Aluguel de carros

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]


Ir para página 1, 2  »

 Página 1 de 2 [ 15 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Ter Abr 16, 2019 10:29 am 
 Atualizado: Ter Abr 16, 2019 5:03 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 9999
Já perdi a conta de quantas vezes aluguei carro em viagens e nunca me aconteceu nada. Costumo contratar as proteções oferecidas pelas locadoras, apesar de nunca ter precisado acioná-las. Mas sempre existe uma primeira vez...

Em minha última viagem a Israel aluguei um carro em Tel Aviv para percorrer o resto do país e devolvê-lo no último dia, já no aeroporto. Reservei uma SUV com uma locadora local, mas pelo visto esse tipo de carro não é muito popular no país e me deram um Subaru B4. Como esse modelo é um sedã bem espaçoso, não reclamei e aceitei. O porta-malas era enorme e todas as nossas malas caberiam nele e no banco de trás.

Leia também: Vale a pena alugar carro em Israel?

A locadora era muito próxima ao hotel onde eu estava hospedado, ficava a 450 metros e na mesma rua, então fui a pé. Após todos os trâmites administrativos, fiz a vistoria do veículo junto com um funcionário da locadora e assinei o último documento que faltava. Dali até o final da viagem o carro seria meu.

Imagem
Carro que pegamos em Israel: um Subaru B4

Como a rua do hotel e da locadora era de mão única, tive que voltar pela rua da praia. Era um final de tarde de uma quinta-feira e eu só usaria o carro no dia seguinte, para ir a Jerusalém. O hotel tinha garagem e minha ideia era deixar o carro estacionado até o dia seguinte de manhã, quando faria check-out e pegaria a estrada.

O percurso da locadora até o hotel, de carro, era de somente 1,5 quilômetro. Voltei pela praia, com o sol já descendo sobre o Mediterrâneo, feliz da vida em "meu" novo carro. Entrei na rua do hotel, entrei na garagem e desci a primeira rampa até um pequeno pátio, que por ser muito pequeno estava lotado. Mas felizmente a garagem subterrânea era maior, então fui em direção à segunda rampa, para descer.

Leia também: As praias de Tel Aviv

Agora as coisas se complicaram um pouco. A rampa era em curva, estreita, estava escuro, o carro era grande (4,61 metros) e, para piorar, era preto. Mas tudo bem, fui descendo bem devagar. Tomando cuidado e indo devagar nada iria acontecer, pensei.

Foi quando ouvi e senti que o carro havia raspado na parede. Parei imediatamente. Após soltar alguns palavrões, respirei fundo e dei ré para tirar o carro daquela posição. Ouvi o mesmo barulho. Saí do carro para ver o tamanho do estrago.

Imagem

O amassado, que não foi profundo nem muito extenso, pegou só o para-lamas traseiro direito próximo à porta. Foi quando percebi que na quina da parede onde bati havia um tapete bem grosso preso. Não devo ter sido o primeiro hóspede a bater com o carro ali, pensei. O tapete poupou a pintura, que não foi danificada.

Eu havia contratado o seguro do veículo, que é obrigatório em Israel, porém com franquia, que segundo o site da locadora era de 2.000 a 4.000 shekels, dependendo do modelo. O shekel é equivalente ao real. Como minha viagem mal havia começado, achei melhor deixar para lá e só me preocupar com isso quando fosse devolver o carro. O dano havia sido só na lataria e não impediria a viagem.

Leia também: Roteiro de viagem de carro por Israel | Tel Aviv, Jerusalém, Mar Morto, Eilat, Haifa e Tiberias

Quando a viagem chegou ao fim, devolvi o carro na agência da locadora do aeroporto. O funcionário viu o amassado e me pediu para assinar um documento, todo escrito em hebraico, registrando o sinistro. Perguntei sobre o pagamento e ele disse para eu não me preocupar que eles entrariam em contato.

Um mês depois cobraram no meu cartão o valor do conserto: 353 dólares.

Conclusão

A viagem foi ótima, alugar o carro foi a melhor coisa que fizemos e alugaria novamente sem pensar duas vezes. A batida foi um contratempo, claro, mas procurei não pensar muito nela para não estragar minha viagem com preocupações antes da hora. O atendimento da locadora na devolução do carro foi bastante cordial e rápido.

Com relação ao “prejuízo” de 353 dólares, como havia pago a locação com um cartão Visa, acionei o seguro locação deles e pedi o reembolso. Mas os detalhes desse processo ficam para o próximo relato.

Boa viagem!

E você, já bateu com o carro alugado? O dano foi grande? O seguro cobriu ou teve que pagar? Conte para nós a sua experiência!

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________
http://fdv.im/FlavioBaran



 Mensagem não lidaPublicado: Ter Abr 16, 2019 4:03 pm 
Mensagens: 480
Dia desses (janeiro) tive que alugar um carro emergencialmente no Rio e peguei o primeiro que tinha - um Voyage - na Movida do Galeão. Peguei estrada, fui e voltei, tudo certo.

Na volta, ao devolver ele no Santos Dumont (obrigado Movida por permitir isso sem custo), o cara da vistoria perguntou se eu tinha batido em alguma coisa. Eu falei "óbvio que não"...

Mas tinha um amassado no chão do carro perto da roda, ali perto de onde se coloca o macaco. Não teve choro nem vela - não lembro se o carro já estava assim quando peguei (para falar a verdade nem olhei, entrei no carro e saí), se peguei alguma pedra na estrada, mas eu havia assinado o papel na saída dizendo que ele estava em perfeitas condições. Paciência.

Foi ali que eu descobri que a Movida já tem uma tabela de danos pronta para esses casos. No meu caso, R$ 450. Como o dano era menor que a franquia, paguei lá na hora os 450 acrescidos da diária e fui embora.

Achei conveniente já ter uma tabela de danos para esse tipo de ocorrência. Evita aquela apreensão de chegar uma conta de 200 mil reais no seu cartão (ou do valor total da franquia).

Eu até tinha passado a diária no meu TPC, mas como o valor foi baixo, achei que não valia a pena acionar o seguro do cartão de crédito. Fiquei feliz de não ter sido banido da Movida e segui a vida.


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Abr 16, 2019 6:54 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 4516
Pago o seguro da locadora.


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Abr 16, 2019 8:21 pm 
Mensagens: 57
Eu pegava o seguro do cartão apenas mas ja ouvi tantos relatos q resolvi não arriscar mais.. alias na ultima vez há duas semanas na Unidas a atendente viu o Infinite e nem ofereceu o seguro no final perguntei do seguro e ela "cartão paga.. relaxa". interessante como são alguns atendentes.


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Abr 16, 2019 8:34 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 4516
Na hora do sinistro é que você conhece o seguro do cartão. Pago o da locadora e relaxo.


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Abr 16, 2019 8:48 pm 
Mensagens: 480
Praticamente todas as locadoras no Brasil e Europa têm co-participação ou franquia. Por aqui, se você pegar os melhores seguros das locadoras nos grupos mais altos, ainda assim tem uma coparticipação de 2 ou 3 mil reais.

No meu caso, os R$ 450 estavam abaixo do valor da franquia.

Esse é um assunto importante - na Localiza, quando há um sinistro - independentemente da monta - eles cobram uma taxa altíssima a título de "custos operacionais". Para um carrinho tipo Ford Ka é R$ 2.240. E o seguro deles não cobre isso, a taxa é denominada "custos operacionais" mesmo. Até por isso jamais alugarei qualquer carro na Localiza, prefiro andar a pé.

Eu sempre pego o seguro também - já pensou em ter uma continha de 80 mil reais pra pagar enquanto o cartão de crédito não aprova um pagamento? - mas existem locadoras e locadoras.


 Mensagem não lidaPublicado: Ter Abr 16, 2019 8:58 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 9999
A locadora em questão (Eldan) oferecia seguro com franquia zero a um custo adicional. Como nunca havia precisado acionar seguro de carro alugado, achei que não valia a pena contratar.

Sempre tem uma primeira vez...

_________________
http://fdv.im/FlavioBaran


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Abr 17, 2019 1:11 am 
Mensagens: 538
Gostei da forma que relatou o acidente, Baran. Bela crônica.

Eu geralmente alugo na Sixt, pelo site rent cars, e opto pelo seguro da locadora também.


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Abr 17, 2019 10:51 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 1749
Legal o relato Baran, esperando pra ver como resolveu com o cartão.


 Mensagem não lidaPublicado: Qua Abr 17, 2019 3:51 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 5381
Que susto hein Baran! Imagina começar a viagem assim.... mas que bom que deu certo. Quero saber do desfecho do cartão também.

_________________
http://fdv.im/JulianaMagalhaes


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Aluguel de carro em Barbados com a locadora Sixt rent a car

em Como se locomover em Barbados

Última mensagem Sáb Jan 12, 2019 6:22 pm schrank01 Ver última mensagem

 

6

Aluguel de carro em Las Vegas com a locadora Sixt rent a car

em Como se locomover em Las Vegas

Última mensagem Sex Jan 25, 2019 5:33 pm Ajudante Ver última mensagem

 

3

Como retirar o carro alugado na Alamo Rent A Car do Aeroporto de Orlando (MCO)

em Transporte em Orlando

Última mensagem Dom Ago 04, 2019 3:42 pm Beatriz Ver última mensagem

 

2

Furto em San Francisco: cuidado com objetos deixados dentro do carro alugado

em Transporte em San Francisco

Última mensagem Qui Mar 21, 2019 11:41 pm emmanuelkalispera Ver última mensagem

 

4

Vale a pena continuar com o carro alugado enquanto faço um cruzeiro na Flórida?

em Dúvidas gerais

Última mensagem Ter Mai 07, 2019 10:30 am GabrielDias Ver última mensagem

 

1

 


Booking.com


Aluguel de carros

Todos os horários são GMT - 3 horas [ DST ]



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 6 visitantes