Entrevistas

Todos os horários são GMT - 3 horas




 Página 1 de 1 [ 2 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Qui Mar 26, 2020 10:30 am 
 Atualizado: Qui Mar 26, 2020 9:47 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 18663
Administrador
Imagem

O Falando de Viagem cobre o universo do turismo há 10 anos, ajudando você a e entender e programar todas as etapas das suas férias. Neste momento de pandemia, não seria diferente. Como o setor foi um dos maiores afetados, o FDV continua a fornecer informações para aqueles que tiveram suas viagens canceladas ou adiadas. Entretanto, como o responsável por este contexto é um assunto de saúde, dessa vez, não temos autoridade para afirmar sobre tudo. Para isso, convidamos o médico imunologista Marcello Bossois para tirar algumas das principais dúvidas sobre a Covid-19 versus viagens.

Leia também: Câmeras ao vivo - Os maiores pontos turísticos do mundo estão vazios por causa do coronavírus

Bossois participa do grupo de pesquisa do cientista canadense Jacques Tremblay, professor do Departamento de Medicina Molecular da Universidade de Laval e pesquisador do Centro Hospitalar da Universidade de Laval, no Quebec. Os esforços do grupo são para ampliar métodos de detecção rápida da Covid-19, pois acreditam que esta é uma forma mais eficaz de conter a pandemia do que a espera por uma vacina (que deve demorar de um a dois anos). Você pode ler mais sobre a pesquisa clicando aqui.

"O momento agora é o de entender que saúde não é gasto, saúde é investimento. O pesquisador é quem deve ter o teto de salário na nossa sociedade, por que é ele que vai manter a humanidade viva. O que vai salvar a economia, o comércio e o turismo é o pesquisador. Investimento em pesquisa é também sobrevivência econômica. Se os pesquisadores fossem a elite do nosso país, tudo isso seria diferente. A próxima epidemia pode extinguir a humanidade se não abrirem os cofres para os pesquisadores", explica Bossois.

Leia também: Devo cancelar a minha viagem por causa do coronavírus?

Como o setor do turismo pode colaborador com o combate do coronavírus?

MB: "A minha opinião principal nesse momento é que os hotéis devem se disponibilizar e ceder o espaço para leitos hospitalares. Isso já está começando a acontecer no Brasil, mas deve se tornar generalizado. É uma forma sábia do setor de turismo lidar com o quadro atual".

Neste momento, é seguro viajar para lugares que não registraram ou estão com pouquíssimos registros de infectados?

MB: "Além da doença em si, a pessoa que se arriscar a viajar neste momento pode não conseguir voltar para casa, já que as fronteiras podem ser fechadas a qualquer momento.

Fora que o vírus demora em média 14 dias para se manifestar. Então a própria pessoa pode apresentar os sintomas durante a viagem e infectar o pessoal do local, e isso é um absurdo. Uma pessoa que viaja quer aproveitar, quer relaxar, e isso não é possível no momento".

Leia também: Existe algum lugar seguro para onde eu possa viajar em meio à pandemia do coronavírus?

Quando os casos forem controlados, tudo imediatamente vai voltar à normalidade e vamos poder viajar?

Na China, por exemplo, os números já demonstram melhoras. Entretanto, como os últimos casos registrados são frutos de contágios externos, as fronteiras se mantém fechadas.

MB: "Naturalmente, após uma pandemia, após a liberação de uma quarentena, voltam a ter novos casos. Muita gente em quarentena está com o vírus encubado. Agora temos que observar se vai ter uma nova epidemia na China. Se a China está fazendo isso [manter as fronteiras fechadas], é por prevenção.

No momento, têm muitos artigos científicos sendo liberados a respeito de pessoas que não estão conseguindo desenvolver imunidade contra o vírus e estão se re-infectando pelo mesmo vírus. Isso não é um consenso internacional na comunidade científica, ainda está sendo estudado, é importante deixar claro. Mas são informações pontuais que devem ser observadas. Outros estudos são sobre infecções de vírus diferentes. Existe uma suspeita de que o vírus pode estar sofrendo mutações. Novamente, ainda não é um consenso".

Leia também: Regras para remarcação, cancelamento e reembolso de passagens aéreas para as companhias nacionais

Quando a pandemia acabar, você acredita que países podem impor restrições de entrada a cidadãos dos países com maior número de contágio?

MB: "Eu acho que não. A questão é geral. A doença pode se manifestar com diferentes comportamentos de acordo com a geografia e hábitos culturais, mas o mal é igual para todo mundo. Essa epidemia foi muito democrática. Ela não faz distinção de classe social ou raça, só de idade".

Quais cuidados serão necessários quando voltarmos a viajar?

Além de higiene básica, claro.

MB: "O que vai salvar a economia mundial e vai fazer com que as pessoas voltem a viajar são as técnicas diagnósticas rápidas. A CRISPR é uma tecnologia que já se mostrou eficaz e que apresenta o diagnóstico em horas. A ideia é testar todos. Apresentou resultado negativo? Pode viajar, trabalhar, viver sua vida. Positivo? Não pode, vai ficar em quarentena obrigatória. Você chegaria no aeroporto e faria o teste da mesma forma que precisa apresentar passaporte e visto para embarcar. Eu acho que é a forma mais segura. Porque mesmo se a imunidade para quem foi infectado seja comprovado, a pessoa está sempre suscetível a ser infectada pelas mutações".

Leia também: 10 hábitos de higiene que você deve ter em qualquer viagem, independente de pandemias

Informe-se e seja responsável consigo e com os outros. Logo menos tudo se normaliza e você poderá continuar a explorar o mundo!

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________
Você já conferiu as últimas matérias do Falando de Viagem? Acesse: https://fdv.im/materias



 Mensagem não lidaPublicado: Seg Mar 30, 2020 6:51 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 39280
Muito boa as informações.

_________________
Você já conferiu as últimas matérias do Falando de Viagem? Acesse: https://fdv.im/materias


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Comunicado MSC Cruzeiros | Viagens de navio canceladas pelo coronavírus

em Notícias

Última mensagem Ter Mar 17, 2020 10:52 am GabrielDias Ver última mensagem

 

1

O olhar de um agente de viagens diante do coronavírus

em Agências de viagem

Última mensagem Sex Abr 24, 2020 4:32 pm Ajudante Ver última mensagem

 

8

Coronavírus x Viagens: tudo que você precisa saber

em Falando +D

Última mensagem Qua Mai 20, 2020 11:36 am Ajudante Ver última mensagem

 

3

Quais as principais mudanças nas viagens após a pandemia do coronavírus?

em Coluna da Juliana Magalhães

Última mensagem Dom Mai 03, 2020 11:51 am Beatriz Ver última mensagem

 

4

 


Booking.com


Entrevistas

Todos os horários são GMT - 3 horas



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes