Ir para página 1, 2, 3, 4, 5  »

 Página 1 de 5 [ 41 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Jan 14, 2012 2:32 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 18549
Administrador
Avaliação Emirates Airline: Rio de Janeiro para Buenos Aires

Imagem

A Emirates Airline começou a operar no Rio de Janeiro em janeiro de 2012. Nós embarcamos em um dos seus primeiros voos para testar seus serviços e realizar uma avaliação. Atualmente ela é considerada a décima melhor companhia aérea do mundo, mas já esteve entre as primeiras.

Sugerimos a leitura: Skytrax Awards 2011 - Veja a lista dos vencedores

Sua frota é considerada como a mais nova do mundo. Além disto, é a companhia aérea que possui a maior frota de A380 do mundo. No Aeroporto de Dubai ficamos impressionados com a quantidade.

Rota: Do Rio de Janeiro até Buenos Aires na classe econômica.

Compra da passagem: Foi realizada pelo site brasileiro da Emirates. O site é bonito, intuitivo e de fácil navegação. Compramos com uma boa antecedência e evitamos a alta do dólar. O pagamento foi realizado em 5 vezes sem juros. É possível também pagar à vista, em 3 vezes ou em boleto bancário.

Sugerimos a leitura: Comprando passagem parcelada on-line na Emirates

Check-in: Realizamos o check-in pela Internet, para ganhar tempo e evitar filas. Todo o processo foi muito rápido e fácil. Aprovamos e recomendamos.

Sugerimos a leitura:
- Check-in pela Internet na Emirates Airline
- Check-in pelo iPhone na Emirates Airline

Chegando no aeroporto havia 4 guichês diferenciados: Primeira classe, classe executiva, classe econômica e o último para passageiros que realizaram o check-in pela Internet. Não havia fila em nenhum deles, então logo fomos atendidos. Mostramos o check-in impresso, apresentamos o documento de identidade/passaporte para embarque, fizemos algumas perguntamos sobre upgrade e despachamos as malas. Demorou em torno de 10 minutos. Os funcionários ainda não estão familiarizados, então consideramos o tempo aceitável. Com o passar do tempo o processo certamente será mais rápido.

Guichês de check-in.

Imagem

Imagem

Fila da primeira classe, com direito a tapete vermelho.
Imagem

Na entrada das filas, uma placa com a bagagem permitida e uma balança para pesar a mala de mão. Nenhuma bagagem de mão estava sendo pesada. Um funcionário distribuía ótimas tags para identificação das malas.

Tags. Repare na diferença.

Imagem

Imagem

Regras e a balança.
Imagem

As comissárias, com seus bonitos uniformes.
Imagem

No voo de volta também realizamos o check-in on-line. Chegamos no aeroporto 10 minutos antes do check-in ser aberto e havia cerca de 100 pessoas na fila. Pedimos informação e fomos para uma fila separada, onde não havia ninguém. Todos os passageiros olharam, não acreditando. Sendo assim, fomos os primeiros a ser atendidos e em 5 minutos tudo foi concluído. Como sempre falamos, planejamento é tudo em uma viagem.

Cartão de embarque.
Imagem

Upgrade: A Emirates permite o upgrade com milhas ou dinheiro. Pela Internet é possível simular o número de milhas necessárias. Entretanto o upgrade só pode ser realizado para todas as pessoas da reserva, o que pode dificultar o processo.

Na rota GIG-EZE são necessárias 16 mil milhas, por trecho, para realizar o upgrade. Não há custos adicionais.
Na rota GIG-DXB são necessárias 62,500 mil milhas, por trecho, para realizar o upgrade. Não há custos adicionais.

No aeroporto, após o check-in, fomos até o guichê de venda de passagens nos informar sobre os preços. A simpática funcionária pediu o cartão de embarque e calculou quanto seria o valor por trecho e por passageiro.

Da econômica para a primeira classe: US$685.
Da econômica para a classe executiva: US$285.

O preço acabou sendo muito alto, não compensando.

Sala vip: Fomos para a sala vip internacional Smiles. Essa é a sala vip que a Emirates usa para seus passageiros em classe executiva ou primeira classe. Nós voamos em econômica, mas tivemos acesso à mesma devido ao nível Gold no Smiles.

A sala estava vazia e havia várias opções de comes e bebes. Achamos a sala confortável e com um bom tamanho. Gostamos do serviço. Há Internet wireless gratuita, além de jornais do dia, revistas e TV's com a programação local.

Sugerimos a leitura: Sala vip Internacional Smiles - Aeroporto do Galeão

Na volta usamos a sala vip Centurion Club, do American Express. Ela não é usada pela Emirates.

Sugerimos a leitura: Centurion Club - Aeroporto de Ezeiza - Buenos Aires

Embarque: No check-in fomos orientados que o embarque seria em grupos, algo normal e que já estamos acostumados. Ficamos com a letra H, ou seja, um dos últimos grupos, pois estávamos na frente do avião. Porém o embarque foi uma zona. Formou-se a famosa fila e não houve nenhum respeito.

Ao perguntar ao funcionário sobre a ordem de embarque ele disse: "É assim mesmo". Esperamos que com o tempo isso seja alterado, pois o fluxo dentro da aeronave será melhor e consequentemente evitará atrasos.

Na volta aconteceu o mesmo problema, mas como o voo estava lotado foi ainda mais confuso.

Apresentação: A aeronave estava limpa e com ótima aparência, tanto na ida quanto na volta. As cores usadas são cleans e não deixam o visual pesado. Achamos brega apenas dois vasos com flores na classe executiva, que não combinaram em nada.

À noite a iluminação do teto parecer estrelas. Temos a impressão de um céu estrelado. Gostamos!

Fotos do avião. Os vidros estavam bem sujos, o que prejudicou as fotos.

Imagem

Imagem

As revistas e folhetos estavam todos no lugar, mas alguns não estavam com bom aspecto. O cardápio foi distribuído antes da decolagem.

O travesseiro e o cobertor eram ótimos.
Imagem

Assentos: Nossos assentos originais eram o 18A, 18B e 18C, a segunda fileira da classe econômica. Os assentos da fileira 17 são bloqueados para idosos e viajantes com crianças. Mas o voo estava vazio, então assim que a porta foi fechada pedimos autorização a comissária e mudamos para os assentos da 17.

A vantagem das primeiras fileiras é que há maior espaço para as pernas. E, sentando na primeira fileira da econômica, você será um dos primeiros a chegar na imigração. Isso significa menos fila. A desvantagem é que você não pode usar o entretenimento enquanto o avião está taxiando, decolando ou pousando.

A configuração do avião é 3-4-3 na econômica. A partir da fileira 46 os assentos das pontos passam de 3 para 2.

Imagem

Assentos da fileira 18 e 19.
Imagem

Fileira 18.

Imagem

Imagem

Imagem

Tomadas, disponíveis em todos os assentos.
Imagem

Porta USB.
Imagem

Fileira 17.

Imagem

Imagem

Na volta o voo estava lotado e não foi possível trocar de assentos. Voltamos na fileira 18.

Berço: Para as crianças, após a decolagem, a comissária monta um berço em frente ao assento dos pais. É prático e muito funcional. Ele só é desmontado antes da aterrissagem. As crianças ganham também brinquedos.

Assentos da classe executiva: Tivemos a oportunidade de tirar fotos dos assentos da classe executiva. Eles têm reclinação total, ou seja, viram uma cama. A tela é enorme e há muito conforto.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Banheiros: Há vários banheiros dentro do avião. Os localizados no fundo da aeronave são um pouco maior, mas todos são iguais, só mudando mesmo o tamanho.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Pontualidade: O embarque atrasou, então a decolagem também atrasou. Embarcamos às 17:00, enquanto no cartão de embarque informava que começaria às 16:35. O avião começou a taxiar apenas às 17:30 e decolamos às 18:25, ou seja, uma hora após o horário programado.

Na volta o mesmo atraso aconteceu, mas desta vez fomos logo avisados que a decolagem ia atrasar em uma hora. O voo estava programado para sair às 21:30 e às 21:50 ainda havia passageiros entrando, demonstrando certa bagunça. Acabamos decolando apenas às 22:40, ou seja, mais de uma hora após o previsto.

Chegar no Rio de Janeiro às 3:00 da madrugada não é nada agradável. Esse atraso na volta foi muito ruim.

Entretenimento: O entretenimento é individual. Chama-se ICE e dispõe de grande quantidade de filmes, músicas, seriados e jogos. Além disto, ainda é possível ver informações sobre a Emirates, sobre Dubai, ver os produtos do Duty Free, ler notícias, usar o telefone, ver as câmeras em tempo real e todas as informações do voo. É um sistema bem completo.

Imagem

Imagem

Imagem

O conteúdo estava atualizado. Vimos filmes que acabaram de sair do cinema disponíveis. A maioria dos filmes não era em português. Só em alguns era possível colocar o som em português e em outros era possível colocar legenda. Ainda é necessário um maior conteúdo com legendas em português.

Veja fotos tiradas de algumas telas.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Opções de idioma.

Imagem

Um dos muitos jogos.

Imagem

Imagem

Há uma câmera traseira e uma dianteira, que é possível ser acessada a qualquer momento. Só funcionaram na ida.

Imagem

Imagem

Veja mais algumas telas do completíssimo sistema.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

O sistema funciona com controle remoto e touch screen. Porém, ao usar o touch screen, a resposta é ruim. O sistema é precário neste sentido, principalmente se compararmos com um iPhone ou iPad.

Fone de ouvido.
Imagem

Os fones são reaproveitados, então os comissários os recolhem antes do pouso. Mas a um bom tempo de espera entre a hora que ele é recolhido e a hora em que é permitido desembarcar. Poderiam deixar os fones por mais tempo. Será que é para evitar que os passageiros o levem?

Serviço de bordo: O cardápio foi distribuído antes da decolagem e estava em árabe, inglês, português e espanhol. Havia duas opções de prato principal. Pela Internet solicitamos que um dos pratos fosse vegetariano. Esses pratos especiais são servidos primeiro. A solicitação foi atendida perfeitamente.

O que muitas empresas oferecem apenas na classe executiva, a Emirates oferece na classe econômica. Os talheres, por exemplo, são de metal. Todas as bebidas, inclusive alcoólicas, são gratuitas. A exceção é para o champanhe, que custa US$8 por taça.

Antes da primeira refeição ser servida as comissárias passam com um pano quente para limparmos as mãos.

Imagem

O cardápio.

Imagem

Imagem

Cardápio da ida:
- Salada cremosa de repolho.
- Carne refogada com pimentões.
- Peixe grelhado.
- Brownie de chocolate.
- Queijo.
- Biscoito.
- Pequeno chocolate.

É muito desconfortável para comer se tiver uma pessoa ao seu lado. O espaço é apertado neste quesito.

Fotos das opções da ida.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Depois de servir a todos, um dos comissários passou com a bandeja oferecendo mais comida aos passageiros.

Cardápio da volta:
- Peru defumado finamente fatiado.
- Kafta de cordeiro.
- Kebab de peixe grelhado.
- Torta de maçã.
- Queijo.
- Biscoito.
- Pequeno chocolate.

Fotos das opções da volta.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

A comida estava boa, principalmente a da ida. As sobremesas estavam ótimas!

Na volta recebemos dois copos furados, que estavam vazando. Ao reclamarmos, o comissário apenas colocou um novo copo embaixo do vazado, ou seja, um serviço porco. Esperávamos que o copo fosse trocado e a bebida reposta. Não foi uma atitude de uma grande companhia aérea.

Você recebe estes adesivos, que deve colar na sua poltrona. Assim você avisa e não é incomodado sem necessidade, além de não perder as refeições.

Imagem

Imagem

Desembarque: As prioridades são totalmente respeitadas. Assim que o avião pousa as comissárias fecham a cortina que dá acesso a classe executiva. Sendo assim, os passageiros da classe econômica devem esperar que as classes superiores desembarquem para poderem desembarcar. Gostamos da organização.

Como sentamos na frente, desembarcamos rapidamente tanto na ida, quanto na volta. Chegamos rapidamente nas imigrações e perdemos pouco tempo.

Imigração: A imigração na Argentina provavelmente é a mais amigável para nós brasileiros. A Emirates desembarca no terminal novo, então é necessário andar bastante para chegar na imigração.

Sugerimos a leitura: Imigração e Alfândega em Buenos Aires - Como funciona?

Crédito das milhas: Foram creditadas, tanto na ida quanto na volta, em menos de 24 horas. Recebemos 4.400 milhas, para ida e volta. O crédito foi realizado no próprio Skywards.

Conclusão: Foi um ótimo voo, principalmente na ida. O voo da ida sempre será uma experiência melhor, pois sempre será mais vazio. Na volta há passageiros com destino à Dubai, então o voo estará sempre mais cheio. E quanto mais cheio o voo, pior.

Gostamos da comida, dos vinhos e do rápido atendimento quando solicitado. Os comissários são simpáticos e estão sempre aptos a ajudar, com muita boa vontade e simpatia.

É preciso rever a questão da pontualidade. Atrasos geram problemas e aborrecimentos, então é importante que os voos não atrasem tanto. Esperamos que, em breve, isso melhore.

Aprovamos e recomendamos a Emirates Airline. É, sem dúvida nenhuma, a melhor companhia aérea para você ir até Buenos Aires.

E você, já voou na Emirates Airline para Buenos Aires? Gostou do atendimento? E das opções de entretenimento? Aprovou o serviço de bordo? Teve algum problema? Conte para nós a sua experiência!

Imagem
ImagemImagemImagemImagem

_________________
Participe do nosso grupo no Telegram. Entre agora mesmo, pois estamos Falando de Viagem: https://t.me/falandodeviagem



 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Jan 14, 2012 2:56 pm 
Mensagens: 514Brasil
A disposição 2-3-2 da business é ruim... Prefiro a Qatar que faz 2-2-2.

Chama-me a atenção do motivo que esses vôos da Qatar e Emirates saírem de Buenos Aires na madrugada. Isso fica ruim para a volta.

¡hasta luego!


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Jan 14, 2012 3:05 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 37099
A disposição 2-2-2 realmente é melhor. Só irá preferir 2-3-2 quem estiver viajando em família/amigos com 3 pessoas.

O problema do horário é que as companhias aéreas mais antigas têm os horários nobres, então as novatas ficam com o que é possível. Eu já sabia que chegaria de madrugada, mas não imaginava que seria tão tarde. Se o viajante precisar acordar cedo no dia seguinte será um problema.

_________________
https://fdv.im/GabrielDias


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Jan 14, 2012 3:11 pm 
Mensagens: 514Brasil
Em Guarulhos até entendo, mas o Galeão teria tanto ocupação nos horários nobres?


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Jan 14, 2012 3:12 pm 
Mensagens: 1655Rio de Janeiro
Excelente Flight Report, Gabriel !!! As fotos ficaram ótimas ! Sempre li e ouvi falar da Emirates. Minha mãe e meu irmão até voaram com eles e tiraram fotos do serviço de bordo, mas com o seu report de vôo pude constatar que essa empresa é D+ !

Li agora que a TAM está reduzindo o serviço na classe executiva nas rotas daqui da America Sul. Aí vejo as suas fotos e constato que a Econômica da Emirates tem MENU do Rio para Buenos Aires.

É uma pena que eu não tenha conseguido ir com eles para Buenos Aires no Carnaval. Mas quem sabe no futuro...


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Jan 14, 2012 3:18 pm 
Mensagens: 1655Rio de Janeiro
As cias. aéreas norte-americanas e européias ocupam os principais horários noturnos do Galeão. Isso sem contar com a TAM no TPS-2.

No caso da Emirates, nós temos que avaliar os seus horários de conexões em Dubai. A empresa prima por isso na sua forma de trabalhar. Não iria adiantar muito a eles chegar cedo demais aqui, partir ao meio-dia e o passegeiro ficar horas em Dubai aguardando o próximo vôo.


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Jan 14, 2012 3:19 pm 
Mensagens: 514Brasil
A executiva da TAM na América do Sul virou piada... Tiraram refeições (e tem coisa que está no menu e não embarca, segundo os comissários) e amenity kit... Lamentável!

Qatar e aparentemente Emirates estão indo bem entre GRU-EZE e GIG-EZE.


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Jan 14, 2012 3:19 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 37099
jvinicius: Sim. A noite é agitada por lá. O último voo da AA, por exemplo, parte às 23:00. O Galeão é um aeroporto limitado. Você pode ver pelo quesito salas vips, onde a mesma é usada por 5 ou mais companhias aéreas.

Nishan: Obrigado! A Emirates foi a décima do mundo em 2011, então não há como negar sua qualidade. Há pontos que precisam ser melhorados, mas não tenho dúvidas que é a melhor companhia aérea para ir até Buenos Aires. Se você comparar com meu voo em 2011, pela GOL, verá a enorme diferença: viewtopic.php?f=238&t=765

_________________
https://fdv.im/GabrielDias


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Jan 14, 2012 3:24 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 37099
Ocupação da econômica na ida: 50%.
Ocupação da econômica na volta: 100%.

_________________
https://fdv.im/GabrielDias


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Jan 14, 2012 3:28 pm 
Mensagens: 1655Rio de Janeiro
Bem Gabriel, não há como comparar Emirates com a GOL. Uma é Top de Linha (Premium) e a outra é uma Low Cost que diz ser Low Fare.


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Sala VIP da Emirates Airline | Emirates Business Class Lounge no Aeroporto de Dubai (DXB)

em Salas VIP

Última mensagem Ter Abr 16, 2019 4:39 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

6

É mais barato voar do Rio de Janeiro até Buenos Aires com a Flybondi?

em Companhias aéreas

Última mensagem Qui Ago 22, 2019 11:03 pm zardox Ver última mensagem

 

5

Como usar o Wi-Fi na Emirates Airline de graça

em Internet

Última mensagem Dom Abr 21, 2019 9:29 am alexandrerj Ver última mensagem

 

1

Decolando para as Maldivas com a Emirates Airline

[ Ir para página: 1, 2 ]

em Maldivas

Última mensagem Seg Abr 15, 2019 10:00 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

12

Processo de imigração e alfândega em Dubai voando Emirates Airline

em Dubai

Última mensagem Qua Abr 17, 2019 3:33 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

2

 


Booking.com




Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes