Bogotá: a surpreendente e animada capital da Colômbia

Troca de informações e dicas sobre Bogotá.

Avatar do usuário
falandodeviagem Mensagens: 19288 Administrador
Qui Abr 07, 2016 9:20 am
Imagem

Houve um tempo em que, para os brasileiros, quando se falava em uma viagem pela América do Sul, os únicos lugares que vinham à mente eram, primeiramente, a Argentina, e logo em seguida, Uruguai e Chile. Ou Peru, se a ideia fosse fazer algo mais aventureiro. Felizmente, as coisas mudam com o tempo, e hoje sabemos que nossa vizinhança vai muito além do circuito tradicional. Cada vez mais, novos destinos pertinho de nós se abrem ao turismo e tornam-se verdadeiros points de viajantes. Entre estas novidades que vieram com tudo nos últimos anos, está a Colômbia, um país de cultura rica e paisagens deslumbrantes, espécie de ponte entre o continente sul-americano e o Caribe. E sua capital, Bogotá, apresenta-se como excelente porta de entrada para esta nação com uma história tão complexa e ávida por se mostrar ao mundo com uma nova roupagem.

Imagem
Plaza de Bolívar.

Em nossa primeira vez na Colômbia, optamos por fazer uma viagem focada na sua maior e mais populosa cidade. Foi o suficiente para já querermos retornar para lá o quanto antes, para explorar outros (en)cantos de Bogotá e desbravar outros destinos tão incríveis quanto. A capital colombiana é uma das maiores metrópoles latino-americanas e apesar de ser um epicentro da cultura, da história e da gastronomia nacionais, tem um clima que difere bastante do calor do litoral e da umidade da região amazônica. Por estar no meio dos Andes, em uma alta altitude, o friozinho é constante, com temperatura que quase não varia e céu sempre um pouco nublado, não importa a época do ano. Sua arquitetura, com prédios de tijolinhos em estilo inglês, pouco lembra a vizinhança. É no espírito alegre das pessoas que Bogotá mostra toda sua latinidade.

Seja através de sua cultura ou da conturbada história política e social (atualmente retratada na série Narcos), a Colômbia sempre gerou muita curiosidade. Ao desembarcarmos no moderno Aeroporto Internacional El Dorado, apesar da imigração um pouco mais rígida que em outros países da América do Sul, qualquer temor logo se dissipa. No caminho para o hotel os modernos prédios comerciais e novas construções confirmam: o passado conturbado ficou para trás. E Bogotá é a melhor vitrine desta mudança.

Imagem
Soldados marchando na Plaza de Bolívar. Bogotá é muito bem policiada.

Para explorarmos melhor as atrações da capital colombiana, bem como seus arredores, com segurança e conforto, contratamos alguns passeios guiados e privativos com a empresa Bogotá Pass. Foi uma escolha bastante acertada. Além de oferecerem tours completos com excelentes guias, eles também trabalham com transfers e vendem o City Pass, que por um preço bastante vantajoso, permite a entrada em diversas atrações da cidade com o mesmo cartão.

Bogotá é uma cidade espalhada e com trânsito que às vezes pode ser caótico. Por isso, é essencial ficar hospedado em um ponto central, que permita fazer algumas coisas a pé. Nossa escolha foi pelo excelente Sofitel Bogota Victoria Regia, um 5 estrelas localizado na melhor região da cidade: a badalada Zona Rosa, repleta de bares, restaurantes e lojas, que ganha vida conforme a noite avança. Tivemos uma ótima estadia no bairro mais charmoso de todos.

Leia também: Sofitel Bogota Victoria Regia | Um excelente hotel na melhor localização da capital colombiana

No primeiro dia, nada melhor do que fazer um reconhecimento de área. Com essa intenção, realizamos um city tour pelos principais pontos da cidade, como o Jardim Botânico, o Parque Simon Bolívar e o estádio de futebol El Campín, sede dos times Millonarios e Independiente Santa Fé. Também tivemos a chance de provar aquele que é tido por muitos especialistas como o melhor café da Colômbia no Azahar Café. Além da tradicional bebida, eles também servem excelentes doces e preparam ótimos chás.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Nosso tour também rendeu um passeio a pé por Usaquén, um charmoso e descolado bairro, todo em estilo colonial, com ótimos bares e restaurantes, que conta com uma linda e bucólica praça central, onde fica a Igreja de Santa Bárbara. Aos domingos, ele é palco de um concorrido mercado de pulgas.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Nosso ponto final foi um dos principais cartões-postais de Bogotá: o Cerro Monserrate, ponto mais alto da cidade, a 3.152 metros de altitude. O imponente conjunto de montanhas é visto de vários pontos da capital. No seu topo, que pode ser acessado de funicular, teleférico ou a pé (após uma caminhada de mais de uma hora que só recomendamos aos esportistas e aventureiros natos), há uma capela dedicada à Virgem Morena de Montserrat (cujo santuário se encontra perto de Barcelona, na Espanha), um antigo monastério e uma ótima feirinha com produtos típicos à venda.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

O local também abriga dois bons restaurantes: Casa San Isidro, de culinária francesa, e Casa Santa Clara, que serve pratos típicos colombianos e que foi nossa acertada escolha para o almoço. Ambos oferecem ótimas vistas para a cidade. Aliás, muita gente sobe o Cerro Monserrate apenas pela incrível visão que se tem de Bogotá. Para aproveitar ao máximo o passeio, recomendamos subir de teleférico e descer de funicular.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

À noite, a recomendação é uma só: se esbaldar na Zona Rosa. Saindo a pé do Sofitel, já encontramos, no mesmo quarteirão, inúmeras opções de bares e restaurantes. Todos animados e cheios de gente. Andando mais uma quadra, chegamos ao Centro Comercial Andino, principal e mais tradicional shopping de Bogotá.

Imagem

Imagem

Imagem

Mas é na rua, ao ar livre, que os moradores gostam de se divertir. Pertinho do Centro Comercial Andino, fica a Zona T, formada por duas ruas perpendiculares, que juntas, formam a letra T. Exclusivas para pedestres, elas são o epicentro da badalação e da boa vida da Zona Rosa. É aqui que sentimos toda a vibração do povo colombiano, sua alegria exposta através da música, da dança e da rica e colorida gastronomia que mistura influências andinas, caribenhas e amazônicas.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Entre as muitas boas opções de restaurantes desta região, destaca-se o Andrés Carne de Res, verdadeira instituição colombiana. O estabelecimento é uma filial, já que a matriz fica na cidade de Chía, mas já ganhou um séquito de admiradores e frequentadores, tornando-se parada obrigatória em qualquer viagem à capital. Nesta espécie de mistura entre restaurante e balada, há 4 andares, representando céu, purgatório, terra e inferno. O cardápio é incrivelmente enorme, mas a especialidade mesmo são os excelentes pratos de carne. Muita música e uma decoração bem irreverente completam a equação de um dos pontos altos de Bogotá.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Além do Andrés Carne de Res, quem andar pela Zona Rosa vai encontrar diversas outras opções, como os excelentes ceviches da Central Cevicheria, uma unidade da tradicional rede colombiana de cafeterias Juan Valdez, e muitos restaurantes de redes internacionais. E como se não bastassem todas as alternativas da Zona Rosa, a capital colombiana ainda conta com a Zona G, um bairro que reúne alguns dos melhores estabelecimentos gastronômicos da cidade.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Além de ser amigável para os pedestres, com trechos como a Zona T fechado para carros, Bogotá é um bom exemplo de município que adotou medidas bem-sucedidas para diminuir a dependência dos automóveis (muitas delas foram copiadas por outras cidades). Aos domingos, por exemplo, boa parte das vias da capital colombiana tornam-se exclusivas para pedestres e ciclistas. A qualidade de vida, apesar do trânsito durante a semana e da poluição, é alta.

Imagem

Imagem

No dia seguinte, nos dedicamos a caminhar por La Candelaria, o charmosíssimo centro histórico de Bogotá. É aqui que se concentra boa parte das melhores atrações da cidade. O ideal é percorrer tudo a pé, admirando as construções em estilo colonial e respirando a história viva da Colômbia. Começamos nosso passeio pelo incrível Museu do Ouro, que possui uma das maiores coleções do mundo de peças feitas com o metal. A maioria pertencia a povos pré-colombianos.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Continuando o passeio, paramos em mais uma feira de produtos típicos, bem em frente ao Museu do Ouro. Em seguida, descemos um pouco mais as ruas da região central até chegarmos à bela Igreja de São Francisco. De lá, seguimos caminho pela Candelaria, passando por pontos como a tradicional Praça Chorro de Quevedo, repleta de grafites e point de jovens e estudantes locais; a Calle 26, considerada a "rua das artes"; a Igreja Nossa Senhora do Carmo, em estilo ortodoxo; além de muitas outras ruazinhas de paralelepípedos cheias de charme.

Imagem

Imagem

Imagem
Calle 26.

Imagem
Igreja Nossa Senhora do Carmo.

Imagem
Igreja Nossa Senhora do Carmo.

Imagem

Imagem
Igreja de São Francisco.

Imagem

Imagem

Imagem
Praça Chorro de Quevedo.

Imagem
Praça Chorro de Quevedo.

Imagem

Imagem

Imagem

Próxima parada: Museu Botero. Você certamente já viu alguma pintura ou escultura com pessoas ou animais gordinhos. Provavelmente era alguma obra do famoso pintor e escultor colombiano Fernando Botero. O talentoso artista doou parte de sua coleção para o governo da Colômbia, com a condição de que fosse feito um museu com acesso gratuito aos visitantes expondo estas e outras obras de artistas conhecidos. Assim nasceu uma das melhores atrações da cidade, localizada em uma casa em estilo colonial no coração da Candelaria, com um agradável pátio interno. Anexos ao museu, ficam a Casa de la Moneda e o Museo de Arte del Banco de la República, que também contam com boas exposições de arte. Um programa imperdível!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Ali perto, ainda passamos pela grande Biblioteca Municipal e pelo Centro Cultural Gabriel García Márquez até chegarmos ao La Puerta Falsa, restaurante que em 2016 completará 200 anos em funcionamento e é um dos pontos mais tradicionais de Bogotá. A fama e a longevidade são mais do que merecidas: o apertadíssimo estabelecimento, que parece ter parado no tempo, serve deliciosos pratos típicos da culinária colombiana, como o ajiaco, espécie de ensopado com frango, batata, milho, arroz, abacate e creme de leite. Ficamos viciados nesta iguaria!

Imagem

Imagem

Imagem

Bem pertinho do La Puerta Falsa, fica o marco zero de Bogotá: a lindíssima Plaza de Bolívar, que não fica devendo em nada à beleza das praças europeias. Nela, além dos muitos pombos e pessoas circulando, estão alguns marcos institucionais da sociedade colombiana, como o Capitólio Nacional, o Palácio de Justiça, o Palácio Liévano, e a Primeira Catedral de Bogotá.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Para encerrar a visita à região central, passamos em frente à Casa Nariño, sede do governo e residência oficial do presidente colombiano. E como a melhor maneira de conhecer os hábitos e costumes de um povo é indo ao supermercado, na volta para o hotel, paramos em uma unidade do Éxito, a maior rede de supermercados da Colômbia.

Imagem

Imagem

Nosso último dia não foi dedicado a Bogotá, mas a uma atração que é tida como a "primeira maravilha da Colômbia", e fica a cerca de 1 hora da capital. A magnífica Catedral de Sal, construída dentro das minas de sal da cidadezinha de Zipaquirá, é uma das mais surpreendentes e emocionantes atrações que já visitamos. Independente de sua fé ou religião, é impossível não se envolver com a junção do espetáculo da natureza e do esforço humano que presenciamos neste passeio.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Além da catedral por si só já valer a pena, ficamos impressionados ao constatar como tudo é muito bem estruturado, como se estivéssemos em uma das principais atrações dos Estados Unidos. O primeiro mundo também pode dar as caras na América Latina. Com direito a lanchonetes, comércio local, uma apresentação em 3D e um belo show de luzes e música, o lugar está em franca expansão, e em breve contará até com um Spa, que oferecerá tratamentos de beleza à base de sal.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

A simpática cidade de Zipaquirá, onde fica a Catedral de Sal, também vale a visita. Seu centrinho histórico, com uma praça que lembra uma versão em miniatura da Plaza de Bolívar de Bogotá, é um charme. Nossa recomendação é encerrar a visita comendo em uma autêntica churrascaria colombiana, como a deliciosa Brasas del Anno, onde almoçamos.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Ao chegarmos ao Aeroporto Internacional El Dorado para tomarmos o voo de volta ao Brasil, já estávamos morrendo de saudade de Bogotá - e planejando nossa volta, para explorar a cidade mais a fundo e conhecer outros lugares especiais da Colômbia. Ficamos impressionados com o alto nível de segurança nas ruas, sempre muito bem policiadas, algo raro de se encontrar nas metrópoles da América Latina. Também tivemos uma grata surpresa com a variedade incrível de atrações históricas, culturais e gastronômicas, seja na capital ou em seus arredores. Mas acima de tudo, o que ficou marcado foi a alegria de um povo sofrido, mas com um alto astral contagiante, pronto para abraçar o mundo e orgulhoso em mostrar um país que tem tudo para figurar na lista dos melhores do mundo para visitar, com uma vibrante capital como estrela.

Boa viagem!

Texto e fotos: Fabio Calderon.

E você, conhece Bogotá? Quantos dias ficou? Onde se hospedou? Gostou da cidade? Foi para Zipaquirá? Recomenda? Conte para nós a sua experiência!
Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem
E-books: Guia de Cartão de crédito e Cartão de crédito para Viajantes. Compre o seu agora e comece a transformação na sua vida financeira: https://fdv.im/ebookscartoes
Ajudante Mensagens: 17890
Qui Abr 07, 2016 9:21 am
Espaço reservado.
E-books: Guia de Cartão de crédito e Cartão de crédito para Viajantes. Compre o seu agora e comece a transformação na sua vida financeira: https://fdv.im/ebookscartoes
Avatar do usuário
JulianaMagalhaes Mensagens: 6007
Qui Abr 07, 2016 11:22 am
Nossa, muita coisa interessante! Realmente não sabia de metade e não esperava tanto assim!
Quero conhecer a Colômbia em um roteiro com Bogotá, Cartagena e San Andrés talvez!
FabioCalderon Mensagens: 3824
Qui Abr 07, 2016 12:51 pm
Alguns dias em Bogotá foram suficientes para que eu me apaixonasse completamente pela Colômbia. País incrível, que ainda tem muito a ser explorado no campo do turismo.

Juliana, Cartagena atualmente tá no topo da minha wish list.
Avatar do usuário
GabrielDias Mensagens: 41312
Qui Abr 07, 2016 4:05 pm
Muito legal, Fabio. Você mudou totalmente meu ponto de visto sobre Bogotá, mostrando uma cidade interessante e bem pertinho de nós.
E-books: Guia de Cartão de crédito e Cartão de crédito para Viajantes. Compre o seu agora e comece a transformação na sua vida financeira: https://fdv.im/ebookscartoes
Patricia Mensagens: 2385
Sex Abr 08, 2016 9:15 am
Não tinha ideia de como era essa cidade. Muito legal Fabio - e adorei a Catedral do Sal e a Igreja Nossa Senhora do Carmo :-)
http://fdv.im/PatriciaLemos" onclick="window.open(this.href);return false;
Avatar do usuário
Fabio Mensagens: 8864
Sex Abr 08, 2016 12:19 pm
Soh deu mais agua na boca.

Colombia eh hoje top destination na America do Sul para mim.
Adriana Mensagens: 2160
Sáb Abr 09, 2016 7:02 am
Muito bonita a cidade.
Quero conhecer a Catedral de Sal há muito tempo.
Ajudante Mensagens: 17890
Qua Jul 13, 2016 1:14 pm
Four Seasons Hotel Bogota: luxo e muito conforto na melhor localização da capital colombiana http://www.falandodeviagem.com.br/viewtopic.php?f=33&t=13569" onclick="window.open(this.href);return false;

Four Seasons Hotel Casa Medina Bogota: charme, exclusividade e história em um hotel único http://www.falandodeviagem.com.br/viewtopic.php?f=33&t=13614" onclick="window.open(this.href);return false;
E-books: Guia de Cartão de crédito e Cartão de crédito para Viajantes. Compre o seu agora e comece a transformação na sua vida financeira: https://fdv.im/ebookscartoes
Ajudante Mensagens: 17890
Sex Jul 07, 2017 11:34 am
Avianca Brasil anuncia voo direto entre Salvador e Bogotá, na Colômbia https://www.falandodeviagem.com.br/viewtopic.php?f=200&t=14859" onclick="window.open(this.href);return false;
E-books: Guia de Cartão de crédito e Cartão de crédito para Viajantes. Compre o seu agora e comece a transformação na sua vida financeira: https://fdv.im/ebookscartoes



Booking.com

Voltar para “Bogotá”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitante


Anúncio