Destinos - Europa
França
Lyon e Beaujolais

Todos os horários são GMT - 3 horas


Ir para página 1, 2  »

 Página 1 de 2 [ 17 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Ter Abr 22, 2014 6:17 am 
 Atualizado: Ter Out 15, 2019 10:26 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 18690
Administrador
Imagem

Localizada a apenas 30 minutos de carro de Lyon (e a uma curta viagem de trem da capital dos Alpes), a região vinícola do Beaujolais é um excelente passeio, seja como um bate-volta a partir de Lyon ou como um local para uma estadia de alguns dias, relaxando em um de seus hotéis e spas e apreciando as lindas paisagens. Os amantes de vinhos certamente se apaixonarão por Beaujolais!

Imagem

Imagem

O passeio começa por Villefranch-sur-Saône, principal cidade da região do Beaujolais. De lá, pegue a Autoroute du Soleil e saia na altura de Belleville. A partir daí, siga por uma das muitas estradas vicinais da região do Beaujolais (as chamadas "routes"), que proporcionam lindas vistas dos parreirais e vales.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Nós seguimos pela Route de Thouaille e pela Rue Baudelaire, que nos levaram à primeira parada do dia: a vinícola Le Domaine de la Combe au Loup, localizada no município de Chiroubles.

Imagem

Imagem

Site: http://www.meziat.com

Presente na região do Beaujolais desde 1984, a vinícola familiar conta com uma brasileira naturalizada francesa entre seus administradores. Uma ótima oportunidade para quem não fala francês e quer ter uma explicação completa em português. A Le Domaine de la Combe au Loup produz quatro tipos de vinhos: Beaujolais-Village (tinto e rosé), Régnié, Chiroubles e Morgon (apenas tintos). A vinícola abre para visitação e degustação de segunda a sábado das 9h às 19h, e atende aos domingos, com hora marcada.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Após a visita à vinícola, seguimos pela estrada vicinal D119, apreciando a linda paisagem do Beaujolais, rumo ao restaurante Auberge du Col de Truges.

Imagem

Imagem

Imagem

Localizado em Villié-Morgon, em uma casa rústica e charmosa, o restaurante proporciona um almoço com uma bela vista para os parreirais do Beaujolais. A oportunidade perfeita para comer um legítimo coq au vin (frango ao vinho), prato típico francês, e de sobremesa, se deliciar com um crème brûlée, outra iguaria francesa. Tudo isso regado a muito vinho, claro. Foi uma refeição perfeita, do começo ao fim. Para francês nenhum botar defeito.

Imagem

Imagem

Imagem

Após o gostoso almoço, seguimos pela estrada vicinal D18 e novamente pela Rue Baudelaire rumo ao Château de Pizay.

Imagem

Imagem

Site: http://www.chateau-pizay.com

O Château de Pizay é uma propriedade construída entre os séculos XI e XV, situada em uma enorme e preservada área, e funciona atualmente como um luxuoso hotel, spa e vinícola.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Um hotel completo, onde sofisticação e bem-estar andam juntos. A propriedade conta com suítes duplex para quem procura mais espaço, além de contar com quartos standard luxuosíssimos, piscina aquecida, jardim francês, restaurantes e um excelente spa que dispõe de vários tratamentos, muitos deles à base de vinho.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

No Château de Pizay, também fizemos uma degustação de vinhos. O hotel é tão luxuoso e oferece tantas opções que nossa vontade foi de nos hospedar ali por alguns dias.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Nós visitamos o Beaujolais na época da vindima, período entre a colheita das uvas e o início da produção do vinho. Geralmente, a vindima ocorre no início de setembro na região do Beaujolais.

Imagem

Imagem

Esqueça o jeito antigo de produzir vinho, com pessoas amassando as uvas em tonéis. Hoje em dia, tudo é mecanizado. Como estávamos na época da vindima, conseguimos acompanhar uma parte do processo de colheita das uvas.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Os vinhos Beaujolais podem ser divididos em quatro tipos:

Beaujolais nouveau - vinho jovem, sem envelhecimento.
Beaujolais - pouco envelhecido.
Beaujolais-Villages - fabricado nos 38 vilarejos credenciados do Ródano6.
Beaujolais cru - com nomes dos domínios (appellation): Brouilly, Chiroubles, Côte de Brouilly, Fleurie, Juliénas, Morgon, Moulin à Vent, Régnié, Chénas, Saint-Amour. Estes são os melhores!

Imagem

O Beaujolais mais conhecido é o Beaujolais Nouveau, um vinho jovem que fica pronto para o consumo aproximadamente 2 meses após a colheita. A chegada do Beaujolais Nouveau é celebrada pelos franceses, que recebem o vinho simultaneamente sempre na terceira quinta-feira do mês de novembro. Sua chegada é anunciada com a célebre frase Le Beaujolais Nouveaux est arrivé!

Imagem

Atualmente, as vinícolas do Beaujolais tem feito um grande esforço para tornarem os vinhos de lá mais conhecidos e consumidos mundo afora. O vinho Beaujolais é elaborado com a uva tinta Gamay.

Imagem

Como chegar: para visitar a região do Beaujolais, o carro é o meio de transporte mais recomendado. Você pode pegar um trem até Villefranch-sur-Saône, andando no moderno TGV, e lá alugar um carro; ir de carro direto de Lyon ou de outro ponto dos Alpes; ou contratar uma excursão particular para o Beaujolais.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Um lindo e delicioso passeio. Um dia memorável, marcado por belas paisagens, degustação de ótimos vinhos e um excelente almoço francês. A região do Beaujolais merece ser visitada por todos aqueles que têm viagem marcada para os Alpes Franceses, seja para um bate-volta ou para ficar alguns dias muito bem hospedado no Château de Pizay.

Texto e fotos: Fabio Calderon.

O Falando de Viagem viajou para a França a convite da Atout France e do Departamento de Turismo de Rhône-Alpes.

E você, já esteve em Beaujolais? Tomou muito vinho? Visitou alguma vinícola? Tirou belas fotos? Conte para nós a sua experiência!

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________
Participe do melhor grupo de descontos do WhatsApp. Acesse: https://fdv.im/DescontosG10



 Mensagem não lidaPublicado: Ter Abr 22, 2014 8:23 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 11593
Fábio...
Parabéns pelo tópico e pelas excelentes fotos....
Coloca mais realismo no meu sonho de conhecer o interior da França... espero ter tempo para fazer este programa em 2016....


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Abr 22, 2014 10:18 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 8822Rio de Janeiro- RJ
O tipo de passeio que eu amo :D

Excelente!

_________________
http://fdv.im/FabioMacedo


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Abr 22, 2014 10:32 pm 
Mensagens: 3813
Fabio, lembrei de vc ao escrever esta matéria mesmo :D

Zardox, ainda virão mais algumas matérias sobre esta região da França. E olha que estamos falando só dos Alpes, ainda tem Vale du Loire, Provence, o litoral... a França é realmente apaixonante.


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Abr 22, 2014 10:47 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 11593
Fabio... falando só inglês dá para se virar por lá ?????


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Abr 22, 2014 11:00 pm 
Mensagens: 3813
Esse era um dos meus maiores medos antes de embarcar rumo à "França profunda". Minha conclusão: dá pra se virar, mas não deixe de falar algumas palavrinhas básicas em francês, que vc encontra em qualquer desses mini dicionários para turistas. Francês dá MUITO valor para um sorriso no rosto acompanhado de um "bonjour", "bonsoir", "merci", "au revoir", "s'il vous plait"... na verdade, eles costumam ser educados e cordiais (fora de Paris), basta o turista se esforçar um pouquinho pra falar meia dúzia de palavras em francês e não esquecer nunca da polidez. Deveria ser assim em todo o lugar do mundo. Agora, quer matar um francês de desgosto? Chegue gritando "good morning" :lol:

Mas respondendo de forma objetiva, vc até se vira se não falar absolutamente nada de francês. Mas não espere ser muito bem recebido nesse caso. É preferível que vc demonstre esforço em falar francês, mesmo que não consiga falar uma palavra.


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Abr 22, 2014 11:12 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 11593
Fabio...
Eu estudei francês por 2 anos... mas assim como no computador tem memória do tipo RAM e ROM, na minha cabeça tem memória do tipo RUIM....
Em 2016, minha filha estará no terceiro ano da Aliança Francesa e ela vai nos ajudar... eu tb vou pegar meus livros antigos e dar uma relembrada...
Eu aprendi que o francês preza pela polidez... eu aprendi que JAMAIS vc deve falar ao alguém por lá que vc "quer" alguma coisa...
Se for na padaria, tem que falar "eu queria" um pão.. se falar "eu quero" um pão, vai ficar querendo... "gostaria" e coisas do tipo...
Meu pai conheceu Paris... achava um horror a forma como eles tratavam os turistas... mas já vi em reportagens que o pessoal do interior é mais cordial... principalmente se nós nos portamos como vc falou...
Acho que ter esse contato desta forma, enriquece como troca... e conhecimento...
O meu maior desejo é lá para os lados do Vale do Loire, pois no Globo Rural já vi mais de 4 reportagens sobre lá, a maioria feita pelo repórter Vico Iasi...O Nelson Araújo fez apenas 1 reportagem...
Vou acompanhando sua reportagens.. quando estiver perto de ir, vou reler tudo...


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Abr 23, 2014 12:19 am 
Mensagens: 3813
O Vale du Loire foi a região da França que eu mais amei (e olha que é difícil escolher, pois todas as regiões da França são apaixonantes). Conheci em 2010, durante uma road trip pelo país. Adorei os castelos, as paisagens, a gastronomia... recomendo muito a hospedagem em um típico castelo da região. Eu fiquei no Château des Arpentis. Sobre ele, tenho a dizer que foi o melhor hotel em que já me hospedei. Outra região da França que acho que vc ia gostar bastante é a da cidade de Sarlat-la-Canéda, fica bem no centro da França, no Périgord Noir. Se quiser uma autêntica experiência interiorana francesa, vá para lá. Tem feira de produtores no meio da rua, ruas medievais, fazendas criadoras de gansos (é nessa região que se produz o polêmico e delicioso foie gras).

Agora, em Paris realmente o tratamento é ruim de dar dó. Os parisienses não aguentam mais ver tanto turista e saem distribuindo grosserias. Por isso acho que, uma vez que vc conheça Paris bem, o ideal é pegar um carro e sair dirigindo pelo interior do país, que é tão ou mais maravilhoso quanto a cidade-luz.

Mas é isso aí, mesmo ainda faltando 2 anos para sua viagem, sempre é tempo de já começar a pensar em um roteiro e coletar informações a respeito. Qualquer coisa, estamos aí. Quem sabe até lá consigo voltar para a França... :D


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Abr 23, 2014 12:23 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 8822Rio de Janeiro- RJ
Corroborando o que o Fabio disse, o francês prefere te ouvir balbuciando um péssimo francês que um inglês fluente.

Meu francês está longe de ser fluente mas é nítida a boa vontade deles ao ver meu esforço para falar seu idioma.

Só não acho que o turista é mal tratado em Paris. É apenas o ritmo de vida corrido do parisiense que os deixa sem muita paciência.

_________________
http://fdv.im/FabioMacedo


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Abr 23, 2014 12:25 am 
Mensagens: 3813
Verdade, é mais ou menos como o nova-iorquino com relação ao resto dos EUA. Mas eles bem que podiam ser um pouco mais simpáticos nos museus e atrações turísticas como um todo...


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Zócalo: um passeio pela principal praça da Cidade do México

em México

Última mensagem Qui Out 31, 2019 12:11 am Emanuel Ver última mensagem

 

4

Caverna de Postojna: um passeio pela maior caverna aberta à visitação da Europa, na Eslovênia

em Eslovênia

Última mensagem Qui Mai 07, 2020 10:27 am Ajudante Ver última mensagem

 

4

4 bons vinhos na Vinícola Aurora para você experimentar

em Rio Grande do Sul

Última mensagem Qui Jul 30, 2020 10:46 am Ajudante Ver última mensagem

 

5

Enoturismo na Serra Gaúcha: Vinícola Aurora recebe selo "ambiente limpo e seguro"

em Rio Grande do Sul

Última mensagem Qui Jul 30, 2020 10:47 am Ajudante Ver última mensagem

 

5

Sargaço em Quintana Roo, no México: tudo que você precisa saber antes de viajar para Cancún e região

em Cancún

Última mensagem Sáb Nov 09, 2019 1:39 pm sabbathbh Ver última mensagem

 

4

 


Booking.com
Destinos - Europa
França
Lyon e Beaujolais

Todos os horários são GMT - 3 horas



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 4 visitantes