Destinos - Ásia
Maldivas

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]




 Página 1 de 1 [ 4 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Ter Mai 28, 2019 11:15 am 
 Atualizado: Seg Jul 01, 2019 1:28 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 5419
Imagem
Mar em frente ao bangalô do Six Senses Laamu.

Maldivas com bebês e crianças? Será que um destino ditado por tantos como o lugar dos sonhos para lua de mel ou uma viagem romântica pode ser também o destino ideal para uma viagem com crianças?

De cara posso dizer que sim: é possível viajar para as Maldivas com crianças. Passamos dias maravilhosos no paraíso e deu tudo muito certo. Sem dúvidas as Ilhas Maldivas não estão logo ali, mas como boa parte da viagem é sonhar, isso torna o destino bem mais perto. Outra coisa que estimula e facilita é que não há turismo propriamente dito para fazer por lá. Não precisamos estudar roteiros, logística, pensar em atrações e restaurantes que queremos conhecer.

Confesso que muita gente me chamou de louca. Uma viagem até lá já é uma aventura sem bebê. Imagina com um. Tudo foi planejado com a Clara ainda na barriga. Ela com 4 meses faria sua primeira viagem internacional e para um destino tão longe. E já que iríamos para o "outro lado do mundo" e com tantos desafios, decidimos ficar bastante tempo. Foram 18 noites no paraíso.

Leia também: 10 motivos para você planejar agora uma viagem para as Maldivas

Voos e deslocamentos

Os desafios começaram logo no voo de ida. De porta a porta foram cerca de 30 horas de deslocamento e um fuso horário de +8 horas. O primeiro voo, Rio-Dubai, são quase 15 horas e o voo ainda decola do GIG de madrugada (2am) - horário péssimo para bebês. Depois ainda teve conexão em Dubai (ficamos na sala VIP) + voo Dubai - Malé (4h) + hidroavião + lancha - até que enfim (ufa!) chegamos ao nosso hotel. Voamos na Classe Econômica da Emirates Airline, sentamos na primeira fileira e fizemos, com antecedência, a reserva do berço que pode ser acoplado na frente dos assentos. Escolher uma boa companhia aérea é fundamental para a viagem ser menos cansativa e a Emirates é sinônimo de excelência.

Leia também: Quanto custa uma passagem aérea para as Maldivas?

Dica: quanto menos escalas e menos tempo de conexão melhor. Chegamos a cogitar ir por São Paulo, mas o fato de ser mais uma escala nos fez desistir. Às vezes vale a pena pagar um pouco mais caro para pegar um voo melhor com bebês e crianças. Caso contrário o barato pode sair bem caro.

E você deve estar se perguntando como foram os voos, né? Muito melhor e mais fácil do que imaginávamos. Clara se adaptou muito bem ao berço, dormiu a maior parte do voo e nos momentos acordada, brincamos com brinquedinhos que levamos, passeamos pelo avião. E ela não sentiu absolutamente nada no ouvido. De todos os deslocamentos o que ela sentiu maior desconforto foi no hidroavião devido ao fato de ser muito barulhento e quente.

Escolha do hotel

Essa, sem dúvidas, é a decisão mais importante da viagem. Sua experiência nas Maldivas vai depender totalmente do hotel que escolher, porque é lá que ficará o dia inteiro. E nesse caso, escolher hotéis que sejam kids/baby friendly é essencial para o sucesso da sua viagem. Nós ficamos em 4 hotéis: Six Senses Laamu, Niyama Private Islands, Soneva Fushi e Adaaran Select Hudhuranfushi.

Desses, o único que não recomendo para viagens com crianças é o último, Adaaran, o qual julgo não ter o uma boa infraestrutura para crianças. Entretanto a escolha dele foi por causa do meu marido, que queria surfar, e ele tem ótimas ondas, por isso a escolha. Os demais possuem excelente serviço, quartos confortáveis, muitos mimos para os pequenos, kids club, babás disponíveis com preços super ok, praias e piscinas com fácil acesso e sombra.

Fiquei impressionada com a quantidade de famílias com crianças que vimos nos hotéis. Outra coisa que me impressionou foi como os funcionários são bem treinados para lidarem com crianças e ajudarem os pais. Para terem ideia na maioria dos restaurantes, quando a comida chega, os garçons se ofereciam para pegar a Clara no colo para distraí-la, brincar e passear com ela por perto para que pudéssemos comer juntos e tranquilos.

Nesse quesito hotel minha dica é: pesquise muito antes de fechar seu hotel. Entre nos sites, leia reviews, entre em contato com os hotéis e compare. Faça tudo para não ter dúvidas de que naquele lugar você e seu pequeno serão bem-vindos. Caso contrário, sua tão sonhada viagem pode se tornar um pesadelo.

Leia também: Como escolher seu hotel nas Maldivas

Dicas

- Converse bastante com o pediatra antes e só viaje se ele indicar e não tiver contraindicações para seu filho.
- Farmácia: leve tudo e mais pouco. A farmácia deve ter tudo seu bebê possa precisar nas mais diversas situações.
- Tente manter o mínimo da rotina do seu bebê. Nós, por exemplo, voltávamos para o quarto sempre à tarde para a Clara dar uma dormida longa no ar condicionado e no berço.
- Leve carrinho para seu bebê. Ele pode ser bastante útil, principalmente para o bebê dormir nos restaurantes.
- Tenha em mente que lá você não encontrará nada para comprar para seu bebê. Faça um check-list e a mala com calma para que não falte nada. Sem dúvidas é melhor pecar pelo excesso.
- Não se preocupe muito com o jet lag do seu bebê. Eles sofrem muito menos que os adultos em relação a alteração do ritmo biológico. A Clara no primeiro dia já estava acostumada ao novo horário, 8 horas na frente, e eu sofrendo com o jet lag nos primeiros 7 dias. Na volta foi a mesma coisa.
- Uma boa solução para fraldas é levá-las em sacos a vácuo para ocuparem menos espaço.
- Os hotéis contam com serviço de lavanderia, mas eu levei um sabão de coco em barra e lavei algumas roupas da Clara na pia.
- Faça uma excelente mala de mão com tudo que seu bebê pode precisar por alguns dias. Já pensou se a mala é extraviada?
- Leve muito protetor solar e roupas de proteção. Lá é muito quente e como a água é quentinha e cristalina, você provavelmente terá vontade de passar boa parte do seu tempo no mar. Então proteja bem as crianças.
- Só viaje se estiverem seguros e na sua zona de conforto.
- Tenha jogo de cintura para que imprevistos não se tornem problemas.

OBS: sobre comida, percebi que esse não é um problema, pois os hotéis oferecem uma grande variedade de alimentos, com opções de kids menu e alimentos saudáveis. A Clara ainda estava somente mamando durante a viagem.

Maldivas em casal X com bebê

Essa foi minha segunda vez nas Maldivas. A primeira foi em 2014 na minha lua de mel. É óbvio que foram viagens completamente diferentes. O ritmo com bebê é outro e é preciso respeitar e entender os limites dos pequenos. Não pudemos fazer muitas atividades juntos, como, por exemplo, snorkel, andar de caiaque, SUP e etc. Nos dividíamos nesses momentos e assim cada um aproveitava um pouquinho. Algumas refeições foram mais rápidas ou de alguma forma prejudicadas por conta dos horários dela, mas nada que prejudicasse como um todo.

Leia também: Tubarões nas Maldivas | É possível nadar com segurança?

Eu não fiz mergulho (cilindro) que tanto amo. Fiz muito menos snorkel do que gostaria, não consegui ir para academia ou fazer exercícios, alguns passeios também não conseguimos fazer como, por exemplo, nadar até um banco de areia no meio do nada.

Sinceramente: e daí?! Mas não faltaram atividades e momentos especiais na viagem. As vantagens eram tão maiores que as desvantagens ficaram pequenas. Um dos segredos é não ter muitas expectativas. Fui com o pensamento de que o que conseguisse fazer era lucro. Já estava feliz de só estar no paraíso com a pequena.

Se será melhor estar lá somente em casal ou com bebê vai depender muito do perfil de cada um, expectativas da viagem e o momento da família. As duas viagens que fiz para lá foram perfeitas, especiais e inesquecíveis.

Leia também: Café da manhã no meio do mar nas Ilhas Maldivas

Como ir para às Maldivas?

Saindo do Brasil, a melhor rota para chegar às Ilhas Maldivas é com a Emirates Airline, que oferece voos diários saindo do Aeroporto de Guarulhos (GRU) e Aeroporto do Galeão (GIG). O voo até Dubai tem duração média de 14 horas e são operados no A380, saindo de São Paulo, e no 777-300ER, saindo do Rio de Janeiro. Depois, são menos de 4 horas de voo até chegar às Maldivas. Você tem três classes de serviço à disposição: Primeira Classe, Classe Executiva e Classe Econômica. Vale destacar também que você pode fazer uma parada gratuita em Dubai na volta, maximizando a viagem ao conhecer dois destinos incríveis ao invés de apenas um.

Conclusão

Sim, É POSSÍVEL viajar para Maldivas com bebês. Pense sempre que se você tem vontade, tem como dar certo. A viagem nos ensinou muita coisa e faria tudo novamente. Volto de cada viagem um pouco diferente, mas dessa, talvez por ter sido a primeira com a Clara, mexeu ainda mais comigo. Acho que me tornei uma mãe mais experiente e mais segura inclusive dos meus instintos maternos. Foi ótimo como casal, como família e certamente ótimo para Clara.

Não, ela não se lembrará dessa viagem. Mas e daí? Nós jamais esqueceremos. Foi muito melhor do que sonhávamos. Momentos únicos eternizados em nossas memórias. Foram muitos estímulos, experiência enriquecedoras e laços de família que foram ainda mais fortificados depois dessa viagem. Um dia mostraremos fotos, contaremos histórias e ficaremos juntos, nostálgicos com as lembranças dessa primeira de muitas viagens que ainda faremos juntos.

Foram 10 voos ao todo. A primeira vez dela no mar, primeira vez que andou de lancha, de bicicleta, que voou de hidroavião e tantas outras coisas que fica difícil até citar. Ela fez amizades do mundo inteiro, interagiu com pessoas de diferentes religiões e idiomas. Certamente muitos aprendizados.

Que essa viagem e esse relato sirvam para encorajar muitas famílias a viajarem com seus bebês, seja para longe ou para perto. Não existe nada igual ao sentimento de mostrar o mundo ao seu filho.

Boa viagem!

O Falando de Viagem viajou para as Ilhas Maldivas a convite da Emirates Airline.

E você, conhece as Maldivas? Viajou com seu filho? Gostou? Recomenda? Conte para nós a sua experiência!

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________
http://fdv.im/JulianaMagalhaes



 Mensagem não lidaPublicado: Ter Mai 28, 2019 12:40 pm 
Mensagens: 725
Muito legal saber essas informações! É claro que certos destinos são mais relacionados a tais públicos, como a Maldivas é para casais. Mas essa idealização tão fechada acaba tornando o destino unilateral, quando na verdade todos podem curtir, de formas e propostas diferentes.

_________________
http://fdv.im/ManuCaldas


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Mai 29, 2019 11:45 am 
Mensagens: 1835
Realmente a sua viagem com a Clara mudou um pouco a minha ideia de bebês nas Maldivas. No hotel que fui não tinha nenhuma criança e não vi nenhuma estrutura para crianças nele. Acho que realmente tem que pesquisar bem o hotel. Toda viagem com criança tem que ser super planejada.

_________________
http://fdv.im/AdrianaRuhmke


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Mai 29, 2019 1:06 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 5419
Exatamente isso! Se você se planejar e escolher bem os hotéis as chances de acertar serão enormes. Eu e Clara aproveitamos muitos as Maldivas e ela foi muito mimada nos hotéis por lá. No começo, quando decidi ir, achei que pudesse me arrepender! Mas não poderia ter sido melhor!

_________________
http://fdv.im/JulianaMagalhaes


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
10 dicas para viajar para neve com bebês e crianças

em Família

Última mensagem Seg Ago 12, 2019 9:17 am Adriana Ver última mensagem

 

1

Viajando com crianças: tudo que você precisa saber para viajar melhor com as crianças

em Família

Última mensagem Sáb Mar 23, 2019 12:36 pm Ajudante Ver última mensagem

 

4

Preciso de vacina para viajar às Maldivas?

em Maldivas

Última mensagem Qui Set 05, 2019 6:58 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

4

10 destinos no Brasil para viajar com crianças

em Família

Última mensagem Qui Mar 28, 2019 4:41 pm Leandro1978 Ver última mensagem

 

4

Vale a pena viajar para Visconde de Mauá com crianças?

em Visconde de Mauá

Última mensagem Sex Abr 19, 2019 9:54 am GabrielDias Ver última mensagem

 

2

 


Booking.com


Destinos - Ásia
Maldivas

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 5 visitantes