Destinos - Europa
Suíça

Todos os horários são GMT - 3 horas




 Página 1 de 1 [ 3 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Sex Jan 08, 2021 8:16 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 19173
Administrador
Imagem
Vista aérea do Lago Léman entre Montreux e o Castelo de Chillon.

Ocupando um pequeno território na fronteira com a França, a Suíça Francesa é um dos trechos mais especiais do país dos relógios, queijos e chocolates. Boa parte de suas principais cidades ficam nas margens do Lago Léman. O trecho entre Lausanne e Montreux, mais precisamente, leva o apelido de Riviera Suíça, graças às belas paisagens e ao charme de seus balneários lacustres. Para a lista abaixo, vamos considerar como Riviera Suíça toda a extensão de Genebra até Montreux. É nesta faixa, entre os cantões de Genebra e de Vaud, que estão quase todas as atrações mais imperdíveis da Suíça Francesa, principalmente quando pensamos em um roteiro durante o verão europeu.

Entre paisagens, vinhedos, museus e vilas medievais, essa é nossa lista das 7 melhores atrações na Suíça Francesa, summer edition:

1) Lausanne e o Museu Olímpico

Imagem

Durante o verão, Lausanne é a tradução perfeita da Riviera Suíça, possibilitando agradáveis caminhadas ao longo do Quai d’Ouchy, boulevard que margeia o Lago Léman. É aqui que fica outra imperdível atração cultural: o Museu Olímpico (Lausanne é a sede do COI – Comitê Olímpico Internacional). Dentro de uma moderna estrutura, é contada de forma interativa toda a história dos jogos olímpicos, desde sua origem na Grécia Antiga até a atualidade, com exposição de objetos como a primeira bandeira olímpica, as tochas de todas as edições dos jogos desde 1936, os mascotes olímpicos, entre outros. Também é falado sobre as vidas dos atletas que fizeram história e a importância política e social das Olimpíadas e dos esportes em geral. São vários vídeos (alguns bem emocionantes), fotografias e objetos expostos, tornando a visita interessante para todas as idades e perfis. Na saída do museu, não deixe de passear pelo Jardim Olímpico, com esculturas gigantes ligadas aos esportes. De lá, há bonitas vistas para o Lago Léman.

2) Castelo de Chillon

Imagem

O monumento histórico mais visitado da Suíça não poderia ficar de fora da lista. Construído sobre um rochedo e debruçado sobre o Lago Léman, pertinho de Montreux, o castelo medieval de Chillon fica em uma fortificação que data da Era Romana. Foram os Condes de Saboia que transformaram a então fortaleza em residência real. O local também já serviu como prisão e hospital de guerra, antes de ser desativado, tombado e aberto para visitação. Vale muito a penas visitar o Château de Chillon, não só por sua importância histórica e seu ótimo estado de preservação, como também pela grandiosidade (são 25 edifícios unidos por passarelas, corredores e escadas), e pelas lindas vistas que se tem do castelo para o Lago Léman.

3) Chaplin’s World - Vevey

Imagem

Vevey é uma simpática cidade entre Lausanne e Montreux, famosa por ser a sede da Nestlé, e também pela escultura metálica La Fourchette, reproduzindo um enorme garfo cravado no Lago Léman. Mas a atração mais imperdível daqui é o incrível Chaplin’s World, museu inteiramente dedicado à vida e obra de Charlie Chaplin. O genial artista passou os últimos anos de sua vida em Vevey. A antiga residência dele é aberta para visitação, sendo possível andar por seus cômodos. No mesmo terreno, em outra construção, funciona o excelente museu, com diversas salas interativas, com trechos de filmes e reprodução de cenários, misturando a vida de Chaplin e sua inigualável obra. Um deleite para os apaixonados por cinema e pela cultura do século passado. Uma das atrações culturais mais interessantes da Suíça!

4) Jardin des Anglais e Jet d’Eau – Genebra

Imagem

Às margens do Lago Léman, fica o principal boulevard de Genebra, perfeito para andar sem pressa durante um dia ensolarado. Além da agradável caminhada, é aqui que fica o L’horloge Fleurie, um lindo relógio de flores ao ar livre, composto por mais de 6.500 plantas e arbustos, que são trocados a cada estação. Continuando a caminhada, após o Jardim Inglês, vem a Quai Gustave-Ador, um agradável boulevard à beira do Lago Léman. É esta via que leva até o famoso jato d’água de Genebra (Jet d’Eau), uma enorme fonte bem no meio do lago, que se tornou o principal cartão-postal de lá. O enorme jato mais parece um gêiser. Ele é tão alto, que pode ser avistado até quando se sobrevoa a cidade.

5) ONU e Museu da Cruz Vermelha – Genebra

Imagem

Genebra é a sede europeia de duas importantes instituições: a ONU e a Cruz Vermelha. Se você estiver na cidade entre segunda e sexta-feira, poderá fazer um tour guiado pelo Palácio das Nações Unidas. Mas mesmo que não dê para visitar o palácio por dentro, vale a pena observar sua bonita arquitetura por fora. A construção está situada no agradável Ariana Park, onde é possível fazer uma agradável caminhada se o dia estiver bonito. Em frente ao palácio, fica uma das mais simbólicas esculturas do mundo: a Broken Chair. Projetada pelo artista suíço Daniel Berset, e construída pelo carpinteiro Louis Genève, trata-se da reprodução de uma enorme cadeira, com mais de 10 metros de altura, com uma de suas pernas serradas. A obra foi feita em 1996, como forma de protesto contra a utilização de minas terrestres em diversas guerras. A cadeira perneta permanece lá até hoje, como um lembrete da fragilidade da paz mundial, sempre ameaçada pela intolerância, tirania e violência.

Quase em frente ao prédio das Nações Unidas, está o Museu da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, dedicado a esta importante organização internacional. Nele, é possível fazer uma imersão na história da Cruz Vermelha, desde os primórdios até a atualidade, de forma bastante interativa e educativa. Você verá todos os conflitos e guerras nos quais a Cruz Vermelha atuou, bem como sua valorosa participação em campanhas de prevenção e combate a doenças como a AIDS, além de seus projetos em países pobres. Vale muito a pena!

6) Lavaux – a região vinícola da Suíça Francesa

Imagem

Qualquer paisagem vinícola já costuma ser bonita por si só. Mas quando adicionamos aos vinhedos uma encosta íngreme debruçada sobre as águas cristalinas do Lago Léman, temos um dos cenários mais surreais da Europa. Especialmente em um dia ensolarado de verão, com os parreirais ainda cheios, e o reflexo do sol sobre o lago. Lavaux, entre Lausanne e Montreux, é a principal região produtora de vinhos da Suíça. A especialidade aqui são os vinhos brancos da uva Chasselas, com aroma frutado e bastante sutil. Mas não são só os vinhos que fazem a fama de Lavaux. O que mais atrai mesmo são as paisagens espetaculares, com os vinhedos debruçados sobre as encostas, em terraços de cultivo, com vista para o Lago Léman. A região de Lavaux, patrimônio histórico da UNESCO, é composta por diversos vilarejos. Uma das melhores formas de percorrer esta área é com o Lavaux Express, charmoso trenzinho aberto que oferece tours de 1 hora, com belas vistas panorâmicas e parada para degustação dos vinhos típicos.

Leia também: Lavaux | Um passeio pelas incríveis paisagens vinícolas da Riviera Suíça

7) Gruyères

Imagem

Este lindo e charmoso vilarejo não fica exatamente na Riviera Suíça (ele já está no cantão de Friburgo, a caminho da Suíça Alemã), mas é um excelente passeio bate-volta para ser feito a partir de Montreux, já que são menos de 40 minutos de carro até a cidadezinha medieval de Gruyères, que mais parece um cenário de conto de fadas. A atmosfera é incrível, e o fato da área ser fechada para veículos automotores torna a visita ainda mais agradável. Além de lojinhas e restaurantes dispostos ao longo da rua principal, vale a pena visitar o Château de Gruyères, castelo construído no Século XII como um forte medieval. Ricamente decorado, ele conta ainda com belos jardins e com lindas vistas para o vale ao redor. Na base da colina, fica a fábrica La Maison du Gruyère, onde é produzido o queijo de mesmo nome, que você poderá degustar durante sua visita. Dentro do local, há um museu, uma grande loja de queijos, e até um restaurante (onde é possível pedir uma típica fondue).

Leia também: Gruyères | Queijos, chocolates e um cenário de conto de fadas na Suíça

Só essas 7 atrações já seriam motivo suficiente para você planejar uma viagem para a Suíça Francesa durante o verão. E olha que nem falamos sobre todos os lugares que valem a visita, escolhemos apenas os mais imperdíveis. Há atrativos diferentes dependendo da estação do ano (uma viagem para lá no inverno provavelmente será muito mais focada nas montanhas e nas estações de esqui do que no Lago Léman), mas saiba que qualquer que seja a sua escolha, a Suíça Francesa sempre te surpreenderá.

Grupo de WhatsApp sobre a Suíça

Além do FDV, também trocamos informações, dicas e macetes em nosso grupo do WhatsApp. Como o assunto é muito dinâmico, muitas informações e dicas não são publicadas aqui, mas apenas nos grupos. Você pode participar, seguindo as regras, que estão disponíveis aqui.

Temos um grupo até o momento, com capacidade para até 257 pessoas: https://chat.whatsapp.com/5F75qRgymMMHarwKtgcUXO

Planeje a sua próxima viagem

Para você não ter trabalho, nós fizemos selecionamos as melhores empresas, com os melhores preços e totalmente confiáveis, para você reservar on-line e com opção de parcelamento.

- Quer pegar a estrada? Alugue um carro clicando aqui.
- Prefere ir de avião? Compre sua passagem aérea clicando aqui.
- Hotel de luxo ou custo-benefício? Escolha a melhor hospedagem clicando aqui.
- Quer curtir sem preocupações? Garanta o seguro de viagem clicando aqui.
- Quer ficar 24 horas on-line? Compre seu chip de internet clicando aqui.
- Quer comprar moeda estrangeira? Receba em casa ou escritório clicando aqui.
- Ingressos para as principais atrações? Compre on-line e parcele clicando aqui.
- Precisa de uma mala nova? Compre on-line e parcele clicando aqui.

Leia também:
- Grupos do Falando de Viagem no WhatsApp
- Grupos do Falando de Viagem no Telegram

Boa viagem!

Texto e fotos: Fabio Calderon.

E você, conhece a Suíça Francesa? Concorda com a nossa lista? Visitou os lugares mencionados? Conte para nós a sua experiência!

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________
Participe do melhor grupo de descontos do WhatsApp. Acesse: https://fdv.im/DescontosG19



 Mensagem não lidaPublicado: Sex Jan 08, 2021 11:09 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 5987
Que demais!

Dessas eu só conheço as de Genebra. O que mais me encanta na Suíça é a natureza num geral e principalmente os lagos. Alguns deles:
Lagos Blausee, Oeschinensee em Kandersteg, Lavertezzo (na parte italiana) e muitos outros...

Louca pra montar um roteiro por lá!

_________________
http://fdv.im/JulianaMagalhaes


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Jan 09, 2021 11:51 am 
Mensagens: 2144
Algumas coisa ainda tenho que fazer (Chaplin Museu e ONU), as demais já fiz e recomendo.

_________________
http://fdv.im/AdrianaRuhmke


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Roteiro de carro pela Suíça Francesa durante o verão: 5 dias entre Genebra, Lausanne e Montreux

em Suíça

Última mensagem Seg Jan 18, 2021 5:41 am Adriana Ver última mensagem

 

2

Lavaux: um passeio pelas incríveis paisagens vinícolas da Riviera Suíça

em Suíça

Última mensagem Sex Jan 08, 2021 11:10 am JulianaMagalhaes Ver última mensagem

 

3

Qual moeda levar para a Suíça?

em Suíça

Última mensagem Sáb Jun 13, 2020 7:39 am Adriana Ver última mensagem

 

3

Roteiro de 1 dia em Zurique, na Suíça | O que fazer durante uma longa conexão

em Suíça

Última mensagem Seg Mai 18, 2020 9:08 am Ajudante Ver última mensagem

 

4

Gruyères: queijos, chocolates e um cenário de conto de fadas na Suíça

em Suíça

Última mensagem Qui Jan 07, 2021 5:07 pm FabioCalderon Ver última mensagem

 

4

 


Booking.com
Destinos - Europa
Suíça

Todos os horários são GMT - 3 horas



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante