Destinos - Europa
França

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]


Ir para página 1, 2  »

 Página 1 de 2 [ 14 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Seg Nov 18, 2019 10:30 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 3427
Imagem

Algo que ouvimos com certa regularidade é que os franceses são mal-humorados e que muitas vezes tratariam os turistas de forma ríspida e grosseira. Estive na França em duas oportunidades. Primeiro em 2010, quando fiquei 16 dias no país, sendo 7 dias na região da Provence e 9 dias em Paris. E agora em 2019, em uma viagem de 8 dias exclusivamente na capital.

Durante todo este período nem eu, nem minha família, tivemos qualquer desconforto com os franceses, que sempre se mostraram atenciosos na forma de nos receber e atender, em situações diversas. Na verdade, chegamos a ter alguns momentos muito bacanas, principalmente no sul da França, onde eles foram muito acolhedores e simpáticos.

Acontece que sempre durante as nossas viagens adotamos algumas medidas simples, tanto de respeito à cultura como à individualidade dos franceses, o que, acredito, tenha sido decisivo para que fossemos sempre bem atendidos. Claro que não é uma receita infalível, e mesmo assim tanto eu como você podemos enfrentar alguma situação desagradável mesmo fazendo tudo certo, em qualquer lugar do mundo. Mas como veremos a seguir, são medidas simples, que poderão fazer diferença na sua experiência nesse encantador país.

Leia também: 10 vinhos franceses bons e baratos para você comprar em Paris e levar para casa

1) Aprenda algumas palavras em francês

Ainda que quase todos os franceses falem inglês, eles têm clara predileção por sua língua nacional. E claro, é impensável que um viajante venha a aprender francês apenas para poder se comunicar durante alguns dias de viagem. Mesmo assim, é extremamente educado aprender algumas palavras e usá-las no dia a dia, ou mesclá-las

Bonjour: Olá / Bom dia / Boa tarde.
Au revoir: Adeus.
À bientôt: Até breve.
Excusez-moi: Desculpe-me (mais formal).
Pardon: Desculpe (mais coloquial).
Oui: Sim.
Non: Não.
S’il vous plaît: Por favor.
Merci: Obrigado.
Merci beaucoup: Muito obrigado.
Très bien: Muito bem.
De rien: De nada.
Je m’appelle: Meu nome é.
Toilettes: Banheiro.
L’addition s’il vous plaît: A conta, por favor.
Une carafe d'eau: Uma garrafa de água torneira (como a “tap water”).

Algo que observei é que um Bonjour antes de iniciar a conversa já quebra algumas barreiras, deixando o interlocutor mais simpático para a interação que pode ser rapidamente mudada para inglês.

2) Faça o pedido completo nos restaurantes

Essa dica é válida praticamente em toda a Europa e EUA, pois é costume nestes locais sentar no restaurante e já pedir tudo que irá comer. Logo ao chegar o garçom irá entregar o cardápio e quando retornar ele espera anotar o pedido das bebidas, das entradas, pratos principais e sobremesas que cada pessoa na mesa irá querer. Caso precise de mais algum tempo, peça as bebidas e solicite alguns minutos adicionais para escolher os pratos. Mas quando for pedir, diga tudo de uma vez. E é recomendado fazer as escolhas em tempo razoável, pois os garçons realmente não tem muita paciência para aguardar.

3) Lembre-se que os franceses são orgulhosos da sua cultura

Os franceses em geral valorizam o que o país tem de melhor. Por isso, na medida do possível, tente fazer elogios e enaltecer o que te chamou atenção na culinária, cultura e outras riquezas do país. Na realidade, é algo natural, pois se um estrangeiro chegar ao Brasil elogiando nossa cultura e culinária, provavelmente será melhor recebido do que um que somente apresente críticas.

Leia também: 5 locais que não são tão turísticos, mas que valem o passeio em Paris

4) Seja objetivo em suas decisões

É comum que em algumas oportunidades fiquemos indecisos sobre o que comprar, qual a cor, tamanho, sabor e etc. Mas se estiver na França tente antecipar essas questões antes de ser atendido. Por exemplo, se vai comprar um sorvete, já vá pensando na sua escolha, como, por exemplo, o tamanho do pote, quantas bolas e quais sabores antes de chegar ao balcão. Claro que eventualmente podemos pedir alguma opinião, tirar dúvidas, questionar ao garçom pratos que ele recomenda e etc. Não precisa, portanto, ser uma interface tensa. O conselho aqui é tentar ser mais objetivo. Pode parecer bobagem, mas em cidades ultra turísticas como Paris, onde uma pessoa atende centenas de turistas todos os dias, esses segundos a mais para decidir o que fazer acaba criando desconfortos que podem ser evitados.

5) Obedeça às regras

Esta dica é universal na realidade, mas na França a falta de atenção às normas pode causar uma bela discussão. Coisas como atravessar no sinal vermelho, desrespeitar uma fila, tentar passar no raio-x sem tirar todos os metais do bolso, querer ser atendido antes ou depois do horário comercial, mudar de faixa no trânsito sem sinalizar, entre outros, são típicos exemplos de atitudes que podem gerar experiências ruins.

Leia também: 10 coisas que você precisa saber sobre o verão em Paris

Como se observa, são questões básicas e simples, que todos podem fazer, e que certamente foram decisivas para que sempre tivéssemos boas experiências na França. Temos que lembrar que estamos tratando de um dos países que mais recebem turistas no mundo, vindos de todos os recantos do planeta. Por isso, se podemos contribuir um pouco para que a relação com os nossos anfitriões seja mais amigável, por que não fazê-lo?

Boa viagem!

E você, conhece a França? Fez algo para ser melhor recebido? Teve alguma interação ruim? Conte para nós sua experiência!

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________
http://fdv.im/HugoMarcio



 Mensagem não lidaPublicado: Seg Nov 18, 2019 1:34 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 3427
Nunca tive problemas com os franceses, mas da minha parte sempre fiquei atento para manter uma relação tranquila com eles.

_________________
http://fdv.im/HugoMarcio


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Nov 18, 2019 2:17 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 10079
Nunca tive problema com os franceses. Acho-os um pouco metidos, mas nada do que reclamar quanto à educação.

_________________
http://fdv.im/FlavioBaran


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Nov 18, 2019 2:26 pm 
Mensagens: 793
Que ótima pauta! Os alemães também têm essa fama. Eles de fato podem ser mais frios que nós, mas basta seguir as regras do país que você não terá problemas. Não atravessar fora da faixa, por exemplo, é mais que uma lei, é uma cultura muito bem estabelecida, diferente de no Brasil. É uma das formas mais rápidas de detectar um gringo desinformado na Alemanha.

_________________
http://fdv.im/ManuCaldas


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Nov 19, 2019 10:09 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 815MG
Comigo tudo ocorreu na maior tranquilidade nas vezes em que fui à França. É só se encaixar na cultura local e fica tudo de boa.


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Nov 19, 2019 4:58 pm 
Mensagens: 489
Acho que leis, regras e costumes devem valer para qualquer lugar que visitarmos no mundo. Não é exclusividade da França.


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Nov 20, 2019 5:58 am 
Mensagens: 141
Vou contar aqui o que aconteceu comigo e outros dois casais.

Havíamos saído da apresentação do Crazy Horse em Paris e estávamos a procura de um restaurante para jantar. Escolhemos um ao acaso e entramos. Informamos ao garçom que estávamos em 6 pessoas e ele nos indicou onde deveríamos nos sentar.

Nesse meio tempo uma das pessoas do nosso grupo viu uma mesa melhor localizada, se levantou e se dirigiu para lá nos chamando.

Quando o garçom viu que havíamos mudado de mesa ficou furioso e disse que não nos atenderia mais. Um outro garçom veio falar conosco mas o primeiro proibiu o segundo e todos os outros garçons de nos atender.

Fomos embora e, devido ao adiantado da hora, só nos restou a opção de comer sanduíche no bar do hotel em que estávamos hospedados.

Ficou para nós a lição de que não devemos mudar de mesa sem a autorização do garçom...


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Nov 20, 2019 9:01 am 
Mensagens: 104
Esse negócio de mudar de mesa sem falar com o garçom ou hostess acontece tbm nos EUA.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Nov 20, 2019 10:01 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 3427
Essa questão da mesa é mesmo complicada. Chegar no restaurante e já ir sentando também não é aconselhável. Mesmo que várias mesas estejam vazias. O ideal é sempre aguardar o atendimento indicar onde podemos sentar.

_________________
http://fdv.im/HugoMarcio


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Nov 20, 2019 10:23 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 37957
Mas não pode mesmo mudar de mesa assim. Fora que, dependendo da mesa, é um garçom diferente que lhe atende. Você precisa pedir antes de trocar. Até mesmo no Brasil isso.

_________________
https://fdv.im/GabrielDias


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Incêndio atinge a catedral Notre Dame de Paris

[ Ir para página: 1, 2 ]

em Paris

Última mensagem Qua Abr 17, 2019 12:09 pm Adriana Ver última mensagem

 

10

Itacoa: o restaurante do chef Rafael Gomes em Paris

em Onde comer em Paris

Última mensagem Ter Nov 26, 2019 12:06 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

3

10 coisas que você precisa fazer na sua primeira vez em Paris

em Paris

Última mensagem Seg Set 09, 2019 8:57 pm Beatriz Ver última mensagem

 

4

3 shows de cabaré que vale a pena assistir à noite em Paris

em Paris

Última mensagem Qua Dez 19, 2018 10:37 am GabrielDias Ver última mensagem

 

3

Sala VIP da Air France | Aeroporto de Paris (CDG) | Terminal 2E - HALL L | França

em Air France-KLM

Última mensagem Dom Jun 23, 2019 7:47 pm Ajudante Ver última mensagem

 

6

 


Booking.com


Destinos - Europa
França

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante