Relato de viagem a Londres - Janeiro 2012

Troca de informações sobre Londres.

Avatar do usuário
MarcoBacalhau Mensagens: 215
Qui Set 06, 2012 8:49 am
Esta é a continuação da viagem que iniciou com Paris (leia aqui: http://www.falandodeviagem.com.br/viewtopic.php?f=69&t=4361" onclick="window.open(this.href);return false;)

Diário de Bordo - Saindo de Paris – Londres - Primeiro Dia

Mal dormimos, pois a preocupação de perder o horário era maior e as 05h00min já estávamos acordados. Trocamos e colocamos as últimas coisas na mala e descemos para o check-out e café da manhã. Pagamos a despesa do frigobar EUR$6,00 por duas garrafinhas de água mineral, isto mesmo, R$ 6,80 cada água mineral de 500ml.

A van do traslado nos pegou no hotel as 07h10min e fomos direto para Gare Du Nord. O termômetro marcava 3 graus e o frio de cortar. Como de costume o céu só clareou após as 8h00min.

Chegamos na estação e nos apresentamos diretamente para a sala de embarque. Passagens conferidas e a próxima parada o controle de saída francês. Tudo ok. A próxima parada controle de migração inglesa que fica na França mesmo. Impossível não dar um frio na barriga, mas estávamos muito tranqüilos, preenchemos o documento de entrada e nos apresentamos ao oficial. Ele perguntou o motivo da viagem, quantos dias ficaríamos na Inglaterra e quando voltaríamos. Nada demais e liberou nossa entrada.

Ainda estava bem cedo e ficamos aguardando por quase uma hora antes do embarque. Aproveitei para trocar os Euros por Libras e escrever um pouco.

O embarque é muito simples. Você segue pela rampa que chega a estação, localiza seu vagão. As bagagens ficam logo na entrada. Acentos numerados, que não reclinam. O trem é muito rápido, mais de 300km/h é nítido ver a velocidade comparando com os veículos nas auto-estradas. Uma curiosidade da viagem é que reparando na paisagem fiquei com mais saudades das minhas Minas Gerais, aqui praticamente não tem montanha, é tudo muito plano.

422


A viagem durou 02h20min só parando em uma estação já próxima de Londres. A chegada em Londres é na estação Saint Pancras, e a primeira vista muito mais bonita que a Gare Du Nord. Fomos recebidos por um senhor do traslado que falava português e nos levou até o Hotel.

Fizemos o check-in e como o quarto estava livre, já nos encaminharam para ele. Deixamos as bagagens e saímos para bater perna em Londres. Um frio de lascar, muito mais que em Paris.

Saímos pelo Hyde Park que fica em frente ao hotel. O parque é simplesmente lindo, para falar pouco. Na verdade só vimos uma pedaço do parque, pois ele é enorme, deixamos a outra parte para o outro dia. Na saída do parque passamos no McDonalds para comer alguma coisa já eram 12h e a fome começou a apertar. Isto já esta virando mania, em toda cidade que chegamos vamos comer um sanduba de isopor.

Depois do McDonalds, descemos em direção ao Palácio de Buckingham. Passamos pelo Greem Park e chegamos a nossa visita obrigatória. Sinceramente achei uma grande besteira, a esposa até achou lindo, mas passar na frente só para tirar foto é muito chato, mas missão cumprida.

424

423


Saímos do palácio e seguimos pelo Parque Saint James, este sim lindo. Cheio de esquilos, crianças brincando com os pais, casais de namorados e claro um bando de turistas.

Saímos do parque já próximo a Catedral de Westminster e seguimos em sua direção. A catedral estava fechada, mas podemos ir por trás e acessar o pátio interno e os jardins. Muito linda, uma pena não podermos entrar.

427

426

De Westminster passamos em frente ao parlamento britânico onde avistamos a torre do Bigben e a torre Victoria. A torre do Bigben é linda e como a maioria das construções inglesas, possui muito dourado em suas extremidades.

428

Atravessamos a ponte Westminster e entramos nos Jardins do Jubileu e claro fomos passear na London Eye. Primeiro achamos muito caro a entrada. A fila não é tão grande e você entra rápido. A roda gira sem parar e a entrada e saída e feita em movimento com auxílio dos funcionários. Tiramos inúmeras fotos e podemos ver Londres de um ângulo diferente.

429


Saímos da London Eye e seguimos até a ponte do Jubileu para retornar ao norte do Tamisa. Queríamos ir para o hotel de metrô, pois estava ficando tarde e o frio estava demais. Entramos na estação do metro e quase caímos para trás. Não se vende tickets avulsos, somente para um dia, o pior é que o ticket para um dia custa 7 libras, ou seja, cerca R$20,00 para cada um voltar ao hotel. Achamos muito caro e resolvemos voltar de ônibus.

Subimos até Trafalgar Square, que não despertou nenhum interesse, somente prédios antigos, como a maioria dos prédios do centro de Londres. Estava havendo uma apresentação chinesa na praça e fecharam várias ruas. Mesmo com o frio estava lotado e muitas pessoas ainda estavam indo para a praça.

Como não localizamos a linha de ônibus que ia para o hotel, resolvemos andar mais um pouco até Oxford Stret.

Depois de ficarmos perdidos por longos 5 minutos (lembram que perde o GPS em Paris?), o GPS do meu celular nos salvou, indicando o caminho correto no emaranhado das ruas londrinas.

Chegando a Oxford Street identificamos a linha que deveríamos pegar. E agora a passagem?

As passagens não são pagas ao motorista. Você compra a passagem em uma máquina automática que fica no ponto $2,30 libras e necessita estar trocado. Eu só tinha trocado para uma passagem, então entramos na Starbuck Café para tomar um cappuccino, trocar o dinheiro e aproveitar para esquentar um pouco.

Com o dinheiro trocado compramos a outra passagem e pegamos o ônibus linha 390 em direção a Nothim Hill. Em Londres até o ônibus é bonito. Você mostra o tíquete para o motorista e ele nem pega para conferir. Se fosse no Brasil, o que teria de gente com papel feito em impressora seria um horror.

O ônibus nos deixou bem próximo ao hotel. Tomamos um bom banho para esquentar e chegamos à conclusão que seria inviável sair à noite. Decidimos ir ao restaurante do próprio hotel comer alguma coisa.

No restaurante uma grata surpresa, entre todas as cervejas disponíveis tinha Brahma e eu me esbaldei. Comemos um fish & chips (peixe com batatas) suco de laranja e cerveja. Como o peixe foi pouco pedimos um prato Malásio da casa. Frango ao molho de canela, arroz, rolinhos primavera, vegetais fritos no ovo (ainda não sei que vegetais eram, mas estava muito bom) e uns espetinhos de cordeiro. Depois voltamos para o quarto e encerramos o primeiro dia em Londres.

Imagem
ImagemImagemImagemImagem
[[]] Marco Bacalhau
Avatar do usuário
MarcoBacalhau Mensagens: 215
Qui Set 06, 2012 10:28 am
Diário de bordo - Londres - Segundo dia

Acordamos tarde, já eram 08h30min. O cansaço vai chegando e apertando.

Saímos para tomar café já passavam das 09h00min. O café da manhã aqui é bem diferente, mas na realidade o que nos comemos é a mesma coisa. Também servem linguiças, ovos, bacon encharcado, cogumelos e feijões. Nada saudável.

Terminamos o café e saímos para mais um passeio em Hyde Park. O parque é tão grande que vamos conhecê-lo em três dias. No primeiro dia vimos o lado leste, hoje o centro e amanhã o lado oeste.

430

431

Atravessamos o centro do parque e chegamos à outra extremidade onde fomos procurar a badalada loja da Harrold´s.
Para simplificar o que vou falar da loja. É uma loja de departamentos de alto nível. Você encontra marcas famosas, equipamentos de primeira linha, restaurantes de vários tipos e todo um arsenal de utilidades femininas e masculinas. A decoração da loja é um luxo. Os vendedores usam uniformes específicos para cada uma das seções, como por exemplo, na área de brinquedos Harry Poter, todos vestiam capa de bruxos.

Após andarmos bastante pela loja, resolvemos almoçar por lá mesmo. Comemos frango assado com arroz ao açafrão e batatas cozidas e assadas. Excelente o sabor e a textura o que não posso dizer da conta, esta também valeu pela ocasião. Agora entendo porque em todas as pesquisas que fiz antes de vir para Londres, as pessoas falavam em comprar comida nos supermercados.

432

433

434

436

Saímos da loja da Harrold´s e fomos até Picadily Circus. Esta praça, onde existe uma estátua de Eros, é chamada por alguns “Times Square” de Londres. Bom, não conheço o Times Square em NY, mas se for assim, o que não parece pelas fotos, é simplesmente decepcionante. Só existe um grande painel, no mais, são prédios como todos os outros de Londres.

437

Seguimos a Regent Street, para passar Apple Store de Londres. Mais uma vez, muito papo por muito pouco. Esta loja é considerada a maior do mundo e uma das dez mais belas. Sinceramente é idêntica a loja de Paris e tirando a escada de vidro, que não é exclusividade londrina, não vimos nada de maravilhoso, muito menos o preço que é proibitivo.

438

Saímos da loja da Apple e fomos a Oxford Circus, que também tem várias lojas, entramos na loja da Nike, mas não achamos nada que valesse a pena. Depois voltamos ao hotel para deixar as sacolas.

Como ainda estava cedo, saímos para conhecer outros três pontos que estava em nossa lista. Primeiro a Catedral de Saint Paul, bonita e imponente por fora, apesar de um acampamento contra o capitalismo ao lado, por dentro estava fechada e não podemos acessar.

439

Segundo a torre em memória do grande incêndio que destruiu Londres em 1766, lamentavelmente, abandonada no meio de Londres.

440

Terceiro a torre de Londres. Construção medieval que eu estava louco para conhecer por dentro, mas que também fechas às portas às 15h30min. Tiramos apenas fotos e voltamos para o hotel, pois a noite caia e Londres nesta época depois de escurece, esfria demasiadamente.

441442
443444
[[]] Marco Bacalhau
Avatar do usuário
MarcoBacalhau Mensagens: 215
Qui Set 06, 2012 12:44 pm
Diário de bordo - Londres - Terceiro dia

Acordamos e seguimos o mantra matinal. Café da manhã, colocar um monte de roupa e sair do hotel. Para variar, resolvemos ir direto para Abbey Road. Utilizamos o metrô e descemos na estação John´s Wood.

Uma caminhada de dois quarteirões e chegamos a uma das esquinas mais famosa do mundo. Sério, fiquei arrepiado só de ver o lugar. Claro tirei fotos, incomodei os Londrinos, que paravam o carro só de me ver chegar perto da rua, colei adesivo da Família Bacalhau no muro do Abbey Road Studios, fiz palhaçada para a câmera do Studio e tudo mais que manda o kit do bom turista.

445

Saímos dali e voltamos ao metrô. Pegamos o “tube” até Queensway, para conhecer o lado oeste do Hyde Park e o castelo de Kensigton, que foi residência da Lady Di. O castelo estava em reformas e não podemos entrar.

447448
449450

Entramos no metrô e depois de errar inicialmente a direção da linha que queríamos, pegamos a linha certa e fomos conhecer Baker Street.

452

Procuramos um restaurante brasileiro que vimos no site e dizia que ficava perto de Baker Street e não encontramos. Mas achamos um italiano onde comemos uma boa massa com vinho para esquentar o corpo. Depois do almoço voltamos para o hotel com a intenção de descansar um pouquinho.

Procuramos um restaurante brasileiro que vimos no site e dizia que ficava perto de Baker Street e não encontramos. Mas achamos um italiano onde comemos uma boa massa com vinho para esquentar o corpo. Depois do almoço voltamos para o hotel com a intenção de descansar um pouquinho.

453

Saímos para umas comprinhas de última hora em Oxford Circus e depois passamos no "Garfunkels"para jantar e tomar uma cerveja. Nada demais, mas encontramos carne de boi no último dia em Londres. Terminamos o jantar e fomos para hotel preparar as malas, pois sairemos as 7:00h do hotel para iniciar nossa via sacra de retorno para casa.

454

Foi bom. Foi muito bom.
[[]] Marco Bacalhau
Avatar do usuário
MarcoBacalhau Mensagens: 215
Qui Set 06, 2012 12:52 pm
Diário de bordo – Saindo de Londres – Passando em Paris – Indo para o Brasil

Na noite anterior coloquei meu celular e o da esposa para despertar as 06h00min. Antes de dormir verifiquei que a televisão tinha a opção de ligar automático e no volume que eu deseja-se. Parece mentira, mas nenhum dos dois telefones despertou. O meu porque travou e o da esposa porque não estava programado para despertar na quarta-feira. A TV nos salvou de um grande problema.

Nos trocamos, colocamos as coisas nas malas e fomos fazer o check-out, o mais rápido que já fiz, pois não existe frigobar no quarto e como a estadia já estava paga foi só entregar as chaves. A princípio o café da manhã só estaria liberado as 07h00, mas permitiram que tomássemos o nosso com alguns minutos de antecedência o que agradecemos muito, pois caso contrário sairíamos com fome.

Após o café o motorista do traslado que nos levaria a estação Saint Pancras, já estava esperando e nos levou diretamente a estação, aonde chegamos ainda cedo. Depois de esperar por quase uma hora, fizemos o check-in, passamos pela imigração. Mais uns 40 minutos de espera e embarcamos no Eurostar com destino a Paris.

Chegamos em Paris às 13:30h (horário de Paris), duração de 02:25min. Apesar do sol, o frio estava tão extremo quanto em Londres. Durante a viagem observamos neve nos campos (interior da Inglaterra e da França), deve ter nevado durante a madrugada. Procuramos um guarda-volume e deixamos as malas, pois queríamos voltar a loja Aplle Store.

Detalhe. O guarda volume é self service e o pagamento era em moeda. No mesmo local conseguimos uma máquina que troca notas de Euro em moedas. Em seguida, seguimos para o metrô na estação Gare du Nord e fomos para estação Républic e trocamos para linha 9 para estação Chance Lafayte. Compramos o que queríamos na loja da Apple e voltamos para estação do RER na Gare du Nord em menos de 01 hora.

Chegamos na estação e fomos procurar um restaurante e ao passar em frente de um, um garçom interpelou perguntando a nossa origem, quando respondemos Brasil ele exclamou Brasil, Brasil...samba e nos mostrou um cardápio em português. Depois que identificamos que tinha bife no menu, entramos bem rapidamente. Não era aquele bife brasileiro, mas servido com salada de alface, tomate e batata fritas. Realizamos o pagamento e ao sair do restaurante o garçom indiano, pediu para trocar a nota de 10 de Libras para 10 Euros que tínhamos pago incorretamente.

Como o frio era tanto, não conseguimos aproveitar mais Paris, fomos para estação recolher as malas e procurar o embarque do trem RER que nos levava até o aeroporto Charles de Gaule. Até o aeroporto, descobrimos como acabar com o Glamour de Paris, volte de RER.

Passamos pela parte pobre da cidade (barracos, lixos, periferia e sujeira). Descemos na estação RER e precisávamos utilizar o metrô que interliga os terminais, 1 ,2 e 3 do aeroporto. Após chegar no terminal 1 do aeroporto, realizamos o chek-in “prioritário” no terminal da TAM, pois a fila estava enorme.

Em seguida realizamos a troca do Detaxi, no primeiro guichê foi rápido, a alfândega verifica a nota e carimba, se necessário, solicita verificar os produtos. Já no segundo guichê para receber em dinheiro, tinha centenas de chineses e após esperar por trinta minutos na fila, a minha esposa procurou uma funcionária que estava organizando a fila e conseguiu um atendimento prioritário na área interna, onde não existiam filas.

Pesquisamos as lojas do Free Shop que tinham um preço exorbitante e que não compensaria comprar. Assim fizemos um lanche péssimo (pão duro com presunto e mussarela gelado) e fomos para sala de embarque. Na vistoria de entrada fizeram tirar até os sapatos e em seguida já fomos chamados para embarque que já havia começado.

A volta foi muita cansativa, 12 horas de viagem, cheia de buracos, sustos e um lanche para variar péssimo. A esposa teve que levantar várias vezes, pois não agüentava mais a coluna e o inchaço nas pernas.

Chegamos por volta de 05 horas da manhã no Rio de Janeiro e já de cara deparamos com uma fila enorme de controle de passaporte, mais uma vez a gravidinha salvou hehehehe. Mas não adiantou muito, pois tivemos que esperar mais de 01 hora para retirar as malas. Enquanto isso a esposa passou no Free Shop “de novo”, vai gostar de uma loja.

Passamos pela alfândega sem problemas e fomos lanchar. O vôo para Belo Horizonte só saiu as 09:34h.

Quase em casa e com uma vontade louca de comer arroz com feijão e bife.
[[]] Marco Bacalhau
viajante Mensagens: 1090
Qui Set 06, 2012 10:12 pm
Estou acompanhando... muito bom.



Booking.com

Voltar para “Londres”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante


Anúncio