Colunas
Coluna da Manoela Caldas

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]




 Página 1 de 1 [ 6 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Qua Jul 04, 2018 11:23 am 
 Atualizado: Sáb Ago 17, 2019 9:42 am 
Mensagens: 843
Imagem

O brasileiro acha que sabe falar espanhol. Só acha. Depois de me aventurar na América do Sul, percebi o quão difícil é se virar por aí apenas com "portunhol" e decidi estudar a língua espanhola. Fiz um período de espanhol básico na faculdade, o que me deu uma boa base. No processo destas aulas, decidi que seria uma boa ideia acelerar o meu aprendizado com um intercâmbio.

Esta será minha primeira vez estudando fora, algo que já penso sobre há um tempo. Sempre senti falta de um intercâmbio acadêmico na minha bagagem de formação, mas não havia feito ainda por dois motivos. O primeiro é que intercâmbio é automaticamente relacionado a fazer um curso de inglês fora. Sempre descartei essa opção porque meu inglês é fluente desde muito cedo. E acredito que estes cursos, para jovens com o perfil parecido com o meu, são, muitas vezes, usados como uma desculpa para passar um tempo nos Estados Unidos ou Inglaterra, e não para, de fato, aprender algo. Nada contra essa decisão, afinal, toda experiência é válida. Mas estudar fora é caro e, aos meus olhos, considero um mau uso de dinheiro. O segundo motivo é que pretendo fazer vários cursos específicos para a minha área, jornalismo, depois de me formar na faculdade.

Minha perspectiva ampliou quando a língua em questão mudou. Como disse, viajar para aprender inglês não me interessa. Mas, como estou longe de dominar o espanhol, estudar intensivamente a língua me pareceu uma excelente ideia. A partir dessa decisão, fui correr atrás dos detalhes.

A escolha da cidade

O meu primeiro passo foi escolher a cidade. A maioria das agências de intercâmbio oferece cursos nas principais cidades da América do Sul e da Espanha, na Europa. Dois fatores me fizeram escolher estudar na Espanha: maior valor e credibilidade no currículo e a possibilidade de viajar para outros países depois do curso.

Ao escolher a Espanha como destino do seu intercâmbio, é preciso analisar muito bem o território. O país é dividido em províncias e possui quatro principais línguas: castelhano, catalão, basco e galego. Teoricamente, o castelhano é considerada a oficial, e a outras três, cooficiais. Porém, com a ascensão do conservadorismo na Europa, as províncias que têm línguas cooficiais como dominantes estão cada vez mais fechadas ao uso do castelhano como uma forma de protecionismo às tradições e contra os imigrantes.

Se você estuda espanhol, na verdade, você estuda castelhano. Por isso, é importantíssimo que você escolha uma cidade de uma província que tenha castelhano como língua dominante. Em uma breve pesquisa no Google, você consegue entender bem essa divisão de territórios e línguas. Há cursos de castelhano espalhados por toda a Espanha. Mas, em províncias com outras línguas dominantes, você corre o risco de sair da escola e não conseguir praticar o que aprendeu ao conversar em restaurantes, museus e etc.

Usemos Barcelona como exemplo. A cidade é realmente fascinante! Estudantes do mundo a escolhem como destino para aprender castelhano. Porém, em Barcelona, a língua dominante é catalão. Portanto, é preferível que você conheça a cidade como turista e não como estudante.

Cidades da região central da Espanha têm castelhano como língua oficial. Dentre as opções, a mais óbvia e popular é a capital, Madrid, que foi a minha escolha.

O curso - escola, duração, alojamento e preços

Ao pesquisar sobre cursos de espanhol no mundo, você rapidamente irá perceber a dominância da Enforex neste ramo. A escola lidera o ensino de espanhol como língua estrangeira, com 30 centros de estudo espalhados por cidades da Espanha e da América Latina. A Enforex recebe anualmente uma média de 5 mil estudantes de mais de 70 países diferentes, para turmas divididas em, no máximo, 10 alunos cada.

Além da pesquisa, também consultei alguns amigos que já estudaram com a escola e todos os feedbacks que recebi foram muito positivos. Portanto, não tive dúvidas na hora de escolher a Enforex.

Agora é hora de escolher o curso. No caso da Enforex, a empresa oferece diversos programas para diferentes níveis, idades e propósitos. Cabe apenas a você decidir o programa e a duração mais adequada de acordo com o seu objetivo. Você pode consultar todas as diferentes opções com os preços aqui. Todos os cursos têm início em qualquer segunda-feira, durante o ano todo. A necessidade do visto de estudante irá depender do curso escolhido e da duração.

A Enforex também disponibiliza opções de alojamento para os alunos: casas de família, residências estudantis ou apartamentos compartilhados e privados. Você pode conferir as particularidades de cada opção e preços aqui. Elas costumam ser mais baratas que hotéis ou apartamentos alugados em outros sites. Além de que a hospedagem com outros alunos do mundo todo faz parte da experiência do intercâmbio.

Depois de pesquisar todas as opções disponíveis, é o momento de finalmente fechar o curso. É aí que a grande maioria dos estudantes recorre à agências de intercâmbio para essa assistência.

Como relatei anteriormente, este é o meu primeiro intercâmbio, então não tenho a maior bagagem para poder fazer um quadro comparativo. Porém, a minha experiência com preços para o meu intercâmbio para a Espanha foi bastante interessante, e creio que grande parte dos estudantes não saiba que a opção que optei seja tão benéfica.

Eu optei por fechar o curso diretamente com a Enforex após receber essa dica de um amigo que já estudou com eles. Ao fazer isso, o valor final do curso + hospedagem ficou mais ou menos 600 reais a menos do que os orçamentos que tinha feito em agências de intercâmbio. Essa economia se deu por dois motivos: quando entrei em contato com a Enforex, eles me ofereceram isenção da taxa de matrícula, que custa 60 euros, e do material, que custa 20 euros. Só esses dois itens já resultam, em média, na economia de 360 reais. O restante da diferença de orçamentos da Enforex e das agências de intercâmbio se deu pelas taxas que as agências cobram para realizar o serviço de mediador e organizar tudo para você.

A minha comunicação com a Enforex aconteceu estritamente por e-mails escritos em português e foi extremamente prática, simpática e eficiente. A atendente que me passou todos os preços e tirou todas as minhas dúvidas foi a Pérola.

Minha experiência ao fechar o pacote do meu intercâmbio diretamente com a escola foi muito positiva e deixou nada a desejar. Encorajo muito outros estudantes a tentarem orçar o curso dessa forma e compararem preços, ao invés de irem direto à agências de intercâmbio sem hesitar.

Conclusão

Em terra onde o "portunhol" é regra, quem domina o espanhol se destaca. Ao escolher a Espanha como destino para um intercâmbio acadêmico, há a facilidade de ter vários outros países europeus incríveis a poucas horas de distância, e a dificuldade de precisar entender a dinâmica das províncias e línguas do país para escolher a cidade que será sua casa por algum tempo. De qualquer forma, intercâmbios são especiais por unirem o estudo teórico à vivência prática do dia a dia naquela língua e cultura diferente. Esta viagem exige bastante preparação, tanto financeiramente, como de pesquisas de informação. Mas o resultado é sempre muito agregador profissional e pessoalmente.

Boa viagem!

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________
http://fdv.im/ManuCaldas



 Mensagem não lidaPublicado: Qua Jul 04, 2018 12:24 pm 
Mensagens: 843
Intercâmbio realmente exige muito preparo, pesquisa e economias. Mas o resultado te agrega muito como pessoa e como profissional!

_________________
http://fdv.im/ManuCaldas


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Jul 05, 2018 10:13 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 38549
Excelentes informações. E realmente é bom para viajar depois pela Europa.

_________________
https://fdv.im/GabrielDias


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Jul 05, 2018 11:51 am 
Mensagens: 490
Belas dicas. E também concordo com a questão relacionada à desculpa de vai estudar inglês fora, quando boa parte dessas pretensões está mais para passeio.


 Mensagem não lidaPublicado: Sex Ago 03, 2018 4:32 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 38549
Manu está hablando tudo agora? :D

_________________
https://fdv.im/GabrielDias


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Set 17, 2018 5:36 pm 
Mensagens: 843
@Gabriel, estoy hablando muy bien, jajaja!

_________________
http://fdv.im/ManuCaldas


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Posso fazer intercâmbio na Europa sem visto de estudante?

em Destinos - Europa

Última mensagem Ter Ago 27, 2019 11:10 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

1

Finanças no intercâmbio: conheça a forma mais barata de enviar dinheiro para o exterior

em Serviços financeiros internacionais

Última mensagem Qua Ago 21, 2019 8:59 am cthomaz Ver última mensagem

 

3

Como escolher seu hotel nas Maldivas

em Maldivas

Última mensagem Sáb Ago 17, 2019 7:28 pm Beatriz Ver última mensagem

 

4

Elo Flex: o que é e como funciona a plataforma que deixa você escolher os benefícios do seu cartão

em Elo

Última mensagem Sáb Fev 22, 2020 5:52 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

1

Dicas de como economizar um pouco no Chile

em Chile

Última mensagem Qua Dez 31, 1969 10:00 pm drikari3449915777 Ver última mensagem

 

0

 


Booking.com


Colunas
Coluna da Manoela Caldas

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes