Destinos - Brasil

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]


Ir para página 1, 2  »

 Página 1 de 2 [ 14 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Ter Set 17, 2013 3:03 pm 
Mensagens: 40
Parque das Emas: Uma das melhores Road Trips do Brasil

Imagem

Por Ernesto, o pato econômico.

O que Fernando de Noronha, o Parque de Foz do Iguaçu, e o Parque da Emas tem em comum? Pelo menos dois pontos. São destinos muito especiais, que deixam saudades em quem parte, e são Patrimônios da Humanidade reconhecidos pelo seu excepcional valor e beleza.

Mas, ao contrário de Foz do Iguaçu, que é um dos pontos mais visitados do País, ou de Noronha, que é de longe o mais caro do Brasil, este é um destino pouco explorado, onde você vai se sentir num paraíso particular. E, o que é melhor, é um destino econômico, onde tudo é muito barato, e mesmo num Feriado, você não vai gastar muito mais do que 50 Reais por pessoa para se hospedar.
O ideal é reservar uma semana para esta road trip através do coração do Brasil, para poder curtir algumas das atrações que estão no caminho, ou próximas a ele, como o Museu da Aviação da TAM, em São Carlos, um descanso nas piscinas de águas quentes, ou nas atrações radicais no Parque Aquático das Termas de Olímpia que é um programa para a família inteira, e dar um desvio em Santa Fé do Sul para conhecer o Parque das Águas Claras, que margeia o Rio Paraná. A ultima parada antes do destino final, é na simpática Cidade de Lagoa Santa, onde há um lago termal cristalino no qual se nada ao lado de centenas de peixinhos.

O Parque das Emas, um verdadeiro zoológico ao ar livre, com rios cristalinos, revoadas de araras, e dezenas de outras espécies de aves, como gaviões, falcões e diversos tipos de corujas, além de várias espécies ameaçadas de extinção como o galito e o papa moscas do campo, isto sem contar a ema, o simpático avestruz brasileiro, figura fácil de ser encontrada por lá, muitas vezes acompanhada de seus simpáticos filhotes (são até 15 por ninhada) e se você tiver sorte, a impressionante Sucuri, com mais de 5 metros de comprimento, mas que pode ser apreciada a distância após digerir seu almoço, escondida numa moita.

Também são comuns outros animais como os porcos do mato, capivaras, macacos, raposas, lobos, cachorros do mato, antas, tatus e veados campeiros. Com sorte, podem ser vistos alguns animais que se encontram em fase de extinção, como tatu-canastra, lobo guará, cachorro do mato vinagre e tamanduá-mirim.

É também um ótimo passeio para quem gosta de Natureza, mas não curte andar a pé, pois como os passeios nos Safáris da África, a maior parte dos passeios é feita dentro do carro, com a vantagem de que você sempre pode sair do veículo quando der vontade, pois não há leões ou elefantes rondando por perto. No máximo um simpático e inofensivo veado campeiro mastigando suas folhinhas, ou uma mãe ema com seus filhotes.

Quem quiser algo mais radical, pode fazer uma flutuação pelo Rio Formoso uma forma diferente e refrescante de curtir a natureza, e apreciar as capivaras e pássaros que vão surgindo.

O Parque Nacional das Emas é um dos mais bem preservados trechos do cerrado brasileiro, onde nos 400 km de estradas de terra que existem dentro parque, você vai se sentir num verdadeiro safari na África ao cruzar com os veados campeiros, raposas, e Tamanduás Bandeira, que volta e meia cruzam a estrada. Não passe dos 40km. por hora! Não há radar, mas os bichos podem ser atropelados, o que volta e meia acontece por causa de algum turista mais apressado. Não faça isto, você está viajando para curtir e absorver a natureza, que se revela aos poucos, e quanto mais devagar você for, mais detalhes irá captar.

Os cupinzeiros, de variadas colorações, dão uma aparência rústica ao lugar, sendo se você for após as primeiras chuvas da primavera, à noite, os vaga-lumes tingem os campos de pequenos e inúmeros pontos de uma cor esverdeada, produzidos pelas larvas dos cupins, que assim atraem os insetos, que comem, num fenômeno, conhecido como bioluminescência. Um fenômeno belíssimo e quase único no país. Os cupinzeiros também são “restaurantes” para diversas espécies de pássaros, e “aeroportos” naturais das corujas.

Veja algumas fotos.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

É uma pena que o ingresso que se paga para entrar de R$15,00 por pessoa não seja revertido para o parque, pois muitos pontos estão carecendo de manutenção, como a torre de observação, de aves, fechada ao público, e as passarelas no Lago das Capivaras. Aliás, este lago, de água cristalina, é perfeito para se contemplar a natureza e se ouvir o canto dos pássaros. Precisaria ser recuperado com urgência!

Um dos pontos mais curiosos do parque: ele é uma verdadeira “ilha de natureza”, no meio do “celeiro do pais” entre centenas de quilômetros de plantações de cana, soja, milho e algodão, e mostra a diferença entre o planeta que temos e aquele que construímos para nós.

O acesso mais próximo do Parque é a Cidade Agrícola de Chapadão do Céu com 7.000 habitantes onde você vai conhecer, e provavelmente ao chegar vai ser saudado pela revoada das araras e papagaios, comuns até mesmo na pracinha da Cidade. Este nome poético se deve ao fato de as terras planas do cerrado se fundir ao céu, dando a impressão que se está numa imensa mesa isolada do restante do mundo. Curiosidade: Em 2002, Chapadão do Céu conquistou o título de melhor IDH de Goiás, o que continua até os dias atuais. É uma cidade onde você tem orgulho de ser Brasileiro, onde todos, das crianças que ficam em escolas em período integral, aos velhinhos que ganham passeios da melhor idade são atendidos pela prefeitura.

Além do parque, vale a pena conhecer, na Cidade vizinha de Costa Rica, o parque dos Cânions, no qual se tem a nascente do Rio Araguaia, e para o qual também deve ser acompanhado de um guia.

Como chegar

A cidade de Chapadão do Céu, que é a base para esta viagem, é longe de tudo, e você se sente um verdadeiro caminhoneiro nos pouco menos de 1.000 km desde São Paulo, e esta é uma grande road trip, pois a ligação aérea é distante, e para passear no parque, você vai precisar de um carro. As estradas são duplas até a fronteira com o Mato Grosso, e simples, porém bem conservadas a partir dai. A partir da enorme ponte que cruza o Rio Paraná para o Mato Grosso, planeje seu abastecimento, pois no cerrado pode haver mais de 100 km. entre um posto e outro.

De qualquer maneira a alternativa para quem vai de avião é a Cidade de Goiânia a 420 km, ou Cuiabá a 500 km com estradas em melhor estado de conservação, mas para quem vem das regiões Sul e Sudeste o custo da passagem, mais a locação de carro não compensam, sendo melhor fazer esta viagem com seu carro.

Da cidade até o portão do Bandeira, o acesso é de 30 km por estrada sem asfalto. As estradas, do parque são bem conservadas, e deve-se respeitar o limite de 40 Km/h para evitar atropelar algum animal. Não é necessário um 4 x 4, mas um carro mais alto sofre menos.

A ida de ônibus é bastante demorada, pois saindo-se de São Paulo, não há ônibus direto. Deve-se trocar de veiculo em São José do Rio Preto, Cassilândia, e Chapadão do Sul.

Não há excursões organizadas para o Parque das Emas, e é necessário um veiculo para percorrer o parque, mas alguns guias alugam seus carros, sendo conveniente verificar com antecedência na Associação de Guias, no telefone (64) 3634-1517.

Quanto tempo? Pelo menos 3 dias para visitar o parque e arredores. Para se observar bem a vida selvagem, que sempre é mais ativa no começo e no fim do dia deve-se sair meia hora antes do por do sol, por volta das 5:30h, descansar um pouco na sede, e fazer a segunda saída após as 15 horas. Entre Outubro e Novembro, quando as condições climáticas favorecerem a bioluminescência, programe um passeio noturno.

Para fazer uma viagem com calma, partindo de São Paulo, aproximadamente uma semana.
Melhor época para visita: A melhor época para visitar a região é de junho até setembro, que é a época das secas o que facilita a locomoção no parque. A partir de Setembro o parque está florido com a primavera.

Onde ficar

O melhor hotel de Chapadão é o Vitor Hotel, com diárias a partir de R$120,00 por casal. Como a Cidade não é turística, este valor não costuma sofrer acréscimo nos feriados. É básico, porém limpo, com ar-condicionado silencioso, e um ótimo atendimento familiar. Tel. (64) 3634.1722.

Como opção, Hotel Rafael Tel. 3634-1247, ou a Pousada das Emas. Não há hotel dentro do parque.

Guia

É obrigatório o acompanhamento de guia no parque, e isto sempre é conferido na entrada. Os guias cobram por volta de R$120,00 por dia, para até 2 carros. O parque é grande e não tem sinalização alguma, sendo imprescindível o guia. E, um bom guia vai lhe mostrar exatamente onde encontrar os pássaros, veados, tamanduás e outros habitantes do parque, pois conhece a região.

Diversos guias locais podem ser encontrados, no Centro de Turismo no telefone (64) 3634- 1517 – Centro de Atendimento ao Turista. Fizemos este passeio acompanhados pelo simpático guia Edmar, um local de bem com a vida, que sempre conta causos da época em que trabalhou no parque, e quase foi devorado pela onça. Contatos pelo celular (64) 9653-9719 (Vivo).

O que levar

Ao contrário de outros parques não há nenhum tipo de infra estrutura, nem mesmo uma lanchonete, ou restaurante, apenas banheiro na sede. Assim, é imprescindível levar o seu lanche, que pode ser comprado na cidade, uma geladeira portátil, água, repelente de insetos, protetor solar e um boné. Procure vestir uma camisa de tom neutro, como verde escuro, ou marrom, o que facilita a aproximação com os animais.

Na cidade há apenas agências do Banco do Brasil e Bradesco. Os hotéis, restaurantes e postos de gasolina aceitam cartões de crédito, ou débito.

Saúde

Sua saúde é importante: Deve-se fazer a vacina contra a febre amarela 10 dias antes da viagem.
É recomendável o uso de botas nas caminhadas.

Há carrapatos no parque, mas não há registro de Febre Maculosa na área. Ainda assim, eles podem incomodar bastante. Nunca se sente na grama, ou no chão, e sempre use calças compridas, calçados com meias, devendo-se prender a calça e passar um produto repelente de carrapato, a venda nas farmácias locais. Ao chegar no Hotel, é recomendável tomar banho com sabonete escabin, ou na sua falta um sabonete de enxofre. Se for picado, e tiver febre nos 3 a 5 dias seguintes, consulte imediatamente um médico.

Boa viagem!

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem



 Mensagem não lidaPublicado: Ter Set 17, 2013 3:52 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 10036
Parece muito bonito!

Na época seca, principalmente no final dela, é comum a ocorrência de incêndios no Parque Nacional das Emas. Então é bom tomar cuidado e se informar antes de ir, para não chegar lá e perder o passeio!

_________________
http://fdv.im/FlavioBaran


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Set 17, 2013 7:28 pm 
Mensagens: 216
Parabéns Ernesto, muito bom o relato e quantidade de informações úteis aos interessados.


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Set 17, 2013 10:23 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 18711
Administrador
Ernesto,

Parabéns e obrigado. Ficou excelente! :D

_________________
Participe do nosso grupo no Telegram. Entre agora mesmo, pois estamos Falando de Viagem: https://t.me/falandodeviagem


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Set 17, 2013 10:45 pm 
Mensagens: 40
Muito obrigado a todos os que curtiram. Quem tiver alguma dúvida, é so perguntar, que responderei com prazer.


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Set 25, 2013 1:17 pm 
Mensagens: 146
Amo a natureza e fiquei com muita vontade de ir, o que me desanimou e muito foi o acesso à cidade e ao parque


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Set 25, 2013 6:37 pm 
Mensagens: 40
O acesso até a Cidade é bom, e ao parque voce pode alugar um veiculo mais rustico na Cidade.


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Set 28, 2013 8:42 pm 
Mensagens: 1079
Muito bom, parabéns!


 Mensagem não lidaPublicado: Dom Set 29, 2013 10:01 am 
Mensagens: 2381
Ernesto, parabéns. Muito esclarecedor. Fiquei com vontade de conhecer. O museu da TAM é legal ?


 Mensagem não lidaPublicado: Sex Out 25, 2013 10:15 am 
Mensagens: 17
Que lindas essas fotos! O parque deve ficar mais bonito ainda por causa desses vagalumes...
Entrou na lista de próximas viagens, haha :D


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Beto Carrero World: o melhor parque temático do Brasil

[ Ir para página: 1, 2 ]

em Beto Carrero World

Última mensagem Seg Jan 21, 2019 3:16 pm JulianaMagalhaes Ver última mensagem

 

11

Os melhores destinos para esportes e aventura no Brasil

em Destinos - Brasil

Última mensagem Ter Mar 26, 2019 9:15 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

2

Lista de 50 melhores restaurantes do mundo em 2019 tem Brasil em destaque

em Exclusivas

Última mensagem Ter Jul 02, 2019 7:19 am Adriana Ver última mensagem

 

8

Texas de Brazil: as melhores carnes para matar as saudades do Brasil em Orlando

em Alimentação em Orlando

Última mensagem Seg Dez 17, 2018 3:50 pm GabrielDias Ver última mensagem

 

2

Island Safari: um passeio off road por Barbados

em Barbados

Última mensagem Qua Nov 14, 2018 12:40 pm manucaldas Ver última mensagem

 

1

 


Booking.com


Destinos - Brasil

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 6 visitantes