5 motivos para você não ter um cartão de crédito co-branded

Troca de informações sobre cartões de crédito, serviços financeiros e suas vantagens em viagens.

Avatar do usuário
falandodeviagem Mensagens: 19219 Administrador
Sex Abr 13, 2018 10:03 am
Imagem

Os cartões de crédito co-branded são cartões oferecidos em parceria com uma marca, ou seja, oferece benefícios "especiais" aos associados. Infelizmente, esses cartões deixam o cliente "preso" e cobram anuidade acima da média, que são difíceis de negociar - às vezes, não oferecem sequer um pequeno desconto.

Leia também: Qual o melhor cartão de crédito para meu perfil?

Abaixo listamos 5 motivos pelos quais você NÃO deve ter um cartão co-branded:

1) É difícil de negociar a anuidade

A maioria dos cartões de crédito não têm uma política clara para isenção das suas anuidades, então você é obrigado a ligar para a central de atendimento e "implorar" por um desconto, que pode ou não ser oferecido, de acordo com o seu histórico. Os cartões co-branded sempre são os mais difíceis de negociar, pois não tem apenas uma empresa envolvida, mas sim duas, e eles costumam ser bem complicados para oferecer descontos. Ao pagar anuidade, a vantagem do cartão é praticamente nula.

2) Você fica preso ao programa de fidelidade

Quando você acumula pontos/milhas no cartão de crédito, você pode transferir para onde desejar (dentre os parceiros do seu banco), mas quando você tem um cartão co-branded não tem esse poder de escolha. Todos os meses os pontos serão creditados na sua conta, mas se na concorrência tiver ofertas melhores você não pode aproveitar. É impossível transferir pontos entre diferentes programas, como Smiles, LATAM Pass, TudoAzul, Dotz e TAP Miles&Go.

3) Você não participa dos bônus de transferência

Outro fator importante são os bônus. Para incentivar transferências, os programas regularmente oferecem bônus, que podem chegar a 120%, então é uma ótima oportunidade para maximizar seus ganhos. Infelizmente, no cartão co-branded, como os pontos já estão no programa, você não terá esse benefício. Então, se o cartão co-branded pontua 2 pontos por dólar, seria como se pontuasse 1 ponto por dólar.

4) As regras do programa podem mudar a qualquer momento

Nos últimos anos, os programas de fidelidade já mudaram as regras dezenas de vezes. As tabelas de resgate, que em geral são flutuantes, só aumentam os valores. Com isso, todos ficamos sujeitos às regras e novamente não temos poder de escolha. Você ficará "preso" e só conseguirá a "liberdade" quando cancelar o cartão e usar as milhas.

No passado, quando você transferia um alto valor de pontos para o programa de fidelidade, ainda ganhava upgrade no seu status elite.

5) A anuidade e a renda mínima podem ser maiores do que o cartão convencional

Os cartões co-branded podem exigir uma renda maior em algumas variantes, dependendo do banco. Além disto, a anuidade também pode ser maior, dependendo do cartão escolhido, se você comparar com a versão convencional, que não é atrelada a outra empresa.

Como consultar o seu score de crédito gratuitamente

Sempre que você faz uma nova solicitação de cartão de crédito, ou pede um aumento do seu limite de crédito, o banco geralmente faz algumas consultas para saber se você é merecedor desse crédito. Cada instituição é soberana e pode dizer sim ou não para qualquer cliente, sem precisar dar explicações mais detalhadas, e o score de crédito é um dos critérios analisados na hora de aprovar ou negar uma proposta. Por isso, antes de realizar qualquer nova solicitação, vale a pena você consultar de forma gratuita o seu score.

Consulte o seu score de crédito totalmente grátis: https://fdv.im/ScoreCredito

Conclusão

No geral, não vale a pena ter um cartão co-branded. Você não precisa ficar "preso" se pode ser "livre", correto? Você não precisa pagar mais em anuidade, afinal, os bancos têm lucros de várias formas, e as anuidades cobradas no mercado brasileiro não são compatíveis com os benefícios oferecidos, destoando de outros países, como nosso vizinho Chile.

E você, tem um cartão de crédito co-branded? Está satisfeito ou insatisfeito? Conte para nós a sua experiência!
Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem
Quer aprender mais sobre cartões de crédito, milhas aéreas e viagens? Vamos abrir uma nova turma para mentoria no WhatsApp: https://fdv.im/VoceVIP
Avatar do usuário
baran Mensagens: 10190
Sex Abr 13, 2018 10:13 am
Não tenho, nunca tive e não quero ter.
Avatar do usuário
Zeled Mensagens: 95
Sex Abr 13, 2018 3:34 pm
A maioria dos cartões co-branded também tem a desvantagem de reduzir o tempo de validade das milhas. Nos cartões normais você tem um período que normalmente é de dois anos antes que as milhas expirem. E quando você transfere tem mais um período para acumular pontos no programa de milhagem. Já nos cartões co-branded as milhas vão expirar em apenas um período.
Avatar do usuário
zardox Mensagens: 11620
Sex Abr 13, 2018 3:59 pm
Utilizações possíveis para seu cartão co-branded:
- abrir a porta fechada sem ter a chave, enfiando o cartão no meio da fresta.. se o cartão quebrar, não tem problema. Afinal ele não faz a mínima falta;
- deixar na carteira do ladrão(*), com o limite zerado;
- pagar a conta quando levar o chefe pra almoçar com objetivo de pedir aumento. Aí vc fala: "...tá vendo, tô ganhando tão pouco que só descolei esse cartão do banco...". Se isso não funcionar, além de trocar de cartão, troque de emprego;
- se o filho passar para uma faculdade federal, dá um cartão de crédito Infinite/Black como recompensa. Se passar para uma faculdade paga, dá um co-branded só pra ele lembrar de valorizar mais a grana preta que vc gastou com ensino fundamental/médio e o marmanjo não estudou... Se a faculdade foi muito ruim, dá logo um co-branded do Smiles;

(*) carteira do ladrão: é aquela carteira velha, que vc deixa cartão de crédito chinfrim, com limite zerado, de preferência com a tarja desmagnetizada, carteira de identidade de 30 anos atrás (se o ladrão reclamar vc fala que pegou a carteira do filho por engano), e se possível com um monte de pó-de-mico dentro daqueles compartimentos com tampa...

Fora isso, não vejo outra utilidade pra ter um cartão destes...
Avatar do usuário
GabrielDias Mensagens: 41159
Sex Abr 13, 2018 7:47 pm
Bem lembrado, @Zeled. Realmente essa é mais uma desvantagem.
Quer aprender mais sobre cartões de crédito, milhas aéreas e viagens? Vamos abrir uma nova turma para mentoria no WhatsApp: https://fdv.im/VoceVIP
Drops Mensagens: 28
Sáb Abr 14, 2018 12:14 am
Olá,

Concordo com os 5 pontos levantados na thread, mas há exceções, na empresa que trabalho temos cartão tudoAzul. Apenas os 10% de desconto nas passagens compensam a anuidade, além de garantir mala grátis.
paulojpg Mensagens: 256
Sáb Abr 14, 2018 7:10 am
O advantage Black do Santander acho que vale a pena
pauloleo Mensagens: 5449
Dom Abr 15, 2018 9:20 am
Concordo, enquanto gratuito.

Pagando 990 reais de anuidade já não vejo vantagem não!!
Avatar do usuário
GabrielDias Mensagens: 41159
Dom Abr 15, 2018 12:33 pm
Agora ficou a dúvida se o @paulojpg acha que vale a pena com anuidade ou sem anuidade.
Quer aprender mais sobre cartões de crédito, milhas aéreas e viagens? Vamos abrir uma nova turma para mentoria no WhatsApp: https://fdv.im/VoceVIP
paulojpg Mensagens: 256
Dom Abr 15, 2018 1:01 pm
Tenho o tpc, inter Black, Santander as, e o ex Hsbc Black, cancelarei os dois do Bradesco ambos quando vier a cobrança da anuidade. Ainda acho que o Santander Black advantage vale a pena com a anuidade. Programa que não inflaciona. Resgate on line. Bônus 2 x ao ano que pode triplicar. Promoções da aa para portadores do cartão. Os acessos à sala vip terei no cartão do inter.



Booking.com

Voltar para “Cartões de crédito e serviços financeiros”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes


Anúncio