Destinos - Europa
França

Todos os horários são GMT - 3 horas


Ir para página 1, 2  »

 Página 1 de 2 [ 13 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Qua Ago 05, 2020 9:45 am 
 Atualizado: Qua Ago 05, 2020 9:47 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 18793
Administrador
Imagem

A cultura é o retrato de todos os hábitos coletivos de determinada sociedade, como a música, a alimentação e a moda. Ao detalharmos um pouco mais o olhar, também podemos perceber padrões que se repetem em costumes pessoais, como a criação dos filhos e a higiene.

O contato com a cultura alheia requer um manual de etiqueta antropológico que parte do conceito de relativismo cultural. Em suma, é entender que não existe uma verdade absoluta que define o que é certo e errado, o que é melhor e pior. Ao se deparar com uma outra cultura, é preciso ter uma abordagem desprovida de pré-conceitos morais. Deve-se entender as dinâmicas sociais terceiras a partir do contexto próprio em que elas emergiram, e não do que você está inserido.

Evidente que este é um preceito acadêmico, mas como ciência humana, se mostra presente no cotidiano de qualquer um, principalmente dos viajantes que desbravam o mundo em busca de novas experiências culturais.

Leia também: 10 mitos sobre Paris

O contexto europeu

O título da matéria foi escolhido para refletir uma dúvida recorrente que brasileiros têm ao querer conhecer a França, mas pela explicação introdutória, você já deve imaginar que a resposta - felizmente - não será tão simplória como a pergunta.

É fato que os hábitos de higiene variam entre as culturas. Pode-se dizer, entretanto, que países geograficamente semelhantes compartilham mais similaridades nos costumes. Nós, brasileiros, com a higiene moldada a partir da tropicalidade, podemos nos identificar mais com nossos vizinhos igualmente quentes e úmidos, como os caribenhos, o que faz com que estranhemos as escolhas sanitárias dos europeus.

A história mostra como por séculos a Europa foi palco de condições extremamente insalubres que causaram epidemias devastadoras. Inclusive, um dos diversos motivos que fez o processo genocida de colonização ter sido tão cruel foi o contato dos povos nativos com doenças trazidas pelos europeus.

As guerras também causavam danos profundos nas cidades. Muitos destinos que hoje conhecemos pela beleza e sofisticação, como Paris, ficaram por décadas com esgoto a céu aberto. Na França, a água encanada só chegou a todo o território do país na década de 1980.

O panorama francês

Existem múltiplas explicações do porque os perfumes franceses são os mais famosos. A história registra que, nos 72 anos de reinado, Luís XIV tomou apenas de 2 a 5 banhos, e disfarçava o odor com várias trocas de roupa diárias e litros de perfume. Brincadeiras à parte, apesar dos países da Europa compartilharem um contexto histórico, é a França que leva a fama do mau cheiro.

Em entrevista à Rádio França Internacional em 2014, a diretora do Centro de Informação sobre a Água, Marylis Macé, conta que "o acesso à água encanada na França certamente melhorou as coisas, mas não resolveu o problema da higiene". O que faz sentido, por ser um traço cultural cultivado por séculos.

Em uma breve busca no Google, você encontra centenas de pesquisas científicas que exploram os hábitos de higiene da população francesa, como a frequência de lavagem das mãos após ir ao banheiro e antes das refeições e a quantidade de banhos por dia - ou por semana, já que há uma parcela consideravelmente alta que não o tem como um dever diário. Inclusive, um dos grandes desafios enfrentados pelo governo francês na pandemia do coronavírus foi a conscientização sobre a importância de lavar as mãos.

Leia também: 10 coisas que você precisa fazer na sua primeira vez em Paris

Aplicando a teoria na pratica

Com o recorte do turismo, o grande ponto aqui é o julgamento. É preciso humanizar as viagens. Conhecer a França não é só subir na Torre Eiffel e visitar o Museu do Louvre. O mergulho em outra cultura é o que realmente faz com que voltemos para casa mais ricos.

Também não se trata de romantizar a insalubridade e é por isso que o relativismo cultural é tão importante. Nunca foi sobre concordar ou discordar, aderir ou repudiar o outro, e sim entender que são culturas distintas. Quando você ativamente opta por estar no território alheio, é preciso aceitar e respeitar que a cultura dominante é a do outro, não a sua.

Em português claro: franceses tomam menos banho que brasileiros? Genericamente, sim. A França é suja? Genericamente, não.

Assim como em qualquer outro destino pelo mundo, você vai encontrar espaços mais limpos que outros. Outras diferenças práticas que você pode perceber são: a positiva relação dos pedestres com os pombos - enquanto nós os pintamos como a materialização da sujeira - e o limite de banhos diários imposto por alguns anfitriões de Airbnb. Quem se hospeda em imóveis de aluguel de temporada também pode reparar a diferença da limpeza dos ambientes. A Europa não tem a cultura das empregadas domésticas como o Brasil, então a limpeza é feita pelos próprios moradores em média uma vez por semana.

Leia também: 10 museus que você precisa visitar em Paris

A visão de quem conhece o Brasil e a França

Convidamos duas profissionais do turismo que trabalham conectando a França ao Brasil para compartilhar a sua visão sobre o assunto. A parisiense Tania Matias traz a ótica nativa da França média, desde a infância até a faculdade e trabalho. Já a brasileira Angela Pepe nos conta o recorte dos negócios do mercado de luxo, a versão clássica e sofisticada da etiqueta francesa.

Tania Matias é parisiense, filha de mãe francesa e pai português. Na faculdade, estudou sobre o comércio exterior com a América Latina, assunto que sempre a despertou interesse, com uma professora brasileira. Se apaixonou pela conexão com o nosso país após trabalhar em uma agência que recebia brasileiros na França, e anos depois decidiu montar o próprio negócio. Hoje, Tania é guia de turismo na Paris Sensacional, além de escrever para o blog Dicas Para Brasileiros em Paris.

TM: ''O turista brasileiro vem para cá já com essa ideia de que tem uma falta de higiene na França. Para ser bem sincera, há alguns anos eu estava na faculdade e uma professora disse que a França só chegou ao patamar dos outros países europeus em termo de compra de escova de dente nos anos 2000. Então não é só um clichê. Quando a gente volta depois de um longo dia de trabalho de metrô, em Paris e nas grandes cidades principalmente, realmente tem cheiro forte.

É verdade que a gente não toma tanto banho quanto o brasileiro. O francês geralmente toma um banho por dia, à noite. Quando eu era criança, minha mãe me ensinou a passar o "gant" de manhã antes de ir para escola, que é uma toalhinha em que a gente passa sabonete, molha e passa nas partes íntimas. E isso porque eu tive uma educação rígida em relação a isso. A família da minha mãe era muito limpa.

A partir do mês de junho até o mês de setembro mais ou menos, as ruas ficam lotadas, tanto de turistas como de franceses. Como nosso inverno é muito longo e no verão só anoitece às 10 horas da noite, os jovens aproveitam e bebem bastante, e infelizmente deixam tudo no local, como plástico e restos de comida, e infelizmente os ratos fazem a festa. Eu acho que os turistas que viajam no verão voltam com isso em mente. Já no inverno fica tudo limpinho
.''

Jornalista, travel designer e poliglota, a brasileira Angela Pepe se mudou para Paris em 2009 para trabalhar para um grupo de hotéis em um momento em que a hotelaria francesa visava o Brasil como mercado-alvo. Após 10 anos de hoteleira de luxo em Paris, criou a própria empresa de concierge, a Brasil Europa.

AP: "Na minha experiência profissional - tendo sempre trabalhado no turismo de luxo e com prestadores em Paris e arredores – a apresentação e o trato no dia a dia com a clientela internacional exige banho! Só o melhor perfume não basta. E isso as escolas e profissionais da hospitalidade ensinam sempre. Inclusive a estudantes estrangeiros que vêm à França para beber na fonte. A partir do primeiro dia de aula ou de trabalho, nada de calça jeans ou cabelo despenteado, mas tailleur e coque. Terno, gravata e barba feita. Antes de tudo, lógico, um banho matinal – mais comum do que noturno – para que o preparo seja perfeito.

É parcialmente verdade que nos transportes públicos o mau cheiro é grande. Mas, de forma geral, não acho nada demais no dia a dia com os franceses que convivo. Um detalhe interessante, ao contrário do Brasil, onde as pessoas passam fio dental e escovam os dentes na hora do almoço na firma, aqui isso não existe".


Como ir para Paris

A Air France opera atualmente 27 voos semanais entre a França e o Brasil – são 3 para Fortaleza (FOR), 10 para o Rio de Janeiro (GIG) e outros 14 para São Paulo (GRU). Junto com a KLM forma o grupo Air France-KLM, líder em tráfego internacional partindo da Europa, e que oferece uma malha aérea que abrange 318 destinos em 118 países, com 546 aeronaves. Em 2019, transportou 104,2 milhões de passageiros.

Você pode, por exemplo, voar na ida com a Air France e na volta com a KLM, voltando por Amsterdã, pois as empresas são do mesmo grupo. Clique aqui para ver como comprar a passagem aérea usando essa opção. No Brasil, o grupo tem como parceira estratégica a GOL Linhas Aéreas, juntas desde 2014, transportando mais de 1 milhão de passageiros e cobrindo 99% da demanda entre o Brasil e a Europa.

Leia também:
- Como é voar na Classe Executiva da Air France no Boeing 777-200ER
- Como é voar na Classe Executiva da Air France no Boeing 777-300ER
- Como é voar na Premium Economy da Air France no Boeing 777-300ER

A Air France também é membro da aliança SkyTeam, que possui 19 companhias aéreas associadas, oferecendo aos clientes acesso a uma rede global de mais de 14.500 voos diários para mais de 1.150 destinos em mais de 175 países. Clique aqui para saber mais sobre a aliança aérea e aqui para entender os benefícios do SkyPriority.

Planeje a sua próxima viagem

Para você não ter trabalho, nós fizemos selecionamos as melhores empresas, com os melhores preços e totalmente confiáveis, para você reservar on-line e com opção de parcelamento.

- Quer pegar a estrada? Alugue um carro clicando aqui.
- Prefere ir de avião? Compre sua passagem aérea clicando aqui.
- Hotel de luxo ou custo-benefício? Escolha a melhor hospedagem clicando aqui.
- Quer curtir sem preocupações? Garanta o seguro de viagem clicando aqui.
- Quer ficar 24 horas on-line? Compre seu chip de internet clicando aqui.
- Quer comprar moeda estrangeira? Receba em casa ou escritório clicando aqui.
- Ingressos para as principais atrações? Compre on-line e parcele clicando aqui.
- Precisa de uma mala nova? Compre on-line e parcele clicando aqui.

Leia também:
- Grupos do Falando de Viagem no WhatsApp
- Grupos do Falando de Viagem no Telegram

Leia as outras matérias da série "como realmente é"

- Maconha na Jamaica: como REALMENTE é? | Cultura, estereótipos e lei
- Como REALMENTE é tomar um banho turco? | Nudez, erotização e concepções erradas
- Mercados de animais silvestres na China: como REALMENTE é? | Da origem até as atuais problemáticas

Boa viagem!

Texto: Manoela Caldas.
Foto: Gabriel Dias.

E você, já viajou para França? Sentiu uma grande diferença cultural no quesito higiene? Conte a sua experiência nos comentários!

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________
Participe do melhor grupo de descontos do WhatsApp. Acesse: https://fdv.im/Descontos11



 Mensagem não lidaPublicado: Qua Ago 05, 2020 2:55 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 10163
Os franceses levam a (má) fama, mas é uma característica do europeu em geral.

Já passei por 2 situações, uma envolvendo alemães e a outra envolvendo russos, que precisei prender a respiração e me afastar.

_________________
http://fdv.im/FlavioBaran


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Ago 05, 2020 3:45 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 5871
Interessante essa matéria. Já rotularam que os franceses em geral não tomam banho e isso virou uma "piada"mundial. Mas não podemos generalizar e concordo com o Baran que é uma característica de toda a Europa.

O mais difícil é enfrentar metrô lotado durante o verão ehhehe

_________________
http://fdv.im/JulianaMagalhaes


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Ago 06, 2020 10:24 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 11600
O maior problema de falta de higiene do francês, é a falta de "higiene mental".
Um país, que por questões meramente de protecionismo do seu agronegócio, sai pelo mundo difamando um país e sua gente, não merece ser visitado....
O presidente francês, e boa parte da mídia francesa, atacou covardemente o Brasil, acusando nosso país de estar devastando a Floresta Amazônica, através das queimadas.
Historicamente boa parte dessa floresta e do Cerrado, têm sim um ciclo de queimadas... algumas poucas queimadas são feitas justamente para se evitar incêndio florestais... boa parte são agricultores que fazem queimadas de forma inadequada..
Não se nega também, que existem muitos madeireiros agindo de forma criminosa, devastando matas com árvores centenárias... boa parte desses madeireiros, são chineses e europeus, todos com a cumplicidade de brasileiros...
Mas...nada disso muda um fato histórico, que os franceses (e boa parte dos europeus), parecem que têm memória curta: O Brasil, tem a segunda maior área de floresta do mundo... isso em termos absolutos.. são +- 5,5 milhões de KM2.. só perde para a Rússia (e, nós sabemos que a maior parte das florestas russas são em áreas inóspitas, onde é difícil a atividade econômica.. e esse seria o "fator preservativo" da floresta")...
E, em termos percentuais, o Brasil está classificado em 21º lugar como país que mantém sua área florestal, com 63% de sua área de floresta preservada...

E quais são os números da França ???
Esse país, que historicamente DIZIMOU suas florestas, e que agora vem querer possar de "protetora da natureza", ocupa a vergonhosa posição de 110º de países com percentual de área florestal e que corresponde APENAS 29,22% de sua área total, que é de 643.000 Km2.. ou seja, a França, a "paladina das florestas", tem apenas 184.470 Km2 de florestas, e se acha no direito da atacar a imagem do Brasil, tem que uma área florestal 30 - TRINTA VEZES maior que a dela...

Isso tudo começou quando, depois de anos e anos se tentando um acordo entre o Mercosul e o MCE, se chegou um acordo e, o lobby dos produtores franceses, que são totalmente dependentes de subsídios governamentais, e nem assim conseguem concorrer com o agronegócio brasileiro... ai, o presidente francês, de forma covarde, começou um trabalho internacional de manchar a imagem do Brasil, porque sabe perfeitamente que, caso o acordo seja finalizado, o mercado francês seria invadido por produtos sul-americanos (a Argentina e o Paraguai "brasileiro" são igualmente fortes).
E encontrou eco em outros países/dignatários, tal como a Alemanha, que também ocupa um vergonhoso 101º lugar como área florestal, tendo devastado 68% de suas matas, e mantido algo em torno de 32%.
Ou seja, a Alemanha, que foi na onda da França ao nos acusar, tem índices inversos aos nossos, o que temos de percentual de área florestal, 63%, é mais ou menos o que a Alemanha tem de área desmatada, e o que temos de área desmatada, 37%, é +- o que a Alemanha tem de área preservada...

Enfim...
Apesar de todo aspecto cultural que possa existir e independente disso ser comum ao continente europeu, o fato é que os franceses tomam menos banho.... Paris é sujo sim... a França, no interior, incrivelmente não..
Mas, nada disso muda o fato de que os franceses são imundos...
Nem aí pra se isso é cultural...
Se nos dão a peja de sermos estupradores de florestas (quando eles é que o são), de sermos pelados (em razão de sermos um país um tanto quanto liberal no uso de pouca roupa... putz.. país quente já indica roupas leves/pouca roupa... e um povo bonito como o nosso, que tem o que mostrar...), se nos imputam tantas outras mazelas ( que até são procedentes, mas que nada disso é da conta deles), eu não tenho porque ser politicamente correto com os franceses e atenuar que eles são sujos e imundos por aspectos culturais..

Eles são apenas sujos e imundos.. simples assim..


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Ago 06, 2020 11:50 am 
Mensagens: 701
A bem da verdade, Paris não é a cidade mais limpa do planeta, não...


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Ago 06, 2020 1:50 pm 
Mensagens: 514Barão Geraldo
Meus maiores problemas com pessoas mal cheirosas foram na Áustria, muito mais que na França.


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Ago 06, 2020 1:54 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 11600
Eca.....


 Mensagem não lidaPublicado: Sex Ago 07, 2020 2:17 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 8834Rio de Janeiro- RJ
A questao eh somos um dos povos que mais leva a serio a higiene pessoal. E eh natural querermos medir o resto do mundo com a nossa regua.

Essa talvez tenha sido a maior contribuicao dos indigenas para a nossa cultura.

Como diz o historiador Eduardo Bueno, somos praticamente anfibios.

_________________
http://fdv.im/FabioMacedo


 Mensagem não lidaPublicado: Sex Ago 07, 2020 8:20 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 11600
Povo que carrega a baguete, sem papel/embrulho, debaixo do braço ao encontro de uma axila ( e que pra piorar não vê um banho há semanas), não é questão de observar menos higiene pessoal, é questão de ser porco mesmo... oinc.. oinc... oinc...


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Ago 08, 2020 8:48 am 
Mensagens: 2100
Eu acho que o Europeu em geral, não somente o francês, tem um conceito de limpeza bem diferente do nosso. Não somente em higiene pessoal, mas na lavagem de roupas, sapatos, limpeza de casa, carro, etc...
Alguns nem acreditam que eu lavo os nossos tênis na maquina de lavar, e que lavo/limpo à mão todos os nosso sapatos que não podem ir na máquina. Só para citar um exemplo.
Claro que para visitar Paris ou outra grande metrópole em pleno verão (dependendo de onde você estiver) é um desafio para os nossos narizes.
Creio que foi ano passado, ou no ano anterior, em Viena a empresa de metrô começou a distribuir desodorantes para os usuários, para incentivar que eles usassem, pois o cheiro no metrô estava insuportável.

_________________
http://fdv.im/AdrianaRuhmke


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Os franceses são grossos? 5 dicas para garantir uma boa convivência em Paris

[ Ir para página: 1, 2 ]

em França

Última mensagem Qui Dez 05, 2019 5:09 am Fabio Ver última mensagem

 

13

França ou Portugal?

em Destinos - Europa

Última mensagem Sex Ago 14, 2020 4:15 pm manucaldas Ver última mensagem

 

2

Padrão de tomada em Paris, na França

em Paris

Última mensagem Dom Abr 19, 2020 5:29 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

1

Documentos exigidos para entrar na França

em França

Última mensagem Seg Mai 04, 2020 8:23 pm Beatriz Ver última mensagem

 

2

É seguro viajar para França? Entenda mais sobre o quadro do coronavírus e a reabertura do país

em França

Última mensagem Dom Mai 24, 2020 4:23 pm Beatriz Ver última mensagem

 

5

 


Booking.com
Destinos - Europa
França

Todos os horários são GMT - 3 horas



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante