Destinos - América do Sul
Chile

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]


Ir para página 1, 2, 3, 4  »

 Página 1 de 4 [ 33 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Qua Mar 11, 2015 4:51 pm 
Mensagens: 1891
O ICR chileno é maior que o nosso

Imagem

Quando viajamos para um outro país temos acesso, mesmo que de forma superficial, aos costumes, gastronomia e estilo de vida da região em que ficamos hospedados. O modo de viver do parisiense não é o mesmo dos habitantes da Cote D’azur e Provence. Se hospedando em diferentes cidades podemos ter diferentes impressões de uma mesma nação. Da mesma forma, é possível perceber mais ou menos se uma cidade é mais “pobre” que outra a partir de diferentes aspectos facilmente observáveis até mesmo por um turista.

O índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que leva em consideração a longevidade da população o número de anos de escolaridade dentre outros aspectos, também é um índice utilizado para mensurar a qualidade de vida e o desenvolvimento econômico de diferentes regiões.

Contextualização feita, proponho um novo índice para comparar cidades e, porque não, Países. Esse índice é o Índice de Carrões na Rua (ICR). Meu exemplo será o Chile, País que visitei este ano durante o carnaval e que vou contrastar com nossa realidade. Vou esquecer as estradas maravilhosas (pedagiadas) que eles ostentam e nós não, salvo algumas exceções. Talvez essas estradas sejam apenas o palco para o desfile das máquinas que vi por lá, tanto na Região Sul quanto da Região da Capital. A atualidade da frota é impressionante.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

O nosso ICR não se compara ao dos Estados Unidos e Canadá por motivos óbvios, mas porque face os exemplos gráficos dados neste texto, tomamos um banho do Chile. Se não olharmos as placas chilenas, eu juraria que estava em solo americano (do norte).

Lembro, dos livros de história, as importações de automóveis foram proibidas em 1976 e foram liberadas pelo governo Collor no dia 9 de maio de 1990. Assim, pelo menos os brasileiros mais abastados poderiam ter algum tipo de prazer ao dirigir máquinas de nível mundial. Não sei da história do Chile, mas desde 2009, primeira vez que pisei por aquelas bandas, vejo uma discrepância entre nossos mercados automotivos. Aumento de alíquotas de importação e um certo protecionismo do estado em relação a indústria nacional nos distanciam de poder possuir esses carros de um modo geral. O que eles ganham que nós não ganhamos? Eles não tem indústria nacional e estão abertos a carros do mundo todo.

Se dependesse apenas dos carros disponíveis por um preço que a classe média pode pagar eu queria ir para lá. Análise muito simplória, mas real.

E você, repara nos carros nas ruas por onde viaja?



 Mensagem não lidaPublicado: Qua Mar 11, 2015 5:25 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 37890
Eu sempre reparo nos carros. No Chile, pelo que conversei com o meu guia, os carros custam metade do valor do Brasil.

_________________
https://fdv.im/GabrielDias


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Mar 12, 2015 12:44 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 11580
Talvez porque eles não tenham que sustentar um Estado que suga muito e quase nada dá de volta...sem falar dos penduricalhos que agregaram nos últimos 13 anos, tipo bolsa família, cut, mst, bolívia, paraguay, cuba....
Devem estar se concentrando nas atividades tipicamente fim do Estado....


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Mar 12, 2015 9:55 am 
Mensagens: 1891
Interessante que, como Portugal, não existe indústria por lá e todo mundo chega chegando e vendendo com incentivo. Aqui temos o protecionismo. Mas hoje de manhã vi no jornal que está havendo demissões em massa no setor de autopeças porque as montadoras estão vendendo menos face os altos preços e o momento ruim da economia. E nossos carros são inferiores. É normal ir a Alemanha e ficar deslumbrado com os carros, entendendo que nossas realidades são muito diferentes. Mas no Chile não deveria ser assim. Mesmo que caros, vi muitos carros que não são comercializados no Brasil com placa da Argentina em Puerto Varas e região.


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Mar 12, 2015 9:59 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 1755
Muito interessante essa análise... e do jeito que a coisa anda a discrepância será ainda maior!


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Mar 12, 2015 12:00 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 2340
Eu também tenho mania de reparar em carros nos lugares onde vou, engraçado isso. Bom saber que não sou a única pessoa. Gosto de ver os nomes diferentes para um mesmo carro em diferentes países, loucura minha... O Chile tem carrões mesmo, pelo que estou vendo.


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Mar 12, 2015 12:11 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 11580
Uma coisa que eu notei nos EUA, referente a carros:
- mesmo o trânsito fluindo muito bem nas estradas e ruas, é impressionante a quantidade de carros ao mesmo tempo...... em estradas com 4 / 5 vias, todas elas estão sempre cheias de carros. A impressão que dá é que, se todos nos EUA pisarem no freio, ao mesmo tempo, a Terra dá uma brekada junto...rsrs;
- eu nunca, mas nunca mesmo, consegui ver na rua, circulando, dois carros iguais... mas nem estou falando modelo e cor, mas apenas dois carros do mesmo modelo... exceção honrosa ao Dodge Gran Caravan, que é muito usado pela galera que aluga.... impressionante a diversidade de carros nas ruas;


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Mar 12, 2015 12:30 pm 
Mensagens: 2194
Nao eh difícil entender o porque do ICR brasileiro ser tão tuim, nego aceita pagar 40-50 mil em carro 1.0 financiado. Acho que ICR pior que o brasileiro, deve ter Cuba/Venezuela, todos locais que nosso governo adora falar bem e fazer alianças, eh uma vergonha quando comparamos valores diretos que os americanos pagam em seus carros, da uma tristeza vc ver um entregador de pizza usando um carro que a imensa maioria das pessoas daqui do fórum não tem, sim eles usam accord/camry, carros que aqui ficam entre 120-150 mil reais e la?? 22 mil dolares.


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Mar 12, 2015 12:53 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 10062
Deve ser porque o Chile não tem uma indústria automobilística que fica pedindo barreiras às importações e desonerações tributárias para manter uma das maiores margens de lucro do mundo nesse setor, quiçá a maior.

Só digo uma coisa: parabéns aos chilenos!

_________________
http://fdv.im/FlavioBaran


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Mar 12, 2015 2:22 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 11580
Mas... se vc não tem uma indústria de montadoras, vc deixa de ter empregos em montadoras, fabricantes de autopeças, metalúrgicas...
Sem emprego nestes setores, vc não tem sindicatos fortes..
Sem sindicatos fortes, vc não tem Lulla e PT...e sem Lulla e PT, nós não teríamos Dilma, e sem Lulla, PT e Dilma, nós não teríamos Mercadante, Cardozo, Pepe Legal....

Pensando bem... não seria má ideia importarmos todos os carros que precisamos... pelo menos a gente fechava o ciclo:
IMPORTAR:
AUTOMÓVEL+GASOLINA+DIESEL...


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Vale a pena visitar a maior loja de surf do mundo?

em Cocoa Beach / Porto Canaveral

Última mensagem Seg Out 14, 2019 11:27 am JulianaMagalhaes Ver última mensagem

 

1

Platea Madrid | Conheça o maior centro de gastronomia da Europa

em Madrid

Última mensagem Seg Jun 24, 2019 4:45 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

2

EAA AirVenture Oshkosh 2019: a maior celebração da aviação em todo o mundo

em Coluna do Fabio Macedo

Última mensagem Sáb Ago 10, 2019 10:32 am GabrielDias Ver última mensagem

 

3

Royal Caribbean dá as boas-vindas ao Spectrum of the Seas, o maior navio da Ásia

em Notícias

Última mensagem Sex Jun 07, 2019 2:10 am GabrielDias Ver última mensagem

 

1

Galeries Lafayette além das compras: as atividades culturais na maior loja parisiense em 2019

em Onde fazer compras em Paris

Última mensagem Seg Jun 10, 2019 10:22 pm JulianaMagalhaes Ver última mensagem

 

3

 


Booking.com


Destinos - América do Sul
Chile

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante