Destinos - Europa
França
Paris

Todos os horários são GMT - 3 horas




 Página 1 de 1 [ 3 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Seg Mai 04, 2020 8:18 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 19008
Administrador
Imagem

Conhecer Paris é o sonho de muitas pessoas, mas que exige planejamento, principalmente quando estamos viajando com crianças. São muitas atrações e locais que queremos visitar, e dificilmente temos dias suficientes para fazer tudo que gostaríamos, sendo necessário eleger algumas prioridades e deixar algo para uma próxima oportunidade. E quando a viagem é com crianças, precisamos respeitar o tempo e o limite delas, incluir atrações que sejam interessantes para os pequenos viajantes, fazer pausas constantes para comer e descansar, e não exagerar no ritmo.

Estivemos em Paris com o Davi, de 8 anos e o roteiro foi inteiramente pensando nele. Como já conhecíamos a cidade, não tínhamos desejo ou necessidade de ver todas as atrações, razão pela qual o roteiro a seguir pode não funcionar para todo mundo. Se você puder incorporar uma parte desse roteiro na sua programação, pode ter certeza de que as crianças que estejam viajando também irão amar.

Leia também: Roteiro de 5 dias em Paris

Dia 1

Este foi o dia em que chegamos a Paris, por isso não programamos nada de especial. Como ficamos hospedados no incrível Fraser Suítes Le Claridge, Champs-Élysées, aproveitamos para passear por esta linda avenida. Enquanto aguardávamos a liberação do nosso quarto, aproveitamos para manter uma tradição antiga, que é a de fazer a primeira refeição no destino em um bom restaurante e começar a viagem com o "pé direito", e para isso escolhermos o L'Avenue Restaurant Paris (41, avenue Montainge), localizado próximo ao hotel. Após o almoço fomos para o quarto, descansamos um pouco, e terminamos o dia caminhando pela Champs-Élysées.

Dia 2

Acordamos cedo e após um ótimo café da manhã no hotel subimos até o topo do Arco do Triunfo, de onde tivemos belíssimas vistas da cidade.

Imagem

Imagem

Em seguida fomos caminhando até a Torre Eiffel, bem calmamente e aproveitando para curtir o maravilhoso dia de sol que estávamos tendo. Passamos pela Ponte de l'Alma e pelo Campo de Marte, ficamos admirando a Torre, que o Davi sonhava em conhecer.

Imagem

Leia também: 5 dicas para tornar a visita na Torre Eiffel ainda mais inesquecível

Após alguns momentos de descanso pegamos um ônibus para o Jardim de Luxemburgo, que estava especialmente bonito e animado em um domingo de sol.

Imagem

Imagem

Sentamos em um bar para tomar umas taças de vinho, enquanto o Davi se deliciava com um gostoso suco, e fomos em direção à Île Saint-Louis, onde comemos o tradicional e famoso sorvete Berthillon. Depois, caminhamos até a Notre Dame, que está em reforma, e esperamos que em breve esteja totalmente recuperada. Pegamos um Uber para o fantástico supermercado La Grande Épicerie de Paris, onde compramos vários produtos regionais deliciosos, para abastecer a cozinha do nosso quarto no Fraser Claridge.

Imagem

Utilizamos novamente o Uber, e naquele dia comemos no quarto mesmo, para podermos descansar de um dia intenso de passeios por Paris. Viajando com crianças, é sempre importante ter momentos de descanso, e o ritmo não pode ser forte, senão no final da viagem você não conseguirá fazer nada devido a exaustão do seu filho.

Leia também: Como se locomover em Paris | Táxi, Uber, metrô, ônibus, Blacklane ou andando

Dia 3

Apesar de Paris possuir muitas atrações, uma das melhores coisas que você pode fazer é andar por suas ruas, explorando as lojas, cafés e restaurantes, pois é assim que o verdadeiro charme da cidade se apresenta. Exatamente por isso saímos do hotel e fomos andando até o Jardim de Tuileries, passando pelo Grand e Petit Palais no caminho e aproveitando para caminhar um pouco às margens do Rio Sena.

Imagem

Os jardins em si, mesmo não tendo a grandiosidade do Jardim de Luxemburgo, são muito agradáveis, sendo o local ideal para descansar enquanto se toma um delicioso sorvete. Ficamos um tempo por lá e fomos para a Galeries Lafayette, onde participamos de uma maravilhosa aula de confeitaria onde aprendemos a fazer os tradicionais macarons franceses.

Imagem

Imagem

Leia também: Como é a aula de confeitaria de macarons na Galeries Lafayette

Foi uma experiência muito enriquecedora e diferente do que normalmente fazemos durante uma viagem. O tempo de duração de 1 hora e 30 minutos foi perfeito, e assim que saímos fomos almoçar na própria Galeries Lafayette, que possui diversos restaurantes.

Pegamos então um Uber até a Torre Eiffel, pois meses antes adquirimos as entradas com horários para as 18:30, de forma que pudéssemos apreciar Paris tanto de dia como de noite. Assim que autorizada a subida de elevador para o 2º piso foi rápida, e de lá pegamos outro elevador até o topo, de onde tivemos algumas vistas incríveis.

Imagem

Imagem

Levamos uma taça de plástico e um suco para que o Davi pudesse brindar a esse momento tão aguardado por ele.

Imagem

Ficamos um bom tempo aproveitando a Torre, e ao sair chamamos um Uber que nos levou até o hotel, onde preparamos uma deliciosa massa. Destacamos que o Fraser Suítes Le Claridge oferece uma minicozinha em todos os seus quartos, e isso foi muito bom, para aproveitarmos a experiência de cozinhar em Paris.

Leia também: Vale a pena investir em um hotel com cozinha no quarto em Paris?

Dia 4

Logo cedo pegamos o metrô até o museu Cité des Sciences et de I'industrie, que é inteiramente dedicado às crianças, com diversas atrações e atividades lúdicas e que estimulam a curiosidade.

Imagem

Leia também: Paris com crianças | Cité des Sciences et de I'industrie, diversão garantida para os pequenos

Ficamos no local até às 14:00 e de lá fomos passear na Champs-Élysées e relaxar um pouco no hotel, pois às 18:00 tínhamos um jantar marcado no Cléo, restaurante localizado dentro do charmoso e luxuoso no Le Narcisse Blanc Hotel. Podemos afirmar que foi uma das melhores refeições da viagem, e com um custo-benefício espetacular, pois optamos pelo menu degustação com 5 pratos, ao custo de 75 euros. Finalizada a refeição, chamamos um Uber e fomos descansar.

Imagem

Leia também: Onde comer em Paris | Cléo, no Le Narcisse Blanc Hotel

Dia 5

A parte da manhã deste dia foi inteiramente dedicada ao Museu do Louvre, e nesta visita queríamos que o Davi aproveitasse o passeio não apenas para ver as obras, mas também para conhecê-las sob o ponto de vista cultural e histórico. Para que esses objetivos fossem alcançados, contamos com a companhia da guia oficial Tânia - WhatsApp +33 6 5035-4704 e Instagram -, que deu uma verdadeira aula, utilizando uma abordagem simples para que o Davi entendesse e ficasse curioso, e com muito conteúdo. Ele fez várias perguntas durante o nosso passeio, e disse ao final que aprendeu o que equivaleria a um ano de aula de história.

Imagem

Imagem

Leia também: Louvre com crianças | 5 dicas para deixar a visita dos pequenos ainda mais especial

Após o museu fomos andando até o bairro Marais e no caminho comemos no tradicional Chez Julien (1 rue du Pont Louis-Philippe), fundado em 1780 e que no almoço oferece um menu de prato principal e sobremesa por 25 euros. Dedicamos o resto do dia ao bairro Marais, mas por causa de um chuvisco insistente que se iniciou optamos por voltar para o hotel e jantar próximo ao hotel.

Imagem

Imagem

Dia 6

Esse foi daqueles dias que podemos classificar como perfeitos em Paris. Como não conseguimos explorar o Marais como gostaríamos no dia anterior, retornamos ao bairro e fizemos uma longa e demorada caminhada, visitando galerias de arte, comendo cachorro quente na rua, tomando uma xícara de chá maravilhosa no tradicionalíssimo Mariage Frères e comendo um crepe francês no La Droguerie, onde minutos antes estava sendo gravado um programa da televisão local.

Imagem

No final, passamos pela icônica Praça da Bastilha, onde alguns séculos antes esteve instalada a prisão da bastilha durante a Revolução Francesa.

Imagem

E para fechar com chave de ouro nossa estadia em Paris, naquela noite participamos de um jantar pelo Rio Sena realizado pela Bateaux Parisiens, cuja experiência pode ser classificada como inesquecível.

Imagem

Imagem

Após uma noite mágica, retornamos ao hotel, pois no dia seguinte iríamos para a última etapa da viagem na Disneyland Paris.

Dia 7

A Disneyland Paris está localizada a 50 km do hotel onde estávamos e optamos por contratar os serviços da Blacklane, uma empresa de transporte executivo que cobrou pouco mais que um Uber/táxi, mas ofereceu um serviço de excelência, com carro de luxo e motorista profissional. Saímos às 8:00 e às 9:10 estávamos no hotel Disney's Newport Bay Club, onde deixamos as malas e fomos andando até a Disneyland Paris, semelhante ao Magic Kingdom de Orlando.

Utilizamos alguns FastPass, que em Paris ainda é naquele método antigo de papel, fomos a diversos brinquedos, e às 15:00 retornamos para o hotel para pegar o cartão de acesso ao quarto e descansar um pouco. Por volta das 17:00 voltamos para o Disneyland Paris, fomos em mais alguns brinquedos e assistimos o show de encerramento, que neste dia foi às 20:00. Quando saímos do parque os restaurantes do Disney Village, uma espécie de mini Disney Springs, estavam lotados, e por isso decidimos comer no próprio hotel.

Imagem

Dia 8

Quem se hospeda em hotéis do complexo da Disney Paris têm acesso antecipado aos parques a partir das 8:30, e por este motivo acordamos cedo e nos dirigimos para o Walt Disney Studios, que se assemelha ao Hollywood Studios de Orlando.

Com isso tivemos condições de ir na disputada Crush's Coaster, montanha-russa inspirada no filme Nemo, dentre outros brinquedos antes do público em geral chegar, além de pegar alguns importantes FastPass. O almoço foi no simpático Bistrot Chez Rémy, do filme Ratatouille, que possui uma decoração linda e pratos muito bons.

Imagem

Um detalhe interessante é que fomos direto no restaurante, mas disseram que estava lotado. Como estávamos com um chip da Easysim4u, nós ligamos no setor de reservas, cujo telefone está disponível no aplicativo da Disney Paris, e fomos informados que existiam mesas disponíveis. Com isso, efetuamos a reserva e retornamos ao restaurante no horário marcado.

O Bistrot Chez Rémy oferece várias opções de menu degustação, indo desde um básico prato principal/sobremesa com opções mais simples, por 33 euros, até um entrada, prato principal e sobremesa mais elaborados por 62 euros. Escolhemos a entrada, prato principal e sobremesa do menu básico, por 41 euros, e não nos arrependemos. A comida estava gostosa e foi muito bem acompanhada por um vinho tinto francês. O grande destaque do restaurante é mesmo sua decoração, pois tudo é em proporções colossais, como se os clientes tivessem encolhido para entrar nos domínios do pequeno ratinho Rémy.

Imagem

Terminado o almoço, fomos em mais alguns brinquedos e nos dirigimos para a Disneyland Paris, onde passeamos um pouco, retornamos em algumas atrações e compramos algumas lembranças. Inclusive, no quesito compras, gostamos muito das lojas, e achamos algumas opções muito interessantes, como aquelas focadas no filme Ratatouille e algumas obras de arte exclusivas, como o Mickey Portrait, que agora ocupa um espaço em nossa casa.

Como já havíamos visto o show no dia anterior, fomos embora mais cedo, comemos um sanduíche no Disney Village, e retornamos ao hotel, pois no dia seguinte, às 3:30, a Blacklane nos levou até o aeroporto Orly, de onde embarcamos para Belo Horizonte, com conexão em Lisboa.

Como ir para Paris

A Air France opera atualmente 27 voos semanais entre a França e o Brasil – são 3 para Fortaleza (FOR), 10 para o Rio de Janeiro (GIG) e outros 14 para São Paulo (GRU). Junto com a KLM forma o grupo Air France-KLM, líder em tráfego internacional partindo da Europa, e que oferece uma malha aérea que abrange 318 destinos em 118 países, com 546 aeronaves. Em 2019, transportou 104,2 milhões de passageiros.

Você pode, por exemplo, voar na ida com a Air France e na volta com a KLM, voltando por Amsterdã, pois as empresas são do mesmo grupo. Clique aqui para ver como comprar a passagem aérea usando essa opção. No Brasil, o grupo tem como parceira estratégica a GOL Linhas Aéreas, juntas desde 2014, transportando mais de 1 milhão de passageiros e cobrindo 99% da demanda entre o Brasil e a Europa.

Leia também:
- Como é voar na Classe Executiva da Air France no Boeing 777-200ER
- Como é voar na Classe Executiva da Air France no Boeing 777-300ER
- Como é voar na Premium Economy da Air France no Boeing 777-300ER

A Air France também é membro da aliança SkyTeam, que possui 19 companhias aéreas associadas, oferecendo aos clientes acesso a uma rede global de mais de 14.500 voos diários para mais de 1.150 destinos em mais de 175 países. Clique aqui para saber mais sobre a aliança aérea e aqui para entender os benefícios do SkyPriority.

Conclusão

Como se observa, este não é um roteiro tradicional que irá atender a todos os viajantes. Esta foi uma viagem focada em atividades que agradasse os adultos, mas que fosse interessante para o Davi, de 8 anos, e sem a pretensão de esgotar todas as principais atrações, que já conhecíamos. Fato é que nos divertimos ainda mais do que na primeira vez em que estivemos em Paris, e adoramos a oportunidade de poder andar pela cidade sem compromisso, apenas passeando pelas ruas e aproveitando o momento.

Caso esteja viajando com crianças, mesmo que não queira, ou não possa incorporar todas as sugestões no seu roteiro, tente incluir pelo menos algumas atividades dedicadas aos pequenos viajantes, pois isso certamente deixará a experiência ainda mais enriquecedora e equilibrada para todos.

Boa viagem!

Texto e fotos: Hugo Medeiros.

E você, conhece Paris? Viajou com crianças? Qual foi o seu roteiro? Recomenda? Conte para nós a sua experiência!

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________
Participe do melhor grupo de descontos do WhatsApp. Acesse: hhttps://fdv.im/DescontosG10



 Mensagem não lidaPublicado: Ter Mai 05, 2020 6:07 am 
Mensagens: 2130
Que delicia de viagem.

_________________
http://fdv.im/AdrianaRuhmke


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Mai 05, 2020 2:15 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 3671
Paris é mesmo uma cidade incrível. E em família fica ainda mais especial.

_________________
http://fdv.im/HugoMarcio


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Atrações gratuitas para as crianças em Paris

em Paris

Última mensagem Ter Jul 28, 2020 5:46 am Adriana Ver última mensagem

 

3

Compras para crianças em Paris: Galeries Lafayette

em Onde fazer compras em Paris

Última mensagem Qui Jul 16, 2020 2:24 pm JulianaMagalhaes Ver última mensagem

 

3

4 parques de diversão para conhecer com as crianças em Paris

em Paris

Última mensagem Sáb Jun 13, 2020 7:39 am Adriana Ver última mensagem

 

4

Disneyland Paris: atrações imperdíveis para crianças e adultos

em Disneyland Paris

Última mensagem Ter Jun 09, 2020 11:07 am GabrielDias Ver última mensagem

 

3

Vale a pena viajar para Paris no inverno com crianças?

em Paris

Última mensagem Seg Mai 11, 2020 11:46 am JulianaMagalhaes Ver última mensagem

 

3

 


Booking.com
Destinos - Europa
França
Paris

Todos os horários são GMT - 3 horas



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes