Colunas
Coluna da Juliana Magalhães

Todos os horários são GMT - 3 horas




 Página 1 de 1 [ 5 mensagens ] 
 
 Mensagem não lidaPublicado: Dom Abr 26, 2020 10:12 am 
 Atualizado: Dom Abr 26, 2020 1:38 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 5823
Imagem

A vida não será a mesma após a pandemia do coronavírus (COVID-19). O mundo mudará e no atual momento é impossível saber como tudo ficará e quando voltará à normalidade. Tudo são especulações. Inúmeros setores estão sendo impactados - na verdade inclusive é mais fácil citar os poucos que não foram. Nesse contexto, sem dúvidas a indústria do turismo foi uma das áreas mais impactadas.

O que muita gente está se perguntando é: Como será o futuro das viagens após a pandemia?

Eu particularmente acho que mudará muito, tanto o mercado em si, práticas das empresas que terão que se adaptar ao novo cenário, quanto em relação aos hábitos dos viajantes a partir de agora. Com base no que ando lendo, vou enumerar alguns tópicos que julgo com mudanças relevantes e algumas inclusive já estão em andamento e proponho uma discussão com a opinião de vocês sobre o tema.

1- Companhias áreas

O impacto e prejuízo para as companhias aéreas é inestimável. A maioria está com a maior parte das rotas canceladas e, mesmo quando o cenário começar a melhorar, algumas não serão retomadas por estratégia das companhias. Provavelmente, demorará muito tempo, até anos, para termos toda a malha aérea nacional e internacional que contávamos até o início da pandemia.

Ainda é muito cedo para sabermos quando fronteiras internacionais serão abertas e quando será seguro entrar em um avião lotado - isso pode demorar muito. Por enquanto, algumas companhias estão obrigando o uso de máscaras por tripulantes e passageiros, estão fazendo mudanças no serviço de bordo, voando com capacidade reduzida nas aeronaves - bloqueando os assentos do meio para garantir uma maior distância entre os passageiros e implementando o fogging para um processo de limpeza profundo dentro das aeronaves. Recentemente, vimos também a Emirates se tornar a primeira companhia aérea do mundo a testar passageiros contra a COVID-19 em Dubai, na sala de embarque antes de entrarem no avião. Esse teste rápido pode ser uma alternativa a curto/médio prazo e provavelmente deverá ser adotado por outras companhias, ainda que eu ache que não seja sustentável esse modelo a longo prazo. Mas, enquanto não temos uma vacina, é uma alternativa para um voo mais seguro.

2- Hotelaria

Os hotéis certamente também estão no topo da cadeia dos mais afetados com a pandemia. A maioria está fechado e sem saber quando irão reabrir. Alguns, infelizmente, fecharam suas portas e demitiram funcionários. Mas provavelmente serão os primeiros a se reerguerem quando tudo isso passar. Muitos já estão repensando na dinâmica de funcionamento. Higiene redobrada, academias e ambientes fechados poderão funcionar com capacidade reduzida ou com horários pré-estabelecidos por reserva e fim do buffet nos restaurantes. O setor de wellness estará em alta, pois o bem-estar é uma tendência assim como rooftops e hotéis com muitos ambientes ao ar livre. Grandes resorts tendem a funcionar com capacidade reduzida.

Leia também: 10 hábitos de higiene que você deve ter em qualquer viagem, independente de pandemias.

3- Gastronomia

Sem dúvidas os restaurantes com buffets estão mais em baixa do que nunca e é algo que não devemos ver em um curto, médio e talvez até longo prazo seja em hotéis ou fora deles devido ao risco de contaminação. Restaurantes com ambientes abertos estarão em alta.

4- Preços

Acredito que com toda a crise relacionada a pandemia a tendência são preços mais baixos e muitas promoções para atrair viajantes e voltar a aquecer o mercado de turismo. Talvez nunca tenha sido tão barato comprar um voo ou um pacote e a tentação é grande para alguns. Mas é preciso ficar atento, principalmente porque algumas empresas podem falir ou podem não entregar o que oferecem, com muitas pegadinhas. Por outro lado, a tendência a curto e médio prazo é o real desvalorizado e o dólar nas alturas, ou seja, por esse lado nunca foi tão caro viajar.

Leia também:
- O dólar americano chegará aos R$ 6,00 em 2020?
- Não vou mais viajar por causa do coronavírus: devo vender meus dólares americanos, euros ou libras?

5- Escolha de destinos

A grande aposta para a retomada são as viagens nacionais devido a toda a segurança por estarmos em nosso território e fora que assim ainda ajudamos a movimentar a economia do nosso país. Posteriormente, destinos internacionais próximos e pouco afetados pela COVID-19 serão os mais escolhidos. Acredito que as viagens tendem a ser mais curtas em um primeiro momento e a tendência são destinos com foco em natureza e aventura. Ainda não sabemos como será a reabertura de fronteiras internacionais e quais regras e condutas serão aplicadas. Além disso, o Brasil pode ser visto de forma negativa por muitos países devido a forma como estamos conduzindo a pandemia. E por último a desvalorização da nossa moeda e a tendência do dólar nas alturas também irá influenciar muito na decisão de escolha de um destino. Neste momento, o ideal é ainda segurar a ansiedade por viagens internacionais e deixar para escolher o destino quando o cenário estiver mais favorável.

Leia também: Devo viajar de carro pelo Brasil durante a pandemia de coronavírus?

6- Atrações nos destinos

Museus, parques temáticos, casa de shows e passeios turísticos em ambientes fechados e que propiciam a aglomeração de pessoas devem demorar a serem retomados. Muitos podem tentar se adequar funcionando com capacidade reduzida, atrações turísticas com horário marcado mediante reserva de modo a evitar filas, aglomerações e garantir um fluxo adequado de pessoas.

7- Seguro viagem

Agora mais do que nunca os viajantes devem se conscientizar da importância de contratar um bom seguro viagem, com cobertura alta, e estarão atentos as regras da apólice que normalmente não são lidas pela maioria. A cobertura da viagem deve ser a maior possível, pois caso seja infectado pelo coronavírus, e tenha complicações, os custos no exterior são altíssimos, principalmente se você precisar pagar a conta em dólar americano, euro ou libra esterlina. Não vale economizar em momentos como esse. Vale ressaltar que a maioria dos seguros não cobrem pandemia, com exceção da ASSIST-CARD.

Você pode reservar através desse link: https://seguroviagem.falandodeviagem.com.br

Leia também: Quais seguros viagem cobrem o coronavírus?

8- Cruzeiros

Os gigantes dos mares estão descansando e certamente eles são um dos mais afetados. As empresas terão que se reinventar e mudar formatos, normas de higiene, decretar o fim dos buffets e muitas outras medidas de forma a evitar grandes aglomerações e tentar atrair com segurança os viajantes novamente. Certamente não será fácil.

Leia também:
- É seguro continuar viajando de cruzeiro em época de coronavírus?
- Datas de retorno dos navios de cruzeiro após a pandemia de coronavírus

9- Agências de viagem

O importante papel dos agentes de viagem nunca foi tão valorizado. Os viajantes mais do que nunca estão percebendo claramente o valor das boas agências de viagens, que cuidam dos clientes de forma personalizada, seja na hora de ajudarem a realizar o sonho de uma viagem única ou na assistência imediata na hora da crise, em conseguir um voo para trazer um cliente de volta para casa, ao lutar para conseguir um reembolso, remarcações e tudo que for necessário.

Leia também: O olhar de um agente de viagens diante do coronavírus

10- Novas exigências e maior controle

Até que encontrem uma vacina contra a COVID-19 alguns destinos devem fazer novas exigências para turistas transitarem em seus territórios, tais como algum atestado de saúde ou de que já pegou coronavírus e está imune e talvez até uma nova exigência de vistos. Alguns destinos podem passar a controlar e limitar o número de visitantes como, por exemplo, faz Fernando de Noronha - não estranharia se Manhattan fizesse isso. Acredito que tão logo a vacina esteja à disposição da população, o certificado dela passe a ser exigido de forma obrigatória assim como da febre amarela por exemplo.

Leia também: Exigência de certificado de teste da COVID-19 para viagens

11- Tours virtuais - nova maneira de viajar

A tecnologia e a criatividade estão sendo grandes aliados para distrair as pessoas durante este tempo de isolamento social. As pessoas estão descobrindo uma nova maneira de viajar sem sair de casa e matar um pouco das saudades de destinos e atrações. A ideia de explorar o mundo de casa via tours virtuais pode ter vindo para ficar e ser uma tendência principalmente para pessoas do grupo de risco.

Leia também:
- O que fazer na quarentena: 10 museus icônicos que oferecem visitas virtuais
- Como visitar Orlando sem sair de casa | Tours virtuais
- Como visitar Chicago sem sair de casa | Tours virtuais
- Como visitar Nova York sem sair de casa | Tours virtuais

12- Ascensão do turismo sustentável

Algo invisível chegou e tudo mudou de uma hora para outra nos forçando a entender o real significado da palavra solidariedade e união. A grande verdade é que enquanto estamos de castigo em casa, a natureza respira um pouco e agradece. O ar há muito tempo não era tão puro quanto agora, as águas tão limpas e os animais nunca estiveram tão soltos e felizes. Acredito que veremos daqui para a frente um mundo mais atento ao turismo consciente, sustentável e com menos impactos aos lugares que visitamos. Inclusive julgo que a responsabilidade social e ambiental pode ser o maior triunfo da pandemia.

Leia também:
- A ascensão do turismo sustentável | Qual o impacto que você deixa nos lugares em que visita?
- Como calcular a pegada de carbono da sua viagem?
- Como tornar viagens de avião mais sustentáveis?
- Turismo sustentável: 5 souvenires para você NUNCA comprar em viagens

Diversos novos hábitos e cuidados estão sendo inseridos nem nosso dia a dia e provavelmente muitos deles vieram para ficar. Vem aí uma nova maneira de viajar, com novos hábitos, mais segurança e mais higiene. Agora mais do que nunca os procedimentos e condutas de higiene e segurança adotados por cada empresa serão determinantes no poder de decisão dos viajantes. A transparência em todos os setores será fundamental.

O futuro ainda é uma incógnita e, por enquanto, o que podemos fazer é ficar em casa e contribuir da maneira que podemos para que tudo isso acabe logo. Tudo isso passará, mas as atitudes de agora ficarão.

Imagem
ImagemImagemImagemImagemImagem

_________________
http://fdv.im/JulianaMagalhaes



 Mensagem não lidaPublicado: Dom Abr 26, 2020 1:39 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 39807
O turismo vai mudar. Acho inevitável até termos uma vacina.

_________________
Você já conferiu as últimas matérias do Falando de Viagem? Acesse: https://fdv.im/materias


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Abr 27, 2020 8:22 am 
Mensagens: 2056
Acho que acontecerão muitas mudanças, um pouco de tudo do que você descreveu.

_________________
http://fdv.im/AdrianaRuhmke


 Mensagem não lidaPublicado: Seg Abr 27, 2020 12:25 pm 
Avatar do usuário
Mensagens: 5823
Serão muitas mudanças e algumas muito bem-vindas!
O mundo vai mudar... e as pessoas (físicas ou jurídicas) vão ter que se adequar... por convergência com os valores, conveniência (porque seus concorrentes estarão fazendo e se não fizerem vão ficar pra trás) ou compliance. Lindo! Que venha o novo mundo!

_________________
http://fdv.im/JulianaMagalhaes


 Mensagem não lidaPublicado: Dom Mai 03, 2020 11:51 am 
Avatar do usuário
Mensagens: 1938
Muito interessante o ponto de vista...

_________________
http://fdv.im/BeatrizSoares


 
 Tópicos Relacionados      Respostas 
Pesquisa revela as expectativas dos brasileiros para viagens após a pandemia do coronavírus

em Falando +D

Última mensagem Seg Mai 18, 2020 3:11 pm Ajudante Ver última mensagem

 

8

Pesquisa revela as expectativas para viagens de cruzeiro após a pandemia do coronavírus

em Cruzeiros

Última mensagem Seg Mai 18, 2020 3:11 pm Ajudante Ver última mensagem

 

7

Pesquisa revela as expectativas para viagens de avião após a pandemia do coronavírus

em Falando +D

Última mensagem Seg Mai 25, 2020 12:25 pm JPSAL Ver última mensagem

 

8

Datas de retorno dos navios de cruzeiro após a pandemia de coronavírus

[ Ir para página: 1, 2 ]

em Cruzeiros

Última mensagem Seg Jun 29, 2020 4:13 pm Ajudante Ver última mensagem

 

17

9 dicas para organizar uma viagem após a pandemia do coronavírus passar

em Dicas de viagem

Última mensagem Qua Jun 10, 2020 5:53 pm manucaldas Ver última mensagem

 

3

 


Booking.com
Colunas
Coluna da Juliana Magalhães

Todos os horários são GMT - 3 horas



Ir para:  
 

 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante