Falando de Viagem
Bate-papo

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]


Ir para página «  1, 2, 3, 4, 5  »

 Página 2 de 5 [ 48 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Sex Mar 08, 2013 12:10 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 8862Rio de Janeiro- RJ
Posto de gasolina na Suiça tem frentista . Será que lá é um país atrasado ?

_________________
http://fdv.im/FabioMacedo



 Mensagem não lidaPublicado: Sex Mar 08, 2013 12:49 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 10126
Dependendo o ponto de vista, pode ser.

O direito a voto para as mulheres só foi dado, em nível federal, em 1971...

_________________
http://fdv.im/FlavioBaran


 Mensagem não lidaPublicado: Sex Mar 08, 2013 3:00 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 8862Rio de Janeiro- RJ
Eu adoraria que meu país fosse atrasado daquele jeito
E olhando por esse prisma , os USA também podem ser considerados como atarsados em certos usos e costumes .

_________________
http://fdv.im/FabioMacedo


 Mensagem não lidaPublicado: Sex Mar 08, 2013 3:55 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 10126
Com certeza.

Quando fomos comprar o enxoval do nosso filho isso ficou bem nítido. Minha mulher, grávida, não recebia nenhuma facilidade em decorrência do seu estado. Não vi fila preferencial em lugar nenhum. Ela chegou a perguntar uma vez, no aeroporto, e teve de ouvir da funcionária que "em nosso país gravidez não é considerada doença".

Só no estacionamento da Babies R Us é que eu vi vaga especial para gestantes, o que achei bem curioso. Fora isso, nada.

_________________
http://fdv.im/FlavioBaran


 Mensagem não lidaPublicado: Sex Mar 08, 2013 4:08 pm 
Mensagens: 508Barão Geraldo
Aposto que na Suiça não é proibido posto sem frentista, se os postos lá têm é porque foi uma escolha e preferência do consumidor. Adoro a praticidade de um frentista abastecer meu carro, mas adoraria ainda mais de ter as duas opções, e dependendo da diferença de preço eu poderia escolher entre dispensar o frentista ou não.
Lembro de quando o Carrefour inaugurou um posto sem frentista aqui em Campinas, o preço era bem mais baixo que nos concorrentes e o posto vivia lotado, ou seja, muito consumidor gostou da idéia e da economia. Aí poucos meses depois veio o judiciário e proibiu postos sem frentista no Brasil, o posto do Carrefour ficou fechado até contratar frentistas, e reabriu com preço maior e equivalente à concorrência. Enfim, esse é mais um exemplo de interferência excessiva do estado, que gera ineficiências e aumenta o custo Brasil.


 Mensagem não lidaPublicado: Sex Mar 08, 2013 10:13 pm 
Mensagens: 2381
davilenz:

Sua análise sobre capitalismo é grosseira.

Dumping, praticado pelo Wal Mart, é uma prática comercial desleal, pois, do que adianta a família americana economizar US$ 2.500,00 se não tem US$ 0 para comprar fechou seu pequeno comércio ?

A China, GRANDE vendedora do mundo, não respeita os direitos trabalhistas. Do qua adianta pagar barato, às custas do sangue alheio ? Poucos, muito poucos na China estão sendo beneficiados com esse capitalismo.

Essa é uma roda da desgraça......

Sou sim, favorável ao capitalismo, mas não o capitalismo covarde, nem às custas do sangue alheio.


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Mar 09, 2013 7:43 pm 
Mensagens: 508Barão Geraldo
carlospessoajr:

Não sei se vc sabe exatamente o que é dumping quando o cita, mas dumping é a prática de reduzir sua margem de lucro para conseguir vender num mercado mais competitivo, isso se chama discriminação de preço, uma prática muito adotada em muitos mercados, como na aviação por exemplo. Até a Honda do Brasil pratica dumping quando exporta o City para o México e lá o vende mais de R$10.000 mais barato que aqui, isso já descontado os impostos nos dois países. Obviamente que a Honda não está tendo prejuízo nessa venda apenas para prejudicar seus inúmeros concorrentes no outro país, ela apenas quis abocanhar um pedaço desse mercado, que é muito mais competitivo que o brasileiro, e para tal aceitou uma margem de lucro menor. Se o governo mexicano entrar com ação na OMC contra o Brasil alegando dumping da Honda ele acabará ganhando, porque a Honda nunca irá revelar sua contabilidade e a margem de lucro de seus produtos, nenhuma multinacional faz isso.

O pequeno comerciante realmente quebrará se quiser vender os mesmos produtos que o Walmart, ou ele se especializa em algum mercado de nicho ou acabará cedendo seu espaço para outro negócio que agregue mais valor à sociedade. Para aqueles produtos de massa o consumidor/sociedade irá preferir comprar da nova maneira mais eficiente, que é através do ganho de escala do Walmart. O pequeno comerciante quebra, mas todo o restante da sociedade sai ganhando. A economia gerada para o restante da sociedade é maior que a renda perdida pelos pequenos comerciantes, e quando o governo interfere para manter o negócio ineficiente aberto ele vai gerar o que chamamos em economia de peso morto, que é uma piora do poder aquisitivo da sociedade e um PIB menor do que seria alcançado se não houvesse interferência.

Obviamente que é penoso para quem perde o emprego nesse processo, e aí o estado tem o importante papel de dar assistencia social como seguro desemprego e treinamento/qualificação para que este encontre um novo emprego que agregue mais valor para a sociedade que seu antigo emprego. Isso se chama destruição criativa e o país que menos resiste a ela, em maior ou menor grau de resistência dependendo do setor, são os EUA. E isso é um dos fatores que os levaram a ter o maior poder aquisitivo do mundo. Pode parecer um mecanismo injusto, ou até mesmo "grosseiro", mas é assim que o capitalismo evoluiu e continuará evoluindo.

Na transição de nossa sociedade rural para urbana também houve muita resistência às novas tecnologias, como o trator, sob a alegação de causar desemprego no campo. Mas apesar dos alarmistas da época o padrão de vida melhorou. Houve migração em massa para as cidades, onde o grosso da população conseguiu salários melhores e melhora da qualidade de vida. Depois houve um processo semelhante nos países ricos de migração do emprego na indústria para o setor de serviços, que também gerou benefícios.

Um dos países que mais resistiu a essa transição rural/urbana foi exatamente a China, e ficou estagnada numa sociedade rural durante décadas, até o governo aceitar que essa situação não era mais sustentável e abrir o país. Hoje o país ainda é 50% rural, e há fila de espera de gente querendo migrar para trabalhar nas fábricas das cidades (apenas com autorização do governo um cidadão lá pode migrar para cidade). Para o seu e meu padrão, trabalhar nessas fábricas chinesas pode parecer uma total exploração, mas para o chinês que estava na miséria do campo a mudança é uma grande melhora de vida, não é a toa que há fila de espera. Negar emprego a essa população é o mesmo que mantê-la na miséria do campo. Obviamente que direitos trabalhistas lá são muito piores do que os que estamos acostumados, sequer previdência social eles têm ainda, mas já está em andamento a implantação de um sistema de previdência e assistência social. Esse é um processo natural que virá com o tempo, basta lembrar do começo da Revolução Industrial na Inglaterra, com suas cargas trabalho de 16h... e comparar com os direitos trabalhistas da Inglaterra de hoje.

Por fim, seu alvo está errado. O Walmart representa a cesta típica de consumo do americano, e na cesta típica apenas 10% dos bens são importados, ou seja, no máximo 10% do que o Walmart vende são "tralhas chinesas". Um alvo mais correto de sua raiva seria a Amazon, esta sim vende em sua maioria produtos chineses e “quebrou” inúmeras livrarias e lojas físicas.


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Mar 09, 2013 8:15 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 8862Rio de Janeiro- RJ
davilenz , sua definição e análise de dumping está completamente errada

Dumping não é reduzir margem de lucro. É vender por preços abaixo dos preços de custo com o objetivo direto de forçar a concorrência a sair do mercado.
É uma prática perversa , punida tanto na maioria dos países como banida pela OMC
O praticante não precisa relevar sua estrutura de custos . A OMC , baseada em estudos e planilhas , tem sim como punir o praticante
Em qualquer sociedade economicamente equlibrada atual , pequenos e grandes convivem . O mercado comporta ambos.
A existência apenas de grandes configura oligopólio que , não raramente , evolui para formação de cartel . Isso não é nada bom para a sociedade .
Prova disso , temos aqui mesmo no forum quando vemos essa onda de fusões e auisições de cias aéreas , que no longo prazo só reduz a concorrência .

_________________
http://fdv.im/FabioMacedo


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Mar 09, 2013 9:20 pm 
Mensagens: 508Barão Geraldo
Fabio,
Sua definição de dumping que está errada, ela é difundida por nossa imprensa como sendo preço de venda abaixo do preço de custo, mas infelizmente os jornalistas não são especializados e acabaram difundindo essa "meia verdade", talvez tenha sido um efeito manada, em que um primeiro definiu errado e os demais o seguiram. Pegue o livro de Economia Internacional do Krugman (recente prêmio Nobel de Economia) e verá a definição correta, que dumping é uma discriminação de preço que gera diferentes margens de lucro em diferentes mercados. Haverá inúmeros exemplos práticos.

Ser denunciado por dumping na OMC é quase uma sentença, as planilhas e estudos não acompanham grandes inovações tecnológicas e acabam por punir aqueles que inovaram muito. Quer um exemplo? Na década de 1990 os EUA denunciaram e a industria brasileira de aço foi condenada por dumping. O que ocorreu é que nossa indústria foi pioneiríssima num curto intervalo de tempo, desenvolveu novas técnicas e tecnologias que reduziram drasticamente o custo de produção. Por questões mercadológicas e de segredo de mercado não revelaram suas planilhas e inovações, preferiram aceitar a punição da OMC. Ou vc acredita que a industria brasileira aceitou ter prejuízo apenas para vender aço do outro lado do mundo e acabar com alguns concorrentes? E justo no maior mercado que existe? Já imaginou o tamanho do prejuízo que se poderia ter numa tentativa dessa? Hoje as inovações brasileiras no aço já foram difundidas pelas concorrentes, mas quem realmente inovou foi impedido de ter o retorno em alguns mercados quando realmente precisava. Não quero me gabar, mas conheço o assunto a fundo, comércio exterior foi o tema de minha tese de conclusão de curso.

Concordo plenamente, há espaço para pequenos e grandes, o mercado comporta e isso é saudável. Há uma grande variedade de preferencias do consumidor, então há muito espaço para os pequenos atenderem essa variada demanda. O que gera ineficiências é quando se mantem a existência de um que não seja mais competitivo através de decretos do governo, protecionismo, reserva de mercado, impedimento a entrada de novos concorrentes, etc.

Cartel de fato é um problema, principalmente em mercados que são um monopólio natural, como telefonia, energia eletrica, fornecimento de agua... por isso a importância desses mercados serem muito bem regulados pelo governo, ou mesmo criar uma empresa estatal. Mas cartel não costuma ter vida longa, alguém cedo ou tarde acabará por "desviar" e romper o cartel. Há um ramo da economia chamado Teoria dos Jogos que prova porque esse "desvio" é tão tentador e fatalmente acabará ocorrendo.

Teoria dos Jogos é apaixonante, explica muita coisa, até porque EUA e URSS não se mataram durante a Guerra Fria. Em Israel, uma sociedade extremamente militarista, economia é estudada como um ramo da Teoria do Jogos, para vc ver o valor que eles dão a essa "teoria".


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Mar 09, 2013 9:40 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 8862Rio de Janeiro- RJ
Essa definição não é difundida por imprensa nenhuma . Essa definição é difundida por qualquer curso de Economia . O que eu cursei , inclusive.
Vender com pequena margem de lucro para ganhar o mercado é outra coisa . Mas não é dumping , de acordo com a definição do termo .
Quanto a leitura , eu lembro que uma boa parte dos economistas consagrados que lemos e estudamos defendem teorias econômicas que beiram o absurdo nos dias de hoje . Nenhum deles é a expressão absoluta da verdade . Da mesma maneira que não se pode aplicar laissez faire , keynesianismo ou monetarismo puros. A realidade é uma mistura de todos .
Como dumping é um prática que visa o longo prazo , sim as grandes do mercado que o praticam estão dispostas a aceitar prejuízos enormes no curto prazo de modo a eliminar a concorrência no longo . É uma estratégia .
Também concordo que o intervencionismo exagerado é nocivo ao mercado , mas também não ter nenhuma regulamentação não é bom .
É uma tênue linha que separa protecionismo de regulamentação saudável . E de fato poucos governos conseguem andar sobre ela .
O capitalismo , apesar de imperfeito , ainda é o menos ruím de todos os sistemas econômicos que existem . O comunismo/socialismo se mostrou uma utopia e o nacional socialismo é ineficiente a longo prazo. Mas devemos estar sempre atentos justamente porque ele é imperfeito.

_________________
http://fdv.im/FabioMacedo


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Empresas de brasileiros que oferecem transporte em português em Londres

em Como se locomover em Londres

Última mensagem Dom Jan 19, 2020 11:10 pm JulianaMagalhaes Ver última mensagem

 

1

Empresas de brasileiros que oferecem transporte em português em Nova York

em Transporte em Nova York

Última mensagem Qua Set 04, 2019 8:20 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

3

Empresas de brasileiros que oferecem transporte em português em Buenos Aires

em Transporte em Buenos Aires

Última mensagem Sex Jan 10, 2020 9:21 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

5

ANAC distribui slots para novas empresas no Aeroporto de Congonhas

em Aeroportos

Última mensagem Dom Out 20, 2019 2:42 pm LMBJR Ver última mensagem

 

8

As 3 praias mais bonitas de Arraial do Cabo

em Arraial do Cabo

Última mensagem Seg Dez 02, 2019 1:51 pm manucaldas Ver última mensagem

 

3

 


Booking.com


Falando de Viagem
Bate-papo

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes