Destinos - América do Sul
Colômbia

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]




 Página 1 de 1 [ 6 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Qua Jul 25, 2018 11:10 am 
 Atualizado: Ter Abr 02, 2019 5:23 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 18525
Administrador
O charme e colorido do centro histórico de Cartagena.

É a hora e a vez da Colômbia, um dos países mais em alta no momento, e que vem recebendo cada vez mais turistas, caindo no gosto dos brasileiros como um dos queridinhos sul-americanos. O país tem investido alto no turismo e isso já pode ser facilmente percebido em alguns destinos, como Cartagena e Bogotá.

Quem não conhece nosso vizinho tão próximo geograficamente e socialmente não sabe o que está perdendo. Todas as direções apontam para este animado e incrível país, rico em atrações históricas e culturais, e com uma enorme variedade de paisagens para todos os gostos. Da Amazônia ao litoral, passando pelos Andes e pelo cenário urbano de Bogotá.

Leia também: 12 lugares incríveis para conhecer na América do Sul.

Está planejando viajar para Colômbia? Nós vamos lhe ajudar com algumas dicas essenciais:

1- Como chegar?

Chegar à Colômbia pode ser mais fácil do que você imagina. Saindo do Brasil, você pode voar até a Colômbia com a Avianca Internacional. Todos os voos da companhia aérea fazem uma rápida conexão em Bogotá e, caso a cidade não seja seu destino, você embarcará sem burocracia rumo ao destino final, sendo muito fácil e rápido chegar. Saindo do Aeroporto de Guarulhos a Avianca Internacional utiliza o moderno Boeing 787-8 Dreamliner.

2- Documentos necessários

O Brasil faz parte da lista de países que não precisam de visto para entrar na Colômbia. O passaporte também não é necessário, bastando apenas documento de identidade (RG) emitido nos últimos 10 anos - Atenção: a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) não é válida. A vacina de febre amarela é obrigatória para todos os visitantes que desejam entrar no país.

Leia também:
- Lista atualizada dos países que exigem o certificado de vacinação contra a febre amarela (2018)
- Como solicitar a segunda via do comprovante de vacinação contra febre amarela

3- Quando ir?

O clima na Colômbia é tropical de uma maneira geral, mas varia muito de região para região. Embora o país esteja próximo à Linha do Equador, o que influencia muito o clima é a altitude e a umidade da floresta. Quanto maior a altitude, mais fria deverá ser a cidade. Em Bogotá, o clima é fresco e ameno o ano todo, inclusive no verão. Já o contrário acontece em Cartagena, que faz um calor intenso mesmo no período de chuvas - de agosto a novembro. Nos meses de junho, julho e agosto a temperatura tem picos de 40°C com sensação térmica ainda maior. Já em San Andrés, o caribe colombiano, o clima é diferente do resto do país devido a distância de 750 quilômetros do continente. O clima por lá se assemelha mais ao de outras ilhas caribenhas, pela intensidade das chuvas. O período seco vai do final de dezembro a abril (alta temporada) e a estação chuvosa vai de maio a novembro (sendo julho e agosto os meses com menos intensidade de chuvas).

Leia também: Furacões no Caribe | Onde tem e onde não tem?

4- Quantos dias?

Depende muito do seu orçamento, disponibilidade e vontade. A Colômbia pode ser visitada em um feriado prolongado ou em uma viagem de férias de 2 semanas. As principais cidades a serem visitadas são: a capital Bogotá, Cartagena, San Andrés e por último Medellín.

3 noites em cada cidade é um bom tempo, mas tudo depende do horário de chegada e saída do seu voo. A melhor opção são voos que chegam de manhã ou à tarde e decolam no fim do dia. Assim você poderá otimizar seu tempo e conhecer melhor os destinos. Ou seja, se você tem apenas 3 dias escolha apenas uma cidade, se tem 1 semana escolha 2 ou até mesmo 3 cidades, sendo que fará tudo mais corrido. Em 3 dias inteiros você poderá conhecer as principais coisas que os destinos oferecem aos seus visitantes, mas sem muito tempo para relaxar. Se quiser um ritmo mais tranquilo, opte por 4 dias.

5- Sugestão de roteiro

A capital Bogotá, Cartagena, San Andrés e Medellín são os principais destinos colombianos a serem visitados. A escolha do melhor roteiro está diretamente relacionada a quantidade de dias da sua viagem. Bogotá é a apaixonante capital colombiana, que surpreende a todos com seu ar sofisticado e cosmopolita, e que em determinados momentos fará você se sentir na Europa. Cartagena é a menina dos olhos colombianos e encanta turistas do mundo inteiro com o charme inigualável da sua cidade amuralhada, um centro histórico maravilhoso, muitas cores, cultura e boemia. Já San Andrés é o paraíso caribenho colombiano, conhecido pelo seu belíssimo Mar de Sete Cores, suas belas praias com água cristalina, um fundo do mar rico e diversas atividades para amantes da natureza e do mar. Por fim Medellín, a menos visitada de todas, mas que encanta com sua história e seu ar urbano, entre outras tantas surpresas.

Leia também:
- Roteiro de viagem pela Colômbia | Cartagena e San Andrés
- Bogotá | A surpreendente e animada capital da Colômbia
- 10 coisas para fazer em Cartagena
- 5 motivos para você conhecer Bogotá

6- Quanto custa?

De uma maneira geral, viajar para Colômbia é relativamente barato, principalmente quando comparado com outros destinos e especialmente em tempos de real desvalorizado. A verdade é que sua viagem poderá ser bem cara ou ter um preço bem razoável. Tudo vai depender do seu estilo e dos destinos que você visitará. Se você deseja luxo, hospedagem 5 estrelas e o melhor da gastronomia colombiana, você certamente encontrará isso em Bogotá e Cartagena - não espere luxo em San Andrés. Se você deseja se hospedar em albergues ou hospedagens 3 estrelas, todos os destinos terão uma boa oferta, assim como restaurantes simples, mas muito gostosos - pesquisar bem é a alma de uma viagem barata. Cartagena é considerado o destino mais caro da Colômbia e San Andrés é caro quando comparado com o restante da Colômbia, mas barato quando comparado a qualquer outro destino caribenho.

7- Qual moeda levar?

Real? Dólar? Euro? Peso Colombiano? A moeda local é o peso colombiano e a primeira coisa a se dizer é que não compensa de maneira alguma comprá-la no Brasil. Nossa dica é levar dólares americanos. Troque um pouco no aeroporto - apenas o suficiente para um táxi e comer algo - e depois procure uma casa de câmbio com melhores cotações. Não se preocupe, pois todos os aeroportos terão de câmbio funcionando no horário de chegada do seu voo. Você também poderá fazer saque em pesos colombianos com seu cartão de crédito em um caixa automático do aeroporto - mesmo com IOF as cotações são compatíveis com o dólar. Se você optar por levar reais ou euros também não terá muitas dificuldades em trocar em casas de câmbio, mas talvez a cotação não seja a melhor.

Média de cotações (maio de 2018):
- R$1,00 = 810 COP;
- Casas de câmbio no Brasil: R$1,00 = 600 COP;
- Saque no cartão de crédito: R$1,00 = 800 COP + IOF (6,38% = R$23,00).

8- Como se locomover?

De uma maneira geral, não vale a pena alugar carro na Colômbia. Táxi e Uber possuem ótimos preços e os ônibus também são uma boa opção para quem está com orçamento apertado. Em muitos destinos você fará muita coisa andando.

Diferente de outras cidades da América do Sul, a maioria dos táxis colombianos utilizam uma forma de cobrança diferente do que estamos acostumados no Brasil. Em alguns até existe uma espécie de taxímetro, mas que marca um valor de acordo com o trajeto e uma tabela disponível no veículo. Por isso, vale a pena sempre perguntar qual o valor da corrida para determinado lugar, antes de entrar no táxi. Ainda assim o Uber pode ser a melhor e mais confiável opção. Em Bogotá e Cartagena funciona perfeitamente.

Importante: nunca pegue um táxi onde tenha um passageiro sentado no banco. Existe um tipo de golpe chamado de Taxi Milionário, onde você é assaltado e obrigado a ir até um caixa eletrônico e sacar todo o seu dinheiro.

9- Compras

Levar um pouco do colorido colombiano para casa pode ser uma ótima opção. Nos principais destinos do país você encontrará boas opções de recordações, seja nos milhares de lojinhas ou ambulantes, mas com opções para todos os gostos e bolsos. Lembre sempre que for comprar algo de negociar o preço. Eles estão acostumados com a barganha, igual aos brasileiros.

As famosas bolsas coloridas feitas pelas tribos Wayuu estão por todos os lados, em lojas chiques e em camelôs. Elas são lindas, a cara da Colômbia, e provavelmente a melhor recordação que você poderá levar para casa. Vale comprar também chapéu Panamá, bijuterias, artigos para casa, além de muitos acessórios coloridos feitos pelas mãos habilidosas dos artesãos locais. Não podemos esquecer que Cartagena também é famosa pelas suas esmeraldas. Há muitas lojas que vendem joias com esmeraldas de variados tipos, lapidação e pureza. Se essa for sua intenção, pesquise bastante, pois há opções para todos os bolsos.

10- Segurança

A Colômbia figurou por muito tempo no "dark side" do turismo mundial. Um país com passado violento e que sempre figurava os noticiários com reportagens sobre conflitos entre guerrilhas, sequestros, assaltos violentos, atentados etc. O jogo virou, o passado de violência ficou para trás, e com o acordo de paz com as FARC, a Colômbia deu um passo rumo à paz definitiva.

Atualmente, o país figura a lista dos destinos em ascensão no cenário mundial. Pode ficar tranquilo que a Colômbia é um país seguro para o turismo, principalmente quando falamos das principais cidades como Bogotá, Cartagena, San Andrés e Medellín. A tendência é que atraia cada vez mais investidores e turistas ávidos em conhecer e se apaixonar pelos seus encantos.

Boa viagem!

O Falando de Viagem viajou para Cartagena e San Andrés a convite da Avianca Internacional.

Texto e foto: Juliana Magalhães.

E você, já conhece a Colômbia? Gostou? Qual foi seu roteiro? Tem dicas? Conte para nós a sua experiência!

Contrate aqui o seguro viagem bom, barato e com a maior e melhor cobertura do mundo (2 milhões de dólares).
Busque aqui: https://travelinsurance.falandodeviagem.com.br


Buscando Voos mais baratos? Aqui você os encontrará!
Busque aqui: https://fdv.im/VoosBTST


Aluguel de carro - alugue conosco e economize!
Acesse: https://carro.falandodeviagem.com.br


Buscando hospedagem mais barata? Aqui você a encontrará!
Acesse: https://fdv.im/HospedagemMaisBarata


Economize e reserve seus passeios com antecedência
Acesse: https://fdv.im/PasseiosMaisBaratos


Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________
Você já conferiu as últimas matérias do Falando de Viagem? Acesse: https://fdv.im/materias



 Mensagem não lidaPublicado: Qua Jul 25, 2018 12:12 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 5642
Não é difícil se apaixonar pela Colômbia, mas é preciso entender o país antes de ir! Eu fui e quero voltar!

_________________
http://fdv.im/JulianaMagalhaes


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Jul 26, 2018 9:22 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 2824São Paulo/SP
Verdade, Juliana. Sou suspeito a falar, pois "importei" uma colombiana para o Brasil, rsrs.

Perfeito o texto, só colocaria uma observação em relação a moeda. Nos inúmeros câmbios que já fiz, sempre compensou trocar diretamente o real pelo peso colombiano.

Você conseguiu economizar mais levando dólar? Como regra geral, quanto mais câmbios, mais dinheiro se perde...

_________________
http://fdv.im/CristyanMannchen


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Jul 26, 2018 9:45 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 10113
Em Cartagena os picos de temperatura são no inverno? Curioso!

_________________
http://fdv.im/FlavioBaran


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Jul 26, 2018 1:03 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 5642
@Cristyan importante sua observação e experiência sobre câmbio!
Eu já tinha dólares em casa e por isso levei! Li algumas coisas que aconselhavam isso tb!
Mas realmente quanto mais câmbios, mas dinheiro perdemos!

Uma amiga que estava comigo levou Euros e Reais. Dolár é mais vantajoso que Euro sem dúvidas. Em relação a Reais lembro de não ter ficado muito distante do Dólar, mas perdia um pouco sim. Mas minha experiência é pouca pq fiz apenas 2 câmbios e você já fez inúmeros, né?! hehe Além disso não eram todos os locais que trocavam Reais.
Mas acho que levar Reais pode ser uma boa ou a melhor opção então, né?

_________________
http://fdv.im/JulianaMagalhaes


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Jul 26, 2018 1:41 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 2824São Paulo/SP
Juliana,

Tirando San Andres que não conheço, nos outros destinos não terá problema para fazer câmbio com real. Mas como você bem citou, sempre deixar para as casas de câmbio nas cidades e não no aeroporto, que sempre é mais caro.

_________________
http://fdv.im/CristyanMannchen


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
50 dicas que você precisa saber antes de viajar para Miami

em Miami

Última mensagem Sex Out 25, 2019 3:53 pm JPSAL Ver última mensagem

 

2

Uber deixará de operar na Colômbia

em Aplicativos para celular

Última mensagem Sex Jan 31, 2020 4:17 am Fabio Ver última mensagem

 

3

10 dicas para viajar para neve com bebês e crianças

em Família

Última mensagem Seg Ago 12, 2019 9:17 am Adriana Ver última mensagem

 

1

Fronteiras fechadas Brasil: Argentina, Bolívia, Colômbia, Guiana, Guiana Francesa, Paraguai e Peru

em Destinos - Brasil

Última mensagem Qui Mar 19, 2020 2:11 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

1

Tiradentes: 10 dicas para a sua viagem

em Tiradentes

Última mensagem Dom Jan 19, 2020 11:17 pm JulianaMagalhaes Ver última mensagem

 

3

 


Booking.com


Destinos - América do Sul
Colômbia

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante