Página 1 de 1 [ 9 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Sex Abr 17, 2020 3:17 pm 
Mensagens: 11
Imagem

Passados pouco mais de um mês do dia que o furacão coronavírus (COVID-19) chegou levando tudo, começa a ser possível um respiro – ainda ofegante, mas um respiro – e um olhar sobre tudo que foi vivido nesse tempo. Com as primeiras notícias, a minha primeira reação foi de incredulidade e ceticismo. Aos poucos, os voos começaram a ser cancelados e vieram os primeiros remanejamentos. Ainda parecia algo distante, pontual e controlável. As notícias começaram a se agravar e o volume de cancelamentos aumentava gradativamente. Em questão de dias, o mundo precisou parar. Pandemia declarada, rotas sendo canceladas, fronteiras sendo fechadas e navios sendo negados em vários portos. Havia muitos brasileiros do lado "de fora". E foi aí que a incredulidade virou urgência.

Falando um pouco por mim, foram os dias mais angustiantes ao longo dos meus dez anos no turismo. Só depois de trazer para casa todos os meus clientes que estavam espalhados pelo mundo consegui ter uma noite inteira de sono. Mas me orgulho em dizer que a todos eles bastaram uma ligação ou uma mensagem no WhatsApp para conseguirem ser atendidos e receberem instruções sobre os próximos passos para as reacomodações. Nada de robôs ou call centers. Nada de horas de espera por notícias em aeroportos. E para isso, três fatores fizeram a diferença: experiência com as ferramentas que poderiam tornar o processo mais rápido, olhar realista da situação e bom relacionamento com fornecedores sérios.

Leia também: Pesquisa revela as expectativas dos brasileiros para viagens após a pandemia do coronavírus

Com todos os clientes em casa, pude ainda ser solidária com outros brasileiros e ajudei como pude para que também voltassem para casa, quando não conseguiram assistência de quem compraram. Consultei opções alternativas para irem de cidades do interior até as capitais que ainda tinham voos na Europa, fiquei pendurada no telefone de sites que não recebiam ligações de números internacionais, consegui opções de voos que saiam quase um terço do preço que as diferenças tarifárias absurdas que algumas companhias aéreas cobraram no auge dos cancelamentos e dei palavras de conforto para quem via suas opções para voltar pra casa diminuírem a toda hora. Atitudes pequenas, mas com a humanidade e profissionalismo que faltaram a alguns sites e agências on-line que deram pouco suporte quando a crise estourou.

Depois de ajudar quem estava fora, chegou o momento de resolver as questões de clientes que não tinham sequer saído. Vieram os novos cancelamentos e as batalhas para que cada um dos clientes que precisaram adiar suas viagens futuras, pudessem ter seus direitos respeitados e tivessem as menores perdas possíveis. Ainda seguimos nesse processo, mas cada vez mais confiantes que em breve acharemos um equilíbrio saudável entre todos os elos que compõem a complexa corrente do turismo – viajantes, agências de viagens, companhias aéreas, hotéis, atrações turísticas, restaurantes, guias, locadoras, receptivos... É um caminho longo e que só vai terminar quando o último passageiro tiver feito a sua viagem remarcada ou recebido o seu reembolso.

Nessa fase atual, vale, também, ressaltar a importância de ter alguém intercedendo e ajudando na luta pelos seus interesses, mantendo sempre o canal aberto para resolver dúvidas e conhecer todas as possibilidades com clareza. As agências de viagem estão do meio de campo: precisam informar as opções ofertadas por cada fornecedor, mas também, – e principalmente – fazer com os que fornecedores ouçam o que os clientes querem. E assim muitas regras têm sido flexibilizadas, para que todos os lados dessa negociação sofram os menores danos e possam tornar aquela viagem adiada, possível no futuro.

Leia também: Coronavírus não foi a primeira e nem será a última | Conheça as 10 maiores epidemias da história

Quando tudo isso passar meu desejo é que esse momento sirva como reflexão para que os viajantes consigam enxergar mais claramente o valor das agências de viagens; que enxerguem que para a grande maioria dos bons agentes, cada cliente tem um rosto, uma história, um sonho e não significam apenas números e comissões; e que podemos ser aliados dos viajantes independentes que gostam de pensar nos mínimos detalhes da sua programação, mas também querem ter assistência, se for preciso.

Ainda não tenho notícias animadoras quanto aos prazos para voltarmos a explorar o mundo e enquanto não houver soluções cientificas que nos permitam viajar tranquilos, será preciso ter cautela e buscar opções flexíveis na hora de planejar as próximas viagens. Mas aos poucos, boas oportunidades estão começando a surgir e os clientes estão voltando a pensar no futuro.

Sigo confiante e esperançosa de que tudo isso vai passar logo. Sem dúvida, os sentimentos que devem permear esse hiato no mundo do turismo são resiliência, muita fé que a ciência encontrará uma resposta e a certeza do nosso propósito: ajudar a realizar sonhos de viagem com muito amor e profissionalismo.

Leia também: Devo usar máscara de proteção dentro do avião?

Acredito verdadeiramente que as boas agências de viagens sairão fortalecidas de todo esse cenário. Ficarão de pé aquelas que já vinham se reinventando, se atualizando, formando parcerias com influenciadores digitais sérios, que não trocaram fornecedores mais sólidos pelos que dão mais lucro, que brigaram pelas melhores condições para seus clientes quando o problema aconteceu e que tenham usado todo o turbilhão vivido no último mês como aprendizado.

Vai passar! Eu e muitos agentes de viagens, estamos aqui agora, dando todo suporte e fazendo os adiamentos necessários e estaremos aqui no futuro quando os viajantes estiverem prontos para voltar a fazer o que mais gostam: desbravar o mundo e construir as melhores memórias de suas vidas.

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________



 Mensagem não lidaPublicado: Sex Abr 17, 2020 3:21 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 40451
Com certeza, os bons agentes e as boas agências saem fortalecidos com essa pandemia. Tem gente que até hoje não conseguiu voltar para casa. Ter um profissional qualificado para resolver os trâmites burocráticos é fundamental. E o melhor é que você nem paga a mais por isso - às vezes paga até menos do que no on-line!

_________________
Você já conferiu as últimas matérias do Falando de Viagem? Acesse: https://fdv.im/materias


 Mensagem não lidaPublicado: Sex Abr 17, 2020 3:30 pm 
Mensagens: 1344
Obrigada por compartilhar esse relato, Sara. É muito importante que viajantes saibam do outro lado da moeda. Assino embaixo da importância de bons - e humanos - agentes.

_________________
http://fdv.im/ManuCaldas


 Mensagem não lidaPublicado: Sex Abr 17, 2020 3:52 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 5885
Que relato lindo, Sara! Parabéns pelo seu profissionalismo e tenho certeza também que mais do que nunca seu trabalho e dos agentes num geral será valorizado. Contando os minutos para tudo passar!

_________________
http://fdv.im/JulianaMagalhaes


 Mensagem não lidaPublicado: Sex Abr 17, 2020 3:55 pm 
Mensagens: 369
Excelente relato, Sara! Parabéns!


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Abr 18, 2020 10:26 am 
Mensagens: 2102
Parabéns pelo seu trabalho e dedicação com seus clientes e nao clientes.

_________________
http://fdv.im/AdrianaRuhmke


 Mensagem não lidaPublicado: Dom Abr 19, 2020 1:53 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 8837Rio de Janeiro- RJ
Bons profissionais sempre terao seu lugar ao sol.

_________________
http://fdv.im/FabioMacedo


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Abr 22, 2020 9:36 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 2008
Sucesso, parabéns!!! :clap

_________________
http://fdv.im/BeatrizSoares


 Mensagem não lidaPublicado: Sex Abr 24, 2020 4:32 pm 
Mensagens: 17575
INÉDITO: pacote de viagem permite alterações de graça e até troca de nome do passageiro viewtopic.php?f=443&t=18856

_________________
Participe do melhor grupo de descontos do WhatsApp. Acesse: https://fdv.im/Descontos11


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Como o seu agente de viagem deve te ajudar em época de coronavírus

em Agências de viagem

Última mensagem Sex Abr 17, 2020 3:23 pm Ajudante Ver última mensagem

 

4

Coronavírus x Viagens: tudo que você precisa saber

em Falando +D

Última mensagem Qua Mai 20, 2020 11:36 am Ajudante Ver última mensagem

 

3

Quais as principais mudanças nas viagens após a pandemia do coronavírus?

em Coluna da Juliana Magalhães

Última mensagem Dom Mai 03, 2020 11:51 am Beatriz Ver última mensagem

 

4

Comunicado MSC Cruzeiros | Viagens de navio canceladas pelo coronavírus

em Notícias

Última mensagem Ter Mar 17, 2020 10:52 am GabrielDias Ver última mensagem

 

1

Quando vai ser seguro viajar pelo Brasil? Coronavírus e o impacto nas viagens de 2020

[ Ir para página: 1, 2 ]

em Destinos - Brasil

Última mensagem Sáb Mai 23, 2020 3:15 pm Lali03 Ver última mensagem

 

13

 


Booking.com


Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes