Ir para página «  1, 2, 3, 4  »

 Página 2 de 4 [ 31 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Qui Fev 12, 2015 1:23 pm 
Mensagens: 472
Oi gente,
que bom que estão gostando! :D :D :D :D
Essa viagem foi super gostosa e estou adorando dividir com vocês enquanto relembro de tudo ^^

Já adianto a desculpas pela prolixidade, por que está tenso. Eu vou escrevendo, escrevendo e quando vejo, já tem milhões de parágrafos. HAHHAAHHA. Acho que o tamanho irá variar de dia para dia, mas, enfim... hehe. :oops: :roll:

@Adriano, as fotos estão aparecendo para mim. Na sua citação não apareceu, mas no meu relato sim. Será que não pode ser o navegador? Dá uma olhadinha! (:



#3 - Dia 03: Goofy's Kitchen & Disneyland (P1)

No dia seguinte, acordamos ansiosas! Era o primeiro dia visitando a Disney *_*

Eu já visitei Orlando 2x. Uma em 99, com meus pais, e outra em 13, com a minha avó. Foi em 2013 que minha paixão pelo mundo da magia se intensificou e eu fiquei a louca, dando dicas, criando planilhas e incentivando o mundo a viajar para lá (e olha que só fiquei 5 dias! hahaha).

Minha amiga nunca tinha visitado nada e estava bem ansiosa.

Havíamos olhado diversos calendários para escolher a data da visita. Diferente de Orlando, é mais difícil achar sites com previsões de lotação, mas achamos alguns e seguimos.

O mais triste foi ter que dispensar o Whises. Eu queria MUITO que minha amiga assistisse, porém o show só acontecia de finais de semana (acho que devido a baixa temporada!), quando os parques ficam impraticáveis. Assim, falei para ela que tínhamos que ver o show do Adventure - que era o diferente de Orlando - e os outros dois veríamos em Orlando (na Disneyland tem Wishes e Fantasmic!).

Neste dia, uma quarta-feira, a previsão era "cidade fantasma". Ou seja, teoricamente não haveria ninguém no parque. Repito: teoricamente! Mas o detalhamento disso falo mais para a frente.

Quando estávamos planejando a viagem, eu disse que fazia questão de marcar alguma refeição com os personagens, principalmente por que na Califórnia as reservas são bem mais fáceis de se conseguir. Evitando que fiquemos como loucos no site da Disney, procurando por uma oportunidade.

Escolhemos o café-da-manhã por que ficaríamos bem alimentadas por um bom tempo dentro do parque, poupando dinheiro #mãodevaca

Havia 3 opções disponíveis no site:
- Goofy's Kitchen (fora dos parques)
- Pch Grill (fora dos parques)
- Ariel's Grotto (dentro do Adventure)

Escolhemos o Goofy's Kitchen por que ele trazia personagens mais clássicos e por que queríamos o café no primeiro dia, quando iríamos a Disneyland.

Depois, descobrimos que dentro da própria Disneyland existe um outro restaurante com café-da-manhã também, mas eu não achei ele no site da Disney. Não sei se não procurei direito ou se é algo que você tem que saber onde reservar. ENFIM!

Acordamos um pouco mais tarde (8 da manhã!) e combinamos com a mãe da minha amiga como a encontraríamos, por que ela não iria. Tensão rolando um pouco por que ela não fala inglês, deixamos o celular da minha amiga com ela, explicamos como rolava a van e fomos.

Nosso hotel era realmente MUITO perto! Quando olhei pelo Maps, achei que fosse perigoso ir a pé, por que a avenida em frente é bem ampla e temos que passar por uma ponte. Mas quando passamos de carro nos dias antes vimos que era realmente o oposto. Ainda bem, por que como o café era antes do horário de abertura do parque, a van que levava os hóspedes ainda não estava funcionando.

Como fica meio óbvio no que narrei acima, a Disneyland não é isolada do mundo como a Disney World. Quando você está a caminho do parque, é possível ver pedaços dos brinquedos e os "bastidores" destes. Porém, para mim, isso não tirou a magia. Pelo contrário, só me instigava a querer entrar logo e ir nas atrações.

Em menos de 10m estávamos na entrada! <3 <3 E havia muita gente indo a pé para o parque.

Se você entra pela Harbor Blvd, que era a rua do nosso hotel, você passa por um portalzinho e chega numa área de bolsões de ônibus, onde os hotéis deixam os hóspedes para a hora da diversão.

Ali, o clima Disney já toma conta. Musiquinhas tocando, tudo com referências de Mickey e a arquitetura típica. Adoro!

Como o restaurante ficava em Downtown, tivemos que passar pela revista e sair de novo. HAHAHA... Isso por que estrutura lá é como abaixo. A área vermelha são os bolsões de ônibus e vans. A rosa é a "área segura", antes de entrar ali, você passa pela revista, tanto se entrar pela direita quanto se entrar pela esquerda. E o quadradinho laranja é Downtown. O estacionamento fica depois.

Imagem

Assim, seguimos. Havia muita gente já, na fila para entrar. A fila da Disneyland milhões de vezes superior a do Adventure. hehe...

O Goofy's Kitchen fica beeem no final de Downtown. Você passa todas as lojas, passa a entrada do Monorail, passa um resort e lá estávamos! :D


Imagem

Fomos rapidamente atendidos, mal havia fila! Entregamos o papel da reserva e avisamos que seríamos em 2, não em 3. Ali, há também um restaurante bem robusto e phyno que acho que pertence ao resort em que estávamos.

Logo fomos direcionados ao anfitrião da festa: Goofy, ou Pateta, vestido como cozinheiro. \o/ Inclusive, todos os personagens clássicos estavam vestidos como cozinheiros, já os demais, com as roupas normais.

Imagem

Em menos de 15m já nos chamaram e nos deram nosso lugar ao sol, que era ÓTIMO por que ficava bem ao lado de uma das entradas de personagens.

Só havia famílias com crianças pequenas. Elas, e nós! Nem ligamos e aproveitamos mui-to aquele momento especial sem medo de ser feliz.

O menu, não é exatamente a oitava maravilha do Universo, mas é muito vasto, com muitas opções e variedades. Havia desde as tradicionais panquecas e waffles com a cara do mickey até pizza e macarrão (SIM! Bizarro!), assim como uma mesa de doces GIGANTESCA e incrível. As bebidas eram servidas pela responsável por nossa mesa, tinha Toddy, suco e café em copos monstros e deliciosos.

Fiquei muito feliz por que consegui comer minha Waffle de Mickey - a qual preferi em relação a panqueca. Já minha amiga preferiu a panqueca! hehehe.

Imagem

Foi uma experiência muito gostosa e recomendo para qualquer um, com ou sem crianças! O valor foi em torno de 40 dólares para cada, um valor um pouco salgado, mas que vale a experiência.

Não sei se iria sempre, talvez variasse o restaurante para ter personagens diferentes, mas não me arrependi e amei tudinho mesmo.

O mais bacana é que os personagens não descriminaram nossa mesa por ela ser composta apenas por 2 moças de 25 anos. Todos apareceram e tiraram fotos. Alguns foram mais divertidos do que outros, mas acho que depende também do perfil da pessoa que está ali. ehehe...

Ficamos ULTRA amigas do Capitão Gancho - que voltava sempre a nossa mesa e fazia um milhão de mímicas, já que ele não fala por causa da fantasia -, e da Jasmim - que ficou nos ajudando a decifrar as mímicas do Capitão. O Peter Pan também não me decepcionou. Eu já havia visto vários vídeos do Peter Pan super simpático e doido da Disneyland e, embora não tenha certeza absoluta de que é o mesmo, ele foi bem parecido com o que tinha visto, fazendo brincadeiras e tudo mais.

Imagem
Imagem
Imagem

E este foi nosso café. Comemos HORRORES e partimos para o parque. Mas ele fica para a Parte 2, por que já falei demais. HAHHAHAHA.



 Mensagem não lidaPublicado: Qui Fev 12, 2015 1:25 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 5621
Que legal seu relato! ;)
Muito bem detalhado, deu para sentir perfeitamente como foi esse começo de viagem.

PS: Para mim todas as fotos abriram normalmente!

_________________
http://fdv.im/JulianaMagalhaes


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Fev 12, 2015 1:35 pm 
Mensagens: 472
Oi Juliana,
que bom que está gostando! :D

Estou com os dedos empolgados. HAHAHAHAH... As vezes paro de escreve e quando olho "meudeus!".


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Fev 12, 2015 1:41 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 1758
Agora sim.... Pelo Tapatalk consegui visualizar tudo :)


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Fev 12, 2015 11:51 pm 
Mensagens: 168
Que legal. Já to adorando seu relato.


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Fev 14, 2015 4:49 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 8862Rio de Janeiro- RJ
Sempre bom ler relatos sobre minha amada California. :D

Existe outra opção de outlet para quem se hospeda em Anaheim: Carlsbad Premium Outlets, da rede Premium e a apenas 65 milhas de distância, menos de uma hora. Só seguir sentido San Diego pela I-5 South

_________________
http://fdv.im/FabioMacedo


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Fev 14, 2015 9:31 pm 
Mensagens: 1
Muito boa sua viagem, deu saudades da CA?

Eu estava em LA na época da sua viagem, fiquei 4 semanas por lá e depois realizei a melhor viagem da minha vida até hoje, fui de LA -> San Francisco, pela maravilhosa costa, e de San Francisco -> Las Vegas, LV -> LA.

Transporte em LA é razoável, mas como tudo é longe acaba se tornando ruim. Santa Mônica e Santa Bárbara são lugares espetaculares. Por do sol do píer de Santa Mônica ou do Observatório Griffith são os melhores.

Fui na "noite do terror" da Universal, foi bem legal, mas o six flags foi melhor.

Melhor outlet foi a Camarillo.

Pior besteria que fiz na viagem foi perder o voo de volta e persistir no erro de voltar para cá, deveria ter ficado por lá.


Sent from my iPad using Tapatalk


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Fev 17, 2015 12:27 pm 
Mensagens: 472
Fico feliz que estejam gostando! Em breve finalizo o dia um e já trago os demais dias (:

Fabio,
não conhecia este outlet. Eu lembro que vi um que era um pouco mais perto, da rede premium também, mas ele parecia ter só loja top e que nós não teríamos dindin para comprar. HAHAHHAHA... Vou anotar este para uma próxima! (:

Carol,
que bom! ^^ Espero que goste do restante hehe.

Nanzer,
eu AMEI a Califórnia! Quero voltar, com certeza <3 <3
LA não curti muito, mas Sta Mônica e San Diego, nossa, moraria lá FACIL!


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Fev 17, 2015 1:14 pm 
Mensagens: 472
Muito bem alimentadas, com botton bonito do restaurante e muito felizes, saímos rumo a entrada do parque.

Paramos em uma lojinha rapidamente e em alguns lugares bonitos para fotos, mas logo voltamos a a "área segura". Fiquei esperando enquanto minha amiga foi buscar a mãe dela.

Logo estávamos entrando na Disneyland! <3

Imagem

Lá, o sistema ainda é "old schoool". O seu ingresso tem que ser assinado por você no verso, não há impressões digitais - apenas uma foto sua - e os FP's são em papel e em cada atração - o que, particularmente, prefiro.

Eu digo que sempre que entro em um parque da Disney (o primeiro) eu fico louca! E desta vez não foi diferente. Tanto que deixei de aproveitar tanto os FP's simplesmente por que estava muito empolgada querendo ver tudo. #aloka

Seguimos pela Main Street, já vendo algumas lojinhas, a estátua do Walt e tudo mais. Tudo bastante parecido com o Magic Kingdom, embora não seja idêntico. Lojinhas naquela arquitetura tão Disney, detalhes lindos.

Como fomos no final de setembro, o parque já estava todo enfeitado para a festa de Halloween, com abóboras em formato de Mickey e detalhes em roxo. Uma fofura!

Imagem


Inclusive, vou aproveitar este insight e dizer que não fomos a festa de Halloween. Eu queria bastante e falei para minha amiga que pesquisaria. Eu não encontrei nenhum material sobre a festa da Califórnia em português e comecei a procurar em blogs americanos.

A maioria dizia que era uma festa interessante e legal, mas que não valia a pena como a de Orlando. Que ela era mais "pobrinha" e só valia a pena se você realmente tivesse tempo sobrando. Como não tínhamos, deixei para lá. Visitaremos a festa não tão assustadora na Flórida ;D


Imagem

Mas, voltando a nossa entrada, logo vimos o castelo da Aurora. Ele é bem menor que o da Cinderela e um pouco menos imponente, mas isso não quer dizer que ele seja menos bonito. Gostei bastante dele também e consegui fotos belíssimas (não sem um sofrimento, por que fomos tirar fotos a noite e, GZUIZ, eu não sei mexer tão bem quanto pensava na minha câmera profissional HAHAH).

Partimos para o lado direito do parque, seguindo a mesma lógica que todos aconselham: faça o parque no sentido anti-horário.

Lembram que disse antes que a previsão do parque era "cidade fantasma"? Pois bem, eu não sei quem foi o miserável que atualizou este calendário, mas definitivamente não tínhamos a menor sensação de estarmos sozinhos e abandonados no parque.

Muito pelo contrário. Desde a entrada já notamos uma lotação bem intensa, que só foi piorando no decorrer do dia. Conseguimos aproveitar o parque e ir na maior parte das atrações legais, mas não deu para fazer tudo.

Como fomos no café-da-manhã antes, entramos um pouco mais tarde (por volta das 9:30/10). Talvez, se tivéssemos entrado um pouco antes, tivéssemos 1 hora de paz, mas não acho que mudaria o contexto do dia total.

Me senti em 2013, quando visitei o MK durante o spring break #triste

Depois, observando a galera, percebemos que havia duas coisas rolando, ao que tudo indicava: um evento para empresas de turismo (havia muita gente com roupinha bem chique, salto - !!! - e boné de empresa de turismo) e alguma coisa especial para quem tinha anual pass. Acreditamos que este rolê das empresas de turismo que super populou o parque e fez com que o calendário tivesse ido da contramão.

Mas, já estávamos lá e o que nos restava era aproveitar dentro do possível. E foi o que fizemos.

Nosso primeiro brinquedo foi o Stars Wars. O simulador é o mesmo de Orlando, super bem-feito e com certeza muito mais legal para quem é fã. Gostamos, mas no big deal.

Passamos pelo Buzz Light Year, que estava abarrotado e deixamos para lá, e seguimos para uma lojinha mais a frente. Lá compramos nossas orelhas de Mickey e perdemos algum tempo olhando tudo.

Um dos meus objetivos em começar por este lado era, também, ir logo a Space Moutain. Que estava fechada por problemas técnicos #todoschoradetristeza. Tudo bem, resolvemos pegar um FP depois.

Ao lado, havia o Captain EO, mas todo mundo fala tão mal deste brinquedo que nem quis tentar dar uma chance. Acabamos entrando em uma aleatória chamada Innoventions. Nada mais era do que um grande salão com video-games, jogos de realidade aumentada e semelhantes. Passeamos um pouco por lá, mas como não nos interessamos muito, logo saímos.

Passamos pela Autopia, que descartamos, e pela atração do Nemo, que queria muito conhecer, mas estava fechada. Pelo que entendi, ela está sendo reformulada completamente. É uma espécie de Submarino que conta a história do Nemo, mas não foi dessa vez que conhecemos.

Continuamos andando e chegamos a Matterhorn Bobselds, a montanha-russa que, dizem, inspirou a construção da Everest no Animal Kingdom. É uma montanha bem antiga e que poderia - e necessita! - ser reformulada. Você entra em um carrinho e vai correndo pela montanha, fugindo do pé-grande.

Imagem

O principal problema desta atração são os trancos que ela dá. Não há suavidade, e acho que isso deve-se a idade dela. A mãe da minha amiga tem problema nas costas e resolveu inaugurar a vida de montanha-russa neste incrível brinquedo - só que não - e não foi mais em nenhuma. HAHAHAH. Ao menos não nesta viagem! :p

Demoramos na fila algo em torno de 20 minutos.

De lá, seguimos para It's a Small World. Eu decidi que preciso ter uma tradição Disney e a minha será visitar o Carrossel e esta ride. HAHAHA... Ela é bem boa e muito parecida com a do HopiHari, sabe? A musiquinha grava na cabeça e não sai nunca mais! Mas é bom por causa do ar condicionado <3

A lojinha da saída é LINDA de viver, num estilo meio coreto de praça.

Imagem

Aproveitamos a proximidade, e seguimos para uma das minhas parques favoritas deste parque: a cidade do Mickey!!!! ^^

Quando visitei Orlando em 99 com meus pais, ainda havia a casinha da Minnie, do Mickey e tudo mais em Orlando. Todavia, mal me lembro. E hoje, como todos sabem, este "passeio" não existe mais por lá. Então estava doidona para aproveitar.

Imagem

Visitamos tudo lindamente. Tiramos várias fotos, com todos os pontos e detalhes. Conseguimos foto com o Pluto e, enquanto a mãe da minha amiga comida um belo pedaço de pizza, fomos a casa do Mickey, onde encontramos com o anfritião.

A fila para tirar foto com ele demorou um bom tempinho, mas foi bacana :D

Logo depois fomos visitar a casa da Minnie, do Donald, do Tico e Teco e fomos a montanha-russa do Pateta. É uma montanha-russa bem pequena, de neném, mas foi divertida. A fila demorou uns bons 30m, por que como o trajeto é curto demais, rola apenas 1 carrinho/vez.

Imagem

Sério, o MK precisa estender algum pedacinho e voltar a adicionar esta cidadezinha no seu mapa <3 <3 Por que é incrível! E tão³³legal. Principalmente por que é algo mágico e lindo, o que para mim é todo o espirito do MK e da Disneyland.

Deu para entender que AMEI esta área, né? HAHAHHA.

Saímos de lá para explorar o restante do parque. Passamos pelo Storybook Land Canal Boats, mas a fila estava imensa e rolou uma preguiça. Logo em frente, encontramos o Mad Tea Party, a clássica "xícara que gira". A mãe da minha amiga adorou e a fila foi bem rapidinha.

Dispensamos os brinquedos ao redor e seguimos para a Big Thunder Moutain. Aqui, eu tenho que confessar uma coisa: eu não me lembro exatamente como usamos o FP neste parque. Acho que pegamos um para esta montanha-russa e, mais tarde, um para o splash. Todavia, a memória não está muito clara na minha mente, então vamos considerar o caminho que estou contando aqui como digno de uma memória com meias lembranças. heheh...

Estou aqui olhando o mapa e tentando me lembrar qual foi a ordem das coisas que brincamos, mas como este dia estava o caos, e mais na lógica falha.

A Big Thunder é igual de Orlando. Achei só um pouco mais aberta na fila, mas o brinquedo é muito divertido! Bem gostosinha e deliciosa!

Saímos e seguimos passeando. Passamos em frente de alguns restaurantes e também no lago que contém o Tom Sayer, o passeio de barco e onde, a noite, acontece o espetáculo que dizem ser idêntico ao Fantasmic.

Fiquei pensando em como eles lidam com dias lotados de gente para assistir ao show. Por que o espaço é apertado e já estava BEM cheio a tarde, imagina todo mundo esmagadinho querendo ver algo mais a frente.

Enfim, passamos pela Mansão Assombrada e estava LOTADA! Eu queria muito ir por que a atração é levemente diferente da de Orlando e havia um "edição especial" de Halloween rolando. Só que estava impraticável. Nem FP salvaria ali.

Fomos na Splash Moutain e morremos lá uns bons 40m. Estava bem cheia e o FP era só para mais tarde. Pegamos 1, mas também entramos na fila.

Imagem

Imagem

Neste brinquedo, aconteceu algo engraçado. Tinha um pai com 2 filhos pequenos, que ficavam lutando e brigando na nossa frente. Quando a gente entrou no carrinho, eles entraram conosco. Minha amiga, morrendo de medo, soltou uns palavrões em alto e bom português. Por que, né? Ninguém vai entender. E fui brincando com ela o caminho todo. Quando saímos, o moço veio nos perguntar que língua estávamos falando, por que era muito bonita. Morremos de rir! Aí se o cara soubesse o que estávamos falando!

De lá fomos no brinquedo do Ursinho Pooh. É aquele bem bobinho, onde o carrinho passa pela historinha, mas não deixa de ser fofo.

Aproveitamos e fomos comer, por que o café da manhã e os lanchinhos já não bastavam mais. Comemos ali próximo a Splash Moutain mesmo um lanche bem gostosinho, mas meio apimentado demais.

Voltamos então pelo mesmo caminho e paramos no Piratas do Caribe. Como a mãe da minha amiga ficou com medo de travar as costas, eu pensava sempre em brinquedos que REALMENTE não teriam perigo. E esse era um deles.

Foi aqui que entendemos o rolê da lotação e vimos muita gente de crachá indicando empresas de turismo. Malditos!

Em uns 20m já estávamos dentro. O brinquedo é tão perfeito quanto o de Orlando. Detalhes incríveis! Elas adoraram. E nos divertimos por que há uma queda relativamente grande que não existe no de Orlando e eu fiquei com medo de haver outras.

O legal deste brinquedo é que há, logo no começo, um restaurante que fica dentro dele. Bem bacana!

De lá, fomos para o Indiana Jones, uma montanha-russa/simulador bem bacana. A fila estava IMENSA! Demorou acho que uns 40m. Mas o brinquedo é bem bacana e divertido. Me lembrou um pouco a montanha-russa da múmia, só que mais sutil.

Fomos então rumo ao castelo, tirar fotos. Por que fomos bem loucas e esquemos de tirar durante o dia! Enquanto minha amiga e mãe estavam lá, tentei ir até a Space Moutain pegar um FP, mas óbvio que já era tarde demais e não estava mais disponível. A fila estava em UMA HORA E MEIA! o_O'

Voltei, tirei fotos do castelo e voltamos para a Splash usar nosso FP. Com ele, a fila não demorou nem 15m. Uma delícia! (:

Imagem

Aí, o dia já estava no fim e o parque próximo de fechar. Resolvemos passear. Quer dizer, minha amiga e a mãe foram ver lojas e eu fui tentar enfrentar a fila da Space. Combinamos um ponto de encontro, já que as duas estavam sem bateria. Não consegui esperar nem 20m. A fila estava parada, não se movia nem um milímetro. E para ajudar, não havia onde apoiar, por que as divisórias eram de corrente. Desisti e conclui que aquela era apenas uma desculpa para voltar depois!

Fui andando calmamente de volta a Main Street. Sentei na praça, próxima a estátua do Walt e do Mickey e fiquei lá descansando um pouco e observando toda ruazinha brilhosa, as luzinhas piscando e o tom de magia que paira no ar, mesmo com aquele parque cheio para dedéu. Admirei o castelo mais um pouco e aproveitei aquele momento meio meu, meio brega, meio emocionado.

Não consigo explicar bem, mas eu adoro o clima Disney. Adoro tudo neste lugar, mesmo lotado. Mesmo sem Wishes. Inclusive na Califórnia e não só em Orlando. Fiquei feliz em estar onde Walt Disney já havia pisado (:

ImagemTirar foto do carrossel também é tradição!

Fui então em busca da minha amiga e fomos até estacionamento pegar a van do hotel. Por que, sério, os pés doíam tanto que não dava para andar. HAHAHA. Ela chegou relativamente rápido e logo estávamos no hotel, nos preparando para mais uma noitinha de sono e o próximo dia de aventuras :D

>> Próximo dia: Passeando por LA


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Jul 04, 2015 7:50 pm 
Mensagens: 472
#5 - Dia 4: Passeio por LA

Agora, pessoal, confesso que podemos ter alguns momentos que ficarão de fora do relato. Não por que eles tenham sido ruins, mas por que alguns dias fugimos um pouco do roteiro que tínhamos programado e não me lembro precisamente o que aconteceu. Todavia, a essência e as dicas estão aqui.

Neste dia, acordamos um pouco mais tarde (acho que umas 8 #lerêlerê) por que, né? Tínhamos morrido no dia anterior.

Café-da-manhã de praxe tomado, subimos no carro rumo a diversão!

Nosso roteiro do dia era explorar LA, praticamente todos os pontos de turista mesmo. O primeiro ponto de parada era o Observatório Grifith.

Este lugar pertence a um parque IMENSO que fica em uma das extremidades de LA. É uma reserva gigante que conta com trilhas, muito verde e, claro, o Observatório.

Imagem

Como praticamente a cidade toda é plana, é muito bacana ir até lá para ter aquela panorâmica arrasadora da cidade que adoramos ver. Além disso, o Observatório fica próximo a placa de "Hollywood" que todo mundo quer ter uma foto junto.

Sendo devidamente sedentárias e não estamos no estado de prática esportiva, subimos até lá de carro e aproveitamos apenas a vista. Nada de trilha para nós. hehe.

O lugar é bem bonito, amplo e grande! A visão é super bacana e dá para tirar fotos lindas. Para entrar, não precisa pagar nadinha. Só seguir as placas (ou colocar no Waze, né?). Você vai subindo, subindo e chega. Sério, é muita subida, mas não desista! ehehe. A menos que você queira deixar o carro mais para baixo e subir um pedaço a pé.

Imagem

Tem estacionamento, banheiro e mesinhas por todo o topo mais alto. Para observar, tem até aqueles binóculos gigantes onde você coloca uma moedinha e brinca.

Estava um dia lindo, o sol estava delícia e aproveitamos muito. Lá tem WIFI, mas não funciona muito bem. O 3G não funciona nada. Então, se você estiver lá e tiver um ataque zumbi, não será capaz de falar com ninguém.

Imagem

Fotos tiradas e vista devidamente aproveitada, voltamos para o carro e seguimos para o Warner Studios, onde fomos fazer o tour pelos estúdios.

A distância era uns 15 minutinhos só. Como não tinha estacionamento, paramos na rua mesmo e fomos andando um pedaço.

Imagem

No tour, não é permitido filmar. Apenas tirar fotos. Existem dois tipos de tour: o mais simples (que dura em torno de 2h) e um mega blaster que acho que dura quase o dia inteiro. Escolhemos a primeira opção.

Honestamente, eu não acho que valha muito a pena este passeio. Embora seja divertido conhecer o lugar onde as gravações acontecem, a verdade é que vemos pouquíssimas coisas durante todo o tempo.

Um exemplo são as partes cenográficas. Legal seria, por exemplo, ver um cafezinho devidamente ornamentado como quando víamos Gilmore Girls. Mas o que vemos é uma casinha vazia e apenas ouvimos o guia falar que ali eles gravam os filmes e seriados X, Y e Z.

A maior parte do percurso é pelas ruas do estúdio, vendo grandes "depósitos" e ouvindo que ali dentro gravam Big Bang, ali gravam Jenny the Virgin e coisas deste tipo. Ou seja, meio boring!

As partes legais são onde conseguimos ver objetos de filmes (como as motos do Batman e itens de Harry Potter!!! - e dá para colocar o chapéu seletor) e quando entramos em um Central Park porcamente transferido para um pequeníssimo estúdio de visita (as gravações não rolavam lá!).

Imagem

Imagem

Imagem

Há também um momento em que entramos em um estúdio e entendemos o rolê todo da gravação. Mas não vemos nada sendo efetivamente gravado :(

Para mim, o que valeu MAIS A PENA foi o guia. Ele era LOUCO e muito engraçado. Quando optamos pelo rolê em espanhol fiquei meio assim por que muitas vezes entendo melhor inglês que espanhol. Mas valeu MUITO A PENA. Nosso guia acho que era um ator que não obteve muito sucesso na vida e atuava ali mesmo. Morríamos de rir! E só ele interpretava. Os outros só falavam.

Imagem (nosso guia louco atuando)

Saímos de lá e partimos rumo a um almocinho, por que já estava mais do que na hora de comer. Era quase 14 horas.

Paramos em uma hamburgueria que esqueci o nome deus!. É uma rede bem famosa onde há basicamente duas opções de lanche, apenas. Uma delícia!!! Acho que chama In and Out. Recomendadíssimo. E é um restaurante que só temos neste lado da costa.

E partimos rumo a área mais turista da vida de LA: a calçada da fama e o teatro chinês. Sendo bem sincera, esta área de LA vale apenas única e exclusivamente para que você "bata cartão", sabe?

A calçada da fama é lotada e cheia de gente fantasiada que fica te perseguindo para tirar foto. Parece aquele povo da 25 de março (para quem mora em SP) que vem colocando massageador nas suas costas ou querer vender relógio roubado. O que é legal é a área bem em frente ao teatro: lá você tem a assinatura, mãos e pés dos atores e é bem legal. Tem alguns - coo MJ - que a galera leva flores, velas e tudo mais.

Imagem

Imagem

O legal desta área é que tem MUITA lojinha com souvenirs temáticos, sabe? Coisa que não tinha achado por outros cantos. Então se você quer camiseta, copinho, plaquinha, globo de neve e tal. Aqui é o lugar. Vale passear por algumas, por que é tudo igual, mas alguns lugares são mais baratos do que outros.

Dali, fomos para o Madamme Toussô (não sei escrever, então escrevi foneticamente HAHAH) e, olha, me decepcionei. Eu já havia ido na de NY e acho que 1x em um Madame já vale para vida, mas estávamos em LA!!! A cidade do cinema, do glamour. E como minha amiga nunca tinha ido, achei que valeria a pena. Que seria incrível. No fim, achei o museu bem menor e mais feiosinho do que o de NY. Bem menos personas, bem menos cenários legais. Se for escolher 1, escolheria o de NY sem dúvidas.

Imagem

Imagem

Passeamos mais um pouco pelos arredores. Fomos em algumas lojinhas e tal. E depois partimos para a casa da nossa amiga que mora por lá. Pegamos algumas encomendas que mandamos entregar por lá e fomos jantar todos. Eu não me lembro onde fomos, por que ela quem guiou, mas era um centrinho com restaurantes, lojinhas e afins. A ideia era ir no Olive Garden, mas estava, para variar, LOTADO. Então, optamos pelo Outback - que apesar de também estar bombando, estava mais vazio (Era sexta-feira, gente. Então o povo estava no HH legal por lá).

Comemos bem - bem DEMAIS, diga-se de passagem!! - e partimos rumo ao hotel para descansar e nos preparar para o próximo dia.


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
15% de desconto com a Real Seguro Viagem em setembro

em Seguro Viagem

Última mensagem Seg Set 23, 2019 3:00 pm Beatriz Ver última mensagem

 

2

Disney Skyliner inaugura dia 29 de setembro

em Notícias

Última mensagem Ter Jul 16, 2019 8:14 pm Beatriz Ver última mensagem

 

2

Festival do Çairé: a festa que movimenta Alter do Chão em setembro

em Alter do Chão

Última mensagem Seg Out 28, 2019 1:47 pm Adriana Ver última mensagem

 

3

Vale a pena viajar para Paris nos meses de setembro e outubro?

em Paris

Última mensagem Ter Fev 04, 2020 8:11 am Hugomarcio Ver última mensagem

 

7

GOL oferece novo snack gratuito no serviço de bordo

em Notícias

Última mensagem Seg Mai 27, 2019 12:52 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

3

 


Booking.com




Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes