Itaú Personnalité

Informações sobre cartões de crédito e produtos do Itaú.

Avatar do usuário
cokaVENCIDA Mensagens: 9698
Qui Abr 04, 2013 10:08 pm
Imagina o cidadão, fora do pais, que tentou sacar algo da conta hoje?!
odl1899 Mensagens: 2619
Qui Abr 04, 2013 11:59 pm
Se fosse comigo, tinha cancelado a conta na hora. Ainda mais que só ando (ou andava, a partir de agora) com cartão de débito do Itaú.

Assim que receber o cartão de débito do BB, vou deixar o do Itaú guardado na gaveta. Na hora que a gente mais precisa, te deixa na mão.... Esse é o Itafuuú... :twisted: :twisted:
Avatar do usuário
bigshot Mensagens: 3382
Sex Abr 05, 2013 8:05 am
odl1899 Acho que seria uma boa partir para mais uma opção, porque segunda-feira e acho que ate terça o IB do BB estava fora, ontem foi o do Itaú.
Avatar do usuário
cokaVENCIDA Mensagens: 9698
Sex Abr 05, 2013 10:01 am
Hoje é a vez de quem? :P
Avatar do usuário
imhotep Mensagens: 1844
Sex Abr 05, 2013 10:12 am
Sinceramente? Tamanha a burocracia do BB, já estou pensando em fechar a conta e abrir na Caixa.
Avatar do usuário
cokaVENCIDA Mensagens: 9698
Sex Abr 05, 2013 10:25 am
Gostei da Caixa, bem melhor o atendimento que o do BB.
odl1899 Mensagens: 2619
Sex Abr 05, 2013 1:33 pm
O BB ficou só com o Internet Banking fora do ar. O Itaú ficou totalmente sem sistema o dia todo, ontem, seja nas agências, IB, ATM e até mesmo nem trasações no débito passaram. Existe uma grande diferença aí.

@Coka, como fica a parte de comprovação de renda na Caixa? No BB, só dão bons limites para funcionários públicos.
Avatar do usuário
cokaVENCIDA Mensagens: 9698
Sex Abr 05, 2013 2:02 pm
Levei IR do ano passado, pelo fato do meu ainda não estar pronto (né, sr contador? Hunf!), além de extrato bancário assinado pelo gerente, certidão de imóveis que não constavam no IR 2012 e uma aplicaçãozinha marota.

Gostei dos limites. Tenho conta no BB fazem mais de 10 anos e o da Caixa foi bem maior.
odl1899 Mensagens: 2619
Sex Abr 05, 2013 5:43 pm
Estou ficando com cada vez mais nojo do Itaú. Nunca vi banqueiro ficar querendo se meter na política econômica e no processo eleitoral do país.

"Malan é a ponte entre oposição e mídia global"

Já foi identificado, em Brasília, o personagem que conecta interesses oposicionistas a publicações internacionais, como a revista The Economist e o jornal Financial Times; trata-se do ex-ministro da Fazenda, Pedro Malan, atual membro do conselho de administração do Itaú Unibanco, que desfruta de prestígio junto aos meios financeiros internacionais; periódicos ingleses têm feito críticas constantes à condução da economia por Guido Mantega e, neste fim de semana, a Economist passou a defender a eleição de Aécio Neves

23 de Março de 2013 às 05:31

247 - Os aparatos de inteligência em Brasília – e, que fique bem claro, não têm qualquer relação com a Abin – já identificaram o nome do personagem que mais tem trabalhado para conectar os interesses da oposição ao governo federal a grandes publicações internacionais. Trata-se do economista Pedro Sampaio Malan, que foi ministro da Fazenda nos oito anos do governo FHC (1995-2002) e hoje faz parte do conselho de Administração do Itaú Unibanco.

O exemplo mais recente dessa costura está publicado neste fim de semana, na revista britânica The Economist. Trata-se de uma reportagem sobre o processo político no Brasil, em que a publicação defende a "receita mineira" e o nome de Aécio Neves para o Palácio do Planalto. Malan é um dos principais conselheiros econômicos de Aécio, assim como o ex-presidente do Banco Central, Armínio Fraga.

Antes dessa reportagem, a mesma Economist que havia feito uma capa sobre a decolagem do Brasil, no início do governo Dilma, já havia dado outras demonstrações de uma guinada em sua política editorial. Recentemente, a revista pediu, com todas as letras, a demissão do ministro da Fazenda, Guido Mantega, como única medida capaz de garantir a reeleição da presidente Dilma Rousseff.

A Economist foi também seguida pelo jornal inglês Financial Times, que, além de pedir a cabeça de Mantega, também abriu espaço para que o presidente do Itaú Unibanco, Roberto Setubal, reclamasse da política econômica no Brasil e de supostas mudanças constantes nas regras do jogo.

Ministro da Fazenda num momento em que o Brasil tinha poucas reservas internacionais e foi três vezes ao Fundo Monetário Internacional, Malan conquistou muito prestígio junto aos círculos financeiros internacionais. A aproximação com o Unibanco se deu quando o banco dos Moreira Salles obteve autorização para incorporar a chamada parte boa do extinto Nacional. E quanto o Unibanco se fundiu com o Itaú, Malan foi guindado ao conselho de administração.

Discreto, o ex-ministro da Fazenda pouco fala com a imprensa, mas suas movimentações internacionais já dispararam o alarme em Brasília. Já sabe, por exemplo, que a agenda da oposição rumo ao Planalto passa por questões como a suposta estagflação (crescimento baixo e inflação alta), o desempenho da Petrobras e a estratégia do BNDES de fomentar "campeões nacionais".

Novos ataques virão. Com a assinatura de Malan.

http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/96901/Malan-%C3%A9-a-ponte-entre-oposi%C3%A7%C3%A3o-e-m%C3%ADdia-global.htm" onclick="window.open(this.href);return false;
odl1899 Mensagens: 2619
Sex Abr 05, 2013 6:20 pm
Além do mais achei muito estranho o fato da confusão com o sistema do Itaú não ser noticiada em nenhum veículo da grande mídia.

Como que o maior banco privado do país fica 100% fora do ar no Brasil todo, durante o dia inteiro, e ninguém comenta nada na mídia especializada. E as transações que deixaram de ser realizadas, e os negócios cancelados, por culpa do banco? Se o problema tivesse acontecido com o BB, já estaria fazendo campanha para a privatização do banco. Parece que estão blindando a imagem do Itaú.



Booking.com

Voltar para “Itaú”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 9 visitantes


Anúncio