Roteiro para 4 dias perfeitos em Fairbanks, no Alasca

Troca de informações sobre o Alaska.

Avatar do usuário
falandodeviagem Mensagens: 19490 Administrador
Seg Jul 26, 2021 5:21 pm
Imagem

Fairbanks é a segunda maior cidade do Alasca e a maior cidade do interior do estado. Localizada ao norte de Anchorage e com uma população de cerca de 100 mil habitantes em sua região metropolitana, ela é o ponto de partida perfeito para explorar o interior do Alasca.

Saindo de Fairbanks você pode cruzar o Círculo Polar Ártico seguindo rumo norte pela lendária Dalton Highway e acompanhando o famoso Alyeska Pipeline, o oleoduto de mais de 1.200km construído para escoar a produção de petróleo do estado. Assim, é possível chegar ao extremo norte do continente, no Oceano Glacial Ártico enquanto, no caminho, passa por lugares maravilhosos, como o Gates of Artic National Park and Preserve.

Fairbanks é também o ponto de partida ideal para explorar o Denali National Park, local onde fica o Denali, a montanha mais alta da América do Norte.

Foi justamente por sua localização e pelas opções de passeios que oferece que escolhemos Fairbanks como base para nossos 4 primeiros dias no Alasca.

Leia também: Roteiro de Viagem pelo Alasca no verão | Fairbanks e Anchorage

Dia 1

Começamos nosso primeiro dia em Fairbanks com o Riverboat Discovery Cruise, um clássico passeio de barco por um dos rios da região. Durante 3 horas passeamos pelo Rio Chena a bordo de um vapor fluvial clássico. Além das lindas paisagens naturais do entorno da cidade, somos brindados com algumas surpresas, como a decolagem de um hidroavião e a apresentação de uma matilha de huskies do Alasca, a raça usada para puxar trenós.

Imagem

Imagem

O passeio faz ainda uma parada em uma réplica de aldeias construídas pelos pioneiros. Ali, descendentes dos nativos locais nos mostram um pouco da cultura local. Aprendemos um pouco sobre como os pioneiros e os nativos originais viviam, se alimentavam e sobreviviam ao clima rigoroso.

Imagem

Nossa parada seguinte foi na Gold Dredge 8, uma mina de ouro abandonada. Durante o passeio recebemos explicações sobre a corrida do ouro no Alasca: como as pessoas do país inteiro correram para lá em busca de riqueza e sobre como era dura a vida daqueles garimpeiros. Também aprendemos os meios como a mina operava e como era o processo de mineração.

Imagem

Depois disso, chega a nossa vez de minerar nosso próprio ouro. Aplicando as técnicas aprendidas, recebemos nosso equipamento e metemos a mão na massa. Os flocos de ouro que encontramos podem ser vendidos na loja local ou mantidos como souvenir.

Imagem

O último passeio do dia foi na cidade próxima de North Pole. Segundo os habitantes locais, ali é o verdadeiro lar de Papai Noel. Inclusive é para lá que são enviadas as milhões de cartas que anualmente as crianças americanas escrevem para o Papai Noel.

Além da enorme casa dedicada ao Bom Velhinho, existe ali também a possibilidade de interagir com um bando de renas domesticadas.

Imagem

Dia 2

Tiramos o segundo dia para explorar a área metropolitana de Fairbanks. Nossa primeira parada foi em Downtown Fairbanks, o centro da cidade em si. Localizado próximo ao Rio Chena, o centro é compacto e pode ser conhecido em uma caminhada de cerca de uma hora. Alguns bons restaurantes são encontrados ali.

Nossa parada seguinte, ainda próximo ao centro, foi no Morris Thompson Cultural & Visitors Center. Ali uma exposição permanente mostra traços da fauna e da flora local, além de expor como era a vida dos pioneiros nas 4 estações do Alasca. No mesmo museu, podemos encontrar um amplo centro de apoio aos visitantes onde é possível obter informações, folhetos e folders de hotéis, passeios e atrações turísticas locais.

Imagem

Em seguida fomos conhecer o Pioneer Park, um grande complexo de lazer onde se localizam alguns museus, atrações e opções de alimentação. É um local perfeito para o lazer de famílias, para visitantes que desejam conhecer mais da história do Alasca ou para quem apenas deseja tomar uma cerveja e provar o king crab, o famoso caranguejo gigante do Alasca.

Imagem

Imagem

Depois disso, fomos ver como é uma feira local. Na Tanana Valley Farmers Market você pode ver e adquirir produtos locais como artesanato, velas, colônias, souvenirs, mel ou provar um cachorro quente de carne de rena, um hábito de quem mora no Alasca.

Imagem

Não muito longe dali, visitamos o North Museum, na University of Alaska Fairbanks. Lá é possível encontrar uma exposição que conta a história do Alasca desde os tempos primitivos até os atuais. São abordados tanto pelo ponto de vista humano quanto da natureza. Um passeio bastante interessante.

Imagem

Continuando nossa exploração de Fairbanks, conhecemos o Fountainhead Antique Auto Museum. Um museu dedicado a carros antigos. Ali uma verdadeiramente impressionante coleção de carros antigos, que vão desde o final do século 19 até os anos 60 do século 20, mostram a evolução desse meio de transporte. É realmente surpreendente o estado impecável de todo seu acervo.

Imagem

No jantar, nos deliciamos com o maravilhoso king crab, o caranguejo gigante do Alasca.

Imagem

E terminamos nosso dia com uma atração inusitada. Fomos assistir ao 116th Midnight Sun Baseball Game, um jogo de baseball tradicionalmente disputado anualmente no dia do solstício de verão. Iniciado às 10 horas da noite e indo até 1 da manhã, o jogo é disputado sem luz artificial. O time da cidade, o Alaska Goldpanners, derrotou os visitantes de Everett, Washington, para delírio da torcida.

Imagem

Dia 3

Foi no terceiro dia que fizemos o mais aguardado passeio da viagem: o cruzamento do Círculo Polar Ártico. E o fizemos em grande estilo. Nosso passeio incluía a ida em um avião de pequeno porte, voando baixo a fim de apreciar a belíssima paisagem. Durante um voo de pouco mais de uma hora, fizemos nosso voo panorâmico, onde o piloto descrevia tudo em detalhes.

Imagem

Imagem

Cerca de uma hora depois, pousamos em Coldfoot, a cerca de 80km a norte do círculo. Coldfoot é uma pequena cidade que serve de ponto de apoio para o intenso fluxo de caminhões que trafegam pela Dalton Highway em direção aos campos petrolíferos no extremo norte do estado. Também é o ponto de partida para quem deseja visitar o Gates of Artic National Park and Preserve. Assim como base apoio para equipes de manutenção que cuidam do enorme Alyeska Pipeline, o oleoduto que serve de escoadouro para produção de petróleo e que vai de Prudhoe Bay até Valdez, em um trajeto de mais de 1.200km.

Em Coldfoot fazemos uma parada para o almoço e para visitar trechos do oleoduto. Em seguida embarcamos em um ônibus rumo ao sul, em uma viagem que dura cerca de 8 horas pela Dalton Highway, com diversas paradas para fotos.

Imagem

Durante o trajeto de volta é possível apreciar lindas paisagens, além da fauna e flora do local. Chegamos inclusive a ver um solitário alce caminhando na estrada.

Imagem

O ponto alto é a parada sobre o Círculo Polar, onde tiramos muitas fotos. Parece surreal estarmos sobre o Círculo Polar Ártico usando apenas camiseta e sentindo bastante calor.

Imagem

O ponto de parada seguinte é no cruzamento do Rio Yukon, o maior rio do Alasca. Ali ficamos por cerca de 40 minutos para o jantar.

Imagem

Imagem

Quando estamos já perto de Fairbanks temos uma surpresa. O motorista encosta o ônibus e chama cada membro da excursão pelo nome para entregar um singelo certificado que atesta que cruzamos o Círculo Polar Ártico. Depois disso, já de madrugada, chegamos a Fairbanks. Estamos cansados, porém felizes. Somos deixados em nosso hotel.

Dia 4

Depois do incrível porém cansativo dia anterior, tiramos nosso último dia em Fairbanks para um programa mais relaxante. Após uma viagem de aproximadamente 100km, passando por lindas paisagens e vendo até alguns alces na natureza, chegamos a Chena Hot Springs. O local é um resort que oferece diversas opções de lazer, sendo a principal suas fontes termais e sua piscina de água quente natural. Um destino bastante popular no inverno, mas também muito agradável no verão.

Imagem

Além das fontes termais, o visitante pode desfrutar de diversas atividades ao ar livre como cavalgadas, trekking e hiking. São atividades perfeitas para aproveitar o belo visual do local e interagir com a fauna local. São comuns avistamentos de alces, ursos e veados.

Imagem

Imagem

O resort oferece confortáveis acomodações no estilo familiar, um ótimo restaurante e até um museu do gelo, que infelizmente estava fechado no dia de nossa visita.

Após acordar totalmente relaxados e descansados, era hora de fazer as malas e rumar para o aeroporto, a fim de pegarmos nosso voo para nosso próximo destino, Anchorage.

Encerramos assim nossos 4 maravilhosos dias nesse lugar diferente e tão exótico para os brasileiros. Um destino que definitivamente vale muito a pena conhecer. Foi surpreendente descobrir que é possível viajar para o Alasca e não sentir frio.

Partimos de Fairbanks com a melhor das impressões e curiosos para um retorno, dessa vez no inverno para apreciar a famosa Aurora Boreal.

Planeje a sua próxima viagem

Para você não ter trabalho, nós fizemos selecionamos as melhores empresas, com os melhores preços e totalmente confiáveis, para você reservar on-line e com opção de parcelamento.

- Quer pegar a estrada? Alugue um carro clicando aqui.
- Prefere ir de avião? Compre sua passagem aérea clicando aqui.
- Hotel de luxo ou custo-benefício? Escolha a melhor hospedagem clicando aqui.
- Quer curtir sem preocupações? Garanta o seguro de viagem clicando aqui.
- Quer ficar 24 horas on-line? Compre seu chip de internet clicando aqui.
- Quer comprar moeda estrangeira? Receba em casa ou escritório clicando aqui.
- Ingressos para as principais atrações? Compre on-line e parcele clicando aqui.
- Precisa de uma mala nova? Compre on-line e parcele clicando aqui.

Leia também:
- Grupos do Falando de Viagem no WhatsApp
- Grupos do Falando de Viagem no Telegram

Boa viagem!

Texto e fotos: Fabio Macedo.

E você, conhece Fairbanks? Gostou? Recomenda? Conte para nós a sua experiência!
Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem
Conheça os grupos pagos do Falando de Viagem no WhatsApp: https://fdv.im/grupospagos
Avatar do usuário
GabrielDias Mensagens: 41566
Seg Jul 26, 2021 5:28 pm
Sensacional! Estou na wish list!
Conheça os grupos pagos do Falando de Viagem no WhatsApp: https://fdv.im/grupospagos
Avatar do usuário
CarolinaMattos Mensagens: 22
Seg Jul 26, 2021 5:30 pm
Nossa, muito legal. Deu vontade de ir!!!



Booking.com

Voltar para “Alaska”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante


Anúncio