Roteiro de viagem para Minas Gerais | Belo Horizonte, Ouro Preto e Inhotim

Guias e troca de informações sobre destinos do estado de Minas Gerais.

Avatar do usuário
falandodeviagem Mensagens: 19232 Administrador
Ter Jul 10, 2018 12:02 pm
Imagem

Minas Gerais talvez não seja um destino óbvio para as suas férias, mas o estado pode lhe surpreender. A capital, Belo Horizonte, tem seus atrativos, mas é o conjunto da obra que faz o roteiro de viagem se tornar mais interessante. Você voa com a GOL Linhas Aéreas para o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte-Confins (CNF), onde a viagem tem início, e pode maximizar o roteiro facilmente por uma semana, ao incluir as cidades históricas, sem esquecer de Inhotim, uma atração de nível internacional.

Leia também: Santana dos Montes | História e tranquilidade bem perto de Belo Horizonte

Em nossa rápida viagem, de apenas 3 noites e 4 dias, conseguimos explorar Belo Horizonte, Brumadinho (Inhotim) e Ouro Preto, e ficamos com um gostinho de quero mais. Esse roteiro é ideal para quem não tem muito tempo disponível e quer aproveitar um feriado prolongado, por exemplo. A gente viajou quinta-feira à noite (havia opção de voo pela manhã) e voltamos no domingo à noite. Acredite: dá para aproveitar bastante!

Primeiro dia

Se você pegou o voo noturno, não terá tempo de fazer praticamente nada, dependendo do horário. De Confins até o Holiday Inn Belo Horizonte Savassi Hotel by IHG, por exemplo, onde ficamos hospedados, o trajeto demora uma hora. A localização do aeroporto, aliás, é uma constante reclamação dos mineiros, principalmente no horário de rush, quando facilmente o deslocamento demora mais de duas horas.

Se você pegou o voo diurno, terá tempo de curtir o dia, e poderá passear por Savassi e pelo Mercado Central. Dependendo do seu tempo e disposição, pode ser possível curtir a Praça da Liberdade, onde além da praça tem o Espaço do Conhecimento UFMG, MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal, Centro Cultural do Banco do Brasil, Memorial Minas Vale e Casa Fiat de Cultura, dentre outras atrações

Segundo dia

Para fazer o bate e volta até Ouro Preto o ideal é acordar bem cedo, saindo por volta das 9:00, pois o trajeto demora mais ou menos uma hora e meia, dependendo do trânsito. Se você tiver disposição, o ideal é sair às 8:00, chegando na cidade histórica por volta das 9:30.

A cidade, declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco, tem um conjunto arquitetônico inigualável. Comece o passeio pela Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar, que é a mais bonita cidade, com seu interior em ouro. O estacionamento é relativamente fácil e gratuito ao redor da igreja e a entrada custa R$10,00.

Depois, siga de carro até o Mirante do Morro São Sebastião, de onde você terá uma bela visão da cidade, e poderá entender melhor sobre a parte rica e a parte pobre. O local é ótimo para tirar fotos e a visita não demora muito tempo. Retorne de carro para o centro histórico, encontre uma vaga, e siga o passeio pelas ruas históricas de pedra.

Alguns pontos de interesse são:
- Casa dos Contos;
- Museu da Inconfidência;
- Igreja de São Francisco de Assis;
- Museu da Inconfidência;
- Feira do Largo de Coimbra;
- Igreja Nossa Senhora do Carmo;
- Museu do Oratório;
- Teatro Municipal.

Você pode fazer, se quiser, todos os passeios pela cidade de carro. No centro, provavelmente você será abordado por uma pessoa, que se oferecerá para ser seu guia. Se você não conhece nada, é uma boa opção, para maximizar o tempo da visita e não se perder pelas ruas. Além disto, apesar de não ser um guia credenciado, você receberá informações importantes e aprenderá bastante sobre a cidade. Ele não estipula um valor e você dá o quando achar justo.

Para almoçar, a nossa recomendação é o Restaurante Contos de Réis. Ele serve a autêntica culinária mineira e funciona no sistema de buffet, com variadas opções, além de várias sobremesas e até uma cachaça. O valor é fixo de R$49,50 e vale muito a pena pela qualidade.

Se você quer um programa diferente, e quer entender mais sobre a época do ouro, um passeio interessante é visitar uma mina de ouro. Esse programa, inclusive, é recomendável para as crianças, pois elas adoram a sensação de entrar em uma mina e procurar pelo ouro.

À noite, já em BH, ainda dá tempo de sair para comer. Como você provou a culinária mineira no almoço, para o jantar a nossa recomendação é a culinária japonesa, no incrível Akemi Oriental Fusion.

Terceiro dia

No terceiro dia, a recomendação também é acordar cedo, e seguir para Inhotim. A viagem dura pelo menos uma hora, e o local fecha cedo, antes de escurecer, portanto quando antes você chegar, maiores as chances de conseguir conhecer tudo. Se você estiver com crianças, o ritmo será mais lento, sendo impossível conhecer tudo, então não tenha essa preocupação e aproveite,

Inhotim é muito mais do que um museu. Em uma área de 140 hectares, formada por belíssimos jardins e lagos e paisagismo exuberante, estão dispostas 22 galerias, 3 restaurantes, diversas lanchonetes, além de inúmeras esculturas e obras.

O roteiro lá dentro depende de você, pois não há certo ou errado. A principal dica é comprar o ingresso que dá acesso ao carrinho elétrico, que custa R$30,00 a mais, entretanto consideramos fundamental, pois são muitas subidas e descidas. Só com o carrinho você consegue aproveitar bem o dia.

Leia também: Inhotim | Atração turística de excelência do Brasil para o mundo

À noite, provavelmente você estará bem cansado, e poderá jantar no hotel ou em um restaurante próximo. Nós, por exemplo, andamos em torno de 8 quilômetros em Inhotim, e usamos muito o carrinho elétrico.

Quarto dia

Acorde cedo novamente. Se você não visitou o Mercado Central no primeiro dia, visite no seu último dia, pela manhã. O local fica sempre bem cheio, principalmente se o domingo for o seu último dia, então o ideal é tentar ir cedo para aproveitar melhor. O local, que tem estacionamento próprio, não precisa de roteiro, e o ideal é caminhar sem rumo e ir conhecendo e provando um pouco de tudo. As delícias mineiras estão todas lá!

Siga então para a região da Pampulha, onde você conhecerá o Conjunto Arquitetônico da Pampulha, onde estão a Igreja São Francisco de Assis, Iate Tênis Clube, Casa do Baile e Museu de Arte da Pampulha.

Se você está com crianças, reserve pelo menos duas horas para ir ao Parque Guanabara, que fica na região e oferece ótimos brinquedos para a diversão dos pequenos. O parque é bem tradicional e você paga R$2,00 para entrar e mais o que quiser colocar de crédito no cartão, pois o valor das atrações é individual.

Para o almoço, a sugestão é o Baixo Lourdes, no bairro de Lourdes, um dos melhores de BH. O local é um boteco gourmet, com mesas na calçada, e ótimos pratos, que conquistam pela apresentação e sabor. Um local descontraído, para conversar com os amigos, beber e comer bem.

Planeje a sua próxima viagem

Para você não ter trabalho, nós fizemos selecionamos as melhores empresas, com os melhores preços e totalmente confiáveis, para você reservar on-line e com opção de parcelamento.

- Quer pegar a estrada? Alugue um carro clicando aqui.
- Prefere ir de avião? Compre sua passagem aérea clicando aqui.
- Hotel de luxo ou custo-benefício? Escolha a melhor hospedagem clicando aqui.
- Quer curtir sem preocupações? Garanta o seguro de viagem clicando aqui.
- Quer ficar 24 horas on-line? Compre seu chip de internet clicando aqui.
- Quer comprar moeda estrangeira? Receba em casa ou escritório clicando aqui.
- Ingressos para as principais atrações? Compre on-line e parcele clicando aqui.
- Precisa de uma mala nova? Compre on-line e parcele clicando aqui.

Leia também:
- Grupos do Falando de Viagem no WhatsApp
- Grupos do Falando de Viagem no Telegram

Conclusão

Nós adoramos a viagem! BH tem atrativos interessantes, mas o ideal é aproveitar para fazer esses dois bate e volta, para tornar a viagem ainda melhor. Se você tiver mais duas noites, por exemplo, a sugestão é incluir Tiradentes no roteiro, pois a cidade é extremamente charmosa e tem muita história.

Boa viagem!

Texto: Gabriel Dias.
Foto: Hugo Medeiros.

E você, conhece Minas Gerais? Quais cidades indica para aproveitar junto com Belo Horizonte? Conte para nós a sua experiência!
Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem
Avatar do usuário
Hugomarcio Mensagens: 3689
Ter Jul 10, 2018 12:25 pm
Roteiro excelente. Dá para conhecer o que BH e arredores tem de melhor, mesmo em uma viagem curta.
Avatar do usuário
imhotep Mensagens: 1844
Ter Jul 10, 2018 12:52 pm
O forte de BH são os botecos. Tem pra todos os gostos, de copo sujo a gourmet.
O roteiro ficou legal. BH não é uma cidade turística mas a parte gastronômica que eu gosto de chamar baixa gastronomia é bem legal.
Avatar do usuário
imhotep Mensagens: 1844
Ter Jul 10, 2018 1:40 pm
Não pode indicar outros sites aqui? É proibido? Por que editaram?
Ajudante Mensagens: 17864
Ter Jul 10, 2018 1:47 pm
Olá imhotep,

Sim, é proibido. Clicando aqui você pode ler algumas das regras :)
Avatar do usuário
ralacerda Mensagens: 874
Ter Jul 10, 2018 3:18 pm
Recomendo fortemente visitar a Praça da Liberdade e seu circuito de museus. Dá para passar um dia inteiro lá. Meu museu favorito é o Memorial Minas Gerais. O Palácio da Liberdade tinha um tour aos domingos, mas com o governador trabalhando lá não sei se ainda rola.
Avatar do usuário
imhotep Mensagens: 1844
Qua Jul 11, 2018 1:29 pm
Ajudante escreveu:Olá imhotep,

Sim, é proibido. Clicando aqui você pode ler algumas das regras :)
Valeu meu querido. Só agora vi que vc tinha respondido.
Avatar do usuário
JulianaMagalhaes Mensagens: 5997
Qui Jul 12, 2018 10:44 am
Legal o roteiro! Em pouco tempo da para conhecer bastante coisa! sou louca para ir para Inhotim!
Avatar do usuário
Hugomarcio Mensagens: 3689
Qui Jul 12, 2018 1:07 pm
Ju, Inhotim vale muito a pena. Quando animar de vir, não deixe de avisar.
Ajudante Mensagens: 17864
Ter Mai 19, 2020 8:59 am
Ouro Preto ou Tiradentes? https://www.falandodeviagem.com.br/viewtopic.php?f=93&t=18977" onclick="window.open(this.href);return false;



Booking.com

Voltar para “Minas Gerais”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante


Anúncio