Destinos - Ásia
Maldivas

Todos os horários são GMT - 3 horas




 Página 1 de 1 [ 6 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Seg Abr 06, 2020 11:15 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 3625
Imagem

As Maldivas são comumente associadas às viagens de lua de mel, o que é totalmente compreensível, já que o arquipélago é um destino de alto luxo e proporciona uma das melhores viagens que você terá em toda a sua vida.

Porém, o Falando de Viagem bate na tecla de que qualquer pessoa perde muito ao colocar destinos em caixinhas muito bem definidas. Tudo é questão de ângulo. Com a programação certa, um lugar visto como ideal para famílias pode ser romântico, assim como as Maldivas podem receber crianças muito bem. É claro que há desafios para quem viaja com pequenos, como diferença de fuso horário, questões médicas e alimentares e longos deslocamentos aéreos, mas tudo valerá a pena.

Recentemente, fui com meu filho de 8 anos para as Maldivas, hospedados no hotel o Sun Aqua Iru Veli, e posso afirmar que a viagem foi um grande sucesso. Para isso, eu adotei algumas estratégias muito acertadas, sobre as quais falarei a seguir.

Leia também: Qual é a melhor época do ano para viajar às Maldivas?

Deslocamentos aéreos

As Maldivas estão localizadas no Oceano Índico, próxima à Índia, e na melhor das hipóteses você precisará de pelo menos 20 horas de voo para chegar lá, além do tempo gasto com as conexões.

No nosso caso foram 4 voos até Malé, capital das Maldivas:
- Voo 1: Belo Horizonte para Guarulhos: 1 hora (diurno);
- Voo 2: Guarulhos para Zurique: 11 horas (noturno);
- Voo 3: Zurique para Doha: 6 horas (diurno);
- Voo 4: Doha para Malé: 5 horas (diurno).

Em todos os voos ficamos atentos ao sono do Davi, meu filho, para que ele pudesse descansar e chegar bem ao destino, já considerando o horário do local para onde estávamos indo. No caso do voo 2, logo após o jantar, já colocamos ele para dormir, e com isso ele chegou bem a Zurique, onde passamos o dia todo passeando pela cidade.

Os voos 3 e 4 foram bem cedo, e para compensar isso ele também dormiu, o que foi essencial para aguentar firme até o final do dia, já se adaptando ao fuso horário. Durante as conexões sempre tínhamos um jogo no celular ou no iPad para ele se distrair, e o acesso às salas VIP antes do embarque garantiu um conforto extra muito importante.

Mas é essencial ficar atento, pois durante o voo 2, para Zurique, acordei no meio da noite e o Davi estava vendo um filme. Nesse momento, coloquei ele para dormir novamente, e só voltei a deitar depois de confirmar que ele estava mesmo descansando.

Leia também: Como escolher seu hotel nas Maldivas

Fuso horário

Este talvez seja um dos maiores desafios a serem enfrentados, pois em Malé tem um fuso de 8 horas do horário de Brasília. Alguns resorts adotam um fuso de 9 horas para que os hóspedes possam aproveitar melhor a luz do dia. No nosso caso, incluímos uma noite em Zurique e uma noite em Doha entre as viagens, o que permitiu uma adaptação progressiva à mudança de horário.

Para o horário de Brasília, em Zurique tivemos uma diferença de 4 horas, em Doha de 6 horas e nas Maldivas de 9 horas. Como passamos uma noite em cada um destes locais, fomos nos adequando aos poucos, e principalmente no caso do Davi isso fez uma grande diferença.

Ao chegarmos às Maldivas tivemos apenas que aguardar para dormir às 22:00, e no dia seguinte acordamos um pouco mais tarde, às 9:30. Com isso, já estávamos descansados e no ritmo do horário local. Caso tivesse sido um voo apenas com conexões rápidas, certamente essa diferença de 9 horas teria incomodado e exigido um período maior para nos acostumarmos com o novo fuso.

Leia também: Taxas que você terá que pagar nas Maldivas

Medicamentos

Nas Maldivas você fica em um hotel que normalmente ocupa uma ilha inteira, muitas vezes localizada a vários quilômetros do hospital mais próximo. Apesar dos melhores hotéis disponibilizarem médicos de plantão, eles só podem receitar medicamentos básicos, por isso é importante ter um bom seguro de viagem, levar todos os medicamentos necessários na sua mala e manter o contato com um médico brasileiro da sua confiança, com quem você possa esclarecer suas dúvidas.

Antes da viagem, faça uma consulta e veja com o seu médico todos os remédios que devem ser levados, seja os de uso contínuo, ou apenas para situações eventuais, como tosse, gripe, enjoo, febre e etc. Na nossa viagem tivemos que administrar para o Davi apenas medicamentos que ele toma regularmente. Por sorte - e cuidado, claro -, não foi necessário qualquer outro e nem mesmo solicitar atendimento do médico local. É sempre melhor estar prevenido.

Clique aqui para garantir o seu seguro viagem com o melhor preço.

Alimentação

A comida nas Maldivas é muito variada, e principalmente nos restaurantes em formato buffet você encontra uma ampla gama de opções. No geral, muitos pratos são da culinária asiática e internacional. Em nenhum momento tivemos qualquer dificuldade alimentar com o Davi, e observamos que em todas as refeições existiam pratos básicos, como frango, arroz, saladas e grelhados, que atendem perfeitamente mesmo quem não aprecia curry, noodles, sopas e etc.

Leia também: 7 coisas que meu filho de 8 anos amou nas Maldivas

Protetor solar e repelente contra mosquitos

O protetor solar é indispensável nas Maldivas. Quem quer se proteger ainda mais deve usar blusas com proteção UV, já que é comum que você fique o dia todo nadando. Para crianças, as blusas são a melhor ideia. Já os mosquitos são comuns em lugares quentes. No Sun Aqua Iru Veli não tivemos qualquer problema com mosquitos, mas mesmo assim é bom ter um repelente na mala. Esses itens, caso necessário, podem ser adquiridos nas lojas dos resorts, mas os preços são elevados.

Leia também: 4 mentiras sobre as Maldivas

Atividades para as crianças

Os melhores hotéis nas Maldivas possuem clubes infantis, mas é importante saber que a comunicação entre os recreadores e as crianças é feita em inglês. Apesar da diferença linguística, as atividades são bem diversificadas, e conseguem entreter a todos, como brincadeiras, piscina e etc. Existem também passeios, seja para fazer snorkel em alto mar ou apreciar o pôr do sol, mas o que mais atrai a atenção dos pequenos viajantes são as praias e as piscinas.

Leia também: Guia de viagem para as Maldivas: informações úteis para você planejar a sua viagem

As Maldivas são um destino para toda a família, e tanto crianças menores como maiores certamente irão se encantar com o mar azul, as águas cristalinas e os hotéis incríveis. Para que a experiência seja ainda melhor, algumas medidas podem, e devem ser adotadas, de forma que todos cheguem descansados e prontos para usufruir tudo que o local tem a oferecer.

Boa viagem!

E você, já viajou para as Maldivas com crianças? Como foi a adaptação ao fuso horário? E os voos? Conte para nós a sua experiência!

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________
http://fdv.im/HugoMarcio



 Mensagem não lidaPublicado: Seg Abr 06, 2020 4:42 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 10130
Muito bom, Hugo! Estou devendo uma matéria nesse estilo sobre Israel.

_________________
http://fdv.im/FlavioBaran


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Abr 06, 2020 5:49 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 3625
Baran, com crianças tudo em uma viagem muda, não é??

Antes era só embarcar e ir se adaptando no caminho, mas depois que chegam os filhos passamos a pensar em tudo para que a viagem fique o mais tranquila possível para eles.

Depois quero saber como foi sua adaptação para Israel.

_________________
http://fdv.im/HugoMarcio


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Abr 06, 2020 10:01 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 10130
Filhos mudam tudo na nossa vida, até as viagens!

_________________
http://fdv.im/FlavioBaran


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Abr 08, 2020 5:24 am 
Mensagens: 2029
Eu acho que o mar calmo (na maioria dos hotéis) e a possibilidade de fazer snorkel e ver tanta diversidade de peixes é uma oportunidade incrível para as crianças.

_________________
http://fdv.im/AdrianaRuhmke


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Abr 08, 2020 9:31 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 39322
Meu filho com certeza curtiria muito. A única exigência é ter um bom kids club.

_________________
Você já conferiu as últimas matérias do Falando de Viagem? Acesse: https://fdv.im/materias


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Como é viajar para Israel com uma criança de 7 anos

em Israel

Última mensagem Sáb Abr 11, 2020 1:30 pm Hugomarcio Ver última mensagem

 

5

7 coisas que meu filho de 8 anos amou nas Maldivas

em Maldivas

Última mensagem Sex Fev 28, 2020 11:31 am JulianaMagalhaes Ver última mensagem

 

3

Qual é a melhor época do ano para viajar às Maldivas?

em Maldivas

Última mensagem Qui Dez 05, 2019 1:26 pm lucasds Ver última mensagem

 

7

Como é viajar para as Maldivas em janeiro, durante a altíssima temporada

em Maldivas

Última mensagem Ter Mar 03, 2020 3:08 pm JulianaMagalhaes Ver última mensagem

 

2

Promoção de ingressos para os parques de Orlando: adulto paga o preço de criança

em Ingressos em Orlando

Última mensagem Dom Set 15, 2019 11:20 am JulianaMagalhaes Ver última mensagem

 

3

 


Booking.com


Destinos - Ásia
Maldivas

Todos os horários são GMT - 3 horas



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante