o almoço? Recomenda? Tem dicas? Conte para nós a sua experiência!

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________
Participe do melhor grupo de descontos do WhatsApp. Acesse: https://fdv.im/DescontosG10



 Mensagem não lidaPublicado: Seg Dez 08, 2014 8:06 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 40035
Parece um passeio bem agradável. Gostei!

_________________
Você já conferiu as últimas matérias do Falando de Viagem? Acesse: https://fdv.im/materias


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Dez 08, 2014 8:35 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 5861
Que passeio diferente e um contato intenso com a natureza. Bem legal!

_________________
http://fdv.im/JulianaMagalhaes


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Dez 08, 2014 11:07 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 10146
É um passeio agradável e diferente. Nem parece que é tão perto de Buenos Aires. Bom para quem quer descansar e ter contato com a natureza.

Ainda não conheci Inhotim, mas a proposta da Isla el Descanso lembra um pouco a do centro de arte contemporânea mineiro.

_________________
http://fdv.im/FlavioBaran


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Dez 09, 2014 10:48 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 2338
Muito legal essa opção de passeio. Para quem puder aproveitar é interessante conhecer. Muita gente se fixa em determinados locais em Buenos Aires e acaba perdendo oportunidades legais como esta.


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Ago 27, 2015 1:11 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 1981
Uau.

_________________
http://fdv.im/BeatrizSoares


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
O que fazer em Buenos Aires: visitar o Museu de Arte Latino-Americano, o Malba

em Buenos Aires

Última mensagem Sáb Jun 06, 2020 9:42 am Ajudante Ver última mensagem

 

6

Onde comer em Buenos Aires: Elena, dentro do luxuoso Four Seasons Hotel Buenos Aires

em Alimentação em Buenos Aires

Última mensagem Seg Fev 17, 2020 12:24 pm JulianaMagalhaes Ver última mensagem

 

3

Onde comer em Buenos Aires: Bistro Sur, dentro do luxuoso Faena Hotel Buenos Aires

em Alimentação em Buenos Aires

Última mensagem Qua Fev 19, 2020 11:13 am GabrielDias Ver última mensagem

 

3

Buenos Aires ou Montevidéu?

em Destinos - América do Sul

Última mensagem Dom Jun 14, 2020 3:29 pm JLito2015 Ver última mensagem

 

4

O que fazer em Buenos Aires com chuva?

em Buenos Aires

Última mensagem Sáb Jun 06, 2020 9:42 am Ajudante Ver última mensagem

 

7

 


Booking.com


Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante