Itaú Personnalité

Informações sobre cartões de crédito e produtos do Itaú.

fullbc Mensagens: 31
Ter Fev 23, 2016 11:36 am
Então @LMBJR, o "valeria a pena" que quis dizer foi em relação a investir por meio da corretora deles para conseguir desconto ou isenção da conta, não em relação se o valor da tarifa vale a pena. Um exemplo: a pessoa mantém um colchão de segurança de por exemplo 100k que precise de uma certa liquidez. Fazendo as contas mesmo com a alta taxa de 0.45% de administração em relação a corretoras que não cobram, no final sairia bem mais barato deixar os 100k na corretora do próprio banco (tesouro selic por exemplo) do que pagar as tarifas cheias. Pode até completar com algumas ações de longo prazo ou fii para completar os 150k e ter isenção total e continuar com os investimentos de longo prazo em outras corretoras.
Avatar do usuário
bigshot Mensagens: 3382
Ter Fev 23, 2016 11:52 am
@imhotep concordo com você, pelo simples fato de um "status" de uma simples folha de cheque, a dentista fura a fila.

Também gostaria de saber o contato dessa dentista para eu nunca passar na porta, completa falta de respeito não apenas com os mais "pobres", mas com os outros pacientes.
Avatar do usuário
regsteixeira Mensagens: 1192
Ter Fev 23, 2016 12:04 pm
Hoje pelo que percebo, ser "alta renda" é nada mais que pagar "altas tarifas".
Caiu muito a qualidade dos bancos nesses últimos 10/15 anos e as propostas que temos são injustas, pelo menos para nós clientes.
DrikaPifPaf Mensagens: 179
Ter Fev 23, 2016 12:07 pm
imhotep e bigshot,

A psicologia define a reação adversa de vocês.
Em se tratando de opinião, não existe verdade absoluta. Tudo na vida é mera questão de ponto de vista.

Diante de uma situação, o que aparenta é que vocês enxergam o LADO NEGATIVO.

Primeiramente, enxergam o lado negativo de ter que pagar a tarifa da conta.
Demonstrado um lado positivo para o pagamento da tarifa da conta, vocês focam no LADO NEGATIVO dos pacientes que estão em desvantagem.

O objeto de discussão era a viabilidade de pagar a tarifa da conta, não os pacientes em desvantagem. E vocês mudaram a rota do assunto, em decorrência de um LADO NEGATIVO que vocês enxergaram. Ou seja, a visão de vocês parece estar no NEGATIVO.

Mais atenção; focar sempre no NEGATIVO é pobreza de espírito. Mesmo que declinem minha argumentação, mas pensem um pouco, reflita.

O LADO BOM dessa postagem é que eu estou tentando sinalizar e alertar sobre a visão eventualmente disfuncional de vocês.

Mais POSITIVIDADE. Vamos enxergar mais coisas boas.
Avatar do usuário
LMBJR Mensagens: 11168
Ter Fev 23, 2016 12:21 pm
Entendi melhor sua análise @fullbc e ela é muito boa
DrikaPifPaf Mensagens: 179
Ter Fev 23, 2016 12:35 pm
Outra coisa, quando estamos verdadeiramente incomodados com alguma situação, nós resolvemos.
Se o problema é a pobreza dos pacientes, então diluam a fortuna de vocês e solucionem o problema dos pacientes pobres.

Na medida que você identifica o problema e não faz nada... ou vc é parte do problema e não sabe apresentar solução... ou opinou de hipocrisia.

A minha visão está focada no segmento de alta renda, nos investimentos e na tarifa da conta. E eu comentei em prol disso.

Se vocês alteraram a rota, existe aí um problema de incoerência. Possivelmente vocês não aceitaram a minha argumentação de defesa do pagamento da conta, e aí mudaram o rumo da conversa falando de outra coisa, de modo subconsciente ou até mesmo inconsciente.

Eu vejo sim o social, as pessoas menos favorecidas, o hipossuficiente. O que acontece é que a conversa não tratava disso.
jsouza Mensagens: 120
Ter Fev 23, 2016 12:47 pm
Concordo plenamente com @bigshot e @imhotep. Quem paga altas taxas somente pelo status está procurando conforto psicológico onde não deve, uma instituição financeira, e se torna presa fácil das campanhas publicitárias dos bancos.
Avatar do usuário
regsteixeira Mensagens: 1192
Ter Fev 23, 2016 12:49 pm
A tecnologia e a curva de experiência só melhoram e reduzem os custos. Por que a compensação de um cheque ficou mais cara? Só pelo aumento do aluguel do prédio? Por que um TED fica mais caro? A tecnologia barateia o processo, mas as tarifas só aumentam.
Isso parte de qualquer segmento, seja ele "alta renda" ou não.
jsouza Mensagens: 120
Ter Fev 23, 2016 12:56 pm
É verdade, @regsteixeira. E eu pergunto: quem é Personnalité tem realmente acesso a investimentos melhores que os outros segmentos? Pelo que eu saiba, a diferença é o acesso aos cartões Black (deve ter melhores por aí) e taxas mais altas na Compromissada DI, que é o que me interessaria nesse segmento.
DrikaPifPaf Mensagens: 179
Ter Fev 23, 2016 1:41 pm
jsouza,

Eu não utilizo nenhum serviço específico que só tenha em segmento de alta renda, então acho que estou no segmento por status. E não faço isso para conforto psicológico. Me considero emocionalmente saudável e emocionalmente independente.

Estou no segmento porque a minha renda mensal diz que eu posso estar, e eu estou. Fim. Simples.

O problema é que as pessoas querem buscar justificativa pra tudo.
Se morre, quer caçar motivo.
Se engorda, quer caçar motivo.
Se está no segmento de alta renda, quer caçar motivo.

Eu penso que morreu porque morreu.
Engordou porque engordou.
Está no segmento de alta renda porque está no segmento de alta renda, ou porque a renda diz que pode estar.

Sejamos frios para definir o que deve ser definido pela técnica.
Excesso de racional estraga muita coisa. Isso se chama "senso comum", e pelo senso comum há pessoas sendo punidas ou até mortas, somente porque vem uma alma penada das profundezas do inferno e fala "EU ACHO isso, isso e isso". Aí nesse "EU ACHO", violamos direito, tocamos no íntimo das pessoas, incorremos em crime, fazemos injustiça, erramos, entre tantas outras coisas.

Ninguém tem que achar nada. Ou se quiser achar, ache para si mesmo.

"É melhor calar-se e deixar que as pessoas pensem que você é um idiota, do que falar e acabar com a dúvida". Abraham Lincoln.



Booking.com

Voltar para “Itaú”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 10 visitantes


Anúncio