Troca de informações sobre anuidades de cartões de crédito.
#394966 por Sbh78
Qui Mai 03, 2018 10:30 pm
Exatamente, ligando diretamente na Central não consegui nada de desconto na anuidade, após reclamação no consumidor.gov consegui isenção de 100% esse ano com média de gastos de 3k, porque esse cartão não era o meu principal, estava deixando o Porto Infinite como principal.


#394969 por gluca
Qui Mai 03, 2018 11:08 pm
Depois da extinção de vários benefícios, péssimo atendimento telefônico que não resolve nada e migração para livelo, acho que não vale mais dos que os R$ 400.00 que eles vem cobrando da maior parte do pessoal que liga na central para negociar , que devem ser principalmente os leitores do FDV.
O convite para o jantar é restrito a quem reside em algumas cidades apenas então não são todos que podem usufruir.
Uma grande maioria que infelizmente é mal informada acaba pagando a anuidade cheia e assim bancando a minoria que fica isenta ou tem desconto e o Bradesco sai no lucro.
A anuidade deve ter sido reajustada para manter o equilíbrio da receita porque estão dando muito desconto e portanto precisando de mais gente para pagar anuidade cheia.
Hoje o Bradesco me ligou perguntando porque eu cancelei meu TPC que tinha desde 1997, falei para eles lerem esse forum e constatarem a satisfação dos clientes deles com as recentes mudanças.
#394970 por Lemon
Qui Mai 03, 2018 11:32 pm
Concordo com o @pauloleo nessa. O cartão serve para o meu perfil e enquanto eu for isento ele continuará na carteira.
Até espero que o aumento da anuidade faça com que quem não consiga manter a média de gastos para isenção analise melhor se o cartão compensa, mas aí é outra discussão.
Meu medo era eles aumentarem a média de gastos para isenção de forma exagerada.
#394979 por trialanderror
Sex Mai 04, 2018 9:03 am
O Bradesco só pensa em lucro mesmo.

Por um lado, os clientes que tem uma média de gastos alta, e portanto dão lucro para o Bradesco nas compras do dia a dia com o cartão, conseguem isenção da anuidade.

Por outro lado, clientes que não tem perfil (renda) para ter o cartão, mas conseguem a aprovação através de consultores ou relacionamento com o gerente, e por não terem a renda mínima necessária acabam tendo gastos baixos no cartão, precisam pagar uma anuidade de R$ 1350 (ou parte disso) e o Bradesco também lucra.

No final das contas o Bradesco só ganha e a marca da AMEX só se desvaloriza.
#395013 por soares
Sex Mai 04, 2018 12:10 pm
@Gluca,
na minha humilde opinião, depois de trabalhar quase 30 anos no mercado financeiro em Banco do Primeira Linha, não há a menor hipótese em manter um cartão com benefícios questionáveis, por uma anuidade absurdamente alta. Talvez meu caso seja diferente, pois não ligo a mínima para "Status". Ou tenho benefícios diretos ou nada feito. Tenho o Cartão Visa Platinum e Master Platinum e pago Zero de anuidade, com gastos que em média não ultrapassam R$3 mil/mês.
É notório que com a chagada das Fintechs a concorrência vem aumentando. E os grandes bancos já estão percebendo que está havendo um movimento de migração e também de regulação para amparar esse movimento das Fintechs. Isso significa que cartão indo para a concorrência é perda de receita na certa. Falar em média de gastos de 10 mil/mês e ainda ter dificuldade em isenção não combina. Para mim, quem está nessa situação tá dando mole.


Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 5 visitantes