Destinos - África
África do Sul
Kruger National Park

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]




 Página 1 de 1 [ 3 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Sex Dez 07, 2018 9:26 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 18718
Administrador
Os safáris são uma experiência imperdível para quem ama os animais.

Em uma viagem para a África do Sul, uma das atrações que está no topo da lista de afazeres da maioria dos turistas é fazer um safári. Para esse passeio tradicional africano, pode-se dizer que há dois tipos de pessoas: aquela com ânimo absoluto pelo momento de ver animais selvagens de perto e aquela que até considera ir, mas com um pé atrás. Para você que se identifica com o segundo perfil, o Falando de Viagem faz questão de te explicar detalhadamente como funcionam os safáris na África do Sul. Acreditamos que uma das melhores formas de superar inseguranças é tendo acesso às informações e iremos expor os fatos para que você não deixe de fazer este passeio único e inesquecível por causa de medo.

Leia também: Como é fazer um safári na África do Sul

Pode-se definir três passos para ter uma boa experiência de safári no país mais turístico do continente africano: Pesquisar, obedecer e aproveitar.

O primeiro passo a se fazer é pesquisar muito. Os safáris são popularizados na África do Sul porque este é o país mais turístico do continente africano, mas se você realmente for a fundo do assunto, lá não é o local 100% ideal para se ter esta experiência. Um local mais propício é no Botswana, por exemplo. Na Cidade do Cabo, por exemplo, há várias reservas privadas de animais, que não são o habitat natural dos animais e costumam ser bem menores que os parques, por isso, a experiência não é a de um safári ideal. Mesmo assim, muitos turistas fazem estes passeios pela comodidade e proximidade à cidade mais visitada do país.

Leia também: 3 safáris para fazer perto da Cidade do Cabo

A experiência real e ideal de um safári acontece em parques nacionais. Ao pesquisar sobre estes parques localizados na África do Sul, você rapidamente encontrará uma resposta que será praticamente unânime: a melhor opção é o Kruger National Park. O parque é a maior área de conservação de fauna bravia do país, com cerca de 20 mil quilômetros quadrados. Claro que há outras opções, mas o Kruger é o mais famoso e oferece uma excelente estrutura não apenas do safári, mas também de hospedagem e alimentação.

Leia também:
- Como ir de Joanesburgo ao Kruger National Park
- Como ir da Cidade do Cabo ao Kruger National Park

Independente se você escolher visitar uma reserva ou um parque - apesar de termos deixado claro que a experiência do segundo é superior - a segurança está presente em ambas as opções. Há alguns primordiais fatores que irão te ajudar a entender o porquê não é preciso ter medo ao fazer safáris. Para início de conversa, estes animais só atacam se sentirem ameaçados ou se estiverem com fome. Durante o tour, a probabilidade destes ataques acontecerem é quase nula, porque os bichos estão acostumados com a movimentação dos carros e também porque a cadeia alimentar deles é equilibrada e não os falta comida. É preciso romper com a ideia de que animais gostam de comer humanos. Na verdade, nós não fazemos parte da dieta deles, e quando acontecem ataques, é por fatores externos, fora do cotidiano normal.

Agora que você sabe um pouco mais dos fatos e escolheu o local em que você fará o safári, vamos ao segundo passo: obedeça às regras e instruções dadas pelo guia. A maioria dos safáris é feita em jeeps totalmente abertos - que, inclusive, é mais uma prova da segurança do passeio, afinal, nenhum estabelecimento botaria seus clientes em tamanho risco se não tivessem plena confiança. Em geral, há duas instruções que são comuns, independente da empresa que você escolher: não faça barulho e mantenha seus membros dentro do veículo. Nada de gritar "olha a leão!" e muito menos tentar fazer carinho nos elefantes, por mais simpáticos que eles pareçam ser. Se você for pesquisar acidentes que ocorreram em safáris, você verá que a grande maioria deles ocorreu porque os turistas romperam as regras. Então o mínimo que podemos fazer como visitantes em um habitat que não é nosso é respeitá-las.

Leia também: 5 coisas que você nunca deve fazer em um safári na África do Sul

Por fim, após seguir os dois passos essenciais mencionados acima, é só aproveitar a experiência de ver estes animais incríveis de perto. Afinal, não é todo dia que você verá os famosos big five - leão, elefante, rinoceronte, búfalo e leopardo - na sua frente, em todo o seu louvor. Tire muitas fotos e crie memórias eternas sobre este momento único.

A ideia de se colocar frente a frente de um predador como o leão pode ser assustadora. Porém, em outras situações, também nos botamos em risco, e muitas vezes sem ter medo disso. Em outras viagens, fazemos mergulhos de cilindro, passeio de balão e até experiências mais radicais, como voar de asa delta ou saltar de paraquedas. Todas essas atividades são incríveis, porém envolvem certa parcela de risco. Com o safári, não é diferente. E é claro que essa minúscula porcentagem de algo dar errado não deve te dominar e fazer com que você não aproveite este passeio incomparável.

A equipe do Falando de Viagem já fez safáris em diferentes locais na África mais de 20 vezes. Temos experiência no assunto e podemos afirmar que nunca aconteceu nada em nossas idas, e acreditamos que nunca acontecerá, afinal, sempre participamos deste passeio de forma consciente. Com informações e obediência às normas, a experiência é muito tranquila.

Nossa dica é escolher um dos lodges da Thornybush Luxury Game Lodge Collection. Há opções de 4 ou 5 estrelas, para os diferentes perfis de viajantes. Tem lodges pequenos, com apenas 4 quartos, acomodando no máximo 8 pessoas, e lodges maiores, de 20 quartos, que acomodam até 40 pessoas. Há opções para famílias e outras opções que não aceitam hóspedes com menos de 12 anos.

Boa viagem!

O Falando de Viagem viajou para a África do Sul a convite da South African Airways.

E você, já realizou um safári na África do Sul? Gostou? Achou seguro? Conte para nós a sua experiência!

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________
Participe do nosso grupo no Telegram. Entre agora mesmo, pois estamos Falando de Viagem: https://t.me/falandodeviagem



 Mensagem não lidaPublicado: Sex Dez 14, 2018 1:03 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 37716
Totalmente seguro. Já fiz dezenas de vezes, sem nenhum problema. Eu, por exemplo, nunca senti medo sequer. Acho que o máximo de perigo que já passei foi ver dois elegantes brigando e o guia teve que dar ré rapidamente.

_________________
https://fdv.im/GabrielDias


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Jan 30, 2019 3:57 pm 
Mensagens: 15432
Como é fazer um safári na Thornybush Game Reserve viewtopic.php?f=551&t=16939

_________________
Participe do nosso grupo no Telegram. Entre agora mesmo, pois estamos Falando de Viagem: https://t.me/falandodeviagem


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Como é fazer um safári na Thornybush Game Reserve

em Kruger National Park

Última mensagem Seg Fev 25, 2019 11:10 am Beatriz Ver última mensagem

 

3

Viajar para fazer turismo em Israel é seguro?

em Israel

Última mensagem Sex Mar 29, 2019 8:24 am EduardoPaciGalvao Ver última mensagem

 

9

Island Safari: um passeio off road por Barbados

em Barbados

Última mensagem Qua Nov 14, 2018 12:40 pm manucaldas Ver última mensagem

 

1

Safári no deserto de Dubai: uma aventura repleta de emoções

em Dubai

Última mensagem Qua Jan 30, 2019 3:13 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

1

Estações do ano na África do Sul

em África do Sul

Última mensagem Qua Nov 21, 2018 9:01 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

1

 


Booking.com


Destinos - África
África do Sul
Kruger National Park

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes