Uma incrível viagem no MSC Orchestra por um Caribe exótico

Troca de informações sobre o MSC Orchestra.

Avatar do usuário
falandodeviagem Mensagens: 19230 Administrador
Dom Mar 20, 2016 3:41 pm
Uma incrível viagem no MSC Orchestra por um Caribe exótico

Imagem

Quando pensamos em Caribe logo imaginamos nomes como Aruba, Cancún, Curaçao e Punta Cana, mas o Caribe é muito mais que apenas isso. Existem dezenas de ilhas na região, muitas delas totalmente desconhecidas do grande público, e que possuem tantas ou mais belezas paradisíacas que os nomes mais consagrados.

Alguns desses destinos, apesar de possuírem diversas atrações turísticas, possuem a desvantagem da falta de infraestrutura para receber seus visitantes. Seja por falta de bons hotéis ou até mesmo pela ausência de um aeroporto que ofereça voos convenientes a seus visitantes. Dessa forma, um cruzeiro pode ser a melhor forma de conhecê-los. Você vê o melhor de cada lugar e ainda terá todo o conforto e comodidade de um moderno navio de cruzeiro.

Foi justamente para desvendar alguns desses desconhecidos tesouros caribenhos que embarcamos em um cruzeiro de uma semana a bordo do MSC Orchestra.

A MSC Cruzeiros é uma empresa que sempre acreditou no mercado brasileiro e oferece rotas que partem e chegam em portos brasileiros, além de cruzeiros no exterior, em pacotes que incluem o aéreo até o porto de embarque. Quer mais? O dólar está congelado em R$2,99 para você comprar a sua próxima viagem!

Voamos para nosso porto de partida em um voo fretado exclusivo para os passageiros brasileiros que está incluso no pacote oferecido. Após quase 6 horas de voo, cuja origem é o Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, chegamos a Fort de France, principal cidade da ilha da Martinica, no Caribe Francês, de onde parte o navio.

Como é de conhecimento de todos, um dos maiores problemas enfrentados por quem viaja em navios de cruzeiros é conectividade. O navio oferece pacotes de Internet, mas os preços são elevados, e o uso do telefone no exterior também possui tarifas assustadoras. Por isso, sempre levamos nosso chip da EASYSIM4U. Logo que chegamos ao destino, bastou ligar nosso aparelho para ficarmos conectados com o mundo. Pudemos utilizá-lo em todos os portos de parada de forma normal.

Depois de uma descomplicada imigração, embarcamos em um ônibus exclusivo para nosso navio. Terminados os procedimentos burocráticos, subimos a bordo e adoramos o que vimos:

Imagem

Imagem

Imagem

Em seguida fomos até a nossa cabine, localizada na proa e em um deck elevado. Ficamos hospedados na Cabine Externa com Varanda, que é uma das melhores opções do navio. Com um tamanho adequado e compatível ao que se espera de um navio de cruzeiro, ela possui duas confortáveis camas de solteiro (que podem virar uma de casal) e uma varanda privativa com vista para o mar de uma altura equivalente ao 14º andar. Ela oferece todo o conforto e comodidade de um hotel de luxo, só que em alto mar. Ao optar por uma cabine com varanda você tem uma sensação muito maior de liberdade e ainda pode curtir lindos visuais da viagem, como o pôr do sol no alto mar.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Aproveitamos para conhecer um pouco o navio e as opções de lazer a bordo. Com piscinas, jacuzzis, salões de jogos, quadras, minigolfe, cassino, Spa e muito mais, há opções de sobra e você nunca ficará entediado, pois as opções de lazer são quase infinitas!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Há ainda um teatro com capacidade para quase 1.500 pessoas, que apresenta um espetáculo diferente a cada dia:

Imagem

Imagem

E, claro, um cassino completo, onde você poderá jogar a qualquer hora do dia para tentar se tornar um milionário:

Imagem

Imagem

Imagem

Pontualmente às 23:00 o MSC Orchestra começou a se movimentar e teve início nosso cruzeiro. Nosso primeiro destino foi a ilha francesa de Guadalupe, onde chegamos ao amanhecer e já estávamos atracados quando acordamos.

A ilha, assim como a Martinica, é um território dependente da França e está dividido em duas partes: a Bas Terre, a oeste e a Grande Terre, a leste. Com lindas praias, florestas tropicais e belas cachoeiras, o destino ainda oferece todo o charme francês e a sensação de uma Europa tropical.

Entre os diversos passeios oferecidos para a ilha, optamos por conhecer o Parc National de la Guadeloupe, um incrível complexo de florestas tropicais com muito verde, cachoeiras e ótimas trilhas para interagir com a natureza.

Imagem

Imagem

Imagem

À noite jantamos no bom restaurante l'Ibiscus, uma das opções de alimentação do navio. Aliás, boas opções de gastronomia é o que não nos faltou neste cruzeiro!

Imagem

Imagem

Pela amanhã, após outra noite de navegação, amanhecemos na linda ilha de Santa Lúcia. Famosa por suas deslumbrantes praias e seu belo mar, desembarcamos e optamos por um passeio de barco pela costa com paradas nas praias mais interessantes.

Imagem

Imagem

Imagem

A etapa seguinte do nosso cruzeiro foi a ilha de Barbados, talvez a mais conhecida pelos brasileiros entre os destinos que visitamos. Cercada por um mar com inúmeros tons de azul e verde, um povo alegre e uma bela arquitetura, sua capital, Bridgetown, é um destino muito interessante para se conhecer, com cultura e um povo alegre e acolhedor.

Imagem

Imagem

Após a quarta noite a bordo, amanhecemos em Port of Spain, capital de Trinidad e Tobago. Nosso dia começou com um ótimo café da manhã a bordo, no restaurante Villa Borghese.

Imagem

Imagem

Em seguida desembarcamos para conhecer o destino. A cidade em si não é bonita e tem fama de violenta, então recomendamos contratar um passeio ainda a bordo em direção a alguma das suas belas praias.

Nossa escolha foi uma das mais famosas e badaladas. Distante cerca de 45 minutos do porto, Maracas Beach é a típica praia caribenha, com muitos tons de cor em seu mar, calor e um vento agradável. Você terá vontade de passar o dia inteiro relaxando, se bronzeando, dando um mergulho no ar e tomando ótimos drinks.

Imagem

Imagem

Imagem

Não deixe de experimentar o Bake & Shark, um típico lanche do país, que é uma espécie de sanduíche de tubarão.

Imagem

Na manhã seguinte chegamos à bela e praticamente desconhecida Comunidade da Dominica. O país é pequeno, mas beleza natural é grande. Primeiro fizemos um passeio por suas cachoeiras infinitas como Emerald Pool e Trafalgar Falls.

Imagem

Imagem

Na parte da tarde optamos por conhecer o centro de Roseau, sua capital:

Imagem

Imagem

Imagem

Nosso sexto destino visitado foi a lindíssima ilha de Granada, um dos mais belos de toda a viagem. Ao chegar a St Georges, sua capital, já sentimos o clima da colonização britânica. Em cada detalhe da arquitetura é possível perceber a origem europeia do país.

Imagem

Imagem

Imagem

Conhecida como "Ilha das Especiarias", Granada abriga algumas das mais belas praias do Caribe, como Morne Rouge Beach, que foi nosso passeio escolhido nos destino.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

E finalmente amanhecemos no último dia exatamente onde começamos, na ilha da Martinica. Após o desembarque final e só pegar o ônibus exclusivo da MSC para o aeroporto de onde nosso fretado partiria de volta a São Paulo.

Adoramos nosso cruzeiro pelo Caribe a bordo do MSC Orchestra. Foram 7 dias incríveis navegando por ilhas incríveis e ainda pouco exploradas pelos brasileiros. Vimos lindas praias e paisagens deslumbrantes. Tudo isso a bordo de um moderno navio de cruzeiro, com conforto, comodidade e estrutura de um ótimo hotel.

Boa viagem!

Texto e fotos: Fabio Macedo.

O Falando de Viagem viajou para o Caribe a convite da MSC Cruzeiros.

E você, já viajou no MSC Orchestra? Em qual rota viajou? Gostou da cabine? E das opções de alimentação? Recomenda? Conte para nós a sua experiência!
Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem
Avatar do usuário
GabrielDias Mensagens: 41177
Dom Mar 20, 2016 5:03 pm
O roteiro é interessante e são ilhas onde realmente fica complicado de ir de avião, com exceção de Barbados e Tobago.
FabioCalderon Mensagens: 3823
Dom Mar 20, 2016 5:15 pm
Viajar de navio é muito bom, principalmente se o roteiro for bem bacana, passando por lugares inacessíveis com outros meios de transporte ou que são facilmente percorridos em um dia. É o caso de muitas ilhas do Caribe. Eu não tenho muita paciência de ficar 1 semana inteira num resort, por exemplo, então prefiro a mobilidade de um cruzeiro marítimo para conhecer esses paraísos.

Legal que em outubro vou pegar um cruzeiro que vai parar em parte das ilhas que vc visitou, Fabio. Sua viagem vai ser uma boa prévia pra mim.
Avatar do usuário
JulianaMagalhaes Mensagens: 5997
Seg Mar 21, 2016 8:32 am
Que legal! Adorei o navio e esse roteiro pelo Caribe.
Só viajei 1 vez de cruzeiro mas estou louca pra viajar novamente. Essa ideia de conhecer vários destinos em uma viagem me interessa muito (ainda que a gente acabe conhecendo superficialmente cada lugar).
Acho cruzeiro ideal para uma viagem com família ou grupo de amigos.
Patricia Mensagens: 2385
Seg Mar 21, 2016 9:28 am
Que viagem fantástica hein Fabio! Adorei esse roteiro :-)
Avatar do usuário
Beatriz Mensagens: 2025
Seg Mar 21, 2016 8:16 pm
Top top top essa viagem, adorei tudo.
Avatar do usuário
Fabio Mensagens: 8864
Ter Mar 22, 2016 9:52 am
Achei que valeu muito a pena conhecer essas ilhas em um cruzeiro tendo em vista a falta de infraestrutura turística da maioria delas.
Avatar do usuário
fcdias Mensagens: 2338
Ter Mar 22, 2016 3:36 pm
É isso Fabio. Pra certos destinos no caribe, é melhor ir de navio. A falta de estrutura é facilmente resolvida: volta-se para o navio. Adorei a matéria, esse roteiro foi bem legal! Já conheço St Lucia e Barbados e realmente são dois bons destinos para se visitar a bordo de um navio com estrutura.
Avatar do usuário
Hildo Mensagens: 247
Seg Mar 28, 2016 11:01 am
Viajei no MSC Orchestra no natal de 2010. O Navio realmente impressiona. Muito grande! Se bobear você se perde. Muita coisa para se fazer também. Muitas opções de alimentação. Gostava mais do jantar que era a la carte. Como meu filho estava com 1 ano e meio, peguei uma cabine maior para caber o berço no Deck 15. Muito espaçosa, principalmente para uma cabine de navio. Coincidentemente foi a mesma cabine que a Sophia Loren viajou ao batizar o navio. Só descobri porque havia o nome dela em uma plaquinha na porta e lá pelos últimos dias da viagem perguntei para o concierge o porquê. Recomendo principalmente se for no Caribe!
Avatar do usuário
Fabio Mensagens: 8864
Ter Mar 29, 2016 2:10 pm
Legal Hildo.

Qual foi seu roteiro?



Booking.com

Voltar para “MSC Orchestra”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante


Anúncio