Página 1 de 1 [ 4 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Sex Jan 24, 2020 3:31 pm 
 Atualizado: Qua Fev 05, 2020 12:23 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 10146
Imagem

O Parque Aquático Beach Park faz parte de um complexo de resorts localizado na praia do Porto das Dunas, no município de Aquiraz, que fica a 32 quilômetros de Fortaleza, capital do estado do Ceará. Considerado o maior parque aquático da América do Sul, ele atrai visitantes de todo o Brasil e até de outros países, tendo atingido em 2016 a marca de 1.000.000 de visitantes.

O complexo do Beach Park conta com três resorts e um hotel. São eles:
- Acqua Beach Park Resort;
- Wellness Beach park Resort;
- Suites Beach Park Resort;
- Oceani Beach Park Hotel.

Esses resorts normalmente oferecem três perfis de tarifa:
- Somente hospedagem;
- Hospedagem com café da manhã;
- Hospedagem com café da manhã, jantar e acesso ao parque aquático.

Além de oferecerem hospedagem da forma tradicional, esses resorts também possuem apartamentos cujos proprietários alugam por temporada por meio de sites como AlugueTemporada, Airbnb, Booking e Hoteis.com.

Em janeiro nos hospedamos por 13 noites no Wellness Beach Park Resort por meio do Airbnb e foi uma experiência ótima. Contudo, hospedar-se em um apartamento por temporada é diferente de se hospedar em um quarto de hotel, ainda que ambos estejam no mesmo resort, então decidi escrever essa matéria para explicar essas diferenças.

Valor das diárias

Normalmente, o valor da diária de aluguel de apartamento nesses resorts é mais baixo do que o valor para quem reserva pelo site do Beach Park, porém há serviços que não estão incluídos e que, portanto, terão um custo adicional caso você decida contratá-los. Abaixo vou elencar as principais diferenças e os custos envolvidos, quando houver.

Política de cancelamento

É comum os resorts do complexo do Beach Park oferecerem tarifas com cancelamento grátis. Quando se aluga um apartamento, a política de cancelamento varia conforme o site e a escolha do proprietário, podendo ter um custo associado.

Instalações do apartamento

O apartamento que alugamos possuía 3 quartos, sendo uma suíte, um banheiro no corredor, sala, varanda, cozinha, quarto e banheiro de serviço. Todos os quartos (incluindo o de serviço) e a sala possuíam ar-condicionado split. Sua cozinha era muito bem equipada e tinha máquina de lavar roupa, além de uma boa quantidade de pratos, talheres e panelas.

A sala dispunha de TV com canais por assinatura e também um frigobar para cervejas. A varanda era espaçosa e dispunha de uma mesa, poltronas e sofá. O Wi-Fi funcionava perfeitamente. Os quartos têm TV.

O apartamento acomodava até 8 pessoas. Éramos 4 adultos e 3 crianças e todos ficaram confortavelmente instalados. Nenhum dos hotéis do resort oferece quartos com cozinha ou que comportem um grupo desse tamanho, sendo necessário reservar dois quartos separadamente.

Serviços não incluídos

Ao alugar um apartamento, alguns serviços que normalmente são oferecidos pelo hotel não estarão incluídos no valor da diária e, caso o hóspede deseje, terão de ser contratados por fora. São eles:
- Limpeza e arrumação diária;
- Toalha extra;
- Consumo de energia elétrica.

No caso do apartamento que alugamos, os preços cobrados foram:
- Limpeza: R$ 150,00 por faxina;
- Consumo de energia elétrica: R$ 1,20 por kWh.

Toalhas de banho e de rosto estavam incluídas no preço das diárias, mas toalhas extras (para ir ao parque aquático, por exemplo) eram oferecidas por R$ 10,00.

O consumo de energia elétrica vai variar conforme o uso que se fizer dela. Durante nossa estada gastamos 355 kWh.

Cartão de consumo

Hóspedes do resort e proprietários têm direito a um cartão de consumo, que pode ser usado tanto no resort quanto no parque aquático. O anfitrião nos emprestou seus cartões e no check-out (ou a cada sete dias) tínhamos que quitar as despesas realizadas com esses cartões, o que era feito na recepção do resort junto com o anfitrião.

Uma vantagem desses cartões é que com eles torna-se desnecessário adquirir o cartão de consumo do parque aquático, que custa R$ 5,00 e precisa ser carregado com créditos. Ele também permite o aluguel de armários, mas sem a necessidade de entrar na fila para devolver a chave e pegar de volta o depósito-caução de R$ 25,00 que é cobrado de quem não tem esse cartão.

Alimentação

Um apartamento alugado não inclui nenhum tipo de refeição. Assim, comprávamos comida e tomávamos o café-da-manhã no próprio apartamento. Algumas vezes também jantamos nele e uma noite fizemos um queijos e vinhos na varanda.

Com os cartões de consumo do resort podíamos comer no restaurante do hotel, que funciona em sistema de bufê. Os preços cobrados eram:

Café-da-manhã:
- Adulto: R$ 57,27;
- Criança de 5 a 12 anos: R$ 34,36.

Jantar:
- Adulto: R$ 75,45;
- Criança de 5 a 12 anos: R$ 45,27.

As bebidas custavam:
- Água mineral: R$ 7,00;
- Refrigerante em lata: R$ 9,00;
- Copo de suco de uva: R$ 14,00;
- Jarra de suco de laranja: R$ 22,00.

Sobre o valor do bufê e das bebidas era acrescida uma taxa de serviço de 10%.

O bufê tinha boa variedade de pratos e todos de boa qualidade, mas considero o preço elevado para o que era oferecido. Um jantar para dois adultos e uma criança com bebidas acaba custando o mesmo que um jantar no restaurante Coco Bambu da Beira Mar.

Para abastecer a geladeira o melhor mercado da região era o Mercadinho São Luiz de Alphaville. Há outros mercados menores, porém são mais limitados e fecham cedo.

Lavanderia

Hotéis costumam oferecer serviço de lavanderia, geralmente terceirizado e caro. O apartamento que alugamos tinha máquina de lavar roupa com capacidade para 11 kg e várias vezes lavamos roupas e toalhas nela.

Manutenção

Em hotéis a manutenção é de responsabilidade do hotel e funciona todos os dias da semana. Em um apartamento alugado, por outro lado, qualquer problema deve ser comunicado ao proprietário, que vai encaminhar um técnico de sua confiança para tentar solucioná-lo. Então, eventualmente, ele pode não conseguir um técnico para o mesmo dia (em um feriado, por exemplo). Caso o hotel não consiga solucionar o problema no mesmo dia ele pode trocar o hóspede de quarto, algo que não acontece em um apartamento alugado.

Durante nossa estada acionamos o proprietário em duas ocasiões: para consertar uma gaveta e a porta de um dos armários, que estavam se soltando, e para resolver uma falta de energia, que depois descobriu-se ter sido causada por um disjuntor desarmado por um curto-circuito que nós produzimos sem querer.

Estrutura do resort

Mesmo em apartamento alugado podíamos utilizar toda a estrutura e alguns serviços do resort, tais como as piscinas, hidromassagem, saunas, academia, brinquedoteca, estacionamento coberto, recreação infantil, entre outras.

Ingresso para o parque aquático

Apartamento alugado obviamente não inclui ingressos para o parque aquático, que precisam ser adquirido por fora. O mais cômodo é comprar pelo site para evitar uma das filas na entrada do parque. Os preços em janeiro de 2020 eram:
- Ingresso para 1 dia: R$ 215,00;
- Passaporte para 3 dias: R$ 350,00;
- Passaporte para 7 dias: R$ 380,00.

Crianças com até 1 metro de altura acompanhadas de um adulto pagante têm acesso gratuito.

Os passaportes são nominais e válidos por 15 dias a partir do 1º acesso.

Como ficamos 13 noites no apartamento, optamos pelo passaporte de 7 dias, dos quais usamos somente 5 dias.

Pessoas portando o cartão de consumo dos resorts têm direito a entrar no parque 1 hora antes da abertura. Não chega a ser muito vantajoso pois somente 2 brinquedos ficam abertos até a hora da abertura ao público em geral. Vale para conseguir pegar cadeiras e espreguiçadeiras enquanto o parque ainda está vazio.

Comunicado do Beach Park

O Beach Park enviou um comunicado ao Falando de Viagem, que reproduzimos abaixo:

Citação:
Posicionamento Beach Park | Pool Paralelo

O Beach Park esclarece que o Condomínio Wellness Resort Apart-Hotel é composto por unidades autônomas (apartamentos) de propriedade de particulares e por outras que compõem o Pool Hoteleiro administrado pelo Beach Park, empreendimento este denominado de Beach Park Wellness Resort.

Esclarece, ademais, que os proprietários do Condomínio Wellness são proibidos de locar suas unidades autônomas por diárias, por temporada ou qualquer outra modalidade que gere concorrência com o pool e que possa ser caracterizado como prática de pool paralelo. A mencionada ação, além de ser contrária à Convenção do Condomínio, prejudica a segurança do empreendimento, gera inúmeros transtornos à operação hoteleira e é passível de multa ao proprietário.

Afinal, vale a pena?

Depende! Não existe resposta definitiva para esta pergunta pois ela dependerá de vários fatores, tais como o tamanho do grupo, o tempo de permanência e o valor da tarifa nas datas da viagem, entre outros. Também vai depender do que o viajante espera da hospedagem. Por exemplo:

Faz questão de limpeza e arrumação todos os dias? Melhor se hospedar no hotel.

Viaja com grupo grande e gostaria que todos ficassem juntos? Melhor alugar um apartamento.

Prefere tomar café-da-manhã e jantar todos os dias no bufê? Melhor se hospedar no hotel.

O ideal é colocar em uma planilha todas as despesas envolvidas com a hospedagem para poder tomar a melhor decisão.

Boa viagem!

E você, já alugou apartamento no complexo do Beach Park? Gostou? Em qual hotel foi? Achou que valeu a pena? Conte para nós a sua experiência!

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________
http://fdv.im/FlavioBaran



 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Jan 25, 2020 9:19 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 40043
Excelentes informações. Já me hospedei no Wellness Resort e é a melhor opção do complexo. Para quem procura luxo, recomendo o Carmel Charme Resort.

_________________
Você já conferiu as últimas matérias do Falando de Viagem? Acesse: https://fdv.im/materias


 Mensagem não lidaPublicado: Dom Jan 26, 2020 1:23 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 10146
No nosso cado valeu MUITO a pena, mas casa caso é um caso.

_________________
http://fdv.im/FlavioBaran


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Fev 05, 2020 12:13 pm 
Mensagens: 17392
Comunicado do Beach Park:

Citação:
Posicionamento Beach Park | Pool Paralelo

O Beach Park esclarece que o Condomínio Wellness Resort Apart-Hotel é composto por unidades autônomas (apartamentos) de propriedade de particulares e por outras que compõem o Pool Hoteleiro administrado pelo Beach Park, empreendimento este denominado de Beach Park Wellness Resort.

Esclarece, ademais, que os proprietários do Condomínio Wellness são proibidos de locar suas unidades autônomas por diárias, por temporada ou qualquer outra modalidade que gere concorrência com o pool e que possa ser caracterizado como prática de pool paralelo. A mencionada ação, além de ser contrária à Convenção do Condomínio, prejudica a segurança do empreendimento, gera inúmeros transtornos à operação hoteleira e é passível de multa ao proprietário.

_________________
Participe do melhor grupo de descontos do WhatsApp. Acesse: https://fdv.im/DescontosG10


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Vale a pena fazer um bate e volta de Paris até o Vale do Loire?

em Vale do Loire

Última mensagem Qui Jun 18, 2020 3:37 pm Ajudante Ver última mensagem

 

5

Vale a pena ficar uma noite em Male?

em Maldivas

Última mensagem Sex Set 13, 2019 10:57 am JulianaMagalhaes Ver última mensagem

 

2

Vale a pena andar de Uber em Búzios?

em Búzios

Última mensagem Seg Mai 04, 2020 3:39 pm manucaldas Ver última mensagem

 

2

Vale a pena andar de Uber em Los Cabos?

em Los Cabos

Última mensagem Qui Set 05, 2019 9:48 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

2

Vale a pena abrir uma conta no Banco BS2?

[ Ir para página: 1 ... 4, 5, 6 ]

em Banco BS2

Última mensagem Qui Jul 30, 2020 7:57 pm BobBatera Ver última mensagem

 

54

 


Booking.com


Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 5 visitantes