Ir para página 1, 2  »

 Página 1 de 2 [ 11 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Qua Mar 15, 2017 11:27 am 
 Atualizado: Sex Abr 07, 2017 6:38 pm 
Mensagens: 44
A dica surgiu no Tópico do Banco do Brasil Américas que tem conseguido mover-nos da zona de conforto em busca de alternativas devido às suas práticas desleais e postura ameaçadoras.

O TD Ameritrade www.tdameritrade.com é um banco americano de investimentos sem custos de manutenção mas que tem cartão de débito para saques (sem custos) que abre contas a distância para não residentes sem necessidade de depósito mínimo.

Para tirar seu dinheiro do BBA, os gurus daqui citaram que é possível um "doc reverso" partindo do TD Ameritrade que não gerará custo nem no BBA nem no TD.

Ainda não concluí a abertura nem fiz minha evasão do BBA. Um bom colega do fórum confirmou que a abertura tem sido um processo de reajuste. Você envia o material solicitado (via fax :o ) e eles respondem pedindo correções nos formulários ou documentos adicionais. Já estou no segundo reajuste e aguardando a resposta por email.

Quanto a enviar fundos para lá, isto é outra história.

https://invest.tdameritrade.com/grid/p/accountApplication

Preenchi o formulário online que depois deve ser impresso, assinado e enviado por fax juntamente com cópia do passaporte e de preferência do visto americano.

Responderam pedindo comprovante de residência (usei o extrato da conta do BBA) e dois formulários preenchidos:

W-8BEN (Certificate of Foreign Status of Beneficial Owner): Você declara que é estrangeiro e não residente.
Letter of Explanation for U.S. Mailing Address: Você justifica porque tem um endereço temporário americano sem ser residente.

Recebi novo email pedindo para corrigir o W-8BEN pois eu não havia preenchido o Foreign Tax Number (CPF Brasileiro).

Prossigo aguardando.

Tenho usado o Free Page Fax App no Android, que foi o de menor custo por página que encontrei.

Paperwork may be faxed to 866-468-6268, or mailed to TD Ameritrade, Inc., 200 S 108th Ave., Omaha, NE 68154. If you have any questions you may contact us at 800-276-8746 (if calling from outside the U.S. please visit us online at https://www.tdameritrade.com/contact-us for assistance).

Novidade: depois que abri a conta e ativei o login, fui logo pedir cheque e cartão, quando veio a decepção: Foreigns accounts (sem SSN) não dão direito. :cry: :cry:

Imagem
ImagemImagemImagemImagem



 Mensagem não lidaPublicado: Sex Mar 17, 2017 11:38 pm 
Mensagens: 2038
Eu abri conta lá ano passado. Eu transfiro para lá por meio de ACH do BB Americas . Prático e conveniente. Tenho apenas uns 5 k USD em ações da APPLE. Por mais que pareça seguro, não me sinto muito confortável em enviar muito dinheiro para fora. Tem a questão de eventual necessidade de sucessão em caso de falecimento, temo que os meus filhos teriam dificuldade em resgatar o dinheiro lá. Sou novo ainda mas ninguém está livre de um acidente. No Brasil seria fácil resolver, lá não tenho ideia. Sem contar que depois descobri em caso de inventário, a tributação é pesada na herança (30%).

Além disso, os dividendos nos EUA são tributados em 30%, diferente do Brasil, onde são isentos. Por fim, o acordo Brasil EUA para evitar bitributação só tem validade até um certo capital. Acima de um determinado valor você precisaria entregar declaração de imposto de renda nos EUA. O que me parece desanimador.


 Mensagem não lidaPublicado: Sáb Mar 18, 2017 8:31 pm 
Mensagens: 44
Eu acho que a sucessão no exterior é mais fácil ainda. Qual seria a dificuldade dos seus filhos em simplesmente fazer a transferência usando sua senha?

Eu imagino que aqui no Brasil algum herdeiro competidor poderia embargar um "esvaziamento" de contas após a morte do titular. Mas no exterior? Como o TD vai saber da sua morte?

Não se trataria apenas de deixar seus dados bancários e senha em um cofre pessoal ou alugado e dar acesso a um parente de confiança (esposa? pais?). Eu não arriscaria dizer que tem dinheiro no cofre, mas diria apenas que meu testamento está lá.

Bem que os bancos poderiam ter um serviço igual ao de inatividade Google ou herança digital. Se você ficar com sua conta inativa por x meses, um destinatário programado recebe acesso.

Quanto a bi-tributação não se trata de valor sobre os ganhos? Vi em algum lugar e pareceu-me enorme. Tipo US$ 400.000 de ganhos. Se você estiver ganhando isso em renda fixa, nem devia estar aqui, já devia ter comprado seu Visto de Investidor e se tornado americano. Se você ganhar isso em renda variável, deve ter ganhado na loteria das ações (não estou criticando os estudiosos) e devia estar muito feliz em pagar 50% de imposto!


 Mensagem não lidaPublicado: Dom Mar 19, 2017 2:54 am 
Mensagens: 2038
@euler, eu não gostaria de parecer indelicado nem debochado, mas não dá para levar a sério a proposta de planejamento sucessório baseado em guardar a senha e um cartão em um cofre de banco.

Em primeiro lugar, há toda uma questão jurídica envolvida na questão de uma sucessão. É ilegal qualquer movimentação financeira ou patrimonial do de cujus, sem que tenha ocorrido a partilha, seja ela no Brasil ou no exterior, o que pode caracterizar diversos crimes.

Afora, a questão legal, basta pensar por 2 minutos para ver que a proposta não tem pé nem cabeça. Se você pretende montar um patrimônio no exterior, com certeza o seu objetivo não é ter meia dúzia de dólares (ou euros) em outro país, mas sim, de montar um patrimônio considerável, digamos, uns 100 000 USD. Você realmente acha que meus filhos (ou qualquer pessoa vai conseguir movimentar um montante desse, se passando por um morto, por quanto tempo até serem descobertos?). Sim, o cartão vence, eles podem pedir a assinatura, há toda uma atualização cadastral periódica, etc.

Sem contar que o fato de o cartão vencer é meramente acessório. No futuro, quando a sucessão for realizada, pode ser que as transações sejam realizadas com reconhecimento biométrico, por meio de impressão digital ou imagem da íris. Nesse caso, qual seria a proposta? Guardar um dedo do morto? (hahahah estou sendo sarcástico).

A questão é muito séria para ser tratada com superficialidade e banalidade. Investir no exterior é importante e é uma coisa que eu já venho fazendo, mas há questões que eu acredito que precisam ser melhor refletidas por mim e por quem deseja fazer esse movimento, a fim de evitar percalços futuros, cujos resultados podem ser bem negativos. Quem deseja investir seriamente no exterior, deve planejar bem vários aspectos relativos à empreitada e que pode envolver, sim, declaração de imposto de renda no país investido e a contratação de pessoas para gerir o patrimônio fora do país.

Abraços.


 Mensagem não lidaPublicado: Dom Mar 19, 2017 12:14 pm 
Mensagens: 44
Compreendo seu ponto de vista perfeitamente. Suas preocupações são perfeitamente técnicas e vc conduz de forma bem profissional.

Entenda apenas que meu caso pessoal trata-se de apenas de "trocados" que seriam consumidos na profissionalização do processo.

Acredito que várias contas, inclusive do Ameritrade, tem o que entendi por conta conjunta solidária. Entendi que a sucessão é automática lá. Lembro de ter lido nos termos algo sobre isso.

Além disso, cito a Flórida como exemplo, onde o imposto sobre herança é de 50% ... Para pessoa física. Quem tem bens lá monta uma offshore com todos herdeiros. Morreu, já está na família.

Detalhes não conheço. Como citei, minha abordagem é totalmente amadora pois minhas perdas seriam pequenas.

;)


 Mensagem não lidaPublicado: Dom Mar 19, 2017 12:31 pm 
Mensagens: 44
Quanto ao dedo do morto, fiquei imaginando como passar pelo scanner raio-x e o jeito é esconde-lo na cueca, para ser confundido com o 21° dedo

:lol: :lol: :lol: :lol: :lol:


 Mensagem não lidaPublicado: Dom Mar 19, 2017 12:32 pm 
Mensagens: 2038
:D :D :D :D :D hahahahh


 Mensagem não lidaPublicado: Qui Abr 06, 2017 10:49 pm 
Mensagens: 44
Abriram minha conta. O UserID provisório é o número da conta que aparece nos formulários enviados por fax. Precisei ligar para lá para conseguir a senha provisória, que é o ano de nascimento com 4 dígitos. Não sei se será assim para todos.

A conta é muito completa, totalmente gratuita. É de graça: movimentações eletrônicas (ACH que o pessoal daqui chamou de DOC reverso. O TD puxa seu dinheiro de outro banco), envio para qualquer banco USA, depósito de cheque (USA, claro), Bill Pay e recebimento de ordens internacionais. O envio de ordem internacional custa US$25.

Fui fazer o pedido do cartão de débito e cheques. Infelizmente no formulário que deve ser enviado por fax (?) já vem escrito:

Foreign accounts are not eligible for checks or a Visa debit card, and IRAs are not eligible for a Visa debit card. To expedite your request, please provide a copy of your driver's license or a state ID.


Triste. Vai servir de ponte para enviar dinheiro para outro banco e para Bill Pay.


 Mensagem não lidaPublicado: Sex Abr 07, 2017 6:33 pm 
Mensagens: 44
Existe o site, que pode ser local ou internacional, e o ACH, que só pode ser local.

Qualquer wire é cobrado na instituição de origem e de destino. O ACH é de graça e como se fosse um débito em conta.

Testei e funcionou. A partir do TD, pedi um débito na conta do BBA (avisa que tem que ter os mesmos nomes de titular). Imediatamente apareceu o valor no TD. No BBA só apareceu o débito no dia seguinte. Tudo de graça.

Segundo o site do Ameritrade, tem a opção de fazer o contrário. A partir dele, enviar um crédito para outro banco. Não sei se pode ser qualquer pessoa


 Mensagem não lidaPublicado: Sex Abr 07, 2017 6:40 pm 
Mensagens: 44
Descobri que o dinheiro "parado" na conta corrente tem remuneração. Padrão USA, claro.



Booking.com




Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante